História Posso lhe Contar Esta História? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Personagens Originais, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jimin, Romance
Exibições 30
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellow pessoas ♡♡ Tudo baum ?
Minha cabeça está explodindo de criatividade e por isso, consegui escrever o capítulo todo hj kekekek♡
Boa leitura♡♡

Capítulo 6 - Capítulo 6


Fanfic / Fanfiction Posso lhe Contar Esta História? - Capítulo 6 - Capítulo 6

Aish! Não consigo dormir... - Dizia a menina se revirando na cama, na madrugada. - ... Será que ela trabalha no turno da madrugada?... - Indagou SoMi, pensando na doutora. 

 Depois de algum tempo pensando, a menina espreguiçou-se e se levantou indo a até a porta com certa dificuldade, ela ainda não havia se recuperado o suficiente para andar. Saiu do quarto e no mesmo instante sentiu um calafrio ao perceber que o imenso corredor estava tomado pela escuridão. A menina andou em direção à recepção, com a mão à todo momento na parede, para ganhar certo apoio. Ao chegar perto do lugar avistou uma silhueta que parecia ser feminina. Quando chegou mais perto, um sorriso apareceu em sua face, era a doutora.

 O que você está fazendo acordada a essa hora? E ainda mais fora da cama?! - Perguntou a doutora correndo até SoMi, com um olhar de preocupação que se assemelhava ao modo que uma mãe olha para seu filho quando o mesmo está adoecido.

Eu estava te procurando... - Justificou-se a menina de cabeça baixa.

 Vamos voltar para seu quarto. - Disse a doutora segurando a menina pelo braço com cuidado para dar apoio a mesma. As duas saíram da iluminada recepção, voltando à escuridão do corredor.

Ambas entraram no quarto, SoMi deitou na cama, enquanto a doutora sentou na cadeira ao lado da menina.

 Então, posso saber por que a senhorita estava me procurando no meio da madrugada? - Perguntou a doutora, não conseguindo conter um pequeno sorriso em seu rosto. 

 Não consigo dormir... -Disse a menina.

 Entendo. Então, suponho que a senhorita queira que eu continue a história. - Adivinhou a mulher, fazendo a menina sorrir. 

 Exatamente! - Exclamou a menina. 

 Ok! Vamos continuar! - Disse a mulher. 


               *História On*


In Ha estava estupefata pelo grande tamanho do lugar, mas sua atenção logo foi tirada ao perceber que na direção oposta também havia outro estabelecimento idêntico ao que antes admirava.

In Ha e o senhor que estava dirigindo a carruagem retiraram as malas e as colocaram no chão. Quando In Ha estava prestes a colocar a última mala no chão, foi interrompida por uma menina, que aparentava ser um pouco mais velha que In Ha, era muito bonita por sinal, mas possuía um olhar vazio.

Olá, você deve ser a princesa SoMi, não? - Disse a menina com um sorriso amigável. - Artificial... - Pensou In Ha ao ver o sorriso quase forçado da garota. 

Sou eu mesma, prazer em conhece-la, ...? - Disse a menina estendendo sua mão e demonstrando curiosidade a respeito do nome da menina que antes recebera In Ha no local.

Ah! Eu me chamo JaeHwa! Igualmente! - Disse Jae, logo apertando a mão da menina. - Eu sou a monitora, daqui e por isso vim recebê-la! Eu vou lhe mostrar o local enquanto os criados colocam suas coisas no seu quarto. Venha! - Explicou Jae, chamando a menina.

Ok... - Respondeu In Ha examinando todo o local ao redor, enquanto o senhor ia embora junto a sua carruagem, o que fez com que In Ha pensasse " Agora definitivamente não há como eu voltar...". Logo, ambas começaram a andar  em direção ao interior do local.

Com licença... HaeJwa. - Disse a menina, errando o nome da que acabara de conhecer. - Por que há dois prédios? - Perguntou In Ha.

É JaeHwa, e não HaeJwa! - Disse  menina rindo. - Lá é de príncipes, aqui de princesas. Príncipes lindos, por sinal! - Explicou Jae entrando no lugar juntamente de In Ha. 

Bom, assim que entramos tem esse jardim e bem naquela enorme porta fica os dormitórios e as salas de disciplina sobre etiqueta, dança de salão e etc, etc. - Disse Jae apontando para porta enquanto andam até ela, passando por várias outras garotas, que olhavam exclusivamente para In Ha, algumas até cochichavam.

Uma curiosidade interessante sobre esse lugar é que muitas vezes os reis mandam suas filhas ou filhos para cá, para eles encontrarem um príncipe ou princesa para se casar e herdar seus reinos. Porque, caso não saiba, uma vez por semana os príncipes e princesas se reúnem para dançar. E esse é justamente meu dia preferido! Haha! - Explicou Jae passando pela porta, logo entrando num salão luxuoso, com muitos corredores e escadas igualmente chiques.

Interessante... - Respondeu In Ha, prestando atenção em tudo que a mais velha dizia. - Espera... In Hi me mandou para cá em função de me afastar de Jimin, e não me avisou sobre também ter príncipes... E ela com toda certeza sabia que aqui havia garotos... Boa jogada, irmã. - Pensou a menina, bufando e balançando de leve a cabeça. 

Esse é o corredor que leva ao dormitório que fica seu quarto. Eles já devem ter posto seus pertences lá. - Disse a mais velha, passando pelo corredor e abrindo uma das portas.

Esse é seu quarto, aqui está a chave! - Disse Jae, e entregando-as à In Ha.

Obrigada! - Disse pegando as chaves.

Agora Você deve descansar, pois mais tarde tem o baile que lhe falei mais cedo! Você verá como os príncipes são lindos e fofos! - Explicou Jae.

M-Mas, Logo hoje? Tenho de ir mesmo? - gaguejou a recém chegada.

Sim! Até mais tarde! O local do baile é lá fora, não esqueça de usar seu melhor vestido! - Disse a mais velha piscando um olho e logo saindo.

Oh, não! - Exclamou In Ha se jogando na sua nova cama. E observando pelo janela uma cerejeira que deixava cair lentamente suas flores, que dançavam junto ao vento.


Enquanto isso, no castelo de In Hi...


Uma nova empregada havia chegado ao castelo para trabalhar, mas não era uma criada qualquer, era a jovem plebéia mais bonita do reino, que foi chamada por In Hi, à trabalho.

Então ela chegou?... - Disse In Hi andando até a nova criada.

Olá, Ahn Minyeo. Prazer em conhecê-la. - Disse In Hi, não estendo sua mão.

Olá, Vossa Alteza! É um prazer conhecê-la! Estou lisonjeada! - Disse Minyeo, sorrindo. In Hi chegada à ter inveja as vezes da beleza da menina, por isso, algumas vezes sua antipatia escapava, mesmo que fosse sem querer.

Bom, vou direto ao ponto, eu não a chamei somente para arrumar meu quarto e essas coisas... Há mais uma tarefa. - Disse In Hi seriamente.

E o que seria? - Indagou Minyeo.

Você deve conquistar o filho de uma das empregadas, Jimin. E o motivo? Para tirá-lo do caminho de minha irmã, In Ha. Não se preocup, você ganhará bem! - Disse a princesa fitando a plebéia, que a olhava estupefata.

E-Está bem... Eu faço! - Disse Minyeo com certa relutância.

Seu trabalho começa agora! - Exclamou In Hi. - Ele deve estar no jardim.

E-Está bem... - Disse Minyeo indo em direção ao jardim. Enquanto In Hi continuou parada no mesmo lugar. " Desculpe, mas isso é para o seu bem, irmã." Pensou In Hi, enquanto andava lentamente até seu quarto, mantendo a postura.

Olá, você é o Jimin? - Disse Minyeo, nervosa. Ela sabia que aquilo não era certo, mas não podia negar o pedido da princesa. Até porque, foi ameaçada para ir trabalhar no castelo. No primeiro pedido para a mesma ir para o castelo, Minyeo negou.

-------------------------------------------------

O anoitecer chegou, e o estabelecimento à fora foi tomado pela iluminação dos postes de luz. In Ha tomou banho e colocou seu melhor vestido, ele era azul claro com pequenos detalhes de azul escuro na parte superior. In Ha olhou pela janela e viu uma boa quantidade de pessoas chegando, respirou fundo e assim que tomou coragem, saiu do quarto em direção ao exterior do local.

Ao chegar perto do lugar, se sentiu perdida em meio a tantas pessoas, e o pior, todas se davam bem, como se conhecessem à anos. Desamparada, a menina se senta um pouco longe das pessoas, num banco ao lado duma charmosa cerejeira, que deixava suas flores cair, até que uma caiu nos cabelos de In Ha, deixando a mesma ainda mais graciosa. Algum minutos depois, a música começa a tocar e todos se levantam em pares e começaram a dançar. In Ha ficou mais desesperada que antes, ela poderia facilmente explodir a qualquer momento. Quando percebeu alguém sentar ao seu lado.

Quer dançar comigo? - O garoto estendeu sua mão para In Ha.

E-Está bem... - Aceitou In Ha, segurando sua mão e logo se levatando.


              *História Off*


Bom, agora eu tenho que ir... - Disse a doutora se levantando com cuidado para não acordar a menina que acabara de pegar no sono. - Boa noite, pequena. - Falou a mulher ajeitando o cobertor de SoMi.



Notas Finais


Oq acharam? Comentem! (se quiserem, claro) Eu gostei bastante do resultado desse capítulo :3
Eaí? Oq acharam da Minyeo? kekek
Quem é o garoto? Comentem!
Até o próximo capítulo♡♡ E me perdoem por qualquer erro ;)

OBS : Eu não defino a aparência dos personagens tipo In Ha, In Hi, Minyeo e todo o resto, por um motivo simples: eu quero que a aparência deles sejam por conta da imaginação de vocês. ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...