História Pretty Little Liars - Just a game - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Caleb Rivers, Emily Fields, Ezra Fitzgerald, Hanna Marin, Jason Dilaurentis, Lucas Gottesman, Mike Montgomery, Mona Vardewaal, Personagens Originais, Spencer Hastings, Toby Cavanaugh, Wren Kingston
Tags Carol Montgomery, Isabel Hastings, Julia Fields, Melissa Marin, Pll, Pretty Little Liars
Exibições 30
Palavras 2.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Orange, Romance e Novela, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, estou eu aqui com outro capitulo :)

Me desculpem pelos erros ortográficos. ;D

Boa Leitura.

Até as notas finais. :D :)

Capítulo 7 - Novo plano


Fanfic / Fanfiction Pretty Little Liars - Just a game - Capítulo 7 - Novo plano


P.O.V Melisa Marin
Não dava pra acreditar, esse –C ficou sabendo do nosso plano e o colocou por água a baixo, este é o nosso segundo plano que falha, concerteza amanhã faríamos outro, pois eu sei que tanto eu, quanto as meninas, iremos derrubar esse –C, eu sei que vamos. – Por acaso eu já falei que eu odeio esse –C? – Carol perguntou com aquela cara de ‘Hoje eu mato um!’, entre todas nós, ela era a que mais odiava esse –C. – Sim, como todas nós o odiamos. – Isa disse, logo depois nós ouvimos alguém entrando na casa. – Mãe? Pai? Mel?, estão em casa? – Era o And, foi então que eu sai da cozinha e fui correndo para a sala para dar um grande abraço dele. –  AND!  – Eu disse indo em direção a ele. – Mel, tudo bem? – Ele disse retribuindo o abraço que eu estava dando nele. – E ai, tudo bem? – Carol perguntou a ele. – Estou bem, Mike me contou a história. – Ele disse com um peso nas palavras que ele dizia, acho que ele ainda estava um pouco apavorado com o que tinha acontecido. – Mas, eu já estou melhor, o Mike me levou no cinema pra fazer eu esquecer um pouco disso tudo, que até funcionou. – Ele disse mais feliz dessa vez. – Bom, eu já vou indo embora, está tarde. – Disse Isa que logo depois Carol e Ju concordaram e foram embora, elas queriam nos deixar sozinhos para podermos conversar melhor. – And, senta aqui, quero falar com você!. – Ele então se sentou no sofá e em seguida eu fiz o mesmo. – Bom, primeiro, você se lembra da Carla DiLaurentis? Ela andava comigo e com as minhas amigas e ela estava desaparecida há cinco anos. – Ele assentiu. – Então, ela foi encontrada... morta. – Eu disse com um pouco de peso na voz, no começo ele ficou surpreso mas logo depois essa feição de surpresa se foi, And, nunca gostou dela, eu me lembro de quando ela inventava apelidos idiotas para ele e eu não fazia absolutamente nada, se eu estivesse no lugar dele, concerteza eu teria a mesma reação. – Há dois dias, ocoreu o funeral dela e lá eu conheci a irmã dela, Alison DiLaurentis, ela convidou eu e minhas amigas para o casamento dela que ocorrerá daqui 2 dias, e os nossos pais eram amigos dos dela, então eles irão também, e você também vai ter que ir, outra coisa que ela me falou depois, acho que foi ontem, era que ela queria que os convidados levassem um par com eles, porque depois da cerimônia haverá uma dança com alguns casais. – Ele concordou e esperou que eu continuasse o que eu tinha que falar para ele. – E agora, olha, me desculpa pela mentira daquele dia, eu acabei ficando surpresa com a pergunta que você fez a mim, então menti achando que você estava só brincando comigo ou outra coisa qualquer, mas, eu vi que o que eu fiz, foi errado, então, me desculpa, tá? - A feição dele logo mudou de séria, para feliz, ele só queria um pedido de desculpas, só isso. – Eu te perdoou Mel, bom, eu vou dormir agora, estou cansado. – Eu concordei e fiz o mesmo já que estava mesmo tarde.

P.O.V Andrew Marin
Depois da conversa que tive com a Mel, eu acabei por ficar mais feliz do que eu já estava, eu então me deitei na minha cama e dormi em um sono profundo. 
Acordei apenas com o raio de luz que invadiu meu quarto, era dia de escola, mas mesmo assim eu estava animado, não por ter que ir para a escola, mas, sim porque eu veria o Mike denovo, desde a hora que entrei em casa, eu não conseguia deixar de pensar no nosso beijo de ontem, foi um dos melhores beijos que já tive, eu me levantei e fui ao banheiro fazer minhas higienes matinais. Dentes já escovados, cara já lavada, roupa colocada, era hora de descer para tomar café, sai do meu quarto e fui em direção ás escadas, depois de desce-las eu pude avitar já saindo para o trabalho minha mãe e meu pai. - Oi mãe, oi pai... - Eu disse logo quando eles me avistaram entrando na cozinha. - Bom dia flho, e denovo você não nos avisou que iria dormir na casa do Mike, não é mesmo? -Meu pai logo me perguntou algo que eu não fazia idéia do que responder, já que eu havia sido sequestrado e ai sim eu acordei na casa do Mike já no outro dia, mas então, percebi que deiva ser uma desculpa da Mel e de suas amigas para justificar minha ausência a eles. - Ah, me desculpem, acabei esquecendo denovo, juro que na próxima vez eu aviso. - Depois de eu dizer isso eles continuaram me olhando e depois dando tchau para nós dois e indo embora para o trabalho, por conta do trabalho deles, eu e Mel só viamos eles nos finais de semana e de manhã durante a semana, sem contar com os feriados, que eram dias que eles sempre ganhavam uma folga também. Depois deles saírem eu me sentei na mesa com a Melisa e começamos a conversar. - E então And, já sabe com quem você vai para o casamento da Alison? - Eu havia me esquecido completamente do casamento, eu estava pensando em várias coisas ao mesmo tempo que acabei esquecendo desse casamento. - Ainda não sei com quem vou, estou pensando... - Só pela pergunta da Mel sobre o par do casamento, já pensei em chamar o Mike para ir comigo, mas, eu ainda não havia contado nada sobre ser bi para ela e nem para os meus pais. Então se eu quisesse chamar ele, eu teria que dizer tudo a eles. - Tá bom então, quando se decidir de quem vai levar me fala... - Assenti com a cabeça e resolvi por fazer a mesma pergunta a ela. - E você Mel, já sabe com quem vai? - Ela estava tranquila em realação a minha pergunta, então concerteza ela já tinha um par para ir. - O Jason, irmão da Julia que mora na Califórnia, me chamou para ir, e então eu aceitei. - E assim, nós continuamos conversando até dar o nosso horário para ir á escola.

P.O.V Julia Fields
Jason havia me contado que iria com Melisa ao baile, no começo achei estranho, mas logo lembrei que Mel havia me contado de que ela havia terminado com o Mike, então apenas assenti, eu também já tinha meu par garantido, depois de ontem.. Do meu beijo com o Caleb, tudo então virou um mar de rosas entre nós, só quando ele foi embora da casa da Mel que eu pude lembrar que eu tinha que chama-lo para ir ao casamento comigo.
*Flash back on*
Eu havia me retirado da cozinha e ido para o segundo andar da casa da Mel na esperança de Caleb fazer o mesmo, fiquei mais ou menos 2 minutos sozinha lá em cima quando ele subiu já se aproximando de mim. - O-i... - Eu disse a ele. - Oi, Ju... - Logo depois ele me atacou com um beijo feroz e logo pedindo passagem com língua que logo concedi, nós ficamos nos beijando até entrarmos no banheiro e ele tirar a camisa dele revelando seu peitoral bem definido e logo depois tirando minha camiseta e me deixando apenas de sutiã. O beijo foi ficando mais intenso mas decidimos ficar só nisso e depois de alguns minutos nós paramos, nos vestimos e descemos, pois ele disse que iria embora.
*Flash back off*
Peguei meu celular e mandei uma mensagem a ele.
*Celular*
Ju: Oi Caleb!
Caleb: Oi Ju, tudo bem?
Ju: Tudo, então, eu esqueci de te perguntar, mas daqui um dia haverá um casamento e eu queria saber se você quer ir comigo como meu par...
Caleb: Claro que vou com você, te pego que horas?
Ju: Ás 19:00.
Caleb: Ok, tchau! :)
Ju: Tchau :)

Fui então me arrumar para ir á escola, para tentar ter uma vida normal, já que a qualquer momento -C podia nos mandar alguma mensagem...
Já pronta eu fui tomar café com minha mãe e depois sai para a escola.

P.O.V Carol Montgomery
Eu já estava á caminho da escola com meu pai, estavámos ouvindo uma música de uma banda de rock, e cantando junto, por sinal, logo depois que a música acabou eu disse a ele. - Você canta muito mal! *risos* - Eu disse brincando que logo depois ele riu junto comigo, ficamos conversando e ouvindo música até chegarmos a escola. - Tchau filha, te vejo de noite em casa. - Fiz sinal de concordâcia com a cabeça e fui em direção a entrada da escola. Eu já havia entrado na escola e estava á procura de algumas das minhas amigas, quando meu celular vibrou. 
*Celular*
Não pense em fazer outro plano contra mim, pois eu sempre vou estar um passo a frente de você e suas amigas e não perderei a oportunidade de faze-lo fracassar, vadia!
-C

Realmente esse -C me deixava 'nos nervos', mas, em uma coisa tenho que concordar, se eu fizesse outro plano contra ele e ele descobrisse, as consequências seriam grandes, então eu teria que ser mais silenciosa ainda.
Continuei andando por mais 10 minutos até achar Ju, Isa e Mel e assim, fomos em direção a nossa sala, pois o sinal havia batido.

P.O.V Mike Kingston
Eu estava já na segunda aula e não ainda não conseguia deixar de pensar no And, o nosso beijo ontem, foi uma das melhores coisas que podia acontecer comigo, Lucas já havia saído do hospital e havia vindo para a escola hoje, nós nos encontrariamos no lanche junto com o And. 
Quando o sinal finalmente bateu indicando que era a hora do intervalo eu sai em disparada para o refeitório para reservar uma mesa para Lucas e And. Depois de chegar ao refeitório que não estava muito cheio ainda eu escolhi uma mesa no meio do pátio e peguei meu lanche e me sentei esperando por algum deles chegar, até que 3 minutos depois, And chegou. - Oi Mike... - Ele me disse um pouco tímido, concerteza por causa de ontem, eu também estava um pouco tímido, mas não tanto quanto ele. - Oi And! - Eu me levantei um pouco para poder dar um beijo rápido nele, e logo quando consegui ele soltou uma risada. - *risos*, eu já estava com saudade de você... - Soltei uma risada também, só dele me olhar ele podia perceber que eu também estava com muita saudade dele, mesmo não tendo ficado longe dele nem por 10 horas. - Então, a Mel me disse que ela foi convidada para um casamento da irmã da amiga dela que estava desapareida, a Carla, e eu vou ter que ir e também vou ter que levar um par comigo, então... - Ele suspirou um pouco... - Então... - Ele suspirou novamente e enfim falou. - Você quer ser meu par? - Eu ri da tímidez que ele teve só para falar isso. - È claro que eu quero ser seu par, *risos*, sabia que você fica muito mais bonito quando está tímido? - Foi ai que ele corou e ficou mais tímido ainda, o que me fez rir mais ainda, quando um tempo depois Lucas chegou. - E aí pessoal, eu voltei. - Nós cumprimentamos Lucas e começamos a conversar sobre as coisas que haviam acontecido durante os dias que o Lucas estava no hospital. 

P.O.V Isabel Hastings
Depois do período das aulas acabarem, eu recebi uma mensagem da Carol dizedo que eu devia ir a casa dela para bolarmos outro plano contra -C. Assim fiz e logo quando sai da escola, entrei em meu carro e fui em direção a casa dela.
Levei alguns minutos para chegar pois a casa dela era um pouco longe da escola e bati na porta, fui recebida pela Mel que já estava lá, aliás, Ju também já estava lá, eu havia sido a última a chegar, pra variar. - Oi meninas! - Entrei na casa e joguei minha mochila junto com a delas que estavam todas juntas jogadas em um canto da sala. - Olá - Responderam elas em unissono. - E Então como vai ser o plano?. - perguntei me sentado no sofá. - Bom, estavámos esperando por você para comecarmos a falar dele. - Fiz sinal com a cabeça para que ela pudesse enfim começar a nos contar sobre o novo plano.  - Bom, eu estava pensando que, como -C descobriu nosso plano da última vez, então está óbvio que teremos que ser mais silenciosas do que antes, e eu pensei também, que concerteza -C irá tentar nos atormentar apenas depois da cerimônia, e é nessa hora que precisaremos de um plano para acabar com ele, então... alguma idéia?  - Nós ficamos um pouco em silêncio até Mel ter uma idéia. - E se nós ficarmos armadas com alguma coisa, uma faca, talvez... - A idéia dela era boa, exceto pela parte da faca... - Acho melhor seringas, seria mais discreto. - Mel assentiu. - Mas e se -C estiver atrás apenas e uma de nós? - Foi a vez de Ju fazer uma pergunta. - Da na mesma, quando você achar que ele estiver a ponto de te pegar você mete a seringa nele. - Depois disso nós ficamos em silêncio. - Bom, então dessa vez, o plano será simples, vamos agir naturalmente durante toda a cerimônia, mas quando alguma mensagem chegar nós ficamos em alerta, estando sozinhas ou juntas , e quando -C for nos atacar nós metemos a seringa nele, todas de acordo? - Nós todas assentimos e logo depois nossos celulares vibraram, todas nós concerteza estariamos torcendo para não ser -C dizendo que havia descobrido nosso novo plano. 

*Celular*
Ansiosas para o dia do casamento? 
Eu estou!
-C

 


Notas Finais


Obrigado por ler :)
E Até o próximo capítulo :D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...