História Predestinados - Shawmila - Capítulo 40


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Shawn Mendes
Tags Camila Cabello, Fifth Harmony, Shawmila, Shawn Mendes
Exibições 239
Palavras 2.169
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello :)
Estou amando o fato de vocês estarem interagindo comigo. Podem continuar <3
Mais um capítulo pra vocês.
Espero que gostem.
Boa leitura!

Capítulo 40 - Better things.


Fanfic / Fanfiction Predestinados - Shawmila - Capítulo 40 - Better things.

 

Nova Iorque - Madison Square Garden.

 

            Um barulho enlouquecedor se fazia do lado de fora. Um show no Madison Square Garden. Senti minha mão suar diante de tal ato com minha ansiedade me matando enquanto a expectativa só crescia dentro de mim.

 

Horas antes.

 

       Jingle Ball. O grande evento que rolaria no último mês do ano, começando precisamente na segunda semana do mês. Eu havia sido convidado para me apresentar, assim com as meninas da Fifth Harmony. Juntei o útil ao agradável e perguntei se Camila iria querer cantar comigo. Ela prontamente mais do que aceitou.

       Falando nela, nossa amizade estava, finalmente, voltando à normalidade. Ela estava respeitando o meu espaço, mas o sentimento que eu nutria por ela não estava diminuindo, muito pelo contrário. Camila estava se mostrando tão madura que a única coisa que eu conseguia fazer era me apaixonar ainda mais por ela.

       Por diversas vezes eu me peguei pensando nela. A tristeza, a dor e a magoa deram lugar à saudade, mas eu tinha na minha mente que o melhor para nós dois era manter aquela “relação” da melhor maneira possível. Amigável.

- Hey – Camila entrou animada – Animado pra mais tarde?

- Ansioso, eu confesso – Ela se aproximou me dando um abraço de lado. – Você parece cansada.

- Eu estou. O fim do ano vai chegando e fica impossível de se fazer qualquer coisa que não seja trabalho.

- Vocês tem uma apresentação na Billboard hoje, não é? – Perguntei e pude vê-la assentir rapidamente com a cabeça – Se você quiser nós podemos deixar nossa apresentação para outra oportunidade.

- Não! – Ela disse rapidamente – Eu quero fazer isso!

         Meus olhos caíram sobre o vestido que ela usava. Completamente ajustado ao corpo perfeito que ela tinha, então de repente um calor descomunal começou a se alastrar pelo meu corpo, me obrigando a sacodir a cabeça rapidamente numa tentativa de afastar aqueles pensamentos inapropriados.

- O que foi? – Ela perguntou prestando atenção em mim.

- Nada – Desviei o olhar para qualquer lugar enquanto Andrew e Roger adentravam ali.

           Eles entraram e ficamos conversando sobre coisas diversas por um bom tempo. Roger estava conversando com Camila sobre como funcionaria o seu cronograma, já que ela teria que fazer o show com as meninas e depois faria a participação comigo.

           Olhei no relógio observando a hora passar rapidamente. Andrew informou que já estava quase na hora da entrevista e pediu para que fossemos já andando lá pra fora. Já no corredor topei com Hailee que era abraçada por algumas pessoas. Era seu aniversário.

- Hey, feliz aniversário - Eu disse sorridente enquanto dava nela um abraço apertado.

- Obrigada, de verdade! – Ela agradeceu ainda abraçada a mim.

          Hailee era uma menina muito fofa e com um coração enorme. Quando o breve (porém intenso) namoro com Camila havia terminado, nós havíamos nos aproximado mais. E ela estava se mostrando uma grande pessoa, além de uma grande amiga.

         Ela estava investindo na carreira de cantora e também participaria do Jingle. Eu estava muito animado por ela. Comemorar seu aniversário fazendo o que você mais gosta? É magnifico. E eu podia dizer por experiência própria, quando 60.000 pessoas cantaram parabéns pra mim num show da Taylor. Era insano.

- Está indo fazer a passagem de som? – Ela perguntou por fim se afastando e olhando fixamente para os meus olhos. Tão fixamente que eu me senti intimidado por alguns segundos.

- Não – desviei o olhar – vou para uma entrevista com a Camila – procurei a garota com os olhos rapidamente vendo-a se aproximar da gente.

-------

 

        Shawn foi andando na frente com Andrew enquanto eu resolvia com o Roger como iria funcionar para conciliar meu horário com tudo que aconteceria naquele dia. Ele me explicou basicamente e fomos andando.

       Gente para todos os lados. Quem era da produção organizando as coisas e até mesmo outras pessoas que fariam suas apresentações, até mesmo porque era um evento muito grande dividido em muitas datas diferentes. Observei Andrew parando conversando com alguém, mas Shawn não estava ao seu lado. Olhei mais atentamente observando o mesmo abraçando alguém que não deu pra ver, pois o rosto da menina estava tampado.

       Um suspiro pesado saiu da minha boca conforme o pensamento de perdê-lo surgia na minha cabeça.

Eu estava cumprindo minha parte em não insistir, pelo menos não antes da hora. Eu não iria desistir dele e aquilo era mais do que certo. Respeitando seu espaço, era o que eu estava fazendo. Dando um tempo para ele pensar e pra mim pensar também, o que no meu caso só me fez perceber que eu o sentimento que eu nutria por ele era muito mais forte do que qualquer outra coisa que eu já tinha sentido antes.

        Roger pôs a mão levemente nas minhas costas me empurrando para frente. Eu sequer tinha notado que estava parada apenas observando ainda aquele abraço. Forcei um sorriso no rosto enquanto me aproximava, então pude ver que era Hailee. Eu não sei bem se a palavra certa seria ciúme, até mesmo porque essa palavra é muito forte. Ok, era ciúme.

        Mas eu me contive e me aproximei ainda mais ouvindo meu nome ser citado enquanto Shawn olhava na minha direção. Hailee acompanhou sua mirada sorrindo quando parei ao seu lado.

- Olá – Eu disse de forma educada dando um abraço rápido nela. Alguém passou lhe dando feliz aniversário e eu me senti uma idiota. – É seu aniversário? – Perguntei parecendo animada. Ela assentiu e eu me aproximei lhe dando mais um abraço enquanto desejava felicidades à garota.

- Obrigada – Ela agradeceu antes de alguém chama-la – Eu preciso ir... Depois eu te ligo – Ela disse para Shawn que assentiu com a cabeça.

      Hailee se afastou e Shawn acompanhou ela rapidamente com os olhos, desviando assim que percebeu minha atenção voltada pra ele.

- Vamos? – Ele perguntou.

- Uhum – Assenti seguindo seus passos.

 

Entrevista 1.: https://www.youtube.com/watch?v=USv_bRNoCJM

Entrevista 2.: https://www.youtube.com/watch?v=mTWSRYfwZ84

 

         A primeira entrevista ocorreu de maneira tranquila e descontraída. As meninas saíram para dar lugar à outro entrevistador e nesse meio tempo Shawn tomou o celular em mãos mandando mensagem para alguém. Eu não me atrevi a olhar, mas a curiosidade estava me matando. Ele sorriu com algo que viu e após bloquear o aparelhou depositou o mesmo sobre a mesa.

        Logo no começo da entrevista seu celular vibrou e eu levei os olhos ao aparelho sem conseguir me segurar, mas mais do que rápido ele pegou-o colocando o mesmo no bolso. Um chapéu de papai noel se fazia presente sobre a mesa e eu tentei não pensar em quem estava mandando mensagem pra ele. (segundo 0:07)

       Forcei um ho-ho-ho e Shawn riu diante da minha palhaçada. Eu sorri por fora querendo soca-lo por dentro. Sem motivos, eu apenas queria e ponto. Pouco depois o Max, que era o entrevistador, pediu para que pegássemos algo dentro do chapéu. Shawn esperou que eu fosse primeiro, mas eu fiquei enrolando demais, então ele colocou a mão para pegar o seu cartão e eu, de olhos fechados, puxei o meu envelope tentando acertar de brincadeira em seu rosto.

- E agora? – Ele perguntou após terminamos a entrevista.

- Vou me encontrar com as meninas e depois eu volto – Eu disse observando Roger se aproximar.

- Tem certeza? – Ele disse de forma engraçada.

- Você não quer que eu venha ou é coisa da minha cabeça? – Eu disse de forma séria, mas me divertindo com sua reação.

- Não, não é isso.

- Estou brincando – Eu ri diante do seu pequeno desespero.

- Então, vamos? – Roger perguntou colocando uma mão sobre meu ombro. Eu assenti com a cabeça me afastando dele enquanto dava mais um abraço no Shawn.

        Era a única maneira que eu tinha de ter algum contato com ele. Por mais curto que fosse, era maravilhoso e eu não me cansaria nunca.

- Até mais – Ainda abraçada à ele depositei um beijo em seu rosto, que estava mais para a direção de seu pescoço, mas foi algo singelo. Nada maldoso.

         Afastei-me e pude observar sua cara sem graça enquanto ele enfiava as mãos dentro do bolso da calça. Era até bonitinho a forma como ele se portava quando estava sem graça, com vergonha ou coisa do tipo. Andrew acenou ainda de longe enquanto eu seguia Roger rumo ao evento da Billboard.

      https://www.youtube.com/watch?v=0nBzuTsN30E - Women in Music - Group of the Year

 

------

 

  Jingle Ball – Madson Square Garden.

 

         Meus dedos tamborilavam de forma desesperada na borda da mesa.

- Shawn, sua vez – Andrew abriu a porta e eu levantei acompanhando-o até a parte de trás do palco.

- A Camila ainda não chegou – Eu disse enquanto o barulho ia se intensificando.

- Ela já está chegando. Quando ela estiver pronta eu peço pra avisarem no ponto.

          Eu assenti com a cabeça ouvindo as pessoas gritando. Já estava acostumado com aquilo, digo, não tinha motivos para estar daquele jeito. Ajeitei o violão sobre o corpo enquanto respirava fundo antes de subir ao palco. Então o show foi acontecendo tranquilamente e conforme eu ia me apresentando mais relaxado eu ficava. Me avisaram no ponto que Camila já estava pronta para subir antes do lugar se apagar.

https://www.youtube.com/watch?v=XBi_SOV6Pp0 - Camila Cabello & Shawn Mendes at the Z100 Jingle Ball performing

 

      Camila estava flutuando. Alegre, animada, sorridente e brilhante. Eu tentava não olhar pra ela, mas eu simplesmente não conseguia. E toda vez que eu olhava, eu sorria. Ela tinha um efeito bizarro sobre mim que até eu mesmo desconhecia.

       Ela andava de um lado para o outro loucamente. Sua força de vontade me deixava feliz, e orgulhoso. Incrivelmente orgulhoso dela. Ela tinha tantos compromissos e nem por isso havia deixado de estar ali compartilhando aquele momento comigo. Me senti eternamente grato por tê-la ao meu lado, ainda que fosse como uma amiga.

Mas eu a amava. Quem eu queria enganar?

       A música terminou e Camila me abraçou contidamente. Meu eu Shawn Mendes amigo queria ser cavalheiro e acompanha-la até sairmos do palco, mas o meu eu Shawn Mendes apaixonado só queria beijá-la, então eu saí dali antes que fizesse isso.

 

*

 

- Parabéns! – Andrew disse me abraçando entrei novamente no camarim.

- Valeu cara.

- Nós precisamos comemorar – Ele disse e Camila entrou logo atrás de mim sendo abraçada por Roger.

- Você tá parecendo aqueles alcoólatras que arrumam qualquer motivo pra comemorar – Eu disse rindo. Camila soltou-se de Roger vindo à minha direção e me dando um abraço apertado. Um cheiro bom foi inalado por mim quando afaguei seus cabelos – Obrigado, linda!

- Vem comemorar com a gente, Camila – Andrew se aproximou.

- O quê – Ela perguntou rindo enquanto se afastava de mim.

- Hoje tem a festa da Island Records, mas se você estiver cansada e não quiser... – Eu ia dizendo.

- Não. Eu quero! – Ela disse antes que eu pudesse terminar de falar. Eu abri a boca um pouco surpreso, porque ela estava em movimento o dia todo e quando teve a oportunidade de ter um descanso, ela estava fazendo exatamente o contrário – Eu só preciso trocar de roupa antes.

- Ok – Eu fiquei sem saber o que falar – Bem, então é isso. Andrew, tem como a gente dar uma passada no hotel antes? – Perguntei me virando pra ele.

- Sem essa! – Ele exclamou. Camila se despediu saindo da sala com Roger.

- O quê? Por quê? Eu preciso tomar um banho e trocar de roupa.

- Se bem te conheço você não vai querer sair de lá quando chegar, então nós vamos direto pra festa. Depois você descansa.

- Andrew, eu tô com essa roupa praticamente o dia todo – Resmunguei quase desesperado.

- Tem um casaco no carro. Coloca por cima que ninguém vai perceber. E coloca essa blusa por dentro da calça.

       Enrolamos ali um pouco e fomos para a festa, mas antes de entrarmos ficamos esperando Camila e Roger, que disseram que já estavam à caminho. David, Presidente e CEO da Island aguardava pela gente. O carro grande e preto parou e ela desceu juntamente com Roger. Usando uma roupa bem simples, mas que a deixava ainda mais linda.

       Camila se aproximou e nós entramos juntamente com nossos agentes. David esperava pela gente para tirarmos algumas fotos.

      Eu estava cansado, Camila estava cansada, então não tinha porque a gente ficar ali a noite toda, até mesmo porque nós só havíamos ido prestigiar. Coincidentemente o hotel que Camila iria passar a noite era o mesmo que o meu, precisamente seu quarto ficava no andar de cima, juntamente com as outras meninas.

     O elevador parou no 18° andar e a porta se abriu.

- Obrigada pela noite, Canadá! – Ela disse de forma fofa se aproximando enquanto eu lhe dava um abraço. Ela esticou o pescoço depositando um beijo no meu rosto que fez um frio subir pela minha espinha até chegar na minha nuca.

- Boa noite! – Ela se afastou e a porta se fechou. Um suspiro pesado saiu pela minha garganta ao mesmo tempo em que eu massageava minhas têmporas. Será que eu iria sonhar com ela de novo? Provavelmente.

 


Notas Finais


Então, o que vocês acharam desse capítulo e o que vocês acham que vai acontecer no próximo?
Aguardando nos comentários.
Love u guys <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...