História Possessive - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Min Yoongi, Possesive, Romance, Suga
Exibições 22
Palavras 697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente, desculpa a demora pra postar eu sei que tinha prometido postar às 5:00 mais eu tinha ficado sem internet... Espero que intendam... Boa leitura
Bjs da candy❤

Capítulo 3 - Cap:2


- prazer Yoongi... Min Yoongi.- ele disse e eu estremeci ao ouvir aquele nome, eu estava diante do maior cafajeste de Suel, e mesmo assim ele era o sonho de todas as menininhas iludidas e também por quebrar o coração delas.- eu sei quem e você.- Sabe? Como?

Puta merda falei demais se ele soubesse que eu sabia que ele era de vdd , e capaz de eu morrer por que ninguém sabe que ele é o líder dos canadian.

Eu confundir você com outra pessoa - minti - eu sou inconfundível.- ele disse - e você e ridícula.- você também não passa muito longe de ser ridículo.- falei o olhando friamente nos olhos.

- você deveria me temer.- Só por que você e um canadian?- entreguei o jogo e vi a merda que havia feito. Yoongi olhou para os garotos incrédulo.

- você sabe demais - ele falou e deu meia volta.- dudes leva ela pro apartamento amanhã vejo o que faço. Se ela não morre vau servi como um bom bife, si e que vocês me intende.- O QUE? Droga, me solta, eu quero voltar pra casa.- gritei, ao sentir o tal V, e mais dois garotos me colocando para dentro de uma Range Roved preta, tentei me debater mais o desespero era tanto que acabei desmaiando. Tudo se apagou...

Acordei em um quarto totalmente escuro e com dor de cabeça muito forte, levantei me procurando algo que pudesse iluminar aquela droga de quarto, mas provavelmente uma luz, e... Sem sucesso, consegui ouvir risos exagerados distantes, e nos filhos da puta, deduzir. A porta se abriu e com ela veio uma claridade infernal, o tal V acendeu a luz. E ele logo me avistou sentada na cama com uma cara tipo *"vai tomar no cu"* - seu cabelo tá horrível.- ham obrigada mas você por acaso trabalha em algum cabeleiro? Bem que percebi seu jeito afeminado - falei com raiva.- Se você quiser eu posso te mostrar o afeminado - ele disse sendo safado. Idiota.- cara, o que vocês querem comigo? Me deixe ir.- ah isso é com o Suga, e não sei se ele vai deixar você ir embora tão cedo até porque você sabe demais - Eu estou pouco me fudendo para a ganguizinha de vocês se eu sei quem faz parte ou não, eu só quero ir embora caramba - o garoto me olhou e apenas riu, o que me irritou totalmente, aproveitei que a porta estava aberta e sai batendo perna. Enquanto andava pos corredores percebi que aqueles *"filhos da puta e rico"* pensei comigo, ao acabar o corredor eu me vi numa sala de estar enorme, onde havia dois babacas no sofá e falando merda.- eu quero ir embora dessa merda - gritei parando na frente da televisão que eles estavam assistindo, impedindo eles de olhar.

- avistei um troféu onde havia um bonequinho segurando uma bola de basquete e joguei-o no chão com força como aquelas crianças cujo os seus desejos não são concedidos. O garoto de olhos castanhos levantou rapidamente comi se quisesse me matar.

- Sua vadia, você e louca?- você quebou o nosso troféu nós ganhamos no campeonato do ano passado contra os maiores times de basquete acadêmicos de Suel, você sabe o quanto o nosso time ralou para conseguir isso?

Podia ver a raiva nos olhos dele.- esse troféu aí? Ele quebrou muito fácil então não e muito importante assim.

Foi quando senti um estalo no rosto, fazendo meu rosto quase uma volta de 360° perfeito. Logo ele me jogou no sofá com força sentir meu corpo ficar meio dolorido por mais que o sofá fosse confortável ele me jodisse.om tamanha brutalidade.- você tem que saber quem manda e quem obedece.- ele disse apontando o dedo na minha cara enquanto eu tava jogada no sofá do jeito que ele me jogou.

- pelo visto você não ta sabendo do que somos capazes de faze.- pega leve Jimin, e só uma garota, e não alguém da facção inimiga.- V disse.- vices pagam de macho, mas na real são tudo uns potus.- Agora eu havia brincado com gogo, agora eu morreria.- Putos? Te levo pra um canto e vejo você mudar de ideia rapidinho - V disse


Notas Finais


Espero que tenham gostado ate a próxima... Tchau❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...