História Presente da faculdade - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Faculdade, Lesbicas, Lgbt, Medicina, Romance, Universitárias
Visualizações 68
Palavras 987
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: FemmeSlash, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Nunca gostei tanto da biblioteca


Fanfic / Fanfiction Presente da faculdade - Capítulo 8 - Nunca gostei tanto da biblioteca

Aquela noite terminou com muitos olhares trocados por nós , porém sem nenhuma palavra. Antônio pegava tudo no ar, aquela altura Natan também já havia percebido tudo. O casal foi embora e eu continuei lá. Antônio encheu um copo com vodka e energético e me entregou:

Antônio: Agora você toma isso aí e vai contando o que eu perdi !

Larissa: Complicado esconder as coisas de você ein...

Natan: Você não , vocês... acha que eu não percebi né, você é péssima em disfarçar ! - Natan juntou-se a nós

Larissa: Como assim , até você ?

Natan: Oh gata, você sabe que quero me especializar em psiquiatria... meus livros preferidos são sobre o comportamento humano. Você me deu 3 sinais claros, primeiro o sumiço de vocês duas, segundo que toda vez que Ygor falava você revirava os olhos mesmo discretamente e fazia uma cara... e o terceiro e mais importante : TODA vez que ela falava e você a olhava sua pupila expandia umas 10 vezes. Que descarga de Dopamina que essa menina provoca em você em ?! 

Larissa: Que droga , não da pra esconder nada de vocês ein... Digamos que eu e Pietra já tivemos uma "história"

Antônio : HAAA SABIIA ! Nossa Lala, furando o olho do nosso amigo

Larissa: Aquele cara não é meu amigo, e eu fiquei com ela antes do namoro deles - pelo menos é o que eu achava né

Natan: Vai falar que não rolou um flashback depois que ela entrou na Med ?! Ta fraca ein Larissa

Larissa: Deixa de ser idiota Natan, ela gosta do cara lá, não vou me meter em ideia errada não - não sei se queria convencer a eles ou a mim mesma

Depois daquele dia não vi Pietra o resto da semana , e ela não me mandou msg também (que dúvida né, era Pietra). Estava no intervalo do almoço quando chegou notificação no meu cel...

WHATS Pietra: Preciso te ver ! - agora ela "precisava" me ver né

WHATS Larissa: Onde você está ? - e eu conseguia resistir ?

Ela me disse onde estava, na biblioteca , nas mesinhas atrás das prateleiras dos livros de Medicina Interna, lá geralmente era vazio e fora do campo de visão do resto da biblioteca. Cheguei lá e Pietra não parecia nada bem, estava abatida e com olheiras profundas...

Larissa: Ei pequena o que está acontecendo ?

Pietra: Estudando demais, só isso. - certamente não era só a rotina de estudos que a estava deixando assim

Larissa: Certeza ? - ela balançou a cabeça afirmativamente - E então, o que precisava falar comigo ?

Pietra: Eu não disse que precisava FALAR com você, precisava te VER - onde ela estava querendo chegar com aquilo ?

Pietra veio chegando perto, pegou uma mecha do meu cabelo e afastou do meu rosto. Olhei nos seus olhos, lembrei de Natan falando dos meus olhos quando olhava pra ela. Ela aproximou o rosto do meu, estávamos tão perto, com os olhos fixados uma na outra. Sem dizer nada nos beijamos, foi intenso, por alguns segundos me esqueci completamente onde estávamos , da preocupação com o namoro dela, da preocupação com ela... Ela me abraçou forte

Larissa: Seu cheiro é hipnotizante !

Pietra: Gosto de ver a cara de boba com que você fica quando estamos perto!

Larissa: Você se diverte bastante comigo né ? - falei em um tom meio seco

Pietra: O que seria da vida sem uma boa dose de diversão gatinha ? - e abriu um sorriso lindo, aquele que eu senti tanta falta quando cheguei e a vi abatida, como ficar brava com ela assim ?

Larissa: Senti falta desse sorriso quando cheguei

Pietra: Estou tendo problemas para terminar com Ygor... 

Larissa: Você o que ? - era aquilo mesmo que eu estava escutando ?

Pietra: Estou tendo problemas...

Larissa: Não , essa parte eu escutei, você ta terminando com ele ?

Pietra: Estou sim, acho que meu sentimento por ele não é mais o mesmo

Larissa: Fico feliz - e rapidamente completei pra disfarçar- que você tenha enxergado que merece um cara melhor, que saiba dar valor no mulherão que você é. Você vai encontrar alguém assim...

Pietra: Mas eu já enc...- parou a frase no meio- é verdade gatinha ! Vou encontrar... Mas por enquanto não quero encontrar nada, só ter paz, e Ygor está dificultando bastante isso.

Larissa: Precisa de ajuda pra lidar com ele ? Posso dar um jeitinho, tenho aprendido várias formas de dar um sumiço em alguém nas aulas de Medicina Legal ... kkk

Pietra: Que horror Larissa, não precisa tanto - e soltou uma risada gostosa- vou conseguir lidar com ele, só está tudo muito recente...

Larissa: Mas se precisar de qualquer coisa, seja uma cúmplice pra um crime ou alguém pra conversar, sabe que pode me chamar né ? 

Pietra balançou a cabeça afirmando e me deu um selinho ... estava complicado ficar perto daquela garota, complicado e perigoso pra mim né. Ela era problema , todos os meus instintos diziam isso, mas era inevitável querer estar junto dela. 

Pietra: Preciso ir, tenho aula agora. Podemos conversar mais a noite ? - logo pensei " essa noite vai chegar notificação no celular"

Larissa: Claro que sim !

Pietra: Ainda se lembra onde eu moro ? - "oi ?" ela queria que eu fosse até o ap dela , de noite , só nós duas ? Tirei os pensamentos bobos da minha cabeça e procurei pensar que era apenas uma amiga precisando desabafar e que seria apenas isso.

Larissa: Lembro sim !

Pietra: Espero você lá as 19:00 hrs então, combinado ?

Larissa: Combinado ! - e a vi deixando a biblioteca apressada

Fiquei observando ela sumir do meu campo de visão, era linda demais... sacudi a cabeça como quem tenta se livrar dos pensamentos e segui pra minha aula que inclusive eu já estava atrasada...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...