História Pretty Hurts - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, Justin Bieber
Personagens Barbara Palvin, Personagens Originais
Tags Barbara Palvin, Fama, Mentiras, Moda, Paparazzi, Pretty Hurts, Romance
Exibições 27
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


essa fanfic foi iniciada em 2015, mas por alguns motivos eu parei. BUT TA DE VOLTA!!!!!

Capítulo 2 - Relationship


Fanfic / Fanfiction Pretty Hurts - Capítulo 2 - Relationship

  ALEXIS FOSTER POV. — CENTRAL PARK, NYC. — June 22, 2017. — 3:49 PM.

 

   — Alexis... — Justin gritou ofegante pela quinta vez, enquanto corria atrás de mim no Central Park. — Você só sabe roubar, assim não vale!

   Parei de correr, apoiando minhas mãos nos joelhos, vendo-o sentar-se na grama bem cuidada. Algumas pessoas fotografavam o lindo momento do casal mais badalado das últimas semanas.

    Uma pena que tudo fosse uma farsa.

   — Justin, você não aguenta nem uma corridinha, está fraquinho demais. — Falei em meio ás gargalhadas, logo em seguida sentando-me ao seu lado.

   — Você só ganhou porque corre quase todos os dias, quando eu começar a ter hábitos mais saudáveis, me aguarde. — Dessa vez eu soltei uma gargalhada ainda mais alta, fazendo uma velhinha tomar um susto e me encarar feio depois.

   — Cara, a coisa mais saudável que você come, eu compro no Subway. — Ele revirou os olhos e se deitou, apoiando sua cabeça nos braços.

  — Como você é chata, Lexis. — Ah não, ele iria passar meia hora falando quando o sanduiche era bom e saudável ao mesmo tempo. — É o melhor lanche de todos os tempos...

   Parei de prestar atenção nele e concentrei-me em minhas unhas, que a propósito, estavam em um bom estado.

  — Ok, Sr. Saudável, que tal tirar umas fotos perto do... — Eu fui cortada por alguém, ou melhor, por um casal de adolescentes.

  — Desculpe incomodar, mas é que eu sou muito fã de vocês dois! — A garota disse eufórica, abri meu melhor sorriso e levantei-me, ela pareceu não acreditar que estava me vendo ali. E quando Justin levantou, seus olhos encheram de lágrimas. — Oh meu Deus... Eu posso... Posso abraçar vocês?

  — Não incomoda em nada querida! — Disse sorrindo, abraçando-a logo em seguida. Logo depois Justin fez o mesmo com ela e eu abracei o garoto. — Mas e então, qual o nome de vocês dois?

  — Eu me chamo Richard e ela, Rebekah. Viemos do outro lado da cidade assim que soubemos que vocês estavam aqui! — Seus olhos estavam cheios de lágrimas, mas ele ainda sim, sorria abertamente.

    — Justin, temos que ir, aqui está enchendo de paparazzi. — Hugo disse ofegante, parecia que ele tinha acabado de fazer uma maratona.

    — Foi mau gente, mas teremos que ir.    — Eles nos olharam tristes e no mesmo instante, eu dei um abraço neles novamente e Justin apenas acenou, ao lado de Hugo.

  Começamos a andar, á todo momento celulares eram direcionados para nossa direção, Justin sentia-se incomodado. Ele já havia falado sobre isso, tanto para o mundo, quanto para mim. Ele não se sentia bem com situação toda, sentia-se como se estivesse em um zoológico onde fosse á atração principal, e era assim que ele era visto pelas pessoas.

   — Alexis! — Justin estava parado em minha frente estralando os dedos sorrindo. — Você viaja muito, cara. — Ele deu uma risada gostosa, e colocou o celular no bolso. Não acredito que ele tinha tirado uma foto. — Mas então, onde você queria ir mesmo?

   — Ao lago, não me lembro de ter tirado foto alguma lá e você será meu fotógrafo, Drew. — Sai andando e ele logo me acompanhou, dois seguranças estavam mais atrás, caso algo acontecesse.

   O curto caminho até o lago foi quase tranquilo, Justin e eu ás vezes riamos – disfarçadamente, claro – das caras que as pessoas faziam quando nos viam.

   Logo um dos seguranças começou a tirar fotos nossas. Fazíamos todos os tipos de caretas, eramos como melhores amigos.

   Eramos melhores amigos.

   Parei ao seu lado e passei os braços por seu pescoço sorrindo, ele olhou para o chão e colocou a mão em minha cintura. E assim fomos clicados juntos.

  Scooter e Eleonor nos faziam tirar fotos desse tipo, como se fossemos apaixonados. Mas não era nem um pouco difícil também.

   Hugo logo nos apressou para voltarmos para o hotel. Rapidamente chegamos ao Four Seasons, uma pequena aglomeração de paparazzi estava do outro lado da rua, nos fazendo bufar. Entramos no hotel imediatamente rumo ao elevador, onde entramos e subimos para a suíte presidencial 5102.

  É, dormíamos até na mesma cama.

 

  Eram cerca de cinco e quinze quando eu acabei meu banho. Justin falava com alguém no celular, pelo visto, era algum dos garotos já que ele sorria e estava todo arrumado

  — ...Já estou indo — O silencio se instalou por alguns segundos, ele ainda não tinha me visto, já que estava de costas para mim, apreciando a vista. — Vou falar com ela, bro. — Aposto que era eu. — A Isabel? Faz tempo que eu não vejo ela.  — Mais silencio. — Ok, tchau.

  Rapidamente fingi que estava entrando no quarto, não queria que ele pensasse que eu estava ouvindo tudo – o que de fato, eu estava – e queria ver se ele iria me chamar.

   — Vai querer jantar lá embaixo ou por aqui mesmo? — Perguntei, tirei meu celular do bolso e joguei na cama.

  — Na verdade, uns amigos meus estão dando uma voltinha por New York e vai rolar uma social na casa de um deles, quer vir junto? — Disse, enquanto passava seu perfume favorito.

  — Amanhã eu tenho uma entrevista bem cedo, Drew. — Ele revirou os olhos. — E também nós não precisamos ficar no encalço um do outro toda hora, vai e se diverte. — Disse sorrindo, e seu sorriso logo se espelhou no meu.

  — Você está pedindo para um padre rezar a missa. — Ri.

 — Só não esquece que eu não quero ser corna publicamente. — Ele gargalhou alto e me deu um beijo na bochecha, saindo do quarto logo em seguida.

   Na verdade minha entrevista era depois das nove, mas eu precisava de um tempo. Justin e eu ficávamos juntos quase sempre, só não quando um estava em um continente diferente do outro.

  Justin estava em uma pequena pausa da Purpose Tour, e Scooter decidiu que seria bom que ficássemos juntos esse tempo. O problema era que ele queria que fôssemos como um só, que a mídia soubesse de cada passo que Jalexis dava.

   Scooter estava me enchendo a paciência.


Notas Finais


A partir do próximo fica mais agitado.
tt: https://twitter.com/kylievzzle
xx, mavi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...