História Possessivo - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Reus
Tags Drama, Marco Reus, Sexo, Victoria Justice, Violencia
Exibições 105
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, desculpem pelos cap. Pequeno, eu tô fazendo correndo , por isso TB! Alguns erros, to fznd de tudo pra postar todos os dias, obg pelos comentários anteriores, amo vcs, e bem vindo novos leitores bjss , espero que gostem

Capítulo 29 - Número estranho


 

Marco era o tipo de homem que usava palavras capaz de causar um arrepio por inteiro em alguém fazendo com que não tivesse reação nenhuma, se interrompesse o beijo , com toda a certeza do mundo me arrependeria depois.
__vamos entrar__ Marco disse em meio ao beijo me apertando cada vez mais a seu corpo.
__vamos__ já sem fôlego encerrei o beijo. Marco me soltou e procurou no bolso da calça o chaveiro.
Enquanto Marco se ocupou em achar a chave certa , olhei ao redo , estava escurecendo , arrumei meu cabelo bagunçado por Marco antes de ouvir o mesmo comemorar por achar a chave da porta, tanto tempo morando aqui e ainda não memorizou, esse era o Marco Reus. Assim que adentramos a casa, Marco me puxou pela cintura colando meu corpo ao dele mais uma vez e beijou meu pescoço me fazendo cócegas,  Marco me girou novamente pra ele e no momento do giro me senti Tonta, Fechei meus olho e me apoiei nele , Marco pelo visto estranhou fazendo uma feição confusa.
__Ei?, tudo bem?
__Não, não me sinto bem__ não neguei meu mal estar, fui caminhando em passo lento até o sofá, me sentei e olhei Marco jogando a chave na mesinha de centro.
__Logo hoje não esta sentindo-se bem__ Marco disse resmungando chateado . Ri fazendo com que ele me olhasse de forma engraçada.__ Amanhã meio dia vou pra Hesse , olha que vai ficar sem mim por um mês, então é melhor aproveitar essa maravilha__ Marco disse convencido abrindo os braços e dando uma risada gostosa.
__Idiota__ disse rindo com sua gracinha, me levantei um fui até ele colando nossos lábios a meio de risos.
Marco me puxou me guiando para as escadas subindo para a parte de cima, chegando no quarto nos se jogamos na cama e ficamos ali namorando por um longo tempo até sentirmos fome, Marco desceu para esquentar a janta enquanto fiquei olhando para o teto no quarto ainda deitada na cama, fiquei um bom tempo assim , mas logo me veio em mente de como ficaria esse tempo todo sem Marco, como ele ficaria em Hesse , o que aconteceria nesse mês longe dele, não  consigo mais ficar sem Marco Reus, me admira Marco me deixar sozinha em Dortmund, e o pior , é sabendo qe ficarei no mesmo local que o Miles. Estranho, muito estranho.
Meus pensamentos foram interrompido pelo barulho do meu celular tocando em cima do criado mudo, me estiquei para pega-lo .Assim que o alcanço ele encerra o toque e bloquea a tela , mas do mesmo jeito vejo o número que me ligou, não reconheço , fico em dúvida se retorno , por um minuto penso em não retornar mas a curiosidade pra saber quem seria e o motivo foi maior , retorno e espero me atender, talvez seja engano , esperei um tempinho até que alguém atendesse mas não atenderam, resolvi desligar , destanciei do meu ouvido para deliga-lo mas logo ouço uma voz, coloquei de novo em meu ouvido e chamo quem quer que seja a pessoa, mas não obtive resposta, insiste algumas vezes mas me assustei ao ver que desligou.


__Que estranho__ pensei alto

__o que é estranho?__ Marco disse entrando com uma bandeja em mãos.

__ligaram para mim , daí retornei. Chegaram a atender mas não respondeu e logo depois desligou.

__Deve ser engano__Marco disse subindo na cama e colocando a bandeja entre nós.

__Mas sei lá, me deu um desconforto. 

__já fizeram isso várias vezes comigo, e todas elas era engano ou fãs que descobriram meu número.

__Mas comigo foi diferente, fiquei um tempo perguntando quem era, só que... Não me respondeu... Como se... Como se quisesse ouvir apenas minha voz.

__Lisy, deve ser coisa da sua cabeça, vamos comer ,ta esfriando__ Marco disse enchendo a boca 

 

OK, deve ser coisa da minha cabeça , mas que foi estranho isso foi .Comemos e ficamos um tempo conversando sobre a viagem de amanhã, Marco levou a bandeja para a cozinha, me enrrolei deitada na cama e esperei Marco para irmos dormir, já eram 22hrs da noite, quase 23hrs, Marco deitou do meu lado me envolvendo em seus braços e me beijava por toda a parte.

 

__Hum... Eu sei o que você quer.__disse rindo

__então por que não me dar logo__ Marco riu malicioso.

__Gosto de atiçar

__Não tenho paciência__ Marco subiu em cima de mim e começou a me beijar subindo minha roupa.

Hoje a noite é minha.

Marco não foi nada carinhoso tirando minha roupa , ele se dividia em tirar minha roupa e  me beijar, eu queria tanto quanto ele mas por enquanto o deixava controlar, quando Marco colocou as mãos no meu sutiã pronto para tirá-lo, fomos interrompido.

 

__Droga!__Marco gritou.

__ É o meu__ disse identificando o toque do meu celular.

__deixa tocar__Marco disse voltando a me beijar ignorando o toque insistente do telefone celular.

Tentei ignorar até ele desligar, mas rapidamente ele começou a tocar novamente.

 

__Tomar no...__Marco prendeu a ultima frase, se  afastando de mim e pegando o celular atendendo em seguida

~Alô??_Marco disse irritado

Me sentei na cama observando Marco que estava bastante irritado esperando resposta assim como eu.

~Responde caralho, alô?? Alô???, porra vai procurar o que fazer idiota.

Marco desligou e suspirou pesado, olhei pra Marco e ele estava irritado o bastante para continuar o que estávamos fazendo, até eu não me sentir confortável o bastante pra continuar.

__Acho melhor dormimos__sugeri.

__Merda, sinceramente, minha vontade é de quebrar esse celular.

__Até eu tive, mas deixa pra lá.

__deve ser trote, Ah se eu soubesse quem é o idiota.

__Marco vamos dormir.

__não , não antes de nos aproveitarmos esta noite.








 


Notas Finais


Comentem pfv, bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...