História Precisa-se de um namorado - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Justin Bieber
Personagens Demi Lovato, Justin Bieber
Tags Amigos, Amizade, Justemi, Justin Bieber, Melissa
Exibições 473
Palavras 1.647
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bota a mão no joelho
E da uma baixadinha
Vai mexendo gostoso,
Balançando a bundinha 🎵🎼🎵🎼🎵🎼🎵🎼

Nem sei porque escrevi essa música, mas enfim... vim recompensar vocês uhashu
Espero que gostem, beijinhos ♥

Capítulo 21 - XXI: JB 1 x 0 Futuros namorados da Mel


Fanfic / Fanfiction Precisa-se de um namorado - Capítulo 21 - XXI: JB 1 x 0 Futuros namorados da Mel

Janeiro 10, 2017

Minha terça-feira havia se passado rápido. Assim que deu 8 p.m., fui me arrumar já que o meu encontro estava marcado para às 9. Tomei um banho e em seguida fui para o closet, vesti uma lingerie branca simples e...ok, o que eu visto para um show de ópera? Roupa simples?

Coloquei um vestido branco, simples e assim que terminei de me arrumar completamente, apaguei as luzes de casa e fui até o térreo, onde entrei no meu carro e fui direto pro Metropolitan.

[...]

Olhava para todos os cantos e era notável o meu tédio. Nada contra ópera, mas não é um estilo musical de que eu goste e aprecie. A cada segundo me dava mais sono e a vontade de ir pra casa era muita, sinceramente...Alfie é um cara bem legal, só que pelas trocas de palavras que a gente teve até agora ele fala como se tivesse cantando...e isso confesso, que me deixou irritada.

-Podemos ir? –sussurrei no ouvido do Alfie.

-Que saco garota, você já fez essa pergunta 8 vezes. Não sabe apreciar uma ópera não? –falou normal?

-Não é isso...é que já estou cansada, essa música me cansa.

-De que tipo de música você gosta?

-Pop...

-E que cantores? –perguntou ele revirando os olhos.

-Usher, Ke$ha, Beyoncé, Kety Perry, Jessie J...

-Você sabia que não tem cultura alguma?

-Como?

-É, isso que você escuta... isso não é algo que eu possa chamar de cultura!

-O que você chama de cultura? –perguntei.

-Brian Asawa! –nem sei o que é isso!

-Quer saber, eu nem sei porque eu ainda estou insistindo em você. Essas músicas pra mim são sem sentido e chatas!

-Você que é uma chata! –revirei meus olhos e sai do Metropolitan.

Não estava nem um pouco a fim de discutir com ninguém. Entrei no meu carro e fui direto pra casa.

-Olha quem tá aqui...EUUUUUUU! –gritou um ser no qual se sabe que tem o nome de Charles Somers.

-Ok...como você entrou na minha casa? –perguntei.

-Que pergunta mais idiota Mel...pela porta! Ainda não ganhei poderes pra atravessar as coisas! –disse ele pegando uma latinha de coca se esparramando no sofá.

-Ai, essa doeu moleque! Me dá essa coca. –disse pegando a coca-cola de sua mão.

-Ah não. –resmungou.

-Ah sim, pra você aprender a não zoar mais com a minha cara.

-Tá, eu vi que tinha uma chave em baixo do tapete.

-E por que você veio aqui?

-Justin me falou que você teria um encontro, aí eu pensei: A geladeira dela é cheia de comidas gostosas! Aí eu vim! –disse ele. A única coisa que martelou em minha cabeça foi como o Justin sabia que eu teria um encontro hoje se a única pessoa com quem eu falei sobre isso foi com o príncipe?

-Como o Justin sabia que eu tinha um encontro? Eu não contei pra ele que teria. –Chaz suspirou e depois respondeu:

-Er...é que ele disse que seria com um professor de química. –ok, não estou entendendo mais nada!

-Mas isso foi a semanas atrás!

-Ah, então eu me confundi! –fiquei confusa.

Parecia que Chaz estava escondendo alguma coisa de mim ou talvez era só coisa da minha cabeça mesmo...

-Tudo bem, mas está tarde pra você ir na casa dos outros roubar comida né?

-Justin me falou que você tava com medo de dormir sozinha na última noite aí eu vim dormir com você. –Ok, como o Justin sabe disso?

-Como o Justin sabe disso? A única pessoa que sabe sobre isso é o príncipe... –disse pensando que...não, Justin não faria isso comigo, ele não iria me iludir ou iria?

-Er...na verdade a Anna contou pra ele.

-Ah, a Anna. –suspirei ao descartar as possibilidades de Justin ser o príncipe. Pelo menos ele não está me iludindo. –Ela ligou pra ele? –perguntei curiosa.

-Sim, hoje de manhã.

-Hum. –murmurei. –Olha eu estou cansada tá, vou tomar um banho e dormir. Você vai dormir no sofá ou comigo?

-Com você né gorda!

-Gorda é a senhora sua mãe...

-Não é não, ela não come feito vaca como você!

-Como é? –perguntei o fuzilando.

-Nada é só que, você come e nunca engorda...só queria fazer piada, mas neste momento estou me redimindo. –disse levantando o seus braços.

-Ok. –disse saindo de lá e indo até o banheiro pra tomar um banho.

P.O.V. JUSTIN

Estou há alguns dias afastado de Mel e a única coisa que me deixa feliz é poder continuar mantendo contato com ela pelo celular. O bom de ser o príncipe é que eu converso com ela e ela não sabe que sou eu.

É como se...eu mudasse quando estava fazendo o papel de príncipe. Sinto muito a falta dela, foram dias que pra mim pareciam anos. Sinto falta do sorriso dela, da gargalhada gostosa que ela dava, do estilo despojado que ela tinha, da mania de morder os lábios quando estava com vergonha, do seu rosto corado quando eu dizia que ela estava bonita, das vezes que eu a irritava e a mesma revirava os olhos e bufava em seguida como sempre fazia, da sua voz cantando animada uma música da Jessie J. Tudo nela me fazia falta, até dos seus atrasos quando íamos nos encontrar no Mc. Fui despertado de meus pensamentos com o som do meu iPhone tocando, olhei no visor e era uma ligação de Chaz.

Ligação ON

-Fala dude!

-Cara quase estraguei tudo... –disse Chaz.

-Tudo o que bro?? Tá louco? –perguntei rindo.

-Você e a Mel...

-Ahnn?? –perguntei confuso.

-Quase que eu disse pra Mel que você era o príncipe..

-Você o que? –perguntei irritado.

-Eu disse quase... na hora dei uma desculpa e disse que você sabia que ela estava com medo, pois a Anna contou pra você.

-Eu não acredito, você é um boca aberta mesmo Somers!

-Foi mal tá?! Ela terminou o banho, a única coisa que você precisa fazer é ligar pra Anna e dizer que ela te ligou, pelo acaso de a Mel pedir...

-Ok.

-Tchau.

-Tchau e vê se não estraga tudo...e oh, estou de olho em você. Sem gracinhas com a Mel.

-Pode deixar JB, não vou roubar a tua mulher. –disse desligando na minha cara.

Minha mulher nada...quer dizer minha mulher sim! Ela é minha melhor amiga consequentemente ela é minha mulher, certo?

P.O.V. MEL

[...]

Me joguei na cama e vi que tinha recebido uma mensagem, sorri ao ver que era o príncipe.

“Como foi o encontro?”

“Péssimo...agora com toda a certeza eu odeio ópera!”

“Não quer me contar sobre o encontro??”

“Não vale a pena... acredite!”

“Se vc diz...”

“O que está fazendo?” –perguntei mudando de assunto.

“Nada de interessante e vc?” –nessa hora Chaz entra afobado no quarto com um pedaço de bolo de chocolate na mão e um suco.

-Ei come primeiro depois deita comigo.

-Ah não Melissa.

-Então me dá o bolo!

-Não.

-ME DÁ O BOLO CHARLES SOMERS! –ele viu que eu o encarava brava e me entregou resmungando.

-Sem resmungar!

-Desculpa. –sussurrou. Em outros momentos acharia engraçado, pois era como se a mãe tivesse brigando com o filho o deixando de castigo logo em seguida. Comi o bolo e em seguida respondi o príncipe:

“Acabei de pegar o bolo do meu amigo ‘-‘ ”

“Amigo??”

“É... ele vai dormir aqui hoje.”

“Hummm...já não gostei do seu amigo hahaha”

“Ciúmes príncipe?? LOL”

“Talvez...”

-O que você tanto escreve no celular que não para de sorrir? –perguntou Chaz, deitado ao meu lado.

-Estou conversando com um cara que conheci pela internet.

-Você gosta dele? –perguntou.

-Não sei...acho que sim. –disse suspirando ao lembrar de como o Príncipe é carinhoso.

-Ele gosta de você?

-Não sei.

-Você não tem medo que esse cara seja sei lá...um maníaco? psicopata? estuprador? –ri com a sua pergunta.

-Não! Tenho certeza que ele é um cara bacana.

-Está apaixonada.

-Cala a boca. Deita aí e dorme! –disse mandona.

-Tá bom mamãe. –disse com voz de bebê. Ri com isso. Ele virou para o outro lado da cama.

Fiquei fitando a mensagem até decidir mudar de assunto.

“Como foi o seu dia??” –perguntei.

“Normal...sai com meus amigos.”

“Não aprontou não, né Sr. príncipe?”

“Não haha está com ciúmes de mim princesa??”

“Claro, não é todo dia que vc encontra um príncipe”

“kkkk é pode ser...”

“Aposto que vc tem várias garotas ao seus pés.”

“Nem tanto LOL”

“Vc gosta de alguém??” –perguntei curiosa.

“De vc vale??”

“Não kkkk estou falando o gostar de amar...”

“Não e vc?”

“Eu amo sim :(“

‘’E essa cara triste por quê? Vc deveria ficar feliz, amar alguém sempre é bom"

P.O.V. JUSTIN

Estava encabulado por ela falar ao príncipe que amava alguém e não ter falado pra mim. Fiquei triste, pois ela deveria ter dito pra mim que estava gostando ou melhor...amando alguém. Talvez eu poderia ajudar ela a fazer com que esse cara que ela gosta, fosse o seu novo namorado. Pelo menos seria alguém que ela não encontrou naquele site ridículo e talvez esse cara possa ser mais normal!

Ah a quem eu quero enganar? É obvio que eu nunca ajudaria ela a ficar com esse cara.

Ciúmes?? Sim! A Melissa é a minha melhor amiga e ela nasceu pra dar atenção somente pra mim.

Fui despertado de meus pensamentos com o meu celular tocando.

“Não quando esse alguém não gosta de vc” –ISSO! Bem feito! Ele não gosta dela...

JB 1 x 0 Futuros namorados da Mel 

Já tenho uma parte da atenção dela pra mim.

“Ele é um otário se não gosta de vc” –meu instinto de príncipe me fez escrever isso. Digamos que o meu Justin malvado queria escrever: “Bem feitooooo! Espero que agora vc me dê a atenção necessária como melhor amiga!”.

“Ou eu seja a otária da história por ainda gostar dele...”

“Vc nunca seria otária, mas minha dúvida é... Quem seria esse otário?” –perguntei curioso.


Notas Finais


=> MAIS UMA VEZ A MEL SE DEU MAL EM UM ENCONTRO.... TADINHA DELA GENTE :/
=> Chaz bocudo? Sim, claro ou com certeza?
Sinto que esse segredinho não vai durar por muito tempo... ou vai KKKKKKKKKKK NÃO SEI DE NADAA
=> JUSTIN COM CIÚMES É TÃO......
=> E agora galera? A Mel vai contar quem é o otário que ela gosta?
DEIXEM SUAS APOSTAS!
Quem pergunta o que quer, recebe como resposta aquilo que não quer u.u METÁFORA DESGRAÇADA A MINHA NÉ? KKKKKKKKKKK

Enfim... pra quem quiser acompanhar as minhas outras fics, vou deixar o link aqui abaixo:
Everybody Hates Justin Bieber- https://spiritfanfics.com/historia/everybody-hates-justin-bieber-6271758
Ninfomaníaca- https://spiritfanfics.com/historia/ninfomaniaca-5164915
Até o final de semana ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...