História Possesivo ao Extremo -(Taehyung)- - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bts, Possesivo, Taehyung, Você
Visualizações 322
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Droubble, Festa, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal!!
Me desculpem qualquer erro ortográfico .

Bjks

Capítulo 2 - Cap 02


Fanfic / Fanfiction Possesivo ao Extremo -(Taehyung)- - Capítulo 2 - Cap 02

(S/n) on

Acordei exatas 6:00 da manhã com alguns raios de sol saindo pela janela do meu quarto. 

"Como pude ser tão burra de deixar a cortina aberta" - pensei

Me levantei lentamente pisando no chão gélido, indo em direção a janela fechando a cortina da mesma. 

Fui para o banheiro fazer minhas higienes matinais, voltei para o quarto e revirei meu armário atrás de uma roupa decente para ir a faculdade.

Acabei optando por uma calça jeans preta e uma blusa social, coloquei meu tênis, arrumei meu cabelo e fiz uma maquiagem básica.

Arrumo meu quarto e vou caminhando até a cozinha pegando uma maçã na fruteira em seguida pegando minha bolsa posicionada em cima da mesa.

Fui para a saída da casa,  fechei a porta da mesma enquanto modiscava um pedaço da maçã.

 Andei em rumo para a faculdade encontrando no caminho jungkook, um dos meus amigos,  em menos de 5 minutos já estavamos entrando na faculdade.

- Tchau, (S/a)! - disse jungkook me dando um beijo na bochecha enquanto andava em direção ao seu grupos de amigos.

Passei pelas portas da faculdade seguindo para minha sala.

Quando abri a porta vi a cena que já esperava assistir.

Jiwoo agarrando um garoto que na minha percepção ela nem sabe o nome, como todos os santos dias! 

Como eles estavam muito ocupados nem viram minha chegada.

- Cof Cof -fingi uma tosse alta para ver se chamava a atenção dos dois pombinhos se agarrando em cima da mesa de um aluno qualquer.

- Eu nem estudo aqui! - disse o garoto se separando de Jiwoo enquanto colocava as mãos para cima como se estivesse sendo acusado de algo.

- Aish..estraga prazeres - resmungou jiwoo arrumando sua roupa.

- Te vejo mais tarde?  - perguntou ela para o garoto .

- C-claro - disse ele saindo pela porta rapidamente ainda constrangido por eu ter pego os dois no flagra, mas na verdade já estava acostumada com aquilo .

- Bom dia - disse ela me abraçando .

"Sim eu sou amiga dessa praga bipolar loira"

- Bom dia - falei sem ânimo .

*Quebra de tempo*

Na faculdade foi a mesma rotina de sempre, eu e jiwoo almoçamos no refeitório e agora eu me encontro andando pelas ruas com ela estavamos a caminho do trabalho pois nós duas trabalhamos juntas em uma cafeteria bem famosa no estado.

- Só você não percebe,  está estampado na cara do jungkook que ele quer ficar com você!  - Exclamou jiwoo já revoltada com a nossa discussão em que ela insiste em dizer que Jungkook gosta de mim.

- Você está vendo coisas - falei no mesmo tom enquanto abria a cafeteria virando a placa na porta para "aberto".

- Ele está dando em cima de você a 2 anos, 2 ANOS! - gritou ela na última fala.

- Ele é como um irmão pra mim -retruqueei colocando o avental marrom da cafeteria.

- Mais meu - jiwoo foi interrompida pelas portas da cafeteria se abrindo e revelando um garoto alto e com um sorriso gigante estampado em seu rosto.

- Você atende,  vou ficar admirando essa obra de arte - disse ela apoiando os cotovelos no balcão  babando no garoto.

Revirei os olhos e fui em direção a mesa dois onde onde ele estava.

- Com licença, você já sabe o que vai querer pedir?

- Hum.. Acho que por enquanto apenas um café com leite - disse ele ainda com o seu olhar direcionado ao cardápio em suas mãos.

- Já trago seu pedido - falei terminando de anotar no bloco de notas e arrancando o olhar do garoto.

Quando iria me virar para voltar ao balcão o garoto segura meu pulso fazendo eu me assustar automaticamente.

- C-como é seu nome? - perguntou ele com a voz falha.

- (S/n) - eu digo nervosa observando seu rosto,  olhando agora parece que eu o conheço. 

Por curiosidade pergunto :

- E o seu?  

-Me chame apenas de V - disse ele me mandando um sorriso.

Psicopata?







Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...