História Pós Hogwarts - Capítulo 80


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Harry Potter
Exibições 69
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 80 - Velhos amigos


Assim que o casamento acabou, Harry, Gina e Thiago voltaram de carro da Toca até a Mansão Potter, que fica em Londres. A semana novamente seria corrida para o auror, que teria novamente que sair do Ministério na manhã de sexta e dessa vez ir até Manchester.

Isso porque em Manchester, seria o casamento entre Perçy e Audrey, na casa onde o casal mora. A viagem da capital inglesa até o local do casório era de aproximadamente duas horas e meia, e como haviam sido pedidos por Percy e Audrey, os padrinhos deveriam chegar à sexta feira dia 02 de dezembro, até às duas da tarde. O casamento seria no dia seguinte às quatro horas da tarde.

Com isso, Harry, Gina e Thiago iriam sair de carro de Londres, às onze horas na sexta, e a pedido da Gina, Harry não iria usar o dispositivo de o carro voar, já que ela não podia passar perigo, e para não causar estresse na esposa, ele prontamente negou o dispositivo.

Quando era por volta de uma e quinze da tarde na sexta, o auror chega com a família na casa do cunhado, e é recebido pelo próprio, que os convidam para entrarem.

Lá já estavam Arthur e Molly que ajudariam na cerimonia, como também os pais de Audrey, Charlie e Lucy Horn, e “dois pares de padrinhos”, eram eles Gui e Fleur, e Carlinhos e Amélia, já Jorge e Angelina, ainda estavam vindo de Londres (moravam sobre a loja Gemialidades Weasleys que tem no Beco Diagonal), junto dos dois filhos Roxanne e Fred II, e também Kingsley e Minerva, que seriam outros padrinhos, mas ambos não puderam sair na sexta e chegariam apenas às três e meia para o casamento. E a roupa dos dois já tinha sido arrumada.

Infelizmente Percy não pode contar com seu irmão Rony como padrinho, isso ocorreu por causa de que Rony e Hermione que se casaram na semana anterior estavam de lua de mel na Austrália.

Jorge, Angelina e os filhos foram de chegar de carro quase que duas e meia, algo que deixou Perçy muito bravo e Jorge só disse assim:

-Perçy, calma, você não achava que eu iria parar de te zuar. Para aproveitar, conversei com a McGonagall e ela vai liberar uns distintivos de monitores chefes para nós colocarmos sobre o terno.

Quando Jorge falou isso, todos na casa riram, com exceção de Angelina, que pediu para o marido parar de fazer graça e Percy que já estava com um semblante fechado, e parecia que estava com vontade agora de expulsar o irmão dos padrinhos, mas resistiu a isso.

Eles foram então arrumar as roupas, os padrinhos junto do noivo, e as madrinhas junto da noiva, e no outro dia, o noivo e a noiva não poderiam se ver, por isso, Percy ia ser arrumado na casa do vizinho que liberou a residência, o vizinho que era também um dos convidados para o casamento, o ex-aluno da Grifinória do mesmo ano que Perçy e ex-jogador de quadribol, era o Olívio Wood.

Na hora do casamento, o primeiro a entrar foi Perçy acompanhado de Molly, depois os padrinhos nessa sequencia: Harry e Gina; Jorge e Angelina; Carlinhos e Amélia; Gui e Fleur e Kingsley e Minerva. E depois a noiva com seu longo vestido branco acompanhada de seu pai.

Logo que Harry entrou, estava dando uma olhadas nas pessoas convidadas pelo cunhado e entre os convidados haviam alguns nomes que ele conhecia dos tempos de Hogwarts. Entre eles o ex-capitão do time grifinório, Olívio Wood, também a antiga namorada do noivo, Penélope Clearwater, alguns professores como Professora Sprout, Professor Flitiwick e Hagrid. Além também de muita gente do alto escalão do Ministério, até porque o cargo que Perçy tinha no Ministério era o de 1º Subsecretário Sênior do Ministro, então tinha alguns antigos funcionários que voltaram ao Ministério com a entrada de Kingsley como Ministro. Como por exemplo, Ludo Bagman, que voltou para a função de Chefe do Departamento de Jogos e Esportes Mágicos.

No entanto o convidado que mais surpreendeu Harry, foi um que estava bem no fundo da cerimônia, era o Ex-Ministro da Magia, Cornélio Fudge, que foi Ministro entre os anos de 1990 até 1996. Harry durante os quatro primeiros anos que esteve em Hogwarts tinha uma imagem positiva de Fudge, mesmo que às vezes não achasse algumas coisas certas o que ele fazia. Como quando no seu terceiro ano colocou os dementadores nos arredores de Hogwarts e em Hogsmeade.

Porém o último ano dele como Ministro, o quinto de Harry em Hogwarts, foi um ano muito tumultuado, que foi quando Fudge incriminou Harry e Dumbledore, dizendo que a história da volta de Voldemort era mentira, isso tudo porque Cornélio tinha medo que isso acontecesse novamente.

E logo depois do ocorrido dentro do Departamento de Mistério, comprovou que Harry e Dumbledore falavam a verdade culminando na demissão de Fudge, essa foi à penúltima vez que o atual auror viu o ex-ministro. A última seria no velório de Dumbledore, onde Fudge estava lá, até porque durante os anos 1990 até 1995, o ex-ministro pediu milhões de conselhos a Dumbledore.

Na cerimonia ocorreu tudo bem, ao final dela, Fudge foi cumprimentar Harry, e o ex-ministro disse:

-Olá Harry, é muito bom te ver.

-Olá Fudge. Disse Harry seco.

-Espero que me perdoe Harry, pelo o que eu te fiz há quatro anos quando desmentia você e a Dumbledore. Disse Cornélio.

-É uma pena que nunca irei te desculpar você apenas colocou uma infeliz no cargo... Harry tava falando, mas foi interrompido por Perçy que percebeu a quase discussão entre o auror e o antigo Ministro, e foi conversar com Fudge liberando Harry a ficar longe de Cornélio.

Harry ainda foi repreendido por Gina por arrumar confusão, e por demais à festa correu tudo bem, e quando era umas dez da noite, Rony já tinha mandado seu patrono, um cachorro, parabenizando o irmão, e Harry, Gina e Thiago pegaram a estrada no final da noite do sábado, para chegarem a Londres ainda na madrugada. Já que no horário da tarde, Harry ia precisar fazer o turno da tarde no Ministério.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...