História PPI (Programa de Proteção Para Idols)- Kim Taehyung - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags 13 Reasons Why, 13rw, Bangtan Boys, Imagine Bts, Imagine Kim Taehyung, Kim Taehyung
Visualizações 15
Palavras 1.304
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ahhh, estou muito feliz porque depois de 554333883 tentativas consegui criar uma capa fixa aos capítulos, e eu até achei que ficou legal!

Mais um capítulo a vocês, dessa vez com uma explicação de: O que é PPI?
E o desespero evidente na personagem.

Boa Leitura.

Capítulo 4 - EU TO PPIRDIDA.


Fanfic / Fanfiction PPI (Programa de Proteção Para Idols)- Kim Taehyung - Capítulo 4 - EU TO PPIRDIDA.

Meus pais trabalham no PPI. Simples. Essa é a explicação. Tá, eu sei que isso não diz nada, mas já é alguma coisa! A verdade é que eu nunca gostei de tocar nesse assunto, imagina falar e explicar sobre. Por conta desse PPI idiota que alguém idiota criou eu mudei de escola mais de 6 vezes, isso mesmo, S-E-I-S vezes. Pra vocês parece pouco? Pois pra mim, não. Até porque por trás de cada mudança havia um motivo, e todos eles acabavam sempre em uma resposta: PPI. Não, PPI não é aquele número louco de matemática. É bem mais patético que isso. A abreviação mais patética. Ok, a hora de explicar é agora, mas antes tenho que pesquisar para não falar besteira.




“PPI - Programa De Proteção Para Idols.


Um projeto criado com a intenção de ajudar, cuidar e estimular a carreira de idols. Além disso também os protegemos ( tendo em vista, esse sendo, o principal objetivo do projeto.) “





Isso estava escrito no início de qualquer outro site que tentou roubar qualquer informação de PPI. Esse já era o 5° site com a mesma informação, escrita e designer. O que mais vejo é isso, pessoas tentando ganhar fama e atenção dizendo ter informações super secretas sobre o projeto, o que obviamente é mentira, já que sempre dizem o que todos sabem da mesma maneira, o que se torna repetitivo e mais chato do que já é. Acho que vou ter que explicar com tudo o que sei mesmo.



PPI realmente significa “Programa de Proteção Para Idols”, e como minha mãe e meu pai sempre dizem: “Não é apenas um mero projetinho de quinta”. A coisa é séria, é uma grande empresa. Tenho que ser sincera e dizer que a ideologia do projeto é boa, agora na prática a coisa parece diferente. 


Tudo começou com uma empresa falida nos Estados Unidos, alguém teve essa idéia e a empresa cresceu, brotou investidores e apoiadores até do chão, o projeto cresceu de uma maneira absurda, e é aí que entram as filiais. Eu poderia dizer exatamente o número de filiais que existem espalhados pelo mundo, mas muita coisa nesse projeto se tornou segredo, inclusive quantos desses projetos existem espalhados pelo mundo.



Basicamente é como se fosse uma escola/faculdade para idols, mas eles não ensinam o ABCD ou a contar. Isso eles já devem saber, eu acho. Eles  auxiliam e os ajudam em TUDO o que eles precisam e não precisam. Não importa de que empresa for o Idol, eles sempre procuram ajuda do PPI, talvez por serem mimados demais lá. Eles têm a disposição deles todos os tipos de profissionais, de grandes faxineiros a grandes cirurgiões. Eles não só são ajudados, mas também aprendem coisas, aprendem auto-defesas para se protegerem caso estiverem sozinhos, aprendem a lidar com eles mesmos. Chega a ser irritante! Eles têm tudo nas mãos, é só estalar os dedos e PAH a mágica acontece. Literalmente, a melhor explicação para vocês é que eles são Um Programa de Proteção para Idols. Já para mim, eles cuidam de princesinhas idiotas que não sabem cuidar de si mesmos. Enfim, continuando… o PPI emprega muita gente, mas para conseguir qualquer trabalho lá você tem que passar por milhões de etapas, até se garantirem que você é confiável e não é nenhum haters, fã alucinado ou algo do tipo, a parada é séria mesmo. Depois que você consegue ser empregado lá a tua vida acaba, você nunca mais vai estar livre e tem que trabalhar em segredo para sempre. Isso porque eles querem lá, manter a “identidade pessoal do ídolos”, mantendo-os longe de toda a baderna. Uma grande idiotice. E é por isso que volta e meia você vê sites e pessoas dizendo ter informações sobre onde ficam, quem são, e essas coisas. Aliás, nunca acreditem nisso. Eles nunca tem nada a não ser o famoso texto decorado de adoradores do PPI. Tá, e aí vocês se perguntam, mas onde meus pais se encaixam nisso?  Essa é a pergunta mais fácil, não bastava ter UM dos meus pais trabalhando nessa idiotice, eu tenho DOIS trabalhando nessa idiotice. Nisso eles realmente combinam, idiotas trabalhando com idiotices. Se eles soubessem que eu estou falando assim deles… Ah, vocês devem estar curiosos quanto às profissões de ambos. Bom, como havia dito antes, meu pai e muito dedicado ao trabalho dele, ele é mestre em artes marciais, e sim! Isso é profissão. Ele e 6° dan em Taekwondo e 3° dan em Kung-Fu. Mesmo ele sendo apaixonado muito mais por Taekwondo do que Kung-Fu, ele ensina os dois. Ele ensina os idols a se protegerem sozinhos, o que eu acho até legal, ensina a serem menos dependentes de gente alheia, e também acho muito chato já que ele sempre se envolve demais com eles, os trata como filhos. E... Eu que sou filha dele!!! As poucas vezes que me envolvi com idols, foi por conta disso. Quase nunca saia com ele só, mas mesmo assim eu nunca estive cara a cara com um idol, apenas vi de longe - Graças aos céus - e nada demais. Até porque sempre procurei evitar. E minha mãe… Queria que vocês pensassem um pouco. Perceberam que ela é louca, né? Então, obviamente ela é psicóloga. Louco cuidando de Louco. A profissão em si é bem interessante, mas isso interfere em tudo na nossa vida. Porque ela trata seus pacientes como bebês! Novamente esquecendo que eu sou filha dela! Um psicólogo normal não pode se envolver tanto com os pacientes, mas no PPI é bem diferentes. Poxa, ela ajuda eles a se conhecerem melhor! Ela os dá suporte, segura a mão do outro com os ouvidos. É impossível não se envolver, eu até entendo, mas se envolver do jeito que ela faz… Ahh! Resulta nisso: Idol morando na sua casa. Bom, a explicação tá ai, eles trabalham no PPI com essas profissões, mas ninguém sabe disso e nem podem, o que dá muito problema, mas isso eu deixo pra depois já que é sobre mim e é irrelevante. E não, não achem que é legal ter pais que trabalham no PPI. Não é tão bom assim, e enquanto existem filhos que se aproveitam e tentam se aproximar de forma errada dos idols, eu tento os evitar a todo custo. Eca. Pelo o que eu vejo são sempre idiotas. E não vai ser esse “TaeTae” que vai mudar o que eu penso. Será que eu esqueci de alguma coisa? Acho que não. Só acho que… Eu tenho que me deixar mais apresentável, eu pareço uma mendiga com essa roupa, aí já é demais. Levanto do sofá sendo acompanhada por Nina, chego ao quarto rápido, abro a mala e olho para aquela montanha de roupinhas arrumadinhas e bonitas, ah! Era pegar qualquer uma. Não precisava me preocupar muito com aparência, eu nem ligo para isso.



(...)



- Nina, essa aqui tá boa? - girava mostrando o 23° conjunto de roupa enquanto perguntava a Nina se a roupa estava legal, recebendo o 23° latido de aprovação. - Você não serve para isso! Você aprova todos Nina!! - a cachorra tampou os olhinhos com as patas, como se estivesse com vergonha. O que fez Soon bufar e quase morrer de fofura ao mesmo tempo. - Você tem razão, estou me preocupando muito com isso. - disse pensativa. - Mas eu vou trocar esse vestido pelo 3° que provei, aquele tem mais cara de: "Visto isso em casa”. - fiz aspas com as mãos para a cachorda que "entendia tudo."


(...)


Meu Deus! Eu tô me preocupando com a roupa que o tal idol vai ver eu usando.



EU.


TO.


PPIRDIDA.




Não, eu realmente estou perdida, olha que piada idiota. pensou batendo a mão na testa.



(...)



Me ajudem, eu estou realmente em pânico.


D e s e s p e r a d a. 


Notas Finais


Soon disse que não ligava muito para o jeito que ela se vestia e agora vem com esse papo de experimentar mais de 20 roupas/conjuntos diferentes?

Acho que finalmente depois desse capítulo Kim Taehyung chega a essa casa.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...