História Possessive Love - Capítulo 5


Escrita por: ~

Exibições 61
Palavras 882
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Famí­lia, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eaai

Capítulo 5 - Capítulo 5


        POV ALLYSON 



Se passaram uma semana, meus hematomas estão curados, nem consegui fugir porém ainda não desisti, Justin já me assediou quatro de vezes essa semana, os garotos não são tão ruins assim como pensei, Chaz até me disse Oi hoje cedo. Bieber também liberou para mim caminhar livremente pela mansão, isso foi uma boa idéia, o jardim daqui é lindo, ele só não me disse quem está me mantendo aqui 


 - Justin, mano, a Ashley chega amanhã e não vai gostar de vê a Allyson aqui - Parei no corredor quando ouvi meu nome 


- Que porra,  a Ashley é muito ciumenta cara - Justin falou 


- Drew,  Ela vai ter que aceitar, estamos recebendo muito bem para manter a Allyson aqui - Chris falou 


- Pois é - Alguém que não identifiquei falou 


Ouvi passos se aproximando e corri de volta para o quarto 


Quem seria Ashley? Pelo que sei Justin não tem namorada 


A porta foi aberta brutalmente típico do Justin entrar no quarto das pessoas assim, o encarei 


- Amanhã chega uma garota muito difícil aqui, quero que você mantenha distância dela, se ela te disser algo, fale comigo mas não fale mais com ela, Ashley não pensaria antes de te dar um tiro no meio da testa - Justin falou sério e eu assenti enquanto ele colocou a mão sobre a minha perna 


Me arrepiei com seu toque 


Fiquei encarando algumas cicatrizes que eu tinha nos braços 


- Hey, espero que eu não precise deixar mais marcas em você, mesmo que eu adoro quando você grita de dor - Justin falou me fazendo recuar e me encolher no canto da cama 


- Você está avisada - Ele falou saindo do quarto e fechando a porta atrás de si 


Apesar que já tinha uma semana que nenhum deles encostava em mim para agredir, eu ainda tenho medo deles, principalmente de Chris, ele tem um olhar psicopata 


Minha mãe confesso que faz falta mas ela que fugiu me deixando 


- Er, Oi - Chaz apareceu no meu quarto e eu arregalei os olhos 


- Calma, eu não sou como eles, você é uma boa garota Allyson - Chaz falou se sentando na cama perto de mim 


- Eles me fazem medo - Falei abraçando minhas pernas 


- Eu queria poder fazer alguma coisa mas... Você sabe, eles não me ouvem - Chaz falou arrumando o cabelo 


- Então você pode me chamar de Ally - Falei sorrindo sincera pela primeira vez 


- Ok Ally


Ficamos conversando um tempo até o chamarem, Chaz a partir de hoje é meu amigo, ele me faz rir, me faz sorrir como nunca, ele não me bate e nem humilha, ele definitivamente é maravilhoso 


Fiquei pensativa por algum tempo e resolvi dar uma volta 


Caminhei pelo jardim e peguei uma rosa branca com espinhos que acabou espetando meu dedo mas não me importei, já passei por coisas piores 

Voltei para casa e Justin estava caminhando de um lado para o outro furioso 


- Onde você estava? - Ele perguntou nervoso 


- Eu fui ali no jardim - Falei mostrando a rosa e ele a amassou a jogando no chão em seguida 


Abri a boca sem conseguir falar nada 


- Sobe para o quarto, tenho assuntos a tratar - Ele falou apontando para a escada 


- Me deixa fica aqui - Pedi 


- Quer que eu te mostre o caminho Cooper? - Ele perguntou irritado 


Ainda não entendi o motivo da irritação dele e nem quero 


Fui empurrada mas consegui me segurar no corrimão 


subi a escada com pressa e entrei no meu quarto, ele não tem o direito de fazer isso comigo 

...


Era madrugada, me levantei para beber um copo de água, com muito medo mas continuei, qualquer coisa e só utilizar o que eu aprendi em supernatural 


Desci a escada sem fazer barulho e cheguei na cozinha pegando a água na geladeira e coloquei no copo a bebendo 


Lavei o copo e guardei 


Fui prensada no balcão por mãos fortes 


- Que é isso? - Perguntei tentando fugir 


- Relaxa, sou eu - Justin falou 


- Me solta - Falei 


- Sei que quer isso mais do que eu - Ele falou me beijando e eu retribui, ele é violento até no Beijo 


Entrelacei minhas mãos ao redor de sua nuca aprofundando o beijo e ele me colocou em cima da bancada 


Me lembrei do sorriso psicopata dele na hora de me bater e o empurrei para longe 


- Isso não deveria ter acontecido - Falei correndo o mais rápido possível 


Cheguei no meu quarto ofegante e me deitei na cama pensando na burrada que cometi, eu beijei o homem que me maltrata e ainda gostei? Acho que minha mãe não fez meus exames direito 


O dia amanheceu e eu não consegui dormir, me levantei as oito e fiz minhas higienes, troquei de roupa, arrumei o cabelo e desci para a cozinha 


a campainha tocou enquanto eu estava na metade do caminho 


- Atende aí Allyson - Justin gritou 


Fui até a porta a abrindo e encontrei uma garota loira, olhos azuis e baixinha 


- Quem é você? - Perguntamos na mesma hora 


- Ashley - Ela falou e eu senti uma coisa ruim 


Algo me dizia que essa garota não é boa coisa




         

 


Notas Finais


O próximo capítulo sai na sexta gente ♥

Comentem aí


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...