História Power of gravity - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 3
Palavras 358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Mistério, Survival, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


As minhas provas tão acabando. So não postei capitulos por causa dos meu malditos professores que lotaram TODAS AS SEMANAS DE PROVAAAA!
Então, me desculpem.

Capítulo 5 - Duas pessoas burras da muita merda



Hoje é dia 2 de fevereiro, uns dois dias depois de o meu quarto estava todo revirado e bagunçado, as aulas ocorreram estranhamente normais. O lobisomem que é meu colega de quarto finalmente saiu do hospital interno da faculdade, mas ta todo ferrado ainda.
Já a mim e o nerd que também é meu colega de quarto ficamos um monte de tempo na biblioteca buscando uma forma de combater geral dos meu inimigos -e dele também, pois se descobrirem que ele me ajuda...- eu fiquei lendo um livro-tijolo até cansar e o nerd sô colocava as mãos nos livros e já sabia de tudo. E no final a gente sô conseguiu fazer uns comunicadores. Merda.
Quando eu ia de volta para o dormitório por um atalho um vento cortante passou por trás de mim. Era aquela menina do auditório, que é do exercito.
Levei um chute bem na cara e saí rolando até bater em uma parede, quando, eu ouvi no meu comunicador:
-Ta tudo bem aí? Era o nerd.
-Não, recebi um chute e voei uns dois metros. Você acha que eu estou bem?
Nesse momento eu vejo um soco bem na meu nariz, desvio voando ( controlando a gravidade) e paro bem na frente da janela. Lá de cima eu vejo que é aquele grandalhão que também estava no auditório.
-E aí pirralho?! Não vai descer e lutar com um homem?!
-Não... Prefiro lutar a distância que nem um homem.
Outro chute pela direita. Tempo completamente parado. Comecei a analisar aqueles dois parados no tempo um tempo. Até eu li um livro de mecânica para tentar me ajudar com aquela situação, algumas partes me interessaram.
Des-pausei o tempo, e coloquei uma gravidade de mais ou menos um trilhão de toneladas no ombro de cada um deles. Os dois, incrivelmente, tem os ombros destroçados, esmagados e trucidados!!!
-Porra! A armadura de vocês não era hiper resistentes e taus?
-Claro que não! Nos somos do mercado negro! A gente enganou todos vocês sô para te caçar!
-Vocês são uns ótarios. Se não tivessem enganado todo mundo, vocês não morreriam de hemorragia...
Viro as costas e vou embora...
Otarios....
 


Notas Finais


dem um favorito


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...