História Precisamos falar sobre preconceito - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Preconceito, Realidade, Romance
Visualizações 4
Palavras 530
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Tenha uma boa leitura,agradeço por ler<3

Capítulo 5 - Capítulo 5: Um por todos e todos por um


-Segurem eles!- Muitos seguranças já estavam caídos no chão enquanto outros ajudando ao nosso plano. 

Algumas meninas estavam sentadas no chão com uma grande bandeira colorida, como conseguirão? Simples, elas pegarão do fundo do palco. Eles jogando as drogas fora e ajudando aos drogados e bêbados, assim teremos provas que não teve droga no evento, mais claro que um exame ira ver. Bebida não era problema nem um, todos do evento tem 18 anos para cima.

-ESCUTEM AQUI! VOCÊS NÃO PODEM FAZER ISSO!- O prefeito fala no microfone do lado de fora.
-Podemos sim! vocês acham que somos oque?- Louis fala pegando o microfone. -Não somo animais para vocês baterem na gente ou dizer oque devemos fazer!-  Lucas pega o seu celular indo na lista onde encontra o número de seu irmão.
-Ei, pode vim aqui no evento que eu te falei? Preciso que coloque no ar.
-Cara isso é loucura! mamãe e papai não param de perguntar por você, mesmo eles não ta falando muito com você, eles ficam preocupados!
-Mano, me ajuda só dessa vez, vai ser a nossa chance de mostrar para todo mundo da nossa cidade que podemos viver em paz uns com outros.
-To ai a meia hora, vou aproveitar que to perto.- Desligo o telefone dizendo para o motorista -Meia volta, temos uma reportagem.

Depois de chegar no evento me preparo para começa a gravação vindo uns policias a mim. -Tem direito- Mostro o papel a eles e desconfiados eles voltam.
-Uff, contratos falsos não vão funcionar para sempre.

-E aqui estamos no evento mais famoso de nossa cidade que acontece a cada ano, parece que drogas e regras do evento foram quebradas e temos muitos policiais e até mesmo o prefeito!- Gravando tudo e transmitindo dando o comercial. Ligo para o meu irmão.
-Pronto, agora nossos pais podem me ligar a qualquer hora para saber o porquê estou aqui
-É o seu trabalho certo? Vou desligar- Faço como falo dando um sorriso de orgulho para Louis.
-Podemos apenas viver uns com os outro em paz, vestindo oque gostamos, sendo oque queremos, sem preconceitos, sem homofobia e nem racismo! Todos aqui com dinheiro ou sem dinheiro é humano como qualquer um! não devemos fazer ou dizer coisas para machucar o outro. Vocês que não aceitam isso vou lhe dizer, não somos como vocês!- Todos gritam concordando e balançando a bandeira que as meninas pegarão no palco.
-Estou orgulhoso de você Loui....- Sem termina sou puxado para o palco por Louis.

-Nossa, olha amor! é o João, nosso filho- Diz a mãe de Lucas ao ver seu filho na reportagem.

-NÃO ACREDITO! É O LOUIS!- Meu pai fica furioso mais ao mesmo tempo com os ombros pesados. Sua escolha em dizer não para mim era certo? Não, nem um pouco.
-Meu filho, me desculpe...- Meu pai começa a chorar e minha mãe fica de boca aberta não acreditando ainda.

-Mãe, pai, se estiverem vendo isso saiba que eu amo vocês mais eu quero ser eu de verdade e ser tratado como gente!- Louis fala dando um grande beijo em Lucas.
-N-nossa Luis!- Minha mãe se levanta do sofá e meu pai vai até ela desmaiando.


Notas Finais


kkkkk esse dois<3 Até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...