História Prepotent - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Jikook, Kookmin, Shotacon, Taegi
Visualizações 1.512
Palavras 1.380
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - Quinto


Fanfic / Fanfiction Prepotent - Capítulo 5 - Quinto

              Uma semana depois

 

 

     Jimin acordou naquele dia um tanto felizes, não por ser um dia de folga e sim pela amizade que ele estava começando a ter com o alfa, desde ocorrido da sala de treinos ambos viviam trocando provocações arrancado risos de cada um.  Ouviu o barulho das cortinas e logo a mão grande afagar seus fios, era daquela forma que o lúpus passou ao acordar.

 

 

    – Chim? – Ouviu a voz rouca – Hora de acordar meu rei – Jimin abriu os olhos um tanto preguiçosos e olhou para o alfa, abriu um sorriso sincero e feliz  apenas por ter ouvido a simples palavra “Meu rei” – Preparei seu café, espero que goste de bolo de morango.

 

 

   – Eu gosto bastante – Se sentou na cama se espreguiçando, logo olhou para o alfa – Kookie, hoje é minha folga... Que tal sairmos? Eu gostaria muito de ir além dos muros do palácio, já que não saio daqui a uns... Três anos – Disse espetando o garfo no pedaço da torta

 

 

     – Por mim tudo bem – O alfa sorriu, um tanto feliz por poder sair daquele local, já se sentia sufocado de passar tanto tempo ali  – Irei preparar seu banho e roupa, e depois irei me arrumar para o acompanhar.

 

  

 

    O ômega assentiu e começou a comer o café da manha, estava tão feliz por finalmente ter uma amizade naquele palácio, já que todos os empregados apenas o serviam para ter dinheiro, nada mais. Não demorou muito e já se levantava da cama em rumo ao banheiro, vendo o alfa colocar algumas pétalas de rosas ali, gostava do jeito do alfa, era sincero e extremamente fiel no seu trabalho, além de está o fazendo ficar tão feliz, pela primeira vez em oito anos.

 

    – Se arrume para irmos, Kookie – O ômega disse animado, JungKook confirmou com a cabeça e deixou seu patrão ali, olhou para o mesmo antes dele fechar a porta.

 

    Talvez o alfa tivesse o plano de deixá-lo em algum canto e depois da uma sumida para ver sua namorada e família, trocaria alguns beijos com a mesma ou simplesmente dependendo do tempo iria uma transa rápida, se não apenas mataria a saudade de sua doce amada.

 

     Ambos não demoraram tanto em se arrumar, inclusive Jimin, ele estava ansioso para depois de anos sair daquele lugar e andar um pouco pelo seu reino, saber como seus súditos viviam. E quem sabe encontrar algum parente do Jeon? Principalmente o pai dele, queria tanto rever o senhor Jeon, ele sempre fora um dos empregados fieis do seu pai e o tratava como seu filho.

 

 

      – ChimChim? – Ouviu a voz do alfa – Já podemos ir? – Perguntou com o que não quer nada, não deixando transparecer sua ansiedade.

 

 

   – Sim! – Disse animado e correu até o mesmo segurando a sua mão firme, deixou JungKooko guiar. Ele que o mostraria a cidade afinal, saíram  do closet e logo após do quarto, seguiram o caminho em silencio até a entrada do palácio e consequentemente saída, Jimin de repente ficou nervoso – Kookie... – O alfa ouviu a voz do menor e se virou para o mesmo – Posso segurar sua mão enquanto andamos, eu estou um pouco receoso... – Perguntou com a bochecha rosada de vergonha

 

    – Pode sim – O alfa sorriu e apertou a mão do mesmo, transmitindo certo carinho, era tão diferente, a sua mão pequena e gordinha com a mão grande do alfa... Era um contraste até bonito. – Vamos? – O ômega sorriu animado e assentiu afoito, vendo aquele enorme portão abrir.

 

.

.

.

 

 

    Talvez o plano do alfa estivesse indo por agua a baixo, por quê? Simples. O ômega estava tão animado com aquilo que não parava em canto nenhum quieto, comprando qualquer coisa interessante que via, além de todo momento está com suas mãos presas, não soltava nem mesmo para pegar as coisas.

 

   – Kookie! – Jimin gritou animado apontando para uma loja de doces – Vamos? – Perguntou com os olhinhos brilhando, ele não podia negar afinal, além que era extremamente fofa aquela animação ele era seu patrão, e então assentiu –  Obrigado! – Correu até a loja e o alfa foi atrás com as sacolas cheias, entraram na loja que havia um sininho na entrada.

 

 

    E Então se surpreendeu sua irmã mais nova estava ali. Trabalhando.

 

 

    – Chae? – O alfa disse alto, atraindo atenção da mesma e do Park que olhou rapidamente para JungKook e para a garota de cabelo mediano e negro, vendo uma semelhança entre ambos.

 

   – JungKook? – A garota arregalou os olhos – Meu Deus é você! – Correu até o alfa e o abraçou estava com saudades enorme do alfa, JungKook só não retribuiu por está com as mãos cheia de coisas.

 

    – Quem é ela Kookie? – Perguntou curioso, vendo a garota o olhar e ficar com os olhos brilhando

 

     – Que coisa mais fofa! –  A alfa gritou um tanto alto, atraindo a atenção de alguns clientes –  Olha isso JungKook, essas bochechas cheinhas, rosadas, as mãos gordinhas! – Tocava no garoto que ficava corado com aquilo – Quem é você?

 

   – Eu sou Jimin! – Sorriu largo – Você é...?

 

  – Sou irmã do JungKook, pode me chamar de Chae docinho – Disse com um sorriso gentil – Vocês estão namorando?

 

    –  Chae! – Jeon a encarou – Sabe que... – Parou um pouco, se quisesse continuar seu plano o Park não podia saber que ele namorava – Seja mais discreta garota.

 

    – Ah... – Olhou para o lado – A Suzy está com outro alfa sabia? – Deu um sorriso ladino e o lúpus arregalou os olhos. Como sua amada estava com outro? – Opa, escapuliu – Colocou a mão em frente a boca.

 

   –  Não está falando serio. – Disse com um tom irritado, aquilo fez Jimin franzir e ficar mais confuso do que já estava, quem era aquela Suzy e porque deixou o Kookie irritado? – Diz que é mentira Chae.

 

    – Vai ver então – Riu. Como seu irmão não estava acreditando nela? Preferia acreditar naquela garota?

 

  JungKook jogou as sacolas no chão assustando Jimin, por que aquela ação repentina? O lúpus saiu da loja irritado, iria tirar aquilo a limpo. E pouco ligava se estava deixando Jimin para trás.

 

    –  Espera, Kookie! – Jimin tentou ir atrás, mas o alfa tinha as pernas longas e ainda corria, seria difícil para ele o alcançar .

 

    – Hey – Jimin ouviu a voz da alfa – Vem, vou te levar para onde ele vai... – Deu um sorriso meigo – Aproveitamos e você me falar do seu relacionamento com o JungKook –  Jimin concordou um pouco envergonhando, queria também saber para onde o alfa iria

 

  

   – Espera... – Jimin a olhou – Que relacionamento eu tenho com o Kookie? – Perguntou em um tom indiferente e aquilo fez a garota rir.

 

.

.

.

 

   JungKook chegou na casa da ômega, estava irritado, e um lúpus irritado era  a pior coisa. Bateu repentinas vezes na porta até a ômega abrir, dai se surpreendeu. A ômega estava com um alfa que segurava sua cintura e distribuía sorrisos, não acreditava no que via, ela realmente estava com outro?

 

 

   –  Jungkook!? – Ela arregalou os olhos – O-Olha... Não é nada do que... – Se soltou do alfa – Ele é...

 

   –  Ele é seu primo? – Riu – Não em venha com esse clichê Suzy, eu te conheço... – Suspirou – Sempre disseram, “não confie na Suzy ela já ficou com todos os rapazes, você será mais um” – Se lembrou do que um dos seus amigos disse – Eu acreditei que você me amava – Deu um sorriso um tanto triste – Fui enganado. Nossa, que vida merda hem? Eu confiei em você Suzy.

 

    A garota a sua frente estava era analisando o alfa, as roupas bem arrumadas, o celular de ultima geração na sua mão. Não, ela não podia deixar alguém que estava ficando rico por aquele garoto que ela amava, tinha que ter Jeon. Apenas para ser rica, depois daria um jeito de ficar com o alfa que amava, o importante agora era o dinheiro.

 

 

    –  Não é isso que esta pensando JungKook! –  Disse chorosa –  P-Por favor Kookie... Acredita em mim... – Começou a chorar, se tinha alguém que era uma boa atriz, esse alguém era Suzy.

 

    – Seja feliz – Jeon disse com a voz levemente abalada, não acreditava que havia sido traído. – Não me procure mais.

 

     Virou de costas para aquela casa e caminhou até a casa dos seus pais, que era apenas duas casas a frente, mesmo ouvindo a garota gritar seu nome e alguns desculpa. Mas ainda lhe doía, então aplicou mais algo a sua ideia com Jimin. Usar o garoto para ciúmes, ela provavelmente assim voltaria para si.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...