História Porquê Preconceito? - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bissexualidade, Drama, Homossexualidade, Lesbicas
Visualizações 19
Palavras 1.407
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie 😁
Então, pensavam que eu me tinha esquecido de vocês?
Claro que não! Estou de volta! 😄
Os pensamento das personagens vão estar entre tracinhos e em itálico.
Boa leitura😘

Capítulo 16 - Ajuda-me, por favor...


*POV Sasha*

Segunda-feira, o maldito despertador só tocava e a vontade de levantar era nenhuma. Desde que ontem menti à Joey, não me tenho sentido nada bem… Hoje tinha de falar com uma pessoa, talvez a única pessoa que me conseguia ajudar.

Levantei-me, despachei-me e fui tomar o pequeno-almoço. Entretanto a Joey ligou a perguntar se nos encontravamos e eu respondi que sim. Quando nos encontramos aconteceu o que sempre acontece, rimo-nos quando nos vimos. Aquele sorriso, aí meu deus… Mesmo eu tendo lhe mentido, as coisas não estavam diferentes, talvez porque ela não sabia a verdade.

Joey: Ontem tocaste muito bem na tua apresentação!

Eu: Obrigada, eu achei que não tinha corrido muito bem, mas ainda bem que gostaste!

Joey: Adorei, princesa. Temos de combinar um dia e, tu tocas e eu canto.

Eu: Okay Jojo.

Ontem a Jojo tinha ido à minha apresentação na escola e a presença dela passou-me uma segurança que nunca pensei sentir. Quando cheguei à escola a Mandy esperava-nos ao portão como sempre.

Mandy: Então como foi o vosso fim de semana?

Jojo: Na sexta feira fomos à festa e a Sasha bebeu demais e teve de dormir em minha casa, no sábado assistimos televisão e ontem vim à apresentação dela.

Mandy: A Sasha bebeu demais?!?!

Eu: Sim, eu bebi demais…Okay…? Não dei conta.

Mandy: Aconteceu alguma coisa por causa de estares bêbeda?

- A sério Mandy?! Porque é que ela tinha de fazer essa pergunta?? Eu lembrava-me e não me arrependia nada mas não podia contar a ninguém.-

Eu: Eu não me lembro de muita coisa, eu nem me lembro de estar em casa da Jojo… Eu só me lembro de acordar com uma enorme dor de cabeça…

Mandy: Joey, ela fez alguma coisa inapropriada?

Joey: Não, ela portou-se devidamente mesmo bêbeda.

- Calma! A Joey não se lembrava ou estava a fingir que não se lembrava? Será que ela se lembra e preferia que não tivesse acontecido ou não se lembra mesmo?! –

*POV Joey*

Se ela tinha feito algo inapropriado?! Não, óbvio que não! Fez a coisa que eu mais queria, beijar-me. Eu queria tanto contar ao mundo inteiro o quanto ela me faz bem, mas infelizmente ela não se lembra…

O resto do dia passou tranquilamente, a Sasha não me saia de cabeça. O beijo, a vontade de lhe contar o que ela tinha feito. A vontade de o fazer cada vez aumentava mais, mas corria o risco de perder a amizade dela. Eu já nem queria saber do preconceito da minha família para com as lésbicas. Eu só queria ser feliz com ela. Quando sai-se da escola iria ligar para a Mary.

Quando eu e a Sasha chegamos a casa, perguntei-lhe se ela queria ir lá a casa ao que ela respondeu que não podia porque tinha umas coisas para tratar. Eu juro que uma pontada de ciúme me tocou. Será que ela iria estar com outra rapariga para além de mim?!

*POV Mary*

Hoje quando acordei, decidi que passaria o dia em casa a assistir seriados e filmes. A preguiça era tanta que não tinha vontade de fazer mais nada para além disso. Quando eram 14:00 o meu telemóvel começou a tocar, quando olhei para o telemóvel pensava que era a Joey, mas não era.

*Chamada ON*

Sasha: Olá…

Eu: Oi… Passa-se alguma coisa?

Sasha: Sim… Logo posso ir ai a tua casa?

Eu: Sim, claro… Passa-se alguma coisa com a Joey ou contigo?

Sasha: Mais ou menos, logo falamos melhor. Se falares com a Joey não lhe digas que tiveste a falar comigo, por favor…

Eu: Okay, eu não digo.

Sasha: Até logo, beijinhos..

Eu: Até logo, beijinhos…

*Chamada OFF*

Que estranho, o que se terá passado? Espero que não seja nada de grave…

2 minutos depois de ter acabado de falar com a Sasha a Joey liga.

*Chamada ON*

Joey: Oi…

Eu: Olá

Joey: Podes falar ou estás ocupada?

Eu: Posso falar

Joey: Ainda bem… Lembras-te do que se passou na sexta-feira na festa, certo?

Eu: Sim, como esquecer! A Sasha beijou-te! AHHHH! O meu ship continua mais forte que nunca!!

Joey: AhAh… Pois, isso é bom…

Eu: Se é bom porque estás triste?

Joey: Há um problema ai no meio de ela ter ficado bêbada e me ter beijado…

Eu: Qual? Espera…Espero que não seja o que eu estou a pensar…

Joey: Tenho quase a certeza que é…

Eu: Ela não se lembra, certo…?

Joey: Exato…

Do outro lado já se ouvia ela a chorar, acredito que ela estivesse magoada. Ela ama-a mais do que alguma vez me amou, mas eu fico feliz por isso.

Eu: Desculpa… Eu pensei que ela se lembrasse…

Joey: Não tens culpa… Porque é que só me acontece a mim?

Eu: Quem sabe ela se lembra e só não se sente preparada para dizer?

Joey: Acho que não, nós confiamos bastante uma na outra, ela me teria dito…

Eu: A sério? Se confias tanto nela então já lhe disseste que és lésbica e que gostas dela, certo?

Joey: Não...

Eu: Então não confias nela a 100%, porque tens medo de contar e ela chatear-se contigo, certo?

Joey. Sim…

Eu: Um conselho, abre-te para ela… Deixa ela te conhecer e ver quem és… Se ela se chatear eu prometo que vou estar aqui para vos juntar outra vez…

Joey: Obrigada Mary… Olha vou ter de desligar, acho que os meus pais chegaram, até logo. Beijinhos

Eu: Até logo, beijinhos

*Chamada OFF*          

Se a Sasha se lembrasse é provável que fosse isso que ela quisesse falar comigo hoje. Agora é só esperar para saber.

Por volta das 17 horas a campainha tocou e só podia ser a Sasha. Fui abrir a porta e sentamo-nos no sofá. Notava-se nos olhos dela que ela tinha estado a chorar.

Eu: Sasha, o que se passa? Estiveste a chorar?

Sasha: Talvez… Tudo o que te vou contar agora, não contes à Joey, por favor…

Eu: Claro que não…

Eu: Lembras-te que eu na sexta-feira na festa, bebi demais e beijei a Joey?

Eu: Sim, lembro-me…

Sasha: Pois… Eu também e ai está o problema… No sábado quando acordamos ela perguntou-me se eu me lembrava e eu disse que não… Mas sinto-me tão mal por lhe ter mentido…

Eu: E porque é que lhe mentiste?

Sasha: Porque não sei se foi efeitos da bebida ou se fui mesmo eu…

Eu: Então vamos descobrir agora

Sasha: Como?

Eu: Com algumas perguntas… Como te sentes quando estás com ela?

Sasha: Quando estou com ela, ela passa-me uma segurança que eu nunca senti com mais ninguém, fico com vontade de a abraçar e nunca mais a largar…

Eu: E como te sentes quando não estás com ela?

Sasha: Sinto um vazio enorme dentro de mim, como se um pedaço de mim tivesse sido tirado, passo o tempo todo a pensar nela. E a cada segundo a saudade aumenta e a vontade de lhe ligar para ela estar comigo é maior…

Eu: Como te sente quando não estás comigo ou com a Mandy?

Sasha: Normal, no dia seguinte ou noutro dia vejo-vos. Afinal são minhas amigas não nos vamos deixar de falar.

Eu: Agora pensa no que respondeste a todas as perguntas e responde a última… Ainda achas que só a beijaste porque estavas bêbeda?

Sasha: Não… Mas…

Eu: Mas nada, tu gostas dela, admite…

Sasha: Talvez um pouco… Mas nós não podemos ficar juntas, os meus pais nunca iriam aceitar…

Eu: Um pouco não, muito. Nota-se a tua felicidade quando estás com ela. Não podes deixar que um obstáculo se ponha no meio da tua felicidade. Preferes sofrer o resto da vida ou ser feliz com a pessoa que amas? Não faças como eu… Eu uma vez apaixonei-me por uma rapariga e com medo de sofrer preconceito deixei-a ir e quando voltei a tentar ela já tinha partido para outra, mas por saber que o erro foi meu continuamos amigas…

Sasha: E se ela não gosta de mim da mesma maneira?

Eu: Se nunca falarem sobre isso, nunca vais saber…

Sasha: Obrigada Mary…

Eu: Eu só quero ajudar… És minha amiga e eu não gosto de ver os meus amigos tristes.

Sasha: Nem eu… Tenho de ir desculpa, até amanha. Obrigada.

Eu: Até amanhã.

Despedi-me dela e assim que ela saiu, fui fazer o jantar. Aquelas duas são mesmo boas uma para a outra, fico feliz pela Joey. Quando acabei de jantar, tomei um banho e fui-me deitar.


Notas Finais


Vou continuar a tentar colocar pelo menos um capitulo por dia.
Espero que estejam a gostar.
Beijinhos😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...