História Prazeres em alto mar - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Lydia Martin, Stiles Stilinski
Exibições 66
Palavras 1.801
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Ficção, Lemon, Lírica, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Me perdoem pela a demora, mas eu tive muito tempo ocupada.
para recompensar a demora, está aqui o capitulo mais grande que escrevi até agora dessa fic.

OMG já estamos no quarto capitulo, falta poucos para acabar essa short fic.
não quero ninguém brigando comigo se no final os dois não ficarem juntos haha

Boa Leitura

Capítulo 4 - Ciumes


Stiles não gostava de viajar de barco. Ele se sentia enjoado e com muita náusea. Neste exato momento, o rapaz estava debruçado sobre o vaso sanitário, vomitava tudo que tinha comido até aquele momento. Britt sua namorada, estava deitada na cama vendo algumas atualizações nas redes sócias. A garota sabia o que Stiles fazia naquele banheiro, mas ela não comentou nada quando o viu saindo e limpando os requisitos de agua que ainda tinha no canto de sua boca.

“Sua irmãzinha, está sendo falada nas redes” Britt disse quando o namorado sentou na beirada da cama. Ele olhou por cima dos ombros, talvez interessado do que falavam nela. Mas a sua barriga ainda estava em estados críticos.

“Do que falam dela?” Britt soltou um gritinho de animação, a garota amava falar da vida alheia. Principalmente daqueles mais próximos.

“Parece que ela levou aquele amigo novo para a cama, trancando a porta do quarto, cujo ela divide com Malia. Só que demorou muito tempo os dois lá dentro, Malia nem sabia que a amiga fazia brincadeirinhas com um homem dentro de seu quarto...”

“Ele não é um homem, é só um adolescente” Stiles a corrigiu, um sorriso brotou dos lábios de Britt ao perceber que o namorado estava bravo.

“Continuando, Malia fez um maior escândalo para poder entrar novamente em seu quarto. Testemunhas que passavam ao local, falaram que viram Lydia abrir a porta com um lençol transparente cobrindo o corpo. O cabelo todo bagunçado, e alguns pontos de seu pescoço avermelhados. Malia disse que não iria entrar até que o rapaz saísse. Ele saiu com apenas o calção e de despedida deu uma maior pegada na Lydia que a deixou desorientada e falaram que ela nem ouviu metade da briga de Malia”

Stiles virou para ficar de frente com a namorada. Ela mostrou a tela do celular, onde continha fotos da ruiva com um lençol enrolando o corpo, fotos dela ganhando um maior beijo de Michael, fotos de Malia brigando com a garota.

“Porque não gosta dela?” Stiles foi direto. Sempre teve uma leve impressão que a namorada não gostava de sua meia irmã. Britt revirou os olhos e se ajeitou na cama, ficando sentada em frente ao namorado. Ela largou o celular e pegou nas mãos geladas e tremulas do namorado.

“Não é que eu não goste dela, é que a presença dela em nossa vida me incomoda. Eu não sei o motivo, mas sei que ela será agora em diante a sua irmã. E tenho que aceitar ela, mas algo nela me deixa com raiva. ” Ela se aproximou mais dele e passou a mão sobre o rosto dele “Não fica bravo comigo, por causa dessa besteira. Afinal, eu te amo”.

Ela aproximou mais dele e o beijou. Stiles a empurrou sem quebrar o beijo, ficando por cima dela. As mãos dela estavam debaixo da blusa dele e arranhavam de leve a costa do rapaz.

“Eu estava com saudades disso” Ele confessou no pé do ouvido dela, ele começou a beijar o pescoço da garota, que gemeu e começou a soltar uma risada histérica. Stiles se afastou e olhou para namorada.

“Algo de errado?” Perguntou ele confuso, ela negou com a cabeça e se levantou e beijou a clavícula dele, deitando novamente na cama sorriu.

“Sempre tive uma fantasia erótica de fazer sexo em alto mar” Stiles soltou uma risada e voltou a beijar a namorada, com mais força e desejo.

Ambos arrancaram as suas roupas jogando para o chão daquele pequeno quarto. Britt apenas de lingerie e Stiles de cueca box preta. Ele a beijava e ela o arranhava. Trocaram de posição, ele se sentou e ela se proporcionou em seu colo. Stiles deixava chupões em seu pescoço, Britt lançava a cabeça para trás e gemia baixo, porém sexy ao ouvido e gosto de Stiles.

Stiles tirou o sutiã da namorada e jogou no chão ao lado da cama. Ele a conhecia tão bem, que sabia os pontos onde a namorada sentia mais prazer. Apertando de leve um dos seus e com o outro lambia o biquinho. Os pequenos seios da namorada, não chegavam nem perto da ruiva. Mas para Stiles não importava o tamanho, ele estava com tanto tesão que nada importava para ele, apenas queria se aliviar com alguém e não sozinho como costumava fazer.

“Aah” Britt gemia enquanto puxava de leve os fios de cabelo de Stiles, que apesar de tudo estavam bagunçados e suados.

“Estás muito gostosa hoje” Ele sussurrou em seu ouvido, fazendo que a loira desse um tapa no braço e começasse a rir. A garota se levantou do colo do namorado, e ficou em pé em frente ao mesmo. Ela percebeu o volume escondido dentro da cueca do namorado, mordeu o lábio inferior e começou a provocar o moreno. Começou com uma dança sexy e lenta, ela se virou de costas para ele. Stiles lambia os lábios com intensidade e com muito desejo.

Britt olhou para cima dos ombros e viu o namorado com a mão dentro da cueca, masturbando o membro pulsante. Ela sorriu vitoriosa e devagar foi abaixando a calcinha, ela retirou e virou para o namorado. Jogou a mesma na cara dele, que quando pegou a peça cheirou e lambeu. Ela começou a rir, ainda em pé em frente dele, levou um dos dedos sobre a boca e o chupou. O mostrando o jeito que ela faria quando o membro dele estivesse em sua boca.

Depois levou o dedo para o meio de suas pernas, ali enfiou de leve em sua entrada e soltou um gemido arrastado. Stiles não aguentando mais aquela tortura, puxou a namorada para baixo e começou a beijar ela novamente, mais feroz, mais faminto por aquilo.

Ele ficou por cima dela, e desceu os beijos até a barriga da garota. Com uma mão apertava um dos seios da garota com força. Com a outra mão entrava dentro da garota, enquanto a língua quente e áspera dele, brincava com o sexo da garota. Britt arqueava o corpo para cima, segurava no lençol ao lado com força e gemia de tanto prazer que estava sentindo.

“Minha vez” Ela falou com a voz falhando, já que tinha desmanchado na boca do namorado. Stiles sorriu e beijou mais uma vez a garota, para que ela sentisse o próprio gosto. Ele sempre fazia isso e ela gostava. Stiles se ajeitou com a costa na cabeceira da cama e ajudou Britt a tirar a cueca e jogar no chão ao lado da cama.

O membro dele pulsou para fora, estava ereto e duro. Do jeito que a loira gostava. Ela começou a massagear, se aproximou e lambeu a glande. Com uma das mãos fazia movimentos para cima e para baixo de leve. Com a outra mão, brincava com as bolas do namorado.

“Oi amiguinho” Ela disse brincando com o membro de Stiles. Britt lambeu mais uma vez a glande. Stiles estava de olhos fechados e quase explodindo de tanto prazer que a namorada o proporcionava. Mesmo ela apenas o torturando.

Britt estava rindo da expressão facial do namorado, quando ele abriu os olhos e lhe lançou um olhar duro. Britt engoliu em seco e inclinou a cabeça em direção ao membro, abriu a boca e colocou dentro de sua boca. Stiles pegou em seu cabelo e afastou do rosto da garota, que o torturava com movimentos lentos.

Stiles puxou o cabelo dela com força para trás, Britt fez um som de reprovação ao ato dele e aprofundou na velocidade. Stiles gemia alto e Britt aumentava cada vez mais a velocidade. Stiles gozou na boca da namorada, que engoliu tudo. Deixando apenas alguns requisitos do gozo em sua boca e indo em direção ao namorado e deixando que ele provasse do próprio sabor.

Stiles fez com que a namorada ficasse de quatro em cima da cama, ele se posicionou atrás dela e passou de leve o membro sobre a entrada da namorada, que gemia de reprovação por ele estar torturando ela também.

“Agora sinta o que é ser torturado” Ele disse beijando o ombro da garota.

“Vai logo” Ela rangeu entre os dentes já não aguentando mais a brincadeira do namorado. Stiles sorriu de lado e colocou seu membro dentro da garota. Que gemeu e sorriu. Stiles dava muitas estocadas fortes e rápidas. Batia na bunda da namorada com força, deixando a marca de sua mão sobre a pele branca da garota.

Duas batidas na porta, o fizeram para de gemer feito animais. Eles se separam e olharam um para o outro assustado. Estava de noite, ninguém em sã consciência iria vir ao quarto deles, a esse horário.

Novamente bateram na porta, eram toques leves. Se fossem de amigos do casal, seriam porradas e eles provavelmente estariam fazendo algum tipo de piada sobre os gemidos do casal que poderiam ser ouvidos de longe.

Britt ajuntou as peças de suas roupas jogadas pelo chão do quarto e correu para o banheiro. Stiles pegou a cueca e a vestiu. O membro estava ainda duro, porém agora estava molhado. Pegou a bermuda e a vestiu. Olhou ao redor, o quarto estava uma bagunça, ele estava todo suado e o quarto estava cheirando a sexo.

“Foda-se” Ele resmungou ao ouvir novamente as batidas sobre a porta, destrancou a mesma que nem fazia ideia que estava trancada e abriu pouco, não queria que a pessoa que estivesse atrás da porta visse a bagunça que ele a namorada tinha feito.

Ao abrir a porta, deu de cara com Lydia. O rosto inchado, os olhos e nariz vermelhos e várias lagrimas contornando a face da garota.

“O que aconteceu?” Ele disse saindo do quarto e fechando a porta atrás dele.

 Lydia fungava e olhava para ele brava.

“Você disse que eu era única!” Ele percebeu que a garota estava bêbada, pelo cheiro de vodca que saiu de sua boca pequena.

“O que?” Ele perguntou confuso. A pequena bêbada, se aproximou e selou os lábios dele, ela o prendeu sobre a parede. Stiles estava gostando, ele não poderia evitar. Beijar a boca dela era algo viciante que o moreno poderia fazer para a vida toda, se não fosse errado.

“Lydia” Ele disse a separando, mas a garota voltou com mais força e o beijou. Com uma das mãos passou por cima da pélvis do garoto e apertou de leve, fazendo que com o garoto gemesse contra a sua boca.

“Sou muito melhor que ela, não sou?” Ela o desafiou e deixou Stiles confuso, hipnotizado pela beleza da garota concordou.

“Ótimo. Me encontra daqui a meia hora perto da piscina tenho algo para você” Disse a garota saindo e rebolando.

Talvez seja o destino, mas Britt abriu a porta dois segundos depois da partida da ruiva

“Quem era?” Ela perguntou com o cabelo encharcado. Stiles a olhou.

“Ninguém em especial”

 


Notas Finais


será que stiles vai ir até a piscina?
haha
só vão descobrir no proximo capitulo
se eu sou má?
Vocês nem imaginam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...