História Possesive Yoonmin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Suga
Visualizações 422
Palavras 516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar
Avisos: Álcool, Drogas, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii gente minha primeira Fanfic por favor Não me deixem eu Estou tentando fazer o meu melhor,se gostou favoritem obrigada Não esquece de comentar 💜

Capítulo 1 - The Beginning


Fanfic / Fanfiction Possesive Yoonmin - Capítulo 1 - The Beginning

              *The Beginning*

_EU VOU EMBORA DESSA PORCARIA DE CASA, NÃO AGUENTO MAIS ESSA DROGA DE VIDA. -gritei indo em direção ao meu quarto e logo pegando uma velha mochila, onde procurei colocar o máximo de roupas que conseguia. PARK JIMIN VOLTA AQUI, VOCÊ NÃO VAI À LUGAR NENHUM. - meu pai gritou de volta, Vindo atrás de mim. 

-Ah, não vou papai ? - (Falei com ar de deboche) E Quem vai me obrigar a ficar? (disse colocando a mochila nas costas, Com toda a coragem junto a mim, pois o meu pai era praticamente meu dobro, poderia me impedir numa facilidade só. Mas ele apenas ficou me encarando não acreditando que seu "garotinho" havia se tornado tão inconsequente. -A questão é (Continuei a falar) -Eu não fico mais nenhum segundo debaixo do mesmo teto  dessa vadia, que você trouxe para casa e ainda chama de mulher.

-Jimin, querido... (Meu pai tentou se acalmar ). “-Você está sendo injusto com Seo Woo ela é como uma mãe para você”  (Senti vontade de vomitar, é meu sangue esquentar como se eu fosse explodir a qualquer momento, mas do que eu já havia. )

-NUNCA MAIS. (gritei mas logo respirei fundo tentando voltar à um tom aceitável de voz). - nunca mais mesmo, compare essa biscate  com a minha mãe, aliás que Deus a tenha. (- Falei, pois minha mãe havia morrido quando eu tinha apenas dez anos, e quando eu completei quatorze meu pai conheceu, Seo Woo fazendo minha vida virar um inferno. Minha mãe era uma mulher digna, não precisava se aproveitar de ninguém para se dar bem na vida.) -Eu cansei pai de ver você sendo feito de idiota, e também cansei dessa Vadi... (Me segurei) -Mulherzinha ... Tentando tomar o lugar da minha mãe, e me tratando como um nada -Ela finalmente conseguiu o que queria, eu vou embora. (Seo observava tudo, as vezes dava até pra ver o seu sorriso vitorioso saindo de seus lábios, mas rapidamente ela voltava a se fazer de vítima,  (Eu odiava ver meu pai sendo feito de idiota, ela só queria o seu dinheiro.) 

00:30. Eu realmente não sabia para onde iria essa hora, mas resolvi arriscar, meu pai tentou me impedir. Porém, ao mesmo tempo que ele era mais forte que eu, Eu era mais rápido. Na minha mochila ( Que agora pesava em minhas costas enquanto eu andava Pelas ruas um pouco mal iluminadas do meu bairro) haviam algumas peças de roupas, coisas para higiene e um pouco de dinheiro da minha mesada. Eu estava quase me arrependendo, com medo e com frio, apenas eu e minha insegurança. Para onde eu iria? Droga.

Até que me veio a cabeça um apartamento que meu pai possuía, porém o mesmo ficava um pouco longe. Eu planejava pegar um táxi e pagar com o dinheiro que havia pego. Enquanto eu pensava comigo, passei por um grupo de garotos. Se eles não tivessem feito gracinhas, eu nem perceberia.

_Ei garoto... Isso é hora de princesinha estar na rua ? (Continuei a andar o mais rápido possível, mas podia ver que eles começaram a me seguir) 





Notas Finais


Gente sei que não foi muito , mas esse é o primeiro capítulo, Prometo que amanhã eu continuo.. Beijos 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...