História Possessive Soul- Segunda Temporada - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Amor, Intrigas, Ódio, Racores, Surpresas
Exibições 71
Palavras 402
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Festa, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, lindinhas (os)!
Tudo bem? Estão querendo me matar? Estão!
BOA LEITURA!

Capítulo 6 - Lauren não morreu - parte 1


P.O.V'S Dylan

Caitlin  não disse nada, simplesmente saiu dali correndo.
-Caitlin!-fui atrás dela.
Quanto mais eu me aproximava dela, mais ela corria.
Eu corri mais um pouco e consegui segura - lá pelo braço.
-Me solta!-disse ela já  em lágrimas.
-Caitlin, não é nada daquilo que você está pensando.-falei.
-Eu não estou pensando em nada, eu VI vocês se beijando.
-Foi ela que me beijou.
-Corta essa, ninguém beija sozinho.
-Por favor, me perdoa. Eu te amo mais que tudo nessa vida.
-Se você me ama tanto assim, então prova.
-Como?
-Mata ela!
-O que?
-Mata a Laurie.
-Eu não posso fazer isso.
-Então esquece que eu existo.  Eu cansei de fazer papel de chifruda .-Se soltou de minhas mãos e foi embora.
-Merda! -falei pra mim mesmo e voltei pra dentro de casa.
Voltando a meu  escritório... Laurie ainda estava lá.
-O que que você está fazendo aqui ainda?-perguntei.
-Nós ainda não fodemos.-disse ela. Cretina arrombada.
-Ah, então você quer mesmo foder!?-falei e me aproximei dela, em seguida passando a mão por todo o seu corpo.
-Ah, eu quero!-disse toda assanhada.
-Vai foder no inferno.-comecei a aperta o pescoço dela com toda a minha força. Eu estava decidido, eu a mataria estrangulada.
-Pa...Para!-disse ela com falta de ar.
-Eu vou te matar sua vadia.
Ela começou a chorar descontroladamente.
Eu a soltei e ela caiu no chão com falta de ar e começou a tossi sem parar.
Eu comecei a chuta - lá sem dó.
-Dylan, para por favor.-disse entre lágrimas.
-Para o escambau, você sempre aparesse na minha vida pra destruí - lá.
-Eu te amo!-disse ainda chorando muito.
-Você diz que ama tanto eu e o Bieber e só destruiu as nossas vidas até agora. Quem ama que ver o outro feliz. Você é doente garota. Eu só não te mato, por pena.
Eu a arrastei pelo cabelo e a levei até o porão.
-Você vai ficar aqui por um tempo para refletir um pouco.-disse ela saí dali.
-DYLAN!DYLAN!ME TIRA DAQUI!- Não dei nem importância aos gritos dela e voltei para o meu escritório.
Um celular começou a tocar e eu percebi que era o da Laurie.
Estava escrito "Lauren", eu achei estranho mas atendi.

-Laurie? Aonde você está?-ouvi a voz do outro lado da linha e não acreditei.
-Lauren? É você?
-D-Dylan!-gaguejou um pouco.
-Você está viva?
Ela desligou na minha cara.

-Porra a Lauren está viva.
   


Notas Finais


Não vou dizer quando vou postar o se vou postar rápido, porque sempre acaba que eu não posto rápido coisa nenhuma.
Eu faço o que posso, amores.
Ah, e já avisando essa ficar está nas retas finais, então a partir desse capítulo vai começar a acontecer tudo o que tem pra acontecer.
ATÉ A PRÓXIMA!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...