História Precisamos falar sobre preconceito - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Preconceito, Realidade, Romance
Visualizações 6
Palavras 510
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Capítulo 4: Ataque ao envento


Estávamos se divertindo, curtindo e conversando ao som de DJ mais famoso do Youtube. Era noite, Maria e Luiza não paravam de se pegar, eu e Lucas estávamos conversando sobre alguns assuntos, do que iremos trabalhar.
-Bem, vou fazer medicina e você Louis?
-Meus pais disseram que advogado está mais que bom, mais eu gosto de outra coisa
-E oque você gosta?
-De moda, gosto de desenhar vestidos e me vestir como uma garota
-Nossa, nada mal, é uma coisa bonita de se ver, e você deve seguir o seus sonhos por mais que seus pais não aceitasse. Na vida estamos de passagem e você quer mesmo que as pessoas digam oque fazer?
-Nem um pouco...mais eles não entende, mais quer saber, vou seguir os meus sonhos e que se foda se o mundo!- Digo com um sorriso, logo meus lábios são selados por Lucas.

-Estou preocupada, as vezes pegamos muito no pé dele deveríamos da mais ouvidos...e- Sem termina sou interrompida pelo meu marido.
-Que nada, ele quer se vestir como mulher para que? Deus fez a gente assim é porque ele sabe que iremos ser melhores assim, mais feliz!
-Como pode dizer isso? Quando ele voltar iremos conversa ouvi?- Vejo ele se retirar me dando uma simples ignorância. Brigas acontecem por um achar uma coisa e o outro não concorda, e brigas acontecem também quando a maturidade deixa de existir e o respeito vai embora. "Paciência" Pensei chorando sozinha na cozinha.

-Ouviram? Escutei que tem uns policiais entrando e o prefeito ta lá fora- Vejo a musica parar e algumas pessoas saírem correndo.
-Mais eles não tem direito de ta fazendo o evento?
-Pelo oque eu sei eles pagarão uma certa contia para realizar esse evento, mais pelo visto deram um golp...- Sem termina uma garota com cabelos loiros começa a gritar; atacar!
Muitas gente começa a ir contra os policias oque complica mais a situação de pode se quer explicar.
-Calma gente, calma....- Escuto um sussurro de Louis. -Louis, eles não vão escutar assim, podemos fazer uma coisa mais vai da trabalho- Lucas sobe no palco e pega o microfone.
-GENTE! CALMA!- Vejo todos se virarem ao me ouvir.
-Não é assim que as coisas fusionam, se eles estão errado então iremos fazer as coisas certas!- Escuto alguns grito de concordância e outros de contra. Coloco o microfone na mesa e chamo a atenção de alguns. -Vocês, vão para o portão principal e tampem a passagem e outros fazem a mesma coisa em outros portões. -Vocês!- Aponto a um grupo de homens fortes e meio chapados, mais meio sóbrios. -Joguem toda droga fora, as bebidas podem deixar e junte aqueles que estão no chão em uma sala.- Louis puxa a minha camiseta.
-Eu vou com as meninas até a sala vip e convencer alguns seguranças já...- Interrompido -Sem agressão, eles devem saber que o evento está sendo trolado, aqueles contra a nosso favor vocês podem da uma garrafada para desmaiarem.
-Nossa, sem agressão né- Rio para Lucas.
-Hahaha, bobinho- Ele termina de falar me dando um selinho.


Notas Finais


obrigado por ter lido. Até o próximo capítulo, esse Lucas e Louis são um casal fofuuuh.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...