História Possessive Love - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Justin Bieber
Exibições 149
Palavras 3.789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei e como capítulo esta enorme LEIA AS NOTAS FINAIS EXPLICO TUDO LÁ XOXO

Capítulo 26 - 26


Fanfic / Fanfiction Possessive Love - Capítulo 26 - 26

Antes 

Elena On 

Quando chegamos a pista e encontramos o Chris e Chaz no meio da pista dançando aparentemente já bêbados , Ryan logo se juntou a eles levando Kimberly junto , Justin segurava minha cintura ,mas não me deixou ir para o meio da pista, ficamos perto do bar com John , ver como as pessoas dançavam se divertiam será que sabia que ali mesmo tinha gente fazendo sexo ou usando drogas de qualquer tipo ? 

Quer dizer claro que sim né 

Me pergunto se será assim toda noite com todos , não sei se terei paciência para ficar no pé do Justin todas as noites .

Kim sai da multidão e puxa a minha mão me guiando para a pista

é melhor não Kim _digo o mais alto possível 

Vem vamos mostrar quem manda Elena _ela disse

Olhei para o Justin que assentiu muito distraído sobre sei lá o que , que falara John me pergunto novamente como eles conseguem se ouvir 

Entrando na pista  deixando meu corpo ser guiado pela música como na primeira vez, Kim coloca um copo na minha mão e eu o bebo , ela sorri e começa dançar  a música que tocava alto animando a multidão , pelo menos nessa parte parece uma boate comum se olhar  os dois últimos andar ,  com certeza será o que não irei frequentar .

E assim fui me deixando levar deixando meu corpo se mexer conforme a música , quando resolvi parar e direcionei meu olhar para o bar onde o Justin estava , o mesmo já não se encontrava-la e nem John 

Kim ele não esta no bar _digo 

Ele precisa tomar conta das três partes da boate Elena logo ele volta _ela disse

Ela começou a dançar novamente me incentivando a fazer o mesmo, Chris e Chaz vieram para perto de nós duas e Kim começou a dançar com eles , logo me colocando junto e nós quatro nos divertíamos na pista , a forma como eu estava dançando me surpreendia já que nunca me vi dançando de um jeito sexy , mas os olhares que recebia me mostrava que eu estava indo bem e Chaz vindo me cerca mostrava que estava começando a chamar atenção

Vou ao bar _digo alto 

Vamos irei parar um pouco _disse Chaz 

Kim e Chris continuaram  na pista e me fizeram dizer  que voltaria com bebidas para os dois , certeza que foi para garantir que eu voltaria a dançar.

Sentei numa das cadeiras e um cara veio me atender 

Achei que só mulheres trabalhavam nesse lugar 

Pedi água , não quero ficar bêbada , depois eu peço algo mais forte 

Que bom que veio Elena _Chaz disse

É estou me divertindo _digo 

Ele pegou mais um copo da bebida que já avia tomado e continuou

Sério , toda vez que te vejo assim tão linda surpreendendo a todos quando se deixa solta na balada me pergunto se existe outras de você para mim _ele disse 

Tentei rir com seu comentário , ainda me perguntando se foi um elogio mesmo ou a bebida falando , quando minha água chegou eu disse 

Eu não sou o tipo de garota que atraí caras como você e Chris , nem sei como consegui o Justin _digo 

Não diz isso Elena , você é linda e não digo isso por te ver assim agora esta sempre linda e precisa que alguém te diga isso todo dia até você acreditar _ele disse

Chaz _ele me interrompe

Não se preocupe Elena somos amigos não é ? e sim talvez eu esteja aproveitando que estou bebendo para te dizer isso , mas é a verdade _ele disse 

Não sei o que dizer _digo 

Nada , não se preocupe Elena _ele disse

Pedi as bebidas para Chris e Kim e sorrio  para o Chaz voltando para a pista super confusa com o que acaba de acontecer .

**

Não fazia ideia de que horas já era e nem quanto tempo eu tinha ficado naquela pista, mas quando Justin surgiu novamente eu fui até ele para pedir para voltar para casa , mas não deu muito certo ele ainda não podia voltar então Kimberly e eu fomos embora deixando os meninos ainda na boate .

Quando chegamos em casa Kimberly entrou no quarto de Ryan direto e eu segui para o meu antigo quarto , abri a porta e vi Elise dormindo tranquilamente e Mariah numa cadeira ao seu lado com a tv ligada 

Me aproximo acordando Mariah 

Pode ir pro seu quarto Mariah ela só acorda amanhã _digo 

Ei menina, desculpe assistimos a um filme infantil e acabamos pegando no sono _ela disse

tudo bem Mariah, pode descansar agora obrigada por ficar com ela depois do seu horário _digo 

É meu trabalho menina e gosto de cuidar da sua irmã ela trouxe para essa casa o modo família que nunca pensei em ver desde que vim trabalhar aqui _ela disse

Sorrio 

Boa Noite _digo enfim 

Fecho a porta quando Mariah , sai e vou ao banheiro tomar um banho relaxante , pego minha camisola que deixei aqui no quarto já que irei dormir aqui , já que Justin não volta tão cedo .

Entro  no boxe e decido entrar na banheira espero encher e retiro meu vestido  , faço um coque no cabelo e entro na banheira essa noite eu me senti bem realmente depois de muito tempo e nem aquela mulher que esteve na sala do Justin conseguiu deixar a noite ruim,  a única coisa que me confundi são as palavras do Chaz, mas fico feliz que ele me considere sua amiga, já que ele e todos os meninos são importantes para o Justin eles são importantes para mim também como irmãos .

Justin On 

Depois que Kim e Elena foram embora eu pude finalmente começar minha noite , com Elena aqui eu não poderia beber  e nem usar nada o que não foi de todo ruim já que fiscalizei bastante os três andares da minha boate , a primeira parte o único lugar que irei permitir que Elena frequente foi o que mais me deu trabalho já que as garotas ficam ocupando o segundo e o terceiro andar foi difícil manter os malditos jovens bêbados longe delas enquanto atendiam os caras que realmente pagam no terceiro andar , os mesmos que gastava suas granas no segundo com os jogos e o show delas no segundo andar , show que pude acompanhar e vi que agradou os presentes na casa , percebendo os olhares de Polly em minha direção tentando manter meu olhar de chefe apenas e direcionando o olhar para outros lugares , enquanto ela tentava chamar minha atenção .

E ai cara vejo que temos um novo problema _disse Chaz ao meu lado

Trago novamente meu cigarro e olho para ele 

Que problema ?_pergunto

Já não estava com tanta condição para resolver muita coisa agora , não depois de usar droga que ele e Chris trouxeram hoje 

Olha ela novamente olhando em nossa direção exatamente para você _ele disse

Sigo o seu olhar e vejo que o mesmo fala de Pollyana 

Polly,é só uma vadia _digo

Uma vadia gostosa que não tira o olho de você irmão _ele disse

Não estou interessado _digo 

Bebo mais um gole da minha bebida e acendo outro cigarro 

Eu espero que sim , provavelmente não irei lembrar dessa conversa mas garanto que Pollyana não irá desistir _ele disse

Vai comer uma vadia Chaz _digo 

Saio andando até o Chris e o John 

Cadê o Ryan ?_pergunto

desceu _responde John

Faz uma para mim ai _digo 

Me sento ao lado deles

**

Essa noite eu tinha realmente me divertido usei mais droga do que realmente deveria e por esse motivo não me lembro de nada depois que me sentei a mesa com Chris e John minha última lembrança , chego em casa cinco e meia da manhã e vou direto para o meu quarto tentando manter o silencio para não acordar Elena , vou ao banheiro e tomo um rápido banho frio tentando livrar meu corpo de todo o cheiro de drogas e bebidas e me deitar ao lado dela, mas ao sair do banheiro enrolado na toalha reparo que a cama esta vazia , visto uma box e uma bermuda fina e saio do quarto indo até o quarto de Elise, reparo que Ryan acaba de chegar em casa também , ele rir para mim completamente bêbado e eu caminho até o quarto de Elise, abrindo a porta vejo Elena deitada abraçada a irmã dormindo tranquilamente , tão linda até de olhos fechados, me pergunto o que de bom eu fiz a Deus para essa garota perfeita entrar em minha vida, sem conseguir pensar em nada bom que eu tenha feito de agrado a Deus , penso que foi o destino que me colocou naquela escola , mesma que tenha sido por roubo do meu dinheiro me fez encontrar essa garota linda que é inteiramente minha e será assim para sempre, não importa o que eu faça Elena nunca irá me deixar.

***

Pollyana On 

Foi por muito pouco Hanna ele estava completamente bêbado e drogado estava do jeito que o vi pela primeira vez em que dormimos juntos eu o teria de novo _digo

Mas você não disse que ele não se lembra dessa noite _disse Hanna 

Eu  me lembro Hanna e isso é o que importa _digo

Tá e o que houve , porque você não o teve dessa vez , já que estava tão perto _disse ela 

Um dos amigos dele o Chaz parece que decidiu vigiar ele essa noite , não o deixou sozinho em momento algum , e quando ele foi para a sala dele e finalmente tive minha oportunidade 

Flasback On 

Sai de perto de mim vadia_disse Justin

Eu sei que você quer Justin chega de resisti , eu vi o seu olhar acompanhando os meus na hora do show _digo

Cala a boca Pollyana , eu vi todas _ele disse embolado

Ele cai sobre sua poltrona em seu escritório o momento perfeito 

Me sento entre suas pernas , e me inclino deixando meus lábios em seu pescoço , mesmo que o mesmo insista em me empurra me mantenho firme e chego em seus lábios , mas ele me joga no chão antes que eu  o beije 

ESTA LOUCA VADIA _ele diz alterado 

me  levanto do chão irritada por ele ter me jogado no chão , mas não desisto de continuar 

Qual problema eu sei que você quer tanto quanto eu _digo

Me aproximo novamente abraçando seu corpo , eu sei que ele irá ceder do jeito que esta pode não se lembra como da última vez , mas eu irei saber e por enquanto irá bastar , mas a maldita porta foi aberta e o mesmo empurra meus braços 

Interrompo ?_pergunta Chaz o maldito Chaz 

Não, claro que não _ele disse embolado

John me disse para levar você para casa _Chaz disse

Não preciso de baba Chaz _disse ele 

Me fazendo sorrir 

O que ainda faz aqui garota deve ter alguém te esperando _disse Chaz 

Irritada por ele me interromper eu sei que iria conseguir ele iria ceder , Justin não é fiél ainda mais quando não responde muito bem pelo que faz com mais um pouco de tempo eu o teria de novo , não irei desistir 

Bate a porta quando sai e voltei para o segundo andar da boate ignorando qualquer imbecil que quisesse me ter essa noite , mas como a noite não estava a meu favor de longe vi Ryan me olhando e sorrir para um cara que me observava de uma das mesas indo em sua direção.

Flasback Off

Polly isso pode acabar mal eu to sentindo _disse Hanna 

Cala boca Hanna tá sentindo nada , Justin pode resistir o quanto quiser mas ele irá ceder  porque eu não irei desistir _digo 

Mas ele tem namorada Pollyana ele esta evitando porque deve gostar dela realmente _digo 

Ele não ama ninguém nunca amou , não será essa pirralha que irá ser a especial se for para ser alguém que ocupe esse lugar acho que eu mereço mais _digo 

Tá vamos embora que estou cansada e a noite temos que estar aqui novamente e bem _disse ela

Saímos da boate e entrei no meu carro rumo ao meu apartamento.

***

Agora 

No dia seguinte 

Elena On 

Ontem a noite Justin preferiu ficar comigo a ter que ir a boate de novo e eu agradeci mentalmente por isso , não sei não quero me tornar paranoica nem nada , mas depois que vi aquela mulher me sinto insegura em relação a ele tenho medo de perder ele agora que finalmente o tenho para mim , e ontem quando ele me disse que não iria a boate me senti tranquila , mas hoje ele terá que ir eu sei , mesmo decidida a não ir e confiar nele e esquecer essa insegurança ainda assim ela esta aqui dentro de mim .

Mas agora que estamos aqui eu ele e Elise me sinto a pessoa mais feliz desse mundo.

Sim , ele decidiu que iriamos almoçar fora e fomos a um restaurante achei que fosse o mesmo da última vez, mas não era acho que foi melhor as lembranças de lá não são tão boas , chegamos a um restaurante e estava cheio como é domingo é normal muitas famílias irem almoçar fora e fico feliz que esteja fazendo o mesmo nos três como uma família 

Elise todo o momento parecia feliz , ela me mostrava algo que via na rua e no restaurante parecia irritada com uma criança que ficava olhando para ela o único momento em todo o passeio que ela fez bico 

O que foi Elise, ela deve estar querendo ser sua amiguinha _digo

Não, ela esta olhando pro Tio Justin ele é só meu _disse ela 

Fazendo Justin rir

Realmente a menina olhava para ele ,mas é uma criança não era nada demais 

Eu sou só o seu Tio Justin Elise, deixa ela olhar _disse o Justin 

Elise desceu da cadeira e foi  no colo do Justin fazendo o mesmo a pegar no colo, ela olha para menina agora que esta no colo dele e mostra a língua para a mesma 

Sorrio com isso ciúme na idade dela , mas fico feliz que ela tenha gostado do Justin já que agora ele é a única pessoa que nós duas temos 

E o almoço seguiu tranquilo ele  também parecia feliz com esse momento tanto quanto eu , ele sorria nas brincadeiras de Elise e vez ou outra me dava um beijo 

O que quer fazer agora Elise _pergunta ele 

Que tal irmos para casa _digo 

Elise faz que não com a cabeça 

Justin paga o restaurante e saímos do mesmo cada um com uma mão segurando Elise 

Onde quer ir ?_ele pergunta 

Quero brincar _ela diz

Onde que ir brincar ?_pergunto

Na pracinha Elena, você nunca me leva_digo 

Perto da casa do Justin não tem praça , quando saio com ela a levo para o shopping para brincar num daqueles espaços de recriação de criança onde ela encontra crianças de sua idade ,

Elise não tem praça por perto , quer ir no shopping encontrar seus amigos do outro dia ?_pergunto

Ela faz que não com a cabeça de novo 

Justin a solta e vai buscar o carro 

Quero ir a praça Elena _ela diz de novo 

Mas não tem_me interrompo 

Lembrando exatamente da praça que ela esta falando, mas ela não voltou lá desde que , desde que tudo mudou em nossas vidas 

Justin volta com o carro e abre a porta Elise entra e a coloco na cadeirinha que com muito custo convenci Justin deixar no carro dele , e entro me sentando no banco do carona muda sem saber se a levo ou não a praça perto da nossa antiga casa 

O que foi ?_ele pergunta 

Ela que ir a praça _digo 

Ele rir e me encara de novo

Isso eu já sei Elena , mas não conheço nenhuma você conhece ?_ele pergunta 

Justin se você conhecia minha mãe sabe que perto da minha casa tinha uma praça onde eu costumava levar ela , quando tinha tempo _digo

Nunca fui na sua casa Elena, te conheci na escola a sua mãe foi uma feliz coincidência _ele diz

Para não entrar nesse assunto apenas digo 

Não quero voltar lá Justin _digo

O que faremos agora ?_ele pergunta 

Não sei , Elise é uma criança muito insistente se eu não levar hoje pode ter certeza que ela vai pedir até um de nós levar _digo 

Justin liga o carro e seguimos Elise continua insistindo com a praça , não quero  ir lá irá me fazer lembrar do que quero esquecer , mas ela não tem culpa e respiro fundo sabendo que não tenho escolha 

Vamos Justin segue para a praça _digo 

Onde é ?_ele pergunta 

Digo o nome e ele coloca no GPS mesmo eu dizendo que nos guiaria até lá , o resto do caminho foi mais calmo , e quando Elise viu a praça de longe sorriu e seu sorriso me mostrou que tinha feito o certo , não posso mudar a vida dela toda , ela é uma criança e não importa quanta coisa demos  ela , ela prefere ir a praça ou assistir desenhos como sempre foi .

Descemos do carro e a mesma corre na direção dos brinquedos 

Ela realmente gosta desse lugar _disse Justin

Sim , a trago aqui desde que ela nasceu acho que ela se apegou_digo

Olho para trás e vejo minha antiga casa toda fechada um pouco distante da praça , mas ao ver e vem algumas lembranças 

Justin segura minha mão me fazendo entrar na praça e parar de olhar para a casa 

Elise estava em um dos brinquedos acompanhada de uma menina a mesma que costumava brincar com ela , a pequena Alicia 

Me sentei em um dos bancos e Justin me acompanhou , seu olhar ainda observava Elise e Alicia brincando 

O que foi ?_pergunto

Nada, é só estranho _ele disse me deixando confusa

O que ?_pergunto

Ele me olha novamente 

Sabia que é a primeira vez que entro numa praça depois de tanto tempo _ele diz 

Faço que não com a cabeça e percebo que o amo , mas não sei muita coisa sobre sua vida apenas que trabalha nesse mundo ilegal e seus amigos nada mais nem sei se tem algo a mais família viva ou morto , esta tudo acontecendo tão rápido que nunca o perguntei sobre sua família na verdade, todo mundo tem alguém no mundo , até mesmo eu sei que em algum lugar esta o meu pai .

Nunca foi quando era criança ?_pergunto

Ele desvia o olhar voltando a olhar Elise e sua amiga 

Quando eu era criança ela me levava _ele disse

E você não a ver mais por que ?_pergunto  

acho que é o único momento que ele fala sobre a mãe ou qualquer familiar 

Mas ele não responde 

Justin _digo 

O que foi ?_pergunta 

Me responde _digo 

Melhor esquecer isso , Elena vamos aproveitar o dia _ele disse

Se aproxima ainda mais de mim e me calando com sua boca na minha em um beijo ardente , a praça não estava tão vazia e mesmo que o beijo dele seja o meu preferido eu estava preocupada com os olhares que devia estar sendo direcionado a nós dois .

Mas não consigo resistir e nem parar o beijo só quando  alguém nos interrompe é que nos separamos 

Ei Elena _disse a mulher 

Uma vizinha mãe da Alicia a única mulher que minha mãe realmente conversava aqui onde moravamos 

Oi ,  Suzany _digo me levantando 

Ela me abraça e eu retribuo , olho para o Justin que se afasta de fininho de perto de nós 

Soube da sua mãe, e fiquei preocupada com vocês duas esse tempo todo _ela disse

Estamos bem Suzany _digo 

Não quero falar sobre minha vida e nem explicar com foi esses dois últimos meses longe daqui 

Sim , percebi quem é o rapaz ?_ela pergunta 

Vendo Justin ir na direção de Elise e Alicia segurando sorvetes 

Sorriu com seu gesto e olho para Suzany 

É o meu namorado , estamos com ele agora _digo me arrependo logo depois do que disse

Você esta casada tão nova _ela disse

Tenho quase dezoito anos Suzany _digo 

Mas , é tão nova para assumir uma responsabilidade dessas sua irmã um marido _ela disse

Justin não é meu marido é namorado e tenho que ir _digo 

Desculpe se tiver me intrometendo Elena,mas te conheço desde criança e se precisar de mim estarei aqui _ela disse 

Apenas assenti e andei na direção de Justin e Elise deixando  Suzany para trás

Fugindo de ter que dar qualquer explicação da minha vida para estranhos , mesmo sendo Suzany não acho que ela tenha esse direito.

Quem é aquela mulher ?_pergunta ele 

Uma amiga da minha mãe , bom acho que era agora não sei _digo 

Minha mãe vivia uma vida diferente da que imaginei não sei se ela realmente era amiga da Suzany 

Elise correu na direção do balanço e fomos atrás dela 

E o resto da tarde foi a melhor de todas , fomos acho que pelos olhares dos outros uma família e gostei dessa sensação , isso que tenho com Justin me deixa tão insegura que procuro não pensa no futuro , mas eu seria muito feliz se um dia nós dois fossemos uma família de verdade com filhos e uma casa , mas a vida que ele leva não iria conseguir me sentir tranquila vivendo assim para sempre, mas o que importa é o presente e realmente estou feliz .

Justin On

Isso que tenho com Elena é o mais próximo que cheguei a felicidade desde que , bom desde que cheguei a essa cidade deixando para trás o Canadá e minha família , e com ela nesses momentos é onde sinto falta deles e queria que eles sentissem falta de mim também .

Agora com Pollyana eu sei que ela é um problema , ontem Chaz me avisou o que houve na boate não me lembrava, mas ele me disse e do jeito que ela é não duvido e como estou tentando ser feliz e não irei deixar Pollyana entra na minha vida e transforma num inferno nem que para isso precise afastar-la de outra forma , não irei perder ela a minha felicidade .

Elena é tudo que eu tenho e que me importa .

  Se você é sortudo o bastante por ser diferente de todos os outros... Não tente ser igual.  

 


Notas Finais


Gostaram ? espero que sim comentem e me desculpem pela demora essa semana foi difícil mas prometo que sempre irei postar e quando não puder será por um motivo que realmente importante
Então quero ouvir de vocês algumas ideias para possessive estão gostando da Elena e do Justin ?
Eu to amando escrever ele tentando ser o cara certo dessa vez
Pollyana não irá desistir vamos ver até onde ele resiste
comentem o capítulo o que acharão xoxo até o próximo e desculpem não responder no capítulo anterior como dise não consegui mas eu li todos e amei cada um


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...