História Pra que lógica,quando se vê que é o amor? - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Tags Amor, Jaimelina, Jomario, Mariquina, Paixão, Paulicia, Romance
Exibições 87
Palavras 731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - A Volta de Germano


Fanfic / Fanfiction Pra que lógica,quando se vê que é o amor? - Capítulo 13 - A Volta de Germano

Anteriormente,em ''Tomando Coragem''
Mário:Foi você,não foi,vagabundo?!  - Falei pulando em cima do Cirilo
Cirilo:Foi eu mesmo,e aí,oque você vai fazer,cachorro?! 
Mário:Isso aqui. - Falei dando um soco no seu rosto
Cirilo: Aii!! Se eu fosse você não seria tão atrevido assim
Mário:Eu não tenho medo de você!
Cirilo:No seu lugar eu teria... - Falou ele apontando uma arma na minha cabeça

Autor
Mário:Mas você anda muito longe de estar no meu lugar,viadinho. - Falou o garoto afastando a arma do inimigo para o lado
Cirilo:Você acha que eu tenho medo de atirar,Ayala?
Mário:Claro que não,apenas acho que não tem potencial para isso - Falou o garoto dando um chute no saco escrotal do mesmo e pegando sua arma que o tal deixou cair no chão
Cirilo:Arg,Cachorro,solta isso! Cãozinho mal! - Falou o garoto se contorcendo de dor
Mário:É Como dizem... ''Parece que o jogo virou,não é mesmo?'' - Falou apontando a arma para o negro
Paulo:Mário,não! - Falou o amigo do garoto correndo em direção a ele
Mário:Paulo..?!
Paulo:É,Paulo Guerra,seu melhor amigo! Escuta aqui,você está louco? Você pode ser preso se atirar!
Cirilo:Se eu fosse você,escutaria seu amigo,cachorro.
Paulo:Vem,vamos pra casa - Falou puxando seu amigo/irmão para sua casa (Que agora é dos dois)

                                       -Marcelina On-

Eu estava fazendo meu dever de casa quando recebo uma mensagem do Jaime
Jaime
Oi Marce! Que tal lanchar comigo amanhã na escola? te pago um sorvete. Não vale negar,kk!
Você
Kkkk,Claro Jaime! (Emoji envergonhado)
Jaime
Oba,finalmente! (Emoji envergonhado)

Ai não acredito que pela primeira vez um esquema com o Jaime irá dar certo! Depois disso não consegui mais me concentrar na tarefa de casa,e fiquei pensando no quanto o Jaime era legal e incrível. Só depois de um tempo foi que eu consegui retomar o dever

--------------------------QUEBRA DE TEMPO (De manhã do outro dia)-----------------------------

Acordei muito motivada pois hoje tinha uma programação incrível no recreio com o Jaime. Assim,pode não parecer tão incrível,mas pra mim foi uma conquista. Me levantei da cama,tomei um banho quente e vesti meu uniforme. Desci para a cozinha e o Paulo já estava lá
Paulo:Animada porque,linguiça?
Marcelina:Nada não... - Falei meio tímida
Paulo:Hmm...
Marcelina:Vem logo! - Puxei ele
Paulo:Não vai tomar café?
Marcelina:Eu levo uma maça - Fui até a mesa e peguei uma maçã - Vamos! - Puxei ele novamente

                                      -Maria Joaquina On-

Acordei e me levantei. Fui até o banheiro e fiz minhas higienes matinais. Vesti meu uniforme e desci até a cozinha. Chegando lá,a mesa estava farta como sempre,mas eu comi pouca coisa como todas as manhãs
MJ:Bye Dad! - Falei dando um beijo na bochecha do meu pai
Dr.Miguel:Tchau filhota! 

Meu motorista foi me deixar na escola.
--------------------QUEBRA DE TEMPO---------------

Já estávamos na quarta aula,tinhamos acabado de chegar do recreio. Passaram-se uns 15 minutos e uma pessoa bateu na porta
Prof.Helena:Pode entrar
Germano:Licença... 

Quando ouvi essa voz me virei e vi o... PAI DO MÁRIO??? Só eu e a Valéria tinhamos notado que era ele,então decidi falar para alguém pois não me aguentava mais e estava com medo
MJ: Coisinha - Sussurrei para a Marce e ela olhou para mim - O Pai do Mário acabou de chegar!
Marcelina:Quê? Como assim? Esse homem era para estar preso! - Sussurrou de volta

O Germano veio até a frente da sala
Germano:Bom dia... Eu sei que estão se perguntando como eu saí da cadeia,mas me deixaram fazer uma visita ao meu filho se eu usasse isto - Mostrou a tornozeleira - E eu vim aqui trocar as últimas palavras com ele
Mário:Eu não quero falar com você,seu imbecil!
Prof.Helena:Isso não é jeito de tratar seu pai,Mário. Por favor,vá com ele... Ele fez um esforço para vim falar com você
Mário:Olha aqui Germano,eu vou,mas não é por você,é pela professora

Todos da sala estávamos chocados o quanto eles se davam mal

                                             -Mário On-

Decidi ir falar com ele pela professora Helena,e ele me levou até a sala dos professores,que estava vazia.
Germano:Espero que isso não se repita.
Mário:Oque?
Germano:Você me xingar na frente dos seus amigos
Mário:Não tenho tempo para isso,fala logo oque você quer e vai embora
Germano:Tá bem. Olha Mário,é isso mesmo que você está pensando... Eu vim até aqui,para te AMEAÇAR, e te alertar. Você corre perigo de ser torturado ou até mesmo morto por mim,seu próprio pai.Isso vale também para seus amiguinhos

                                    Continua....

Galera acabei de postar capítulo na Segunda fic,confiram as notas finais


Notas Finais


Acabei de postar capítulo novo na fanfic 2, tá muito foda,passem lá pfvr,espero que gostem. Link : https://spiritfanfics.com/historia/meu-nome-e-mario-ayala-7110194


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...