História Presa por um acordo (imagine BTS) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Imagine Bts, Romance
Visualizações 36
Palavras 1.361
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oie
gente mil desculpas pela demora
eu estava meio ocupada com a volta as aulas , mas desculpa ae
prometo q vou me organizar e agora em diante vou postar cap novo toda semana, ainda n decidi o dia mas toda semana vai ter
voltando
11 favoritos!!? serio isso?? to mt feliz gente , obrigada vcs sao demais meus aliens!!!
entao bora para o cap? sim ne , vamo la

Capítulo 7 - Um novo amigo?


Fanfic / Fanfiction Presa por um acordo (imagine BTS) - Capítulo 7 - Um novo amigo?

Eu cheguei em casa e meu pai nao estava lá , encontrei um bilhete na geladeira  ¨SAI PELA JANELA , FUI ESPARECER ,NÃO ME PROCURE¨, estranho , ele nao é de fazer isso, mas nao vou descutir. Entrei no quarto , me joguei na cama e fiquei pensando na loucura que eu tinha acabado de fazer, eu só  posso ter pirado , entrei pra MAFIA!?SERIO ISSO PRODUÇÃO!?

JB disse que eu nao poderia ficar em casa , ia ter que me mudar para a Central , onde ele morava junto com alguns  dos mais importantes mafiosos , ele falou que eu sabia demais para ficar solta por ai , era para eu pegar minhas coisas e ligar para o numero que ele havia me dado, que um carro preto iria me buscar . Isso de ir para a Central me assustava , como se oque eu ja vivi nao fosse assustador , mas isso é diferente , eu nao sei oque vou encontrar la . Olhei orelogio e era 01:06 da manhã , caralho! ta tarde, resolvi dormir um pouco , depois eu arrumaria minhas coisas , mal encostei a cabeça no travesseiro e já adormeci

[ ...]

Acordei com uma ¨ajudinha ¨do despertador , que estava gritando em meus ouvidos , olhei a hora e arrecem era 07:00 da manhã , coloquei a cabeça embaixo do travesseiro , uma coisa queeu nao vou sentir a minima saudade é desse despertador , essa porra nao serve nem pra despertar em uma hora adecuada para o meu sono . Como eu ja estava acordada resolvi ja ir arrumar minhas coisas

Coloquei o maximo de coisas na mala , mas mesmo assim nao foi muito , eu nem sei se vou sobreviver por muito tempo, ao pensar nisso um arrepio percorreu meu corpo 

[ ... ]

eu ja estava pronta quando alguem batea porta de meu quarto, devia ser meu pai 

 - entre - falei 

- oi princesa - disse meu pai , entrando relutante com um sorriso nos labios 

- oi- falei retribuindo o sorriso 

 ele ia falar algo quando notou a mala em cima da cama 

- que malas sao essas? Onde voce vai?- ele perguntou e eu lembrei do que JB disse 

              FLASH BACK ON

- Nao fale nada para seu pai , nada mesmo - ele disse me encarando 

- mas ...-eu ia falar mas ele me cortou

- sem mas, nao é pra falar e pronto! é uma ordem!- ele parecia extressado - apenas diga que vai fazer uma viagem ou sla, se vira!

- esta bem- eu falei  nao podia correr o risco dele desistir do acordo

               FLASH BACK OFF

-S/n?- disse meu pai me tirando de meus devaneios 

- hã? a sim eu vou viajar -falei como JB pedirá 

- viajar?agora?porque?-ele estava confuso mas eu nao podia falar nada alem disso

-sim , hoje mesmo, resolvi passar um tempo fora -to sorrindo mas é de nervoso

- s/n oque aconteceu ontem?

- nada importante - eu falei e antes que ele perguntasse mais algo eu continuei- pai eu estou com uma forte dor de cabeça , poderia me deixar sozinha por alguns minutos ?depois eu lhe explico tudo ok?

- ok- falou ele mas dava para notar que nao estava satisfeito com minhas respostas, mas mesmo assim saiu .Peguei o celular e liguei para o numero que tinham me dado , o cara disse que estaria aqui em 10 minutos , entao eu escrevi um bilhete para meu pai:

¨PAI SE VOCE ESTIVER LENDO ISSO EU PROVAVELMENTE JÁ ESTAREI BEM LONGE , MAS EU QUERO QUE VOCE SAIBA, SOBRE OS PROBLEMAS COM A MAFIA , NAO SE PREOCUPE , JA ESTA TUDO RESOLVIDO , SOBRE MIM , EU ESTAREI BEM, NAO PROCURE A POLICIA , APENAS SIGA SUA VIDA E FIQUE BEM , EU TE AMO

ASS : S/N ¨

Doeu na alma escrever aquilo , mas eu sabia que ele nao me deixaria sair sem explicar tudo , afinal é o melhor a se fazer

-seja forte s/n - falei para mim mesma

deixei o bilhete em cima da cama ,fui até a janela , o carro preto ja estava lá , o cara levou a serio o negocio dos 10 minutos! Peguei a mala , pulei a janela e entrei no carro , fiquei observando minha casa se afastar cada vez mais , talvez essa fosse a ultima vez em que eu a veria  

O carro seguiu por ruas que eu nem sabia que existiam , até chegarmos em um lugar deserto que parecia ser um ...galpão abandonado ?serio isso a central da mafia é um galpão?

- vamos garota!- disse o cara que tinha me trazido , eu desci do carro e o segui , ele me levou até a entrada do galpão opps CENTRAL DA MAFIA  , la se encontrava outro cara , o mesmo que estava ao lado de JB ontem , ele era loiro e muito bonito

- apartir daqui eu acompanho ela- falou o loiro bonito , melhor definição de uma pessoa,o cara que me trouxe foi embora , me deixando sozinha com o loiro bonito que estava me encarando 

- o que foi ?- perguntei

- estou esperando a senhorita fazer o favor de entrar - ele diz apontando para a porta 

- serio que  acentral é aqui ? - perguntei olhando o galpão

- nao se engane com as aparencias - ele disse com um sorriso travesso 

- so falta voce me dizer que tem uma arena ai dentro- falei em tom de deboche

- quase isso - ele respondeu

-ta bom - disse com um meio sorriso-qual seu nome ?

- bambam senhorita , ao seu dispor - ele faz um gesto de cumprimento se curvando

- é um prazer conhecelo senhor bambam -falei fazendo o mesmo gesto

nos dois rimos

- vamos?- perguntou bambam me estendendo seu braço

- vamos- falei entrelaçando meu braço no dele , nao sei porque mas bambam me dava a sensação de estar segura

nos entramos no galpão, la dentro era sujo e empoeirado , cheio de coisas velhas como maquinas , ele tinha uma pintura velha desbotada , exeto um pedaço de parede que era de uma madeira nova , a maior parte dessa parede ficava escondida atras de um armario , mas dava pra se notar bem a diferença . nos nos aproximamos daquela parede bambam soltou meu braço e puxou uma a alavanca que eu nem teria notado a existencia se ele nao a tivesse puxado , logo depois apareceu uma tabela , com teclas mas nas teclas nao havia numeros nem letras elas estavam em branco , , bambam tocou 4 teclas , as 4 tinha sons diferentes ,era uma senha sonora . passou 10 segundo e nada aconteceu , eu ja estava me perguntando se bambam nao havia errado a senha , quando a parede foi refletida por uma luz vermelha , e entao se abriu ,nos entramos em um corredor que parecia blindado

- uouuuu- eu disse pasma

- eu avisei- falou bambam 

- por isso nao se julga um livro pela capa - falei

- exatamente- bambam foi até o fim do corredor e eu o segui

no final do corredor havia outra porta , mas essa nao tinha senha , bambam apenas a empurrou revelando a central da mafia , sim isso é a central da mafia , era como uma sala enorme , com varios andares , la em baixo havia uma especie de  arena , com pessoas treinando tiro e golpes , muitas outras pessoas tambem andavam entre os andares , a maioria eram homens e as unicas mulheres que vi so andavam de um lado para o outro carregando papeis,alem daquela extensão tinha tambem , varias portas que provavelmente davam para outras entradas de muitos outros lugares, todo o lugar tinha pouca iluminação parecia ser o subterraneo, devia ser era a unica explicação logica

- esta aí seu galpao senhorita- falou  Bambam debochado

-esta bem , esta bem , retiro oque eu disse- falei em rendiçao , ele riu fraco

- vamos tem alguem que quer falar com voce


Notas Finais


desculpa os erros aliens
espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...