História Predestinados - Shawmila - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Fifth Harmony, Shawmila, Shawn Mendes
Exibições 303
Palavras 2.233
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello.
Fiquei tão feliz com o comentário de vocês que estou postando mais um em menos de 24 horas. Hahahaha
Esse é um capítulo bem simples, mas importante para o próximo.
Espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 24 - Primeiro de muitos.


Fanfic / Fanfiction Predestinados - Shawmila - Capítulo 24 - Primeiro de muitos.

 

*Onze dias depois*

CALIFÓRNIA – 13:24

      Eu estava sentado no banco traseiro da Evoque preta com Andrew ao meu lado falando sobre a programação, enquanto Stephen permanecia no banco do carona. Iria rolar um Talk Show, finalmente. Eu e Camila iríamos fazer uma apresentação de I Know What You Did Last Summer no programa Live Kelly and Michael e estávamos muito animados. O objetivo principal seria divulgar o meu novo EP, mas Andrew havia entrado em contato com Roger e como Camila também estava na cidade faria aquilo comigo.

- O programa vai começar às 21 em ponto – Ele disse enquanto mexia no tablete em seu colo – Você vai entrar sozinho para fazer a promo/divulgação do EP e depois a Camila vai entrar para vocês se apresentarem.

- Eu vou entrar primeiro? – Ele confirmou. Eu era meio tímido no quesito programas com plateia, então estava um pouco ansioso. Andrew percebeu e tentou me acalmar.

- Sim. Não tem erro, você só tem que fazer uma pequena divulgação, fica tranquilo. Vou explicar tudo pra você quando a gente chegar ao hotel.

       Chegamos ao hotel e havia alguns poucos fãs na porta, então antes de entrar tirei algumas fotos e dei alguns abraços para finalmente subir. Subi para o meu quarto, tomei um banho e fiquei esperando Andrew invadir o mesmo para me explicar devidamente o que eu deveria fazer. Ele subiu pouco tempo depois, também de banho tomado e com uma roupa informal, já que ele sempre usava camisas e calças sociais. Ele explicou tudo detalhadamente, como eu deveria fazer e acabou dando umas ideias para a apresentação com Camila, então disse algo que eu não esperava.

- Bom, só quero te pedir uma coisa – Eu me arrumei na cama prestando atenção nele em pé do outro lado do cômodo – Seja discreto.

- Como assim? – Eu perguntei realmente sem entender o que ele queria falar com aquilo.

- Óbvio que você e a Camila estão juntos – Ele disse me fazendo abrir levemente a boca para tentar puxar um pouco de ar – E eu não tenho nada a ver com isso. Ninguém tem! – Acrescentou – Mas isso pode acabar chamando atenção demais e tirando o foco do seu EP, que é o principal.

- Ér – Eu gaguejei sem saber o que falar.

      Ele sorriu antes de deixar um papel com anotações ali e então sair do ambiente. A gente tentava ser tão discreto, será que não estava funcionando e todo mundo já estava sabendo? Fiquei pensativo demais enquanto meu celular vibrava com uma mensagem ao meu lado, era da minha mãe. O VMA's estava chegando e então tudo havia se tornado uma loucura. Uma grande loucura.

     A música estava fazendo sucesso e a cada dia que se passava mais gente ia conhecendo e admirando o meu trabalho. Meus olhos pesaram e então percebi que era hora de dormir um pouco. O combinado seria sair dali às 19:45 com tempo estimado para chegar ao programa às 20:30, sendo que o mesmo começaria às nove, porém tinha que rolar um pequeno teste no som e “me arrumar” se é que podemos falar assim, já que sempre que era algo relacionado à televisão, câmeras no geral, eu era praticamente obrigado a passar alguma coisa na cara.

      Acordei às seis e quarenta, me juntando à equipe exatamente às sete. Antes o combinado seria Camila ir juntamente conosco e Roger também, mas o pequeno voo dele havia sofrido um atraso e por conta do tempo ela iria direto para o Talk Show.

     Chegamos lá antes do previsto e fomos direto para o camarim. Eu ficaria ali até a hora que me chamassem, então como eu não seria chamado logo de cara fiquei ali um tempo. Camila chegou 20:42 enquanto se juntava a mim no camarim.

- Olá, boa noite, boa noite – Ela disse entrando enquanto cumprimentava todo mundo ali presente. Eu estava sentado enquanto lia o papel que Andrew havia separado pra mim.

- Oi – Eu disse levantando enquanto sorria dando um abraço e um beijo em sua bochecha. Por mais que Andrew soubesse e estivesse ali isso não significava que todo mundo sabia. Camila se afastou de mim se aproximando do meu agente e dando nele um abraço apertado.

- O que estão fazendo? – Ela perguntou enquanto se aproximava de uma mesa pegando uma garrafa d’água, virando-se e voltando, se sentando ao lado do Andrew, eu estava sentado numa cadeira de frente pra eles.

- Estamos dando uma ajuda para o nosso garoto prodígio – Andrew brincou enquanto ela sorria.

      Ficamos ali por uns minutos e então me chamaram pra fazer um pequeno teste na aparelhagem, Camila havia ido comigo e no meio do caminho foi parada algumas vezes sendo solicitada para tirar fotos.

- Que famosa – Eu disse fazendo ela rir – Me dá um autógrafo? – Eu perguntei esperando ela acompanhar os meus passos à caminho do pequeno palco que havia ali.

- Deixa de ser besta – Ela disse avistando Kelly e Michael e dando um pequeno gritinho que parecia com fã histérico. Ela abriu um sorriso gigante enquanto se aproximava de Kelly abraçando-a. Eu segui seu caminho, chegando perto deles e cumprimentando Michael enquanto Camila largava Kelly.

   Batemos um pequeno papo enquanto eles agradeciam por nossa participação no programa, dizendo que aquilo estava sendo planejado há muito tempo por conta da nossa agenda bastante cheia, o que não era mentira, ainda mais por parte da Camila que mudava de cidade ou até mesmo país num tempo tão curto que chegava a ser um pouco escroto, de certa forma.

     Camila continou conversando enquanto eu tinha que ver se o som estava bom, violão afinado e essas coisas.

- Vamos tirar uma foto? – Kelly perguntou antes de eu me pronunciar.

- Claro – Eu disse enquanto Camila já se posicionava ao lado da mulher que havia dado o telefone na mão de alguém da produção. Após a foto ela agradeceu e então eu e Camila fomos testar o som.

-----

     A Kelly era tão bonita e tão doce. Eu já havia participado do programa com as meninas 5H e eles haviam recebido a gente tão bem, haviam sido tão receptivos e aquilo havia sido maravilhoso. Tiramos uma foto e então nos aproximamos do violão ali estacionado. Shawn o tomou em mãos enquanto tentava fazer alguma nota, parecia estar um pouquinho desafinado, ele apoiou o violão sobre uma perna enquanto afinava o mesmo.

   Minha mãe havia ido comigo e Roger, mas ela ficaria na plateia, não porque havia sido exigido e sim porque ela queria. Não havia plateia ali ainda, mas as pessoas já estavam esperando para entrarem.

   Shawn fez uma nota enquanto eu me aproximava, tentando cantar a letra.

- Oh, não tá bom, aumenta uma nota – Eu disse enquanto ele colocava o capotraste na primeira casa fazendo assim o som sair melhor – Agora está bom.

    Fizemos um pequeno ensaio antes de voltarmos novamente para o camarim. O programa já estava começando e quando chamassem o Shawn ele iria. Eu só entraria depois pra poder cantar com ele.

     O camarim era simples, mas bem aconchegante. Eu estava sentada no sofá que havia ali esperando o início do programa e então Shawn se aproximou sentando ao meu lado olhando para a tela ali. Depois dali as meninas também iriam para Los Angeles e Roger havia me avisado dentro do carro que no dia 24 teríamos novamente um Talk Show com James Corden, ele era hilário. Quase um mês antes nós haviamos ido em seu programa fazer a apresentação de I'm in Love with a Monster, do filme Hotel Transilvânia 2.

- Vocês vão fazer o que amanha? – Perguntei fazendo finalmente me olhar – Você e Andrew. – Ele não havia comentado nada sobre o The Late Late Show então achei que ele iria fazer seus projetos e voltaria para Los Angeles no dia vinte e quatro.

- Acho que nada – Ele disse desviando o olhar rapidamente. Estava um pouco estranho. Nervoso, talvez?!

- Hm. Tá ansioso? – perguntei.

- Um pouco. Primeira vez que vamos nos apresentar juntos, né – Ele disse me olhando novamente – Você não está? – Neguei a cabeça sem fazer som algum enquanto pensava se fazia o tal convite ou não.

- Então, hm, o que acha de almoçar com a gente amanhã? – convidei – Eu, mama e Roger – acrescentei. Nós haviamos escolhido um hotel super tranquilo, toda privacidade que você poderia imaginar. Sem paparazzis, e era muito dificil encontrar algum fã ali. Quase impossível.

- Ok, me diga onde vocês estão hospedados – Então o programa começou tirando sua atenção novamente de mim.

      Cerca de vinte minutos depois eles chamaram o Shawn, somente ele, para fazer a divulgação de seu album. Ele entrou batendo na mão de todo mundo na plateia, tava disfraçando o nervosismo bem até a hora em que sentou, enquanto ele falava ele ficava mexendo as mãos, o que era um sinal de nervosismo.

    Num momento da entrevista, Kelly havia mencionado meu nome perguntando sobre a música ter começado nos bastidores da turnê da Taylor, o que havia sido verdade.

- Sim, a Camila havia ido ver o show da Taylor, mas chegou atrasada, então não me viu abrindo o concerto, a propósito – Ele disse olhando pra câmera – Obrigado por isso, Camila – Ele disse zoando tentando de alguma maneira se livrar do nervosismo me fazendo rir no camarim e seguiu contando a história da música.

   Algum tempo depois haviam me chamado para ir para o palco. Shawn já estava lá com seu violão apenas me esperando. Kelly e Michael fizeram a chamada e então começamos a cantar. Quando acabamos fomos iluminados com aplausos gloriosos da plateia e quando eu olhei para o Shawn ele havia respirado profundamente aliviado por aquilo e então eu sorri dando um abraço nele.

     Os apresentadores se aproximaram e conversaram um pouco com a gente, ainda à respeito da música e faziam até umas gracinhas, só que eu simplesmente não conseguia ficar muito tempo sem olhar para ele, digo, eu olhava para os apresentadores e então pra ele. Isso foi se revezando até o finalzinho, quando os entrevistadores foram fechar nossa participação e eu coloquei as mãos pra trás para não fazer nenhuma besteira na televisão (minuto 8:35) então haviam ido para o comercial enquanto eu e Shawn nos despedíamos deles.

(link do video.: https://www.youtube.com/watch?v=qXAwKa0AomI )

*

   Voltamos para o camarim com uma felicidade tremenda estampada em nossos rostos. Shawn estava mais sorridente do que nunca e eu também. Entramos na porta onde haviam nossos nomes e nossos agentes e minha mãe nos esperavam ali.

- Yeaah, vocês são demais, parabéns – Roger quase matou a gente quando tentou dar me dar um abraço apertado para em seguidar abraçar o Shawn, que comemorava com seu agente e Stephen.

- Estou muito orgulhosa de você, hija – Mama se aproximou me abraçando carinhosamente.

- Te amo, mama – Eu disse agarrada à ela.

- Estou orgulhosa de você também, querido – Ela disse se afastando e dando um abraço carinhoso no Shawn, exatamente como havia feito comigo. Pude ouvi-lo dizer um sincero “Obrigado Sinu”.

     Ele então se afastou dela e virou-se pra mim, sorrindo mais do que antes enquanto me abraçava carinhosamente, chegando a me levantar um pouco do chão, eu soltei um riso sincero.

- Obrigado, Camila. Por tudo! – Ele disse finalmente me colocando no chão enquanto olhava fixamente dentro dos meus olhos, como se pudesse ver minha alma. Eu queria beija-lo, mas como fazer isso com sua mãe do seu lado sem ter a confirmação do seu boy? Não dava.

- Eu que agradeço, Canadá – disse enquanto dava mais um abraço nele. A equipe já estava se arrumando para ir embora, já devia estar tarde.

    Fomos embora com a promessa de que no dia seguinte ele iria almoçar conosco, não só pelo meu convite, mas minha mãe também havia reforçado a ideia. Chamou também Andrew e Stephen, mas Andrew tinha muito trabalho para fazer enquanto Stephen iria levar Shawn. Passei o endereço do hotel para eles e saimos realizados dali.

    Fui para meu quarto com uma sensação maravilhosa, como se uma coisa grande estivesse por vir. Uma sensação de tranquilidade e paz. Mama entrou depois de mim, estávamos no mesmo quarto. Ela se aproximou com aquela cara de mãe que sabe das coisas, mesmo sem a gente falar. Sentou-se na beirada da cama enquanto olhava pra mim. Levantei os olhos, que antes estavam vidrados no Mac encontrando com o seu olhar.

- Querida – Ela por fim disse com um sorriso preso na boca.

- Diga, mama – Eu disse enquanto levantava os óculos do meu olho. Sim, eu precisava de óculos de grau para ler, por mais que fosse baixo o meu grau.

- Você está feliz? Só me responda isso.

      Eu parei para pensar o porque dela ter feito aquela pergunta num momento como aquele. É claro que eu estava mais do que feliz e ela sabia muito bem disso, poderia não saber um dos motivos, alguns talvez. Pelo menos era isso que eu achava.

- Sim mama. Sinto que vou explodir de felicidade – Eu disse enquanto esticava os braços, como se houvesse realmente uma explosão. – Mas, o por que dessa pergunta?

- Por nada – Ela disse levantando e chegando perto de mim depositando um beijo na minha testa – Durma com Deus – E então saiu dali indo para sua cama. Será que minha mãe também estava pressentindo que grandes coisas estavam por vir?! Naquela noite dormi como uma pedra, mas uma pedra sorridente.

 


Notas Finais


Olha eu aqui outra vez :)
O que acharam?
Próximo capítulo vai ser bomba, hein!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...