História Pra sempre com você! ∞ - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Exibições 33
Palavras 1.007
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, chicletinhos. ❤✔

Capítulo 2 - O trabalho! 📄


 Malu Narrando • 

Sorrio com o jeito dele. Saio dali, entro no carro que o motorista estava dirigindo o mesmo... Meu pai, nunca fica comigo que saco!

Coloco meus fones e começo a escutar música, vejo algumas coisas nas redes sociais e chego em casa...

Vou para o meu quarto, deixo minha mochila no canto. Vejo uma mensagem de um número que eu não conhecia, abri a foto e era o Luan. Ele estava tão fofo, como eu digo nerds são fofos! <3

Vejo aquele capuz de sempre, coloco nos meus contatos: O nerd mais fofo desse mundo! <3

Leio a mensagem: Oi, então eu podia ir na sua casa às 14:00?
Respondo: Claro, Luan... — Mando um emoji de beijo.

Deixo meu celular no canto e aproveito para por carregar. Entro em meu closet e procuro uma roupa para vestir quando o Luan chegar...

Coloco um shorts de cintura alta e deixo o mesmo cropped de antes, faço um coque e desço para almoçar. Almoço rápido e faço a higienização bucal, como de costume...

Fico esperando. Quando quero que o tempo voe ele não voa! Fico com pensamentos indignados sobre o tempo... Até que resolvo jogar alguma coisa.

Vou até meu computador e vejo um jogo super legal que estava em alta, começo a jogar o mesmo. E fiquei ali, para mim 10 minutos mais pelo contrário foi 1 hora.

Faltava ainda 1 hora para ele vim, que raiva de tempo! Procuro fazer alguma coisa, por que não criar um blog?

Crio um e começo a escrever, era só para passar o tempo nada mais! Logo o tempo voa, desfaço o coque... Espero na sala ansiosa, vejo a mesa —já pronta em perfeito estado—. Sorrio...

Logo a campainha toca, vejo o interfone e era ele. Deixo ele entrar. Ele logo abriu a porta e com cabeça baixa, a levantou para observar o lugar...

Luan: Sua casa é linda, Maria... 

Malu: Obrigada, Luan. 

Luan: Então vamos fazer o trabalho? — Ele disse morrendo de vergonha. Fazia o mesmo ficar mais fofo ainda...

Malu: Então, oque que deu para mudar o horário?

Luan: É que tive que fazer umas coisas para o meu pai, desculpe!

Malu: Imagina não foi nada, Luan. 

Depois de um tempo estava pronto, não queria que ele fosse embora... Penso um pouco e claro, não posso deixar ele ir!

Malu: Luan, quer ir assistir um filme ou uma série?

Luan: Não assisto séries.

Malu: E um filme?

Luan: Não sei se é uma boa idéia, vou incomodar...

Malu: Pelo contrário, estou sozinha. É apenas uma companhia e acho que irá adorar esse filme.

Luan: Não irei incomodar mesmo?

Malu: Não, oque quer para comer?

Luan: Apenas água, mesmo!

Malu: Ah Luan. Não seja envergonhado, fale oque quer para comer?

Luan: Nada. Obrigado...

Malu: Gosta de pipoca?

Luan: Sim, mas... — O interrompi.

Malu: Nada de 'mas', sr. Luan.

Entrego o pote de pipoca, esperamos a mesma ficar pronta. Fomos para a sala e começamos a assistir o filme.

Olho para o lado e procuro o Luan, ele não estava. Vejo ele na cozinha. Pegando alguns morangos e logo me encarou, ele estava sem camisa... Estava lindo! Ele se aproxima e me dá na boca um morango, Sorrio com isso e beijo o mesmo com a maior vontade desse mundo! Ele então me pega no colo e me deita no sofá...

Acordo assustada, droga foi um sonho! O filme foi tão bom, mais pera cadê o Luan? Vejo um bilhete em cima da mesinha de centro.

"Tive que ir, me desculpe! O filme era muito bom mesmo, obrigado pela tarde... Ops: Aliás você é linda e ao mesmo tempo fofa dormindo!"

Fiquei toda boba com aquelas palavras, meu Deus oque está acontecendo? Eu pensar nele? Ox! Eu sonhei que estava transando com ele. Meu pensamento é horrível mesmo...

Subo deixo o bilhete no meio de minhas coisas, ele ficará lá por um bom tempo até eu me recuperar! Foi muito coisa. E meus pensamentos não estão me ajudando, só piorando a situação.

~ À Noite ~

Meu pai chega e logo joga tudo suas coisas em cima da mesa. 

Pai: Que trabalho insuportável meu Deus!

Malu: Que mau humor em?

Pai: Não é você que trabalha 12 horas né, Maria?

Malu: Você tá chato em? Boa noite insuportável!

Pai: Já?

Malu: Aonde foi antes de vim para cá?

Pai: Fui jantar!

Malu: Afs pai, nem pra me levar...

Pai: Para de reclamar Maria, aqui em casa tem comida. Não tem?

Malu: Tem! — Subo.

Deito em minha cama e começo a assistir, mais logo desligo. Começo a pensar no bilhete, no Luan... Que saco! 

~ Dia Seguinte ~

Não consegui dormir. Esse garoto... Que frio que está, coloco uma calça jeans, uma blusa de manga curta e um moletom. Logo término e pego minhas coisas, como posso me atrasar? Nem dormi!

Chego na escola morrendo de sono.

Eduarda: Um trem te atropelou?

Malu: Nossa que engraçado!

Guilherme: Mais ainda é linda...

Malu: E quem te perguntou?

Maria: Maria, não seja grossa!

Malu: Sou mesmo. Com ele então...

Guilherme: Ok, desculpe...

Eduarda: Tadinho dele, Malu!

Malu: Foda-se ele!

Saio dali, dou de cara com o Luan. Vejo ele conversando, minhas amigas estão com o Guilherme. Deixo um postite na mochila do Luan, ele logo percebe e pega o mesmo disfarçadamente!

Saio dali, e vejo algumas coisas em meu celular. Elas vão no banheiro espero elas lá fora...

Guilherme: Oque aquele idiota tem que eu não tenho? — Ele pegou em meu braço.

Malu: Solte o meu braço!

Guilherme: Desculpe.

Malu: Ele tem tudo, você tem porcaria nenhuma!

Guilherme: Ele é bolsista. Nerd e feio...

Malu: Nossa você é muito lindo mesmo, né!? Pela mor de Deus, deixe ele! Se ele é bolsista ele fez por merecer. Diferente de você que não vem pra estudar... — Saio dali.

Guilherme: Maria volta aqui!

Saio sem dar ouvidos a ele, vejo que o Luan quer falar comigo. Então vou na biblioteca. 

Luan: Oque aconteceu? Vi o Guilherme pegando em seu braço.

Malu: Não foi nada, Luan... — Sorrio.

Luan: Mesmo? — Afirmo. Sobre o bilhete, não dá pra ser na minha casa!

Malu: Por que?

Luan: Minha casa não é bonita...

Malu: Eu não me importo, Luan!

Luan: Mas deveria...

Malu: Por que? Não deveria não! Eu vou ir lá, me dá o endereço Luan...

Luan: Por favor, Maria.

Malu: Vamos... — Ele me entrega.

Luan: Pronto.

Malu: Obrigada. — Sorrio e deixo um beijo em sua bochecha.





Notas Finais


Continua... <3 ❤✔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...