História Porque você me viu naquela noite ? - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Porque Você
Visualizações 29
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 17 - Foi quase


Fanfic / Fanfiction Porque você me viu naquela noite ? - Capítulo 17 - Foi quase

Shigatsuky ak

Eu já tinha voltado, eu estava mais calmo, uma senhora me ajudou muito essa noite, ela foi me enche o saco então acabei matando a mesma, e isso me fez tão bem, pois aliviou meus extresse, quando cheguei, eu chutava ser uma 9:26 da manhã, então a Mitsumy já deve ter ido a escola, mais para garantir, vou atrás dela, para me assegurar que ela irá me obedecer e ficar longe daquele maldito garoto.

Pensei isso tirando a chave do bolso, destranquei a porta e entrei, peguei minhas roupas, tomei banho e me visti com as minhas roupas de sempre, coloquei as manchadas de sangue em um saco preto, e joguei no porão, peguei um pão e saí novamente, me dirigindo para a escola.

Cheguei lá, mais não vi Mitsumy do lado de fora, então entrei, eu estava caminhando pelos corredores, até que a vejo conversando com aquele garoto de novo, mais dessa vez tinham dois, legal ! Mais trabalho ! Eu os segui para fora da escola, caminhei discretamente por todos os lugares que eles iam, até que depois de um tempo, Mitsumy me notou, eu estava louco para matar, peguei minha faca, e fiquei sorrindo que nem um psicopata, mais a porra da Mitsumy empurrou os dois dentro de uma lojinha, eu fiquei desapontado, então guardei a faca e caminhai até a lojinha bem de vagar, quando finalmente saíram eu fui até os dois e comecei a encara-los, e eles fizeram o mesmo.

- O que estão fazendo passeando com a minha doce Mitsumy ? - Perguntei cruzando os braços, e tentando bancar alguém que realmente se importa com essa besteira, mais tava difícil. 

- Você não entenderia ! - Respondeu um deles, como eu tive vontade de arrancar aquela língua da boca dele, mais o lugar estava cheio de gente, ficamos nos encarando até que percebi que a Mitsumy estava me olhando, então caminhei até ela.

Ficamos conversando por alguns minutos, até que ela me puxou para ir em bora, eu tirei risada da cara dela, mais logo que chegamos, mudei minha expressão, a dei um sermão e dei uma ordem para a mesma, mais ela protestou, apenas dei de costas a ela e fui ao outro quarto da casa, ouvi outro pequeno protesto, mais o ignorei e entrei no quarto.

Quando fechei a porta, tirei minhas roupas, deixando minhas cicatrizes de fora, e me deitei, fiquei olhando para o teto, e não sei por que caralhos, eu fiquei pensando no que minha mãe tinha me dito, que ninguém iria me querer, no fundo eu sentia que isso era verdade, mais eu queria que fosse mentira, apesar de tudo, eu queria ter uma garota só para mim, que me amasse de verdade, a Mitsumy não me entende, e ela è teimosa de mais, no início eu achei que ela gostava de mim, mais no fim era mentira, mais porque estou pensando nessa porra agora !! Isso não procede ! Falei dando um tapa forte, no meu próprio rosto, então me levantei e vesti minhas calças, e fui até a comoda que fica sobre o porão, peguei de lá uma revista, e fui ao quarto que eu estava dormindo, entrei voltei a tirar minhas claças, me sentei na cama e abri a revista, e comecei a vela, depois de um curto tempo a veno, eu fiquei muito excitado, então comecei a me masturbar, era tão bom, mais eu não fazia baralho algum, apenas continuava vendo e me masturbando, até que olhei para o lado, e vi Mitsumy me olhando corada, mais oque a merda dessa garota está fazendo aqui ? E quem lhe deu permissão para entrar ? Eu parei oque estava fazendo, e me levantei, colocando minha cueca de novo, e logo depois a calça, caminhei até ela e a mesma, estava com o rosto totalmente vermelho.

- O que você quer ? - Falei calmo, ela me olhou envergonhada, devo admitir que ela ficou bonita daquele jeito.

- È que eu .... Eu .... Vim ... Perguntar qual.... Daquelas roupas.... Eu posso usar .. - Ela disse desviando os seus olhos dos meus, e olhando para a minha barriga, não sei se è por conta das cicatrizes ou porque ela queria mesmo, dei de costas para ela, e me sentei na cama novamente, peguei a revista e ia continuar oque eu estava fazendo, mais ela não parava de me olhar.

- Sente aqui ! Você invadiu esse quarto onde eu estou ! Então pelo mesmo se sente ! - Falei batendo de leve na cama.

- Não vá tentar nenhuma gracinha viu ! - Ela disse caminhando até a cama, e logo após se sentando, mano ela me vê naquela situação, invade meu quarto com a roupa de dormi dela, que era um short curto e uma camiseta transparente, e ela me vem com a história de não tentar nada ? Puta que pariu ! A vendo daquele jeito me deixou mais excitado ainda, mais eu tinha que disfarçar até ela saí do meu quarto - Oque você estava lendo ? - Ela perguntou estendendo os olhos para tentar ver, eu corei um pouco.

- È hentai ! Quer dar um molhada ? - Falei estendendo a ela a revista, ela ficou totalmente corada, e fez que não com a cabeça.

- Você fica lendo essas coisas ?! - Ela me perguntou apontando para a revista, oque foi uma pergunta idiota, se eu to com a rivista ali é porque eu leio né,  mais vindo dela eu não me surpreendo. 

- Sim ! Mais isso è normal para um garoto de 18 anos como eu ! E se quiser ver, tem uma gaveta com todos os volumes desse aqui e de outros ! Sinta-se a vontade para ver ! - Falei me levantando e colocando a resvista sobre a comoda, ela corou, mano eu não aguentava mais me segurar, mais tinha que fazer isso.

- Você tem yaoi ? Eu gosto um pouco desse gênero ! - Ela disse olhando para o lado, depois voltou a olhar para mim, que estava parado na frente dela.

- Tenho também ! Eu gosto um pouco, mais não sou de ler muito ! - Falei afirmando com a cabeça, ela deu um pequeno sorriso de canto.

- Descobri hoje que você è um puta tarado ! - Ela disse e deu uma baixa risada, eu sorri de canto e quando fui caminhar para mais perto da cama, acabei tropicando no tapete, e quando dei por mim, estava sobre ela, a mesma corou muito, eu fiquei um pouco corado, mais o engraçado, è que eu estava sentindo algo macio e um pouco grande de baixo da minha mão esquerda, quando eu olhei, vi que estava segurando o ceio dela - Shi-Shigatsuky. .. Você. .. - Ela disse corada, eu apertei de leve, e ela soutou um pequeno barulho, eu sorri e olhei para ela, aquilo era melhor do que nas revistas, eu fiquei a olhando, até que tomei iniciativa e a dei um beijo, a princípio ela não correspondeu, mais ao passar os segundos, ela se rendeu e retribuiu o beijo, e me abraçando, eu ainda segurava seu seio, o masagiando bem de vagar, fazendo a mesma dar baixos gemidos, eu estava muito excitado,  desgrudei nossas bocas por falta de ar, e comecei a beijar seu pescoço, fazendo ela se mexer em baixo de mim, eu estava sem camisa, e queria tirar a camiseta branca dela, mais parei e fiquei a olhando, com um pingo bem minúsculo de vergonha.

- Mitsumy .... Você. .. Você quer...Passar daqui !? ... - Perguntei a olhando e esperando pela resposta, ela me olhou e fez que não com a cabeça, eu sorri escondendo que estava decepcionado com a resposta, então me levantei, e sentei ao lado dela, ela se levantou também, com um pouco de vergonha, e sorriu para mim, eu retribuí o sorriso.

- Bem.... Eu ... Vou dormir ... Está bem .. ? - Ela disse se levantando e caminhando até a porta.

- Está bem ! Boa noite ! - Falei a olhando, ela me lançou um sorriso e saiu, eu logo tirei minha calça, e me masturbei, até que depois de alguns minutos gozei.

Fui so banheiro e tomei outro banho, troquei os lençóis, e me deitei de novo.

- Será que eu fiz alguma coisa que a deixou magoada, pois aquele sorriso escondia alguma coisa ! Mais deixa isso pra la, amanhã falo com ela ! - Falei alto para mim mesmo, e poucos segundos depois acabei dormindo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado =^-^=
Fiquem com Rikudou !!
E até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...