História Pra sempre com você! ∞ - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Luan Santana
Personagens Luan Santana, Personagens Originais
Exibições 41
Palavras 859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente eu sei que enviou um capítulo, mais foi o seguinte era o capítulo 2 todo copiado aqui! Daí então, eu enviei para ver se o mesmo saia... Mais não saiu, então eu apaguei por que seria o mesmo capítulo que eu já tinha enviado. Então foi, por isso... Me desculpe e um beijo de Chicletinho. 🍬❤ Boa leitura! 📕😍

Capítulo 3 - A ida a casa dele!


Fanfic / Fanfiction Pra sempre com você! ∞ - Capítulo 3 - A ida a casa dele!

 Malu Narrando • 

Logo chego em casa, vejo algumas coisas que tinha que fazer e faço já! Me arrumo depois do almoço e coloco à roupa da multimídia, já tinha ficado um pouco abafado!

Pego o meu celular e coloco na bolsa, me olho no espelho e então pego um gloss e passo o mesmo. Saio e vou caminhando para a casa do Luan, era distante... Ele caminhava tudo isso para ir para a escola, nossa!

Chego em sua casa, não era luxuosa dava para ver pelo portão. O portão não era a melhor coisas do mundo, era uma casa simples mais bem cuidada! Procuro a campainha. Até que percebi que não há campainha...

Chamo o seu nome umas 3 vezes e bati palmas. Logo ele aparece e me olha e da um sorriso fraco, ele não tinha vergonha mais tinha medo de o julgar. 

Luan: Já deve ter percebido que a minha casa não é das melhores né?

Malu: Ah Luan, não ligo para isso!

Luan: Ok. Então... Pode entrar! — Ele sorriu.

Abri a casa, por fora não era tão bonita. Mais dentro era super cuidada, com móveis não modernooos mais era pessoas com uma vida boa... 

Luan: Então, vamos fazer oque? Não tenho nada para fazer aqui.

Malu: Hum, posso ver seu quarto? — Ele afirmou.

Fomos para o quarto dele, nunca vi um quarto tão arrumado! Até mais que o meu, ele era bem bonito mesmo não sendo muito decorado.

Malu: Seu quarto é lindo!

Luan: Obrigado.

Mais botei meus olhos em uma coisa, um violão...

Malu: Luan?

Luan: Oi?

Malu: Toca violão?

Luan: Já toquei sim, por que?

Malu: Poderia tocar?

Luan: Não toco muito bem...

Malu: Mais tem que cantar junto!

Luan: Pirou. Não Maria sério, isso não é uma boa coisa!

Malu: Vamos Luan, quero vê-lo tocar e cantar...

Luan: Só tocar.

Malu: Ah Luan, cantar também.

Luan: Vou tentar, mais pela mor de Deus eu sou horrível então me de uma chance.

Malu: Ok, Ok... — Risos.

Luan: Senta!

Sentei na cama e ele junto, ele pegou o violão e fez umas coisas. Logo começou a tocar ele estava morrendo de vergonha só fazia ele ficar mais fofo ainda. Quando ele começou a cantar, eu gelei. 

Ele tinha uma voz tão gostosa de ouvir, era perfeita! Ele então cantando e eu babando, como isso?!

Luan: Desculpe pelo show de horrores!

Malu: Nunca! Como canta bem assim? Nossa. Me surpreendeu...

Luan: Não seja como todo mundo. Não canto bem, muito menos toco bem...

Malu: Já pensou em entrar na aula de canto da escola?

Luan: Não canto bem!

Malu: Canta sim e se não cantasse tem também para tocar. Tem vagas abertas! E você vai participar.

Luan: Vou nada...

Malu: Para de ser teimoso, Luan.

Luan: Não sou teimoso, sou realista!

Malu: Ah com certeza...

Luan: Ah, eu adorei o filme. — Ele dizia guardando o violão.

Malu: Li o bilhete... — Ri.

Luan: Hum. — Ele falou um pouco envergonhado.

Malu: E obrigada pelas palavras.

Luan: Ah magina, não foi nada!

Malu: Então... Oque gosta fazer no seu tempo livre?

Luan: Escrever! — Ele sorriu.

Malu: Posso ver?

Luan: Claro. 

Ele foi até uma gaveta e pegou uma pasta, vejo um selo escrito: Letras de Músicas & Frases.

Malu: Então gosta de compor?

Luan: Tento...

Vejo uma letra era linda, ele tinha muitos talentos...

Malu: Que linda essa letra. 

Luan: Estava inspirado esse dia.

Ficou em minha cabeça "Te dei o sol, te dei o mar pra ganhar seu coração."

Malu: Percebi. — Sorrio.

Luan: Seu sorriso é lindo, sabia?

Malu: Obrigada o seu também! — Ele abaixa a cabeça envergonhado.

Xx: Lua... — Uma linda garota chega, meu coração se gela por alguns segundos. 

Oque está acontecendo comigo? Quem é ela? Não quero que seja a namorada dele, por favor!

Xx: Não sabia que tinha visitas, desculpe.

Luan: Pera Bruna, essa é a Maria. Minha amiga do colégio! Maria Bruna minha irmã, Bruna Maria minha amiga...

Irmã! Isso, irmã... Sorrio e a cumprimento. Ela logo saiu.

Luan: Desculpe pelo susto!

Malu: Magina... 

Luan: Obrigado.

Malu: Pelo Oque?

Luan: Por estar sendo a amiga mais verdadeira que eu já tive! 

Malu: Magina, Luan... — Sorrio sem graça.

Luan: Então, quer comer algo?

Malu: Não, obrigada!

Luan: Ah é? Na sua casa eu tenho que comer, então venha senhorita.

Sentamos na mesa.

Xx: Filho...

Luan: Ah oi mãe, essa é Maria.

Xx: Prazer querida, Marizete. — Ela sorri.

Malu: O prazer é meu, dona Marizete. — Ela sorri e se retira.

Luan: Parece que hoje minha família toda que te conhecer. — Risos.

Término de comer...

Malu: Luan, tenho que ir!

Luan: Já?

Malu: Já... Até e obrigada por tudo.

Luan: Magina. — Ele sorri, deposito um beijo em sua bochecha.

Saio dali e vou para casa, entrei em casa e vejo meu pai sentado no sofá olhando o relógio.

Pai: Se atrasou em, Maria?

Malu: Desculpe, pai!

Pai: Aonde foi?

Malu: Na casa de um amigo...

Pai: Que amigo?

Malu: Um amigo pai!

Pai: Sei, só amigo né?

Malu: Afs Pai, não começa!

Pai: Ok. Vamos pro restaurante.

Fomos para o restaurante, peço qualquer coisa não estava com muita fome aliás tinha comido com o Luan.

Luan Narrando •

Depois ela ter vindo aqui, parece que estou mais leve... Vai entender! A tanto tempo não toco e nem canto, foi legal até. Só não quero entrar na aula de canto.

Bruna: Hum, namoradinha nova?

Luan: Cala a boca, Bruna. Não viaja!

Bruna: Riquinha?

Luan: Que que tem, Bruna?

Bruna: Ela está querendo alguma coisa, uma aposta, te iludir ou só fazer de trouxa mesmo!

Luan: Me deixa, Bruna. Para de ser besta!

Bruna: Apenas um aviso!







Notas Finais


Continua... ❤😍📕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...