História Possessivo - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Reus
Tags Drama, Marco Reus, Sexo, Victoria Justice, Violencia
Exibições 135
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem pelo cap. pequeno ,bjss

Capítulo 28 - Você é a melhor e sabe disso



Era visível o quanto estava com raiva naquele momento em só ouvir a voz, ver  o jeito como ela falava e mexia repetida vezes no cabelo, tudo nela era irritante, não precisava mais que 5 minutos pra eu sentir que não nos daríamos bem .Marco gaguejou algumas vezes ao responder a várias perguntas que ela fazia a ele, - ok isso não é pra mim - saí o mais rápido dali , já não aguentava mais ter que olhar para os dois . Após passar pela porta da loja ouvi gritos de Marco atrás de mim, pelo visto ele me notou.
— Lisy, espera. — Marco puxou meu braço me fazendo virar para ele
— Não sou obrigada a ouvir as histórias da sua ex.
— Lisy, a gente praticamente nem fomos namorados— Marco tentou explicar.
— Mesmo? Então porque não disse isso na frente dela quando ela insistia em falar que era sua ex namorada?
— Tá com ciúmes?
— Nossa, deu pra perceber? Ah, desculpa na próxima finjo melhor — disse com sarcasmo ,puxei meu braço e sai caminhando  em passos rápidos.
— Agora sabe como me sinto em relação ao Miles e ao Erick.
— Não, é diferente , eu nunca tive nada com os dois. — parei voltando para Marco.
— Mesmo? , você tem certeza Lisy?
— Chega Marco, que droga — voltei a caminhar.
— Lisy , espera — Marco correu até mim — Desculpa — Marco parou na minha frente e colocou suas duas mãos em minha cintura — Eu não quero brigar, me desculpa — suspirei fundo e coloquei minhas mãos em cima das suas tirando da minha cintura.
— Tudo  bem , só vamos embora daqui.__ caminhamos para o carro e entramos nele.

Já no carro Marco dizia várias coisas pra me fazer sorrir, perguntava se estava com fome, se queria ir pra algum lugar ou que viu alguma jóia ou vestidos e etc. e que iria comprar pra mim, ele dizia tudo isso com sua mão direita em cima da minha enquanto a outra estava controlando o volante, ele estava super fofo comigo, dizendo várias coisas com a precisão de me agradar, não entendi o por que mas estava gostando. 

__ Amor , eu estava pensando, e que tal viajarmos para o Havaí nas minhas férias?, eu vi na Internet algumas fotos e achei lindo.

__Tanto faz Marco.__ disse sem importância.

__ Amor, lá é incrível, você vai gostar.__ Marco lançou o olhar para mim esperando minha resposta.

__ Marco , suas férias estão longe, pra quê pensar nisso agora? 

__Para com isso Lisy, só estou querendo ser legal.

__Hum__ revirei os olhos

__ Ah Lisy, qual foi? , até parece que gosta mais de mim estou sendo rude com você, quando tento ser romântico faz pouco .

__ Marco eu tô cansada.

__Dane-se , quem devia estar cansado sou eu e não estou.

__Dane-se você, se você não esta cansado eu estou.

__ Idiota.__ Marco disse quase em um sussuro

__babaca__ retruquei em voz alta.

__Chata.

__Vai se ferrar__ disse cruzando os braços olhando para fora da janela do carro.

__A Camila não mandava eu me ferrar.__ Marco disse rindo.

__Cala a boca__ disse dando um murro no braço dele que com certeza não foi forte já que doeu mais em mim do que nele ,ele riu me deixando com mais ódio.

__Tá , sério agora parei__ disse ainda rindo.

Assim que o carro parou pulei do carro e caminhei com pressa sem espera-lo ,  ouço a porta do carro bater e passos ligeiros atrás de mim logo sinto mãos  me puxando pela cintura , me deparo com olhos lindamente verdes .

__Sabe , nem a Camila e nenhuma outra vai ser melhor que você, você foi a única que conseguiu me prender e me causou um efeito devastador, você me fez amar, e eu sou capaz de tudo por você, você é a melhor e sabe disso__ Marco disse e no fim me beijou com toda a força.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...