História Preciosidade {Jikook version} - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Jikook, Kawaii
Visualizações 87
Palavras 548
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Fluffy, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello, Hello.
Tudo blz?
I am PanHy
E estou aqui com uma adaptação de um fic kawaiizinha aki.

Seguinte, há uns... 2 dias, eu postei uma fanfic de um casal original meu, e hoje, deu vontade de adaptar pra Jikook, pq? Pq sim, vida é minha e eu faço oque quiser.

Eu mudei algumas coisinhas, mas nada demais, tá quase igual.
Espero que gostem.

(Atenção, conteúdo romântico gay, se não gosta, não leia)

Boa leitura

Capítulo 1 - Namorado mais perfeitinho do mundo


Uma coisa era fato: Jungkook tinha o namorado mais perfeitinho do mundo todo.

O rapaz de cabelos rosas era uma fofura só, que encantava cada vez mais o coração do moreno, sem fazer esforço nenhum, só com pequenos gestos e atitudes cotidianas, que o deixavam ainda mais adorável.

Seja quando o maior chegava em casa e o menor corria apressado em sua direção, o abraçando com força, e após ser pego no colo pelo mesmo, reclamava por ele ter demorado tanto, que a casa ficava sozinha e ele se sentia solitário.

Ou quando o outro estava carente, o menor vinha todo manhosinho para perto de si, subindo no sem colo, com um bico nos lábios, pedindo por beijos e carinhos. Que não demoravam para serem concedidos, afinal, que resistia a toda aquela manha? Jungkook não.

Quando ele acordava no meio da noite e via que o mais novo não estava lá, ele pegava seu ursinho de pelúcia, sua mantinha amarela e ia em direção ao escritório da casa, pé ante pé, o o cabelo todo bagunçado (que lhe dava um ar ainda mais fofo) e os olhinhos puxadinhos quase fechando, em um sinal de sono. Logo ele chegava naquele cômodo em específico e, sem ao menos bater na porta, entrava no mesmo. Na maioria das vezes o maior estava lá e, sem pensar duas vezes, o outro já subia no seu colo e se aconchegava lá, todo preguiçoso, escondendo seu rosto bochechudo na curva do seu pescoço, dormindo rapidamente em seguida.

Ou até mesmo quando ele vinha para cima de si, sem motivo nenhum, todo cheio de dengo, dizendo que queria atenção. Não importava se o maior estava lhe mimando o dia todo, ele simplesmente dizia que queria, porque queria e pronto, sem dúvida nenhuma sendo manhoso.

Céus, que namoradinho dengoso que o maior foi arrumar. Jungkook não entendia como ele aguentava sofrer tanto por aquele rapazinho manhoso.

Rapazinho que volta e meia aprontava alguma, afinal, seu bebê (sim, bebê, Jimin adorava ser chamado assim) era um tanto curioso e desastrado, oque acarretava em alguns copos quebrados ou papéis espalhados pela sala. Claro que ele não fazia por mal, afinal, ele era um menino comportado e sempre que algo assim acontecia e ele levava bronca, se envergonhava, abaixando o olhar e fazendo um bico nos lábios. Claro que o maior não conseguia ficar bravo por muito tempo, ninguém conseguia e, depois disso, ele sempre acabava pegando-o no colo e acariciando-o, mimando seu menininho.

Só seu menininho, seu poço de sorrisos e alegrias, que tinha uma risada contagiante única; Que sempre que ria/sorria fazia aquele eye smile divino. Seu garotinho mimado, que se não recebesse oque queria, começava a ostentar um bico grande nos lábios fartos. Seu namoradinho raivoso, que se fosse irritado, começava a resmungar e chiar, e não tardaria de estender sua mãozinha pequena e ameaçar dar um tapa no maior. Sua bolinha de sentimentos confusos, que sempre apareciam quando alguém insistia em fazer algum mal ou falar alguma coisa feia para o bebê, claro que logo o morenk dava um jeito de fazer a pessoa se afastar, afinal, ninguém fazia mal ao seu príncipe e saia impune.

Porque, com toda a certeza do mundo, a maior preciosidade que Jungkook possuía era Jimin, e ele o amava mais do que tudo nessa vida.


Notas Finais


Então, é isso.
Gostaram?
Odiaram?
Comentem se quiserem, titia PanHy ama vcs (>°3°)>

Link da fanfic original: https://spiritfanfics.com/historia/maior-preciosidade-9654434

Obrigada por ler.
Kissus de cereja *3*
~PanHy


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...