História Prelude 3.0 (pt 2.) - A Prophecy - Capítulo 76


Escrita por: ~

Postado
Categorias Burzum, Lana Del Rey, Mayhem, Slipknot
Personagens Chris Fehn, Corey Taylor, James Root, Joey Jordison, Lana Del Rey, Mick Thomson, Paul Dedrick Gray, Sid Wilson, Varg Vikernes
Tags Slipknot
Exibições 17
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 76 - Norway


Fanfic / Fanfiction Prelude 3.0 (pt 2.) - A Prophecy - Capítulo 76 - Norway

-Ei, por que seus pais estavam brigando? –perguntou Seth, deitando-se no tapete do quarto de Josh.

-Por causa do meu bestefar. –disse Josh, lendo um livro fino em norueguês. –Mas, não se preocupa, sempre quando eu pergunto pro far sobre o bestefar Mick, ele e a mor acabam discutindo.

-O que você tá lendo? –perguntou o amigo, olhando para Josh.

-Um livro chamado En Båt. –disse Josh. –Está escrito em norsk, você não vai entender.

-Esqueceu que eu sou norueguês também? –Seth revirou os olhos e sentou-se olhando para o amigo.

-Você só nasceu lá, Seth, mas veio pra cá pequenininho. –disse Josh, olhando para o amigo. –Meu far me ensina todos os dias um pouquinho de norueguês, embora ele seja sueco...

-Por que não aprendemos as duas línguas? –perguntou Seth, levantando-se e deitando-se ao lado de Josh.

-Far diz que o sueco é fetter do norueguês, então não precisamos estudar as duas linguas... Além do mais, nós vamos para a Noruega e não para a Suécia.

-Sua familie vai para a Noruega? –perguntou Seth, assustado. –NEI!

-Quando eu disse nós, eu me referi a você e eu. –disse Josh. –Nós vamos para a Noruega quando formos maior de idade, bobão.

-Forstår.. –disse Seth, sorrindo.

-O que estão fazendo? –perguntou Purity, se aproximando.

-Eu tava dizendo pro Seth que nós iremos para a Noruega quando estivermos maiores de idade. –disse Josh, olhando para o pai. –E também estou lendo en bok.

-Em norsk? –perguntou Purity, pegando o livro que o filho estendia. –Du er  som en sommerfugl...

-Você e a mor estão brigados? –perguntou Josh fazendo Purity parar de ler.

-Ikke. –disse Purity. –Apenas conversamos. Está tudo bem agora. Amanhã irei para a casa do Corey, quer ir comigo?

-Seth pode vir conosco? –perguntou Josh fazendo Purity sorrir de canto.

-Ja. –Purity se sentou no chão, ao lado dos garotos e os observou por alguns minutos. –Seth, você quer dormir aqui com o Josh?

-Diz que sim. –sussurrou Josh fazendo Purity rir.

-Ja. –respondeu o amigo, sorrindo.

-Vou pedir pra Mércia preparar o jantar. –disse Purity, se levantando.

-Far! –Josh se levantou e o abraçou. Nenhum dos dois ali sabia o porquê Josh havia tido aquela reação, mas não opinaram. Purity carregou o filho e estendeu a mão para Seth que a agarrou e juntos, desceram as escadas.

 

No andar de baixo, Mércia já estava na cozinha preparando o jantar. Os olhos estavam levemente inchados e a ponta do nariz avermelhada. Ao ouvir os passos do marido, Mércia limpou as lágrimas rapidamente e se virou para Purity com um sorriso nos lábios. Olhou para Josh e contraiu o cenho. O filho não costumava ficar no colo de ambos os pais, ainda mais quando recebia Seth em casa.

-O que aconteceu? –perguntou Mércia em um sussurro.

-Nada. –disse Purity soltando a mão de Seth. –Descemos para o jantar.

-Daqui a cinco minutos o jantar será servido. –disse Mércia, observando Purity se aproximar. O loiro lhe deu um selinho e foi em direção à mesa de jantar. Seth ficou ao lado de Mércia, pois adorava tudo o que envolvia culinária. Mércia estava apreensiva. O que deu em Josh?

-Josh? –Purity colocou o filho sentado em seu colo e o mesmo escondeu o rosto na curvatura de seu pescoço. –Está acontecendo alguma coisa?

-Nei.

-Então por que você está assim? –perguntou Purity. Josh olhou para o pai e Purity pôde ver os olhos inundados.

-Jeg elsker du, far... –disse a criança, pegando Purity de surpresa. –Mas você não está feliz.

-E quem disse que não estou? –perguntou Purity limpando a lágrima que escapou dos olhos do filho.

-Eu ouvi a mor conversar com a bestemor Sarah. –disse Josh. –E ela disse que você não está feliz e que cansou de viver.

-Você ouviu errado. –disse Purity, tentando desconversar. –Ela deve ter dito que eu estava cansado do trabalho.

-O jantar está pronto. –disse Mércia, se aproximando. Observou o marido e o filho e novamente aquele sentimento ruim imergiu. –Por que Josh está chorando?

-Han ville lage mat til oss. –mentiu Purity. –Então, vamos comer?

 

***

 

-Hva er dette? –perguntou Seth, empurrando a comida com a ponta do garfo.

-En asparges. –respondeu Mércia.

-Não gosto.

-Você nem comeu. –disse Purity, mastigando o alimento. –Prove, pelo menos.

-É, Seth. –disse Josh. –Se quiser eu te ajudo!

-Eu quero!

-Nei. –disse Purity, sério. –Coma a sua comida.

-Mas, far...

-Josh, meu amor, escuta o papai. –pediu Mércia e Josh sentou-se novamente.

-Ei, não precisa ficar chateado. –disse Seth, sorrindo para Josh. –Depois eu te levo pra jantar lá em casa e você come a minha comida também.

-Ele não está chateado. –disse Purity, observando o filho que também o observava. –Han ergrer seg ikke over noe lenger. 

-Jeg melder meg på norskkurset. –disse Mércia, fazendo Purity a encarar. –Assim eu consigo entender o que vocês falam na maioria das vezes.

-Ah, admita! –Purity sorriu. –Você ama fazer parte de uma família de noruegueses.

-Jeg elsker dere.  –disse ela, sorrindo.
 


Notas Finais


-Jeg elsker dere: Eu amo vocês
-Jeg melder meg på norskkurset: Eu vou me inscrever num curso de norueguês
-Han ergrer seg ikke over noe lenger:Ele não se irrita mais sobre nada.
-Nei/Ikke: Não
-En asparges: aspargo
-Hva er dette?: O que é isso?
-Han ville lage mat til oss: Ele queria cozinhar para nós
-Jeg elsker du: Eu te amo
-Norsk: Norueguês
-Du er som en sommerfug: Eis bela como uma borboleta
-Bok: Livro
-Forstår: Entendo
-Familie: Família
-Fetter: Primo
-En Båt: Barco


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...