História Preciso de você para me salvar - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Adrian Harris, Aiden, Alan Deaton, Allison Argent, Araya Calavera, Benfeitor, Bobby Finstock, Breaden, Brett Talbot, Chris Argent, Claudia Stilinski, Cora Hale, Corey Bryant, Danny Mahealani, Decaulion, Derek Hale, Dr. Valack, Enis, Erica Reyes, Ethan, Garrett, Gerard Argent, Hayden Romero, Isaac Lahey, Jackson Whittemore, Jennifer Blake, Jordan Parrish, Kali, Kate Argent, Ken Yukimura, Kira Yukimura, Laura Hale, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Marin Morrell, Mason Hewitt, Matt Daehler, Melissa McCall, Meredith Walker, Natalie Martin, Noshiko Yukimura, Paige, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Talia Hale, Theo Raeken, Vernon Boyd, Victória Argent, Violet
Exibições 67
Palavras 3.430
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência, Visual Novel, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Entao, novo personagem pra vocês, eu ia por o Theo, mas odeio ele. Então criei um do nada com ajuda da minha Co- autora. Espero que gostem por que ta transbordando romance ( fico gigante sorry ) >♡<

Capítulo 12 - Derek vs Lucian parte I


Fanfic / Fanfiction Preciso de você para me salvar - Capítulo 12 - Derek vs Lucian parte I

--------------- by Stiles --------

  A madrugada passou rápido, Stiles mal tinha dormido e Derek ja o chamava pra se arrumar, foram juntos para o banheiro, Derek agarrado a cintura do menino que insistia em querer dormir mais. 


_ Anda Stiles, você disse que não podia mais faltar.  


_ Talvez não seja tão ruim tomar pau em algumas matérias.... 


Um rosnado ameaçador e pronto, em um pulo o garoto estava no banho, água gelada pra acordar, o Lobo mal escovava os dentes e me olhava com malícia, decidi me aproveitar. .. Otimo Stiles Stilinski tinha se tornado um pervertido! Desci as mãos lentamente e comecei a me tocar, antes de iniciar realmente qualquer ação Derek ja estava atrás de mim, o alito de menta, o cheiro almíscar, os músculos rígidos o prensando a parede, com pouco mais que sua presença o lobo ja o fazia gemer, e do mesmo jeito que veio sumiu.


_ Hey! Como assim?


_ Esta atrasado te espero no quarto.


E la se foi seu lobo, com a toalha na cintura rebolando de um jeito muito inapropriado, serio isso teria volta. Ja no quarto começo a me vestir e fico admirando Derek , a tatuagem enorme nas costas, toca la sempre foi incrível, quando olha parece sair da pele, uma coisa áspera, mas quando toca, é macio, os músculos em baixo se movendo em sincronismo, era de perder a cabeça.  


_ Stiles volta pra terra. Serio, temos que ir...


Realmente não sei por que a presa, da casa do garoto ate a faculdade 30 minutos no máximo, ja que iriam de Camaro por insistência e rosnados de Derek, 10 minutos, decidiu não irritar o lobo e saiu do guarto, ja na cozinha viu que o pai ainda dormia tranquilo no sofa. Sairam sem cafe da manhã e sem fazer barulho.  

------------- by Derek------------


Deixei Stiles na faculdade, a viagem foi silenciosa, mas cheia de sorriso e selinhos trocados, um beijo mas demorado e la se foi seu garoto, lindo e cheio de ansiedade pra mais um dia longe dele, mas hoje era um dia especial, fiquei com surpreso por Stiles não lembrar... Hoje faz 2 anos desdo nosso encontro na floresta., e eu vou celebrar nosso primeiro beijo.  

    Acelerei cantando pneu em direção ao loft, tinha 2 dias que ligaram para ums amigos e mandou que arrumassem tudo, agora tenho que conferir e arrumar a parte mais pessoal...

     Estava tudo perfeito, a lareira de pedra clara finalmente aparecendo, grande e imponente, deixando de ficar escondida atrás da cama enorme que agora estava no andar de cima, no quarto onde devia ficar, agora o primeiro andar era uma sala luxuosa, a parede de vidro se erguia enorme, sofás pretos de couro macio, uma pequena mesa de centro de vidro e pés de madeira, do lado junto aos sofás uma tapete gigante branco e felpudo também macio, tudo perfeito. 

      Agora a parte pessoal, pétalas de rosas vermelhas fazendo uma trilha da porta de metal ate o tapete, mais petalas espalhadas por ele, velas estrategicamente colocadas, para nao correrem nenhum perigo e que tudo ficasse ainda mais romântico, o jantar seria servido em ponto as 19hs, ostras frescas e champanhe que ja estava na geladeira em um balde prata com gelo, por fim o anel, um pequeno e delicado anel de ouro branco, masculino mas delicado, coloquei em cima da mesa entre aberto e um bilhete " Namora comigo? " infantil? Sim. Mas eu não sabia se teria coragem de pronunciar tais palavras.   


----------------- By Stiles Faculdade --------


Tedio, muito tédio isso se resumia a faculdade de história, a única que me interessou um pouco mesmo tendo sido aceito em outras 5 e algumas bem longe de Beacon Hills, mas não queria deixar seu pai sozinho e no fundo tinha esperanças de que Derek volta se e foi o que aconteceu, mesmo na sala fria com paredes brancas cobertas por mapas e um quadro negro, o ar condicionado fazendo um barulho baixo e irritante, a conversa insessantes dos alunos e o professor mesmo que muitos bonito não dando a mínima, se ele *fechasse* os olhos por um segundo, ele podia sentir seu amor, o calor do corpo do lobo o cheio almíscar, a barba por fazer , os músculos fortes sempre pronto para proteger, se ele se concentra podia ate mesmo sentir o toque e a necessidade que o Lobo sentia, com a mesma intensidade que o garoto clamava por ele. 


_ Sr. Stilinski, poderia parar de sorrir pra janela e responder a pergunta?  

 

Em meio aos seus devaneios Stiles não percebeu o silêncio da sala, nem que o professor de olhos azuis e cabelos loiro rebeldes o olhava esperando, como sempre, a resposta correta para a pergunta que não tinha sido ouvida. Balanço a cabeça e digo um " não sei senhor" bem baixo, quase inaudível, e toda sala shiou baixo , se Stiles o mais inteligente da sala não sabia, quem dira eles. 


_ Classe dispensada. Sr. Stilinski fiquei por favor.  


Esperou e observou sentado, seu colegas de classe arrumarem seus coisas e olharem com pena para o garoto, a última pessoa que ficou, uma garota chamada Erica, saiu chorando da sala e desistiu do curso.


_ Por favor Stiles sente aqui.


O professor muito bem vestido, terno sem gravata, blusa azul escuro, destacando seus olhos, chamou o garoto para perto, o fazendo sentar de frente, olhando e avaliando. Antes da volta de Derek, Stiles tinha uma pequena queda pelo professor, hoje apenas 4 dias depois do retorno do lobo, so o achava bonito.    


_ Sei que passou por muitas coisas Stiles, mas sempre foi um ótimo aluno, te ver sorrindo hoje foi otimo, coisa rara, mas por favor se concentre nas aulas, não quero perder meu aluno. 


Stiles sorriu com educação e foi embora sem dizer uma palavra, não era anormal pra ele so ouvir concordar e sair, falar era complicado, se socializar com as pessoas, os sentimentos eram confusos, queria sorrir e continuar a viver, mas a tristeza muitas vezes o puxava pra baixo, a única pessoa em que essa sensação sumia era com seu Lobo, os carinhos e palavras sempre o deixava feliz. Ja quase no portão pro estacionamento ouve um voz o chamando quase em desespero e isso o assusta, por um momento achando que coisas ruins estavam voltando a acontecer, a respiração começou a ficar difícil, as mãos a suarem e antes que a situação saise do controle um garoto chegou ao seu lado sorrindo, graças aos deuses, sorriso é um bom sinal. 


_ Stiles oi, eu sou Lucian, faço história da Arte com você...


Concordei levemente com a cabeça que ainda latejava pelo quase ataque de pânico, o garoto era bonito, olhos pretos assim como o cabelo comprido solto que emoldurava um rosto fino e queixo quadrado, roupas simples camisa preta e jaqueta jeans também preta, Cuturno, adivinha? Preto. Acho que ele gosta dessa cor, ele continuou com a voz nervosa e timido pela falta de resposta. 


_ Er... Então, o Professor Tiago pediu pra mim te pedir ajuda com meu trabalho, ele disse que você é inteligente, e eu concordo ja que tira as maiores notas. ..


Tive que interromper, ele estava muito nervoso e eu com presa, Derek ja devia estar me esperando la fora com a maior cara de bravo.  


_ Certo Lucian eu te ajudo ok? E inteligência não tem nada a ver com notas, notas são fáceis de conseguir.  


E para grande surpresa de todos, o garoto se joga nos braços de Stiles, o abraçando e falando mil obrigados, acho que ele realmente precisa de ajuda. 


_ ok, me solta, amanhã na minha casa? Depois da aula.


Anotei o endereço no mão do garoto de preto, Lucian, e sai pro vento frio que enxeu meus pulmões, aliviando a tensão e o estressante dia, do alto da escada vi o carro preto com listras azuis e soube que meu lobo ja me esperava, desci os degraus quase correndo e parei ao lado da porta do carona, a porta se abriu e fui literalmente puxado pra dentro. 


-------------- by Derek Camaro-------


 Toda a sala do Stiles ja tinha saído e nada do garoto aparecer, 10 minutos depois do estacionamento ja quase vazio eu avisto ele, calsa jeans surrada, blusa branca e jaqueta de moletom vermelha, ele fica lindo assim, sorriu do alto das escadas e correu pro carro, abri a porta e o puxei pra perto. O cheiro de outro logo me atingiu. Pêssego ? E o que mais? Sol? Esse não é o cheiro do Stiles muito menos o seu próprio, joguei Stiles no banco do carro e bati a porta, assunto o garoto, que bom que esta assustado! Cheguei mais perto e cheirei a roupa do garoto, sem dúvida cheiro de outro homem! Por que ele estava com esse cheiro?  

_ Derek para de me cheirar, sai de cima por favor. ..


O garoto empurrava e reclamava mais o ciumes ja tinha invadido minha audição, puxei com força o casaco vermelho, onde o cheiro era mais forte e joguei pela janela sai de cima de Stiles e acelerei com o carro.  


_ Que cheiro é esse Stiles? Nao vai me explicar por que diabos tem o cheiro de outro em você?  


O rosto do garoto estava vermelho e esbravejava por ter perdido o casaco preferido, e aos poucos a compreensão foi chegando, a fase doce se retorcendo em um bico enorme, fofo, se Derek não estivesse com tanta raiva e o garoto também


_ Serio Derek Hale? Por que diabos esse ataque? E como pelos mil deuses o Sol pode ter cheiro? !


_ Não importa Stiles, o que importa que esse cheiro não é meu nem seu! E eu exijo saber de quem é! 


_ Você não exige bosta nenhuma e pare esse diabo de carro! AGORA. 


Parei so pra poder olhar melhor o rosto do garoto e me arrependi de cada palavra, e a cada ato impensado, o dia era pra ser perfeito, 100 metros a frente estava o loft e as rosas e o anel...


_ Desculpe litty boy. Fiquei com ciumes, por que hoje era pra ser um dia especial, quero te mostrar o que fiz no loft... 

 

O garoto tenteu sair do carro, mas tranquei as portas, sintemade segurança que impede de abrir a nao ser com a chave, adoro esse carro.


_ Destranca essa porta, eu não quero saber de loft e nao quero saber de nada. Hoje é um dia normal Derek, pelo menos era pra ser!


_ Você não lembra ne? Talvez estivesse muito assustado pra lembrar. ..


_ Fala logo lobo idiota por que o dia é tão especial?  


_ 22 de setembro, você estava perdido na floresta e eu te achei, na verdade eu estava te seguindo, e eu te beijei.  


A raiva foi deixada de lado, e a compreensão e a tristeza tomaram conta do rosto do garoto.  


_ Eu tento não pensar em quando me deixou. ..


Agora a tristeza e compreensão eram minhas agora, pouco tempo depois disso eu o deixei, sem nem me importar com seus sentimentos. Mas vou arrumar tudo hoje.  


_ Me explique por favor o cheiro e vamos para o loft, quero te recompensar por ter te magoado. Prometo que nao vai se arrepender.  


_ Lucian não tenho idéia do sobre nome, um garoto que estuda comigo, me pediu ajuda em um trabalho e eu aceitei ajudar, ele parecia desesperado. Ele me abraçou eu o empurrei, pra me desculpar pedi que fosse amanhã la em casa, depois da aula...


_ otimo, assim vou conhecer quem tem um cheiro tão diferente.


A curiosidade foi maior que tudo e o garoto teve que perguntar. 


 _ Derek, como é o cheiro de sol? 


Rindo da pergunta deixando o clima mais leve, o lobo ligou o carro e parou 2 minutos depois em frente ao loft. 


_ Depois te explico, hoje o dia é nosso.


Subiram as escadas do loft, Derek estava ancioso, e Stiles tranquilo apesar da briga boba, o garoto passa a sensação de não estar esperando grande coisa, filmes, comida e talvez sexo? Hoje não pequeno, hoje não, me joguei na frente do garoto antes que ele pudesse abrir a porta, e pedi que fechasse os olhos.


_ Não vou fazer isso. Por que esta vermelho Derek? 


_ Não estou vermelho, e obedece pelo menos uma vez na sua vida. Quer me ver feliz certo? 


Um aceno de cabeça, uma cara empurrada e olhos fechados. 


_ Não entre ate eu deixar.  


_ Certo, vou ficar aqui no porta de olhos fechados. Mas me avise se for ficar pelado.  


_ Certo. 


Rio nervoso e vou conferir se esta tudo certo, entro correndo e encontro tudo como deixei, pétalas, anel, champanhe. .. cade o champanhe? Ae geladeira, tiro da geladeira e coloco sobre a mesa, de jeito que assim que Stiles passasse pela porta ele veria somente a garrafa. Mandei uma mensagem no celular do garoto, essa geração não resiste em ver o que é.


* Pode vim * 


A porta se abriu de vagar, Stiles ainda olhava pra baixo, com medo de tropeçar nos degraus, mas logo reparou nas pétalas vermelhas pelo chão, o cheiro de uma doce ansiedade enxeu o ambiente, quando levantou o olhar me perdi no seu brilho, pareciam duas pequenas estrelas, o sorriso foi surgindo aos poucos, se abrindo ate tomar todo o rosto, era a visão do paraíso, sem dúvida guardaria esse sorriso pra sempre na memória, o garoto se aproximou olhando maravilhado para tudo, as pétalas as paredes brancas, a lareira acessa aquecendo o ambiente, e quando seus olhos encontraram os meus eu tentei imaginar o que ele via, uma homem enorme tremendo por dentro, com o rosto serio e apreensivo, sem saber onde ficar oque fazer ou falar, era constrangedor, nunca mais faria algo do tipo, e para o desespero completo do Lobo o Garoto começou a chorar, e ele nem tinha visto a aliança... 


_ Stiles. ..


_ shiii não acabe com meu momento Derek Hale. Você fez tudo isso, por mim? 


_ Eu comprei as rosas e tirei cada uma das pétalas, 4.500 rosas e ainda acabou no mal me quer.  


A risada de Stiles encheu o ar, deixando tanto o homem quando seu lobo tranquilos, Stiles chegou ate o lobo, que estava perto da mesa, esperando sua deixa, antes que o garoto choroso pudesse abraça-lo ele se ajoelhou no tapete amassando algumas pétalas, pegou a caixa preta, e entregou o bilhete ao menino, em quando o lia o sorriso diminuiu e a respiração ficou pesada e Derek ja entrava em total desespero pela reação do garoto, decidiu abrir a caixa e revelar o pequeno anel, com a voz embargada e olhando no fundo dos olhos do lobo, ele disse as palavras menos esperadas no momento. 


_ Derek...


O coração do lobo foi na boca, ele tremia com a caixinha preta na mão, ja tinha começado a suar e o desespero parecia palpável. 


_ ...Não está meio velho pra mandar bilhetes?  


Se eu ri? Não, eu fiquei puto, queria pular na garganta daquele moleque de todo jeito, Mas... ele sorriu, o sorriso travesso que sempre o acompanhava quando ainda era meu Stiles, o cheiro de Mel e chocolate enxeu o ar, meus pulmões tomaram cada pequena gota daquele cheiro, e eu finalmente pude sentir que havia sido perdoado, que podíamos tentar ser o melhor possível um para o outro, que aquele garoto que comia açúcar de mais poderia sim ser o amor da minha vida, reuniu toda sua coragem e tentou em vão falar sem gaguejar. 


_ Stiles..... 


_ sim...


_ Fica queto. Deixa eu falar


Mas risadas.


_ Stiles, vo-ce. Calma para de rir. 


_ ok ok eu vou parar.  


_ Stiles você aceita ser o amor da minha vida? 


E finalmente o Lobo conseguiu deixar o garoto sem palavras, ele se levantou, pegou a pequena joia e posicionou no dedo do garoto, s colocar, esperando a resposta. 


_ Sim lobão, eu aceito ser o amor da sua vida se você for o amor da minha.


Colocou o anel no dedo do garoto e o sorriso do Lobo foi o maior do mundo, ele estava feliz, completo, tudo estava perfeito, abraçado com seu garoto eles emanavam alegria, a campainha tocou, tirando ambos do mundo dos sonhos, onde so existia os dois.


_ Esperando alguém lobo?


_ Sim, o jantar.  


Parecia que o sorriso havia sido entalhado em seu rosto por que ele simplesmente não conseguia parar sorrir pro garoto da entrega, que trazia ostras frescas e uma cara meio assustada, talvez meu sorriso fosse assustador...   


--------------- by Stiles --------------


Sabe aquela frase " é como estar nas nuvens" isso era pouco para a alegria que se instalava no loft, Derek arruma o jantar, ostras, nunca comi isso, não são nada bonitas, abriu o champanhe e oferece a taça de cristal, peguei com cuidado , eu sempre quebro as coisas e não quero fazer bagunça. Tudo estava tão lindo, tão perfeito, parecia um conto de Fadas. 


_ Vem senta comigi.


Seu lobo sorria e quase pulava, mesmo sem os sentidos de lobo dava para sentir a alegria de Derek, sentados no chão perto da mesa, tomando o champanhe rosa, que fazia cócegas em seu nariz, e finalmente aquelas coisas estranhas que pareciam pedras, mas você ( Derek mais precisamente ) abre e tem tipo uma gelatina la dentro, coloca limão e você literalmente suga aquilo e engole...

_ Olha, é feia, parece uma pedra nada preciosa, e gosmenta, mas ate que é gostoso. 


_ Você beija um animal selvagem, não pode se recusar a comer um pobre animal indefeso.  


_ Mas ele ta morto...


_ Stiles... olha so.


Derek pegou outra abriu com a faca e colocou algumas gotinhas de limão, e para surpresa do menino, a coisa gosmenta se mexeu.


_ ISSO TA VIVO? ?? 


_ Se estiver morta e você comer pode passar muito mal sabia? 


_ tadinha, eu nao vo comer mais nenhum! Pega o carro, vo levar vocês de volta pro mar!


_ Depois de comer todos os 10 irmãos delas você quer salvar o resto sa família?  


O Lobo ria e bebia champanhe, depois de saber que os coitados estavam vivos me recusei a comer ele, e fiquei so no champanhe roso que faz cosquinha, e para melhorar tudo Stiles começou a sentir calor, muito calor.


_ Derek apague a lareira por favor, esta muito quente. ..


_ Não acho que seja a lareira Stiles. ..


Derek estava com uma voz muito manhosa e começou a beijar de leve meu pescoço, me fazendo soltar gemidos involuntários, mordeu de leve o lobolo da minha orelha fazendo arrepios correrem por todo meu corpo, sem muito esforço Derek me colocou no colo e começamos a nos torturar. Hora eu mordia o pescoço do lobo hora eu arranhava suas costas sob a blusa preta, enquanto me esfregava no grande volume da sua calsa, ele por outro lado estava tentando se conter, beijos leves, mesmo o aperto na minha bunda sempre forte parecia mais leve, em poucos segundos estávamos sem roupas deitados no tapete branco coberto de pétalas, nossos pênis se esfregando me fazendo gemer e contorcer sobre os braços fortes do Lobo, que insistia em algo mais calma, mas eu estava pegando fogo, hoje preciso do meu lobo selvagem. 


_ Por que esta se controlando Derek? Quero você, quero você sem controle entregue a mim...


_ Stiles. ..


Meu nome soou como um gemido e antes que eu pudesse perguntar " oque?" Meu lobo selvagem estava de volta e totalmente fora de controle. Ele me arranhava com as garras, deixando vergões vermelhos pelas minhas costas e bunda, recebia tapas e apertos fortes, era de enlouquecer. Em um segundo Derek me jogou em ums braços do sofa, fazendo minha bunda ficar completamente empinada e indefesa, ele desceu lentamente cobrindo minhas costas com beijos e mordidas leves, e sua língua quente e molhada começou a trabalhar na minha entrada, lambia e sugava, eu implorava para telo dentro de mim. 


_ P-or fa-vor Derek, eu preciso. .. eu preciso de você .


E meu último fôlego se perdeu quando ele entrou com tudo em mim, a dor durou alguns instantes, aumentando minha excitação, eu ja estava pronto para gozar, e Derek não parava de estocar cada vez mais forte e fundo, o suor e o calor tomaram conta de tudo ao meu redor, o cheiro do lobo tomando conta de mim, de levando a quase alucinar de prazer, Derek chegou perto do meu pescoço fazendo uma trilha de beijos, quando chegou na minha clavícula, um pouco antes do ombro, me mordeu com força, senti um filete de sangue escorrendo e um calor avassalador tomando conta de todo meu ser, meu corpo, minha alma, cada parte de mim pertencia aquele Lobo.


Notas Finais


Desculpem os erros e por favor comentem >♡<


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...