História Predestined: To Sorceress - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 10 - Home


Fanfic / Fanfiction Predestined: To Sorceress - Capítulo 10 - Home

Capitulo 10- Skye Kenda

-Gostou?- perguntou Vovó ansiosa

-É... perfeito... uau nunca tinha visto uma Mansão de perto, e essa é maravilhosa.- disse tentando sorrir para minha Avó

-Ora meu amor, apartir de agora você só tera do bom e do melhor. Venha vamos entrar.- falou ela me puxando pela mão, assim que entramos o hall de entrada era enorme com uma escada de marmore em frente as portas, próximo a escada haviam duas entradas uma  para direita e outra para a esquerda

-Ao subir as escadas você ira para os quartos, ao todo 6 quartos e uma suite onde eu durmo no fim do corredor, o primeiro quarto a esquerda é de seu irmão, e você pode escolher o que quiser, na entrada a direita está a cozinha, a esquerda a sala de estar.- Kiona nem me deixou falar nada e saiu andando em cima daqueles saltos mortais como se fosse normal deixar os outros para trás e seguir andando que falta de educação, seguimos pela sala, e que sala, o sofá em L preto, uma tv led, uma mesa de centro com alguns documentos e revistas em cima e também uma lareira o comôdo era em tons de branco e preto nada muito "extravagante".

-Este lugar é incrível.- falei para ninguém em especial.

-Se acha isso incrível é porque não chegou aqui ainda.- disse e abriu a porta no fundo sala dando direto para o fundo da casa onde havia uma pscina envolta de um especie de salão.

-Uaaaaaau...- não sabia o que falar eu sempre vivi bem, mas isso era muito luxuoso.

-Sabia que amaria, sempre sei... aqui damos nossas festas, ou seu irmão chama alguns amigos quando não estou.- falou como se não se importasse.

-É tudo lindo Kio... Vovó!- falei sorrindo amarelo- Mas será que a senhora poderia me explicar o... que é tudo isso, quem são meus pais, quem eu sou, eu... estou perdida- terminei triste e esperando uma resposta

-Vamos para meu quarto, lá será bem mais facil de te explicar.- falou e acho que foi a primeira vez que a vi com um sorriso que achei sincero. Subimos a bela escada de marmore, entramos em um corredor com varias portas todas douradas, e com imagens de gatos muito bonitos e de várias cores.

-Por que os gatos?-questionei curiosa

-Ora querida... nunca ouviu as histórias que bruxas ou feiticeiras se transformavam em gatos, e que gatos pretos são maldição por isso?- me questinou com um olhar sinistro e começou a rir.- A meu bem você devia ter visto sua cara foi hilário... os gatos são porque eles são nosso simbolo, muitos animais inocentes um exemplo gatos pretos são tratados como vermes por supertições bobas, então isto é como uma homenagem e também porque temos que ter a ousadia e astúcia dos gatos, isso é...ser um Kenda. - completou com orgulho

-Mas e Coahoma?-perguntei o obvio

-Ah isto também, podemos transformar panteras em gatinhos inofencivos.- sorriu maliciosa e como se isto não fosse de grande importância.

-Ou seja, este simbolo é por que somos gatos?

-Porque transformamos algo mortal em menos destrutivo... para nós claro.- sorriu Kiona brilhante.

-Ok...- não disse mais nada estou ficando mais perdida do que cego em tiroteio. Kiona abriu a porta Dourada com um belo desenho de um gato preto de olhos amarelos, e esta era a suite , a cama era box, preta com gravuras antigas ao meu ver, havia um closet do outro lado do quarto e mais uma porta que deduzi ser o banheiro as paredes em uma cor vinho bélissimo, o quarto era cheio de quadros de varias pessoas uma mais esquisita que a outra até que um quadro acima da cama me chamou atenção.

-Quem são?-falei interessada ela olhou para o quadro e ficou o encarado até falar

-Seus pais, Victor... e você.-se virou para mim e pude ver lágrimas se formarem em seus olhos, talvez tenha sido imaginação pois ela logo se recompos e voltou a observar o quadro e eu a acompanhei, no quadro havia um bela mulher que era minha mãe de pele morena, cabelos claros mas o que mais me chamou atenção foram os olhos os mesmos olhos que via refletidos no espelho pelas manhãs... meus olhos assim como os de Victor mas pelo jeito foi a unica coisa que puxamos dela, pois o resto era tudo de meu pai a pele clara, os cabelos negros e cacheados, só que os olhos dele eram claros, eles formavam um belo casal, na foto estavam abraçados segurando uma bebezinha que no caso sou eu, e Victor estava sorrindo logo abaixo do meu pai olhando a Bêbê.

-Essa foi a ultima foto que tirei de vocês, um dia antes de partirem, sua mãe estava arrumando as malas e pedi a ela que me deixasse resgistrar, mas então você começou a chorar, e foi muito dificil de te fazer sossegar novamente, só se acalmou quando seu pai e seu irmão chegaram, então registrei o memento, é minha foto favorita.- falou ainda olhando para o quadro.- Pode se sentar, essa história é um pouco longa, então preste atenção...


Notas Finais


Espero que tenham gostado próx cap de Kiona Kenda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...