História Posto (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Alien, Bangtan Boys, Bts, Kim Taehyung, Taetae
Visualizações 89
Palavras 628
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction Posto (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 1 - Capítulo único

Eu estava andando de noite pela rua. Precisava esfriar minha cabeça um pouco.

Vi um posto de gasolina aberto e fui até lá, sem querer nada. Só olhar o pouco movimento. Ajeitei minha touca e abri a porta da loja de conveniências que tinha.

 

Haviam pessoas sentados em algumas mesas bebendo e algumas poucas apenas comprando besteiras. Resolvi comprar uma barrinha de chocolate e uma garrafa d'Água. Me sentei em um banco do lado de fora do posto e abri minha barrinha. 

 

Então ouvi o barulho da porta da loja se abrir e não me importei. Continuei comendo. Fui abri a garrafa de água mas estava dura. 

 

-Quer ajuda? - escuto uma voz grossa masculina 

-Sim, obrigada - e assim que viro, dou de cara com um homem que achei maravilhoso. 

 

Fiquei calada, o observando abrir facilmente a garrafa pra mim. 

 

-Obrigada - sorrio assim que ele me entrega a mesma

-Disponha - e dizendo isso, ele entra na loja. 

 

Bebo alguns goles e fico encarando o nada. Sou mais uma mordida na barra e sinto um arrepio do nada. Estava frio. 

O homem então sai da loja com uma lata de refrigerante na mão. Se senta ao meu lado. Não digo nada, apenas como minha barra, porém a mesma acaba. Então começo a olhar por um lixo

 

-Deixe que eu jogo pra você... - ele disse se levantando e pegando o pacote vazio.

 

Levou a um lixo meio escondido atras de um carro e a jogou. Voltou e sentou do meu lado novamente 

 

-Obrigada - digo - de novo 

-Disponha - ele diz - de novo 

 

Dou um sorriso. Ele parecia ser um cara legal. Eu estava apenas esperando ele se levantar e ir embora, para que eu apenas apreciasse sua beleza um pouco. Mas ele me pegou de surpresa

 

-A propósito, sou Kim Taehyung, mas me chamam só de Taehyung 

-Prazer, sou S/n

 

Aperto sua mão. Estava tão quentinha. Queria poder não solta lá.

 

-Então... qual sua grande história por estar aqui a essa hora da noite sozinha numa loja de conveniência de um posto de gasolina? 

-Bem... - dou um sorriso cansado- estou apenas esfriando a cabeça com um chocolate. Meu dia no trabalho hoje foi muito pesado.

-Hm... entendo. 

-E você? 

-Eu tava em um bar com meus amigos aqui perto, porém todos eles estavam de acompanhantes e alguns eram o acompanhante, então resolvi sair e dar uma andada pelo bairro 

-Ah... compreensível 

-É...

-Esse povo que deixa os amigos de vela - e dizendo isso dou um risinho, sendo acompanhada por Taehyung 

 

Ele para, me olha e fica me encarando. Começo a ficar com vergonha. Mesmo com o rosto vermelho, olho para Taehyung. Ele continua me olhando. Um sorrisinho sai do canto de sua boca. 

 

Não sabia o que fazer, então eu comecei a ficar nervosa. Ele ainda me encarava. Parei e olhei em seus olhos. 

 

-Tentei segurar. Mas não dá. Venha comigo - ele diz se levantando 

-Aonde estamos indo? - pergunto o seguindo 

-Já tentou fazer algo inapropriado em um espaço pequeno? - ele pergunta pegando na minha mão 

-Como assim? - pergunto

 

Então ele tasca um beijo em mim. Seguro em seu pescoço para que ele não pare, pois eu estava desejando aquele ocorrido desde o momento em que pus meus olhos nele e em sua boca. Ele me pega pelo braço e me leva para o estacionamento.

 

-Eu sei que é proibido, mas como o proibido é o mais gostoso... - e dizendo isso ele morde seu lábio inferior - e já que ninguém nos veria mesmo, até porque duvido que alguém venha aqui agora de madrugada... - ele abre a porta de seu carro - vamos ser fora das leis

 

"Eu vou" penso "ohhh se eu vou hehe"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...