História Prazer, Luna. - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~luhlipop

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais
Tags Drama, Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Personagens Originais, Romance
Exibições 46
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Cap novoooo <3
-
Desculpe se tiver erros.

Capítulo 5 - Capítulo IV-O prêmio.


Fanfic / Fanfiction Prazer, Luna. - Capítulo 5 - Capítulo IV-O prêmio.

Eu, Liam e Luna tínhamos marcado de ir para a praia. Eu e Liam estávamos esperando em um quiosque de Pastel.

- Cara, vamos viajar? Tô com vontade de viajar - disse Liam.

- Olha, qualquer convite eu estou aceitando. Pra onde você quer ir? – perguntei.

- Pra Disney - ele respondeu naturalmente.

       Aquilo me deu um soco no estômago. Desde o Incidente, tinha péssimas memórias naquele lugar. Acho que Liam percebeu a minha cara de desapontado e se calou. Luna e outra menina se aproximaram. 

- Oi, gente. Essa aqui é a Lana. Ela é minha amiga desde criança - Ela disse, nos apresentando.

       Lana era bem legal, gostava de astronomia e conhecia todas as constelações. Ela tinha cabelo castanho escuro, liso e uma franja. Nós passamos o resto da tarde na praia, como sempre nos molhamos, brincamos, comemos (demais) e várias outras coisas...

- Ah, garotos, eu preciso contar uma coisa - disse Luna.

- Fala - disse Liam.

- Eu ganhei um sorteio, o prêmio é uma viagem pra Disney - ela continuou, e eu e Liam ficamos surpresos.

- Meu Deus! Eu e Liam estávamos planejando viajar para lá 5 minutos antes de vocês chegarem. - eu disse, ainda surpreso.

- Bom, eu vou poder levar um acompanhante. Lana vai comigo. Se vocês forem, podemos ficar todos juntos. 

- Beleza, nós vamos. - disse Liam. - Vai ser divertido. 

      Nas próximas semanas, planejamos todos os detalhes da viagem. Conseguimos assentos no mesmo voo das meninas e um quarto no mesmo hotel. Também compramos todos os ingressos de parques. 

- Estou tão ansiosa! - disse Lana.

- Todos estamos - disse Liam.

      Ela e Liam se deram bem, acho que foi por causa do filme "Toy Story", que ambos eram fãs.

      Finalmente chegou o dia do voo. Eu e Liam chegamos no aeroporto e encontramos as meninas a nossa espera. Fizemos o Check-in e fomos para a sala de embarque. No caminho, percebi que Luna estava um pouco triste, meio pálida. 

- Você tá bem? – perguntei.

- Um pouco. É que eu tenho muito medo de aviões. Eu sempre fico assim, e também choro, passo a maior vergonha - ela explicou.

- Não tem problema - eu disse, tentando conforta-lá - Vai dar tudo certo. 

      Ao entrar no avião, eu e Liam nos dirigimos aos nossos assentos (longe dos das meninas). Quando sentamos, uma aeromoça se aproximou, falando:

- Senhores, houve um problema com a compra dos assentos e infelizmente os senhores terão que trocar de lugar. A companhia aérea pede desculpas pelo transtorno. Seus assentos novos são 12 D e E. - e foi embora como um robô, sem nem nos dar a chance de responde-la. 

      Quando chegamos na fileira doze, nos surpreendemos ao encontrar Luna. 

- Ela mudou o de vocês? – perguntou - Estão mudando a maioria, Lana teve que ir pro final do avião, muito triste. 

- Se vocês não se importarem posso trocar com ela. - disse Liam.

- Tudo bem para você? - perguntou Luna.

- Claro! - respondeu Liam, indo para o assento de Lana.

       Me sentei na janela, sabia que Luna ia ficar com medo. 

- Olha, não vou rir de você se começar a chorar. Eu também tinha medo de avião, mas passou - eu disse.

- Obrigada - ela falou com uma cara de compreensiva.

     Lana chegou, arrumou suas coisas e se sentou. Uns 5 minutos depois o avião decolou. Luna estava aos prantos, mas tentei não observá-la. Lana estava falando com ela, deviam ser coisas do tipo "Vai dar tudo certo". Depois serviram comida, todos ficamos aliviados, estávamos com muita fome. 

- Cara, eu amo esse sanduíche. É a melhor parte do voo – Disse Lana.

- Luna, você tá bem? - perguntei a ela baixinho.

- Mais ou menos - ela disse, sem dirigir o olhar a mim.

     Logo depois o piloto avisou: "Senhores passageiros, estamos entrando em uma área de turbulência. Por favor, apertem os cintos. Obrigado". Luna instantaneamente começou a chorar de novo. Eu olhava para a janela, esperando escutar a voz de Lana a consolando. Mas não escutei. Quando me virei, Lana estava roncando. "Meu Deus, o que eu faço?", pensei.

- Luna - ela me olhou - Calma, tá tudo bem. Aviões são assim mesmo. A gente vai chegar bem lá - eu dizia, tentando acalmá-la, o que não deu certo.

     Nessa hora o avião balançou forte. Luna, que chorava ainda mais, agarrou o meu braço. Ela parecia não ter percebido, provavelmente um movimento involuntário, então resolvi deixá-la agarrada no mesmo. Cerca de 15 minutos se passaram até que o piloto avisou que não teria mais turbulência. Luna parou de chorar e largou meu braço. 

- Desculpa, Louis. Eu fico descontrolada. Desculpa se eu te perturbei - ela explicava rápido - AI MEU DEUS, EU TE MACHUQUEI?

     Ela olhava para um arranhão no meu braço. Sim, foi ela, que em determinado momento cravou as unhas no mesmo, mas disse que não 

- Você não me perturbou. E não foi você que me machucou- ela continuava a chorar, frustrada por ter medo - Não tem problema. 

     Ficamos conversando, até uma hora que não ouvia mais sua voz. Dormiu e eu também. 

     Finalmente chegamos. Pegamos as bagagens, chamei um táxi e fomos para o hotel. Depois de arrumarmos nossas coisas no quarto, Liam foi no banheiro. Fiquei esperando até que alguém bateu na porta. Era Luna. 

- Oi... É... Eu só queria me desculpar. - ela disse.

- Se desculpar por que? - perguntei em seguida.

- Por tudo que... Aconteceu... No avião - ela respondeu.

- Olha - segurei seus ombros - Você não me perturbou. Não teve nenhum problema. Faz parte. Eu também tenho medo de montanhas-russas – menti - Tá tudo bem.

       Ela me abraçou e me desejou boa noite. Dormi como uma pedra nesse dia. Liam também. Tínhamos que nos preparar para o dia seguinte nos parques.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...