História Possession- Imagine Jeon Jungkook e Min Yoongi (BTS) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Bts, Jeon Jungkook, Kpop, Min Yoongi, Romance
Visualizações 57
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura, meus amores! <3
Nesse capítulo terá uma revelação do Jimin, o que será que é?(não vale olhar!). Quem acertar ganha um brinde HAHAHA.
Até as notas finais bbs sz.

Capítulo 11 - Special dinner


Fanfic / Fanfiction Possession- Imagine Jeon Jungkook e Min Yoongi (BTS) - Capítulo 11 - Special dinner

Jimin P.O.V

Depois de deixar S/n em casa, fui a caminho da casa de Marcus para entregar algumas encomendas. Nunca pensei na probabilidade de entrar nessa vida em que estou no momento, as oportunidades apareceram de repente e não fui capaz de recusá-las. Não me orgulho de estar fazendo coisas “fora da lei”, mas desde que entrei no tráfico mudei completamente. Deixei de ser aquele menino inocente e idiota que era antes, e passei a ser alguém mais ambicioso e frio. Tudo que me importa agora é o meu dinheiro. Mais nada, mais ninguém.

Estacionei o carro em frente à casa de Marcus e peguei a bolsa que estava no porta malas. Marcus está comigo nessa desde o início, foi ele quem me apresentou a isso tudo. Mesmo sendo um absurdo, sou muito grato a ele. Agora sei qual o sentido da minha vida, e também sei qual será meu destino.

- Oh, que surpresa boa te ter aqui, Jimin! Como está, querido?- Senhora Xang, esposa de Marcus, disse recebendo-me com calorosos abraços.

- Estou bem, e a senhora?

- Estou ótima!- sorriu largamente- Marcus está no escritório, venha.

Senhora Xang me puxou pelo braço até o escritório de Marcus. Admito que admiro a animação e a felicidade dessa mulher. Todas as vezes que a vi, ela estava com aquele enorme sorriso no rosto, mesmo com tudo o que acontece em sua vida.

- Querido, tem uma visita para você. - entrou na sala e me puxou em seguida.

- Eu e Jimin combinamos de nos encontrarmos hoje. Temos alguns assuntos a resolver.

- Oh, sim. Bem, sendo assim estou indo. Se precisarem me chamem. - mandou beijos para Marcus. Ri soprado.

- Ela é uma peça. - disse.

- E das boas.- riu-  Trouxe o que te pedi?

- Sim, aqui está.- entreguei o pacote com cocaína ao homem.

- Obrigado, Jimin. E as vendas, como estão?

- Estão aumentando cada vez mais.

- Estou orgulhoso de você. Está fazendo um excelente trabalho! Quem sabe um dia não chega a liderança disso tudo?

- É o que mais almejo, Marcus.

- Achou novos fornecedores?

- Desta vez não foquei apenas em Seul, para que não suspeitem de nada. Achei alguns confiáveis em Busan e Daegu. Terça-feira marquei de encontrar com eles.

- Ótimo.

- Precisa de mais alguma coisa?

- No momento não, está dispensado.

- OK.

Sai de sua sala e encontrei Xang no sofá.

- Já está indo, querido? Não quer comer nada?

- Não, Senhora Xang. Muito obrigado, mas já estou de saída.

- Tem certeza? Não está com fome?

- Absoluta.

- Não fique sem comer, ouviu? Até mais. – disse e em seguida me abraçou.

- Até. - sorri fraco.

O comentário de Marcus, sobre uma possível oportunidade de eu entrar no comando de toda essa organização, aguçou uma determinação que há tempos não tinha. No princípio, queria apenas alguns trocados e algumas aventuras para minha vida, que na época, era demasiadamente sem graça alguma. Agora, tudo o que quero é ser livre dos comandos de Marcus, e seguir minhas próprias regras.

A reunião que marquei para terça-feira com alguns fornecedores será uma ótima oportunidade de me destacar. Claro, sem que Marcus saiba absolutamente de nada. Comentei com eles de que o líder que está por trás dessa gangue não vem sendo muito ativo nas decisões ,e que, no final tudo cabe a minha pessoa resolver. Eles acabaram por acreditar. 1x0 para mim.

S/n P.O.V

Despertei da soneca com os toques repetidos da campainha. Acabei esquecendo-me do encontro com vovó hoje, e acabei por adormecer no sofá.

- Olá, querida! Cheguei cedo demais? Estava dormindo?- questiona vovó abraçando-me com delicadeza.

- Desculpe pela demora de atender a porta. Acabei cochilando no sofá e perdi a noção do tempo. - sorri ladino.

- Tudo bem, docinho. Como está a faculdade? E os namoradinhos?- riu.

- Ah vovó, a faculdade vai bem. Já os “namoradinhos” não existem. – ri com sua expressão de surpresa.

- Não acredito que uma moça linda como você não tenha sequer um namorado! Não precisa ter vergonha de contar para vovó. - apertou fracamente minhas bochechas.

Apenas ri de sua frase. Não adiantaria tentar convencer vovó de que não tenho nenhum namorado, ela nunca acredita. Para ela, apenas o fato de eu ser “muito bonita”, como a própria diz, já justifica que eu tenho muitos namorados. Ah vovó, se o mundo funcionasse como você pensa, talvez fosse melhor.

- Agora vamos parar de falar sobre mim. Como vai a senhora? O que andou fazendo todo esse tempo que não a vejo?

- Muita coisas, querida! Vamos sentar que te conto detalhe por detalhe! – sorriu.

Fomos sentar no sofá e vovó contou todas as aventuras que passou em suas férias, desde viagens até os namorados sacanas. Sim, minha avó tem namorado e eu não. Bom, cada um opta pelo que acha melhor na vida. E eu, no caso, não faço a menor ideia do que quero.

Cerca de 20 minutos de conversa, nossa pizza chegou e comemos assistindo a novela preferida de vovó. Esses momentos simples que passamos com as pessoas que amamos, me fazem dar mais valor a vida e a tudo e todos que tenho. Não há dinheiro nesse mundo que compre a  verdadeira felicidade, o mais sincero sorriso,  o carinho, a alegria de cada momento e, principalmente, o amor. Falo isso por experiência própria. A grande maioria acha que alcançará o auge de sua felicidade quando tiver em sua conta no banco milhões de dólares, morar em uma mansão gigante e tiver na garagem vários carros. Não, a felicidade não está na quantidade de dinheiro ou coisas materiais que se tem, mas sim na quantidade de amor que guarda no coração. Aprendi com vovó que cada momento, cada oportunidade, cada sorriso, cada amor, cada sofrimento são únicos e devemos aproveitá-los até que não reste mais nada. Porque a vida passa depressa e não nos espera.

- Querida, obrigada por passar esse tempo comigo. Sua presença sempre me deixa feliz. Mas agora tenho que ir, já está tarde. - sorriu.

- Não quer dormir aqui, vovó?

- Não, querida. Amanhã cedo combinei de sair com algumas amigas.

Concordei levemente com a cabeça.

- Até mais, meu anjo. - beijou o topo de minha cabeça.

- Até, vovó. - sorri.

Fechei levemente a porta e segui para meu quarto, estou morrendo de sono.

...

O restinho da semana passou tão rápido que agora que me toquei que hoje já é sexta-feira. Lembrei-me do convite que Jungkook havia me feito na segunda e estou pensando seriamente em ir. Por que não? Não vou fazer nada de interessante em uma sexta à noite.

Depois do almoço liguei para Jeon para avisar o mesmo que iria acompanhá-lo neste tal evento. E é claro que ele não ficou surpreso, já que para o mesmo “ ele já sabia desde o inicio”. Se ele está falando, quem sou eu para discordar?

Vai ser uma longa noite. 


Notas Finais


Quem acertou a revelação do Chimchim? HAHA. S/n toda filosófica nesse capitulo, se eu fosse vocês pegava as dicas dela!
Comentem o que acharam, seu cometário é muito importante para a continuação da história!
Beijos, até o próximo capítulo (que não vai demorar 2 meses, só 1. Estou brincando jsjs) <3.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...