História Pretty Reckless - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 892
Palavras 1.376
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Praia


Fudeu. Não. Calma tenho um plano..

-O que fazem aqui?-Ela disse colocando a mão na cintura.

-Cuidando.-Eu falei.

-Do que mocinha?

-Algumas garotas do 1º ano estavam vendo os meninos sem blusa, só estou aqui para evitar isso. Deveriam falar isso na reunião de pais hoje, professora.-Disse.

-Sabe que garotas eram??-Ela acreditou véeeeeeeeeeei!

-Não professora, eu não conheço as pessoas do 1º.

-Hmmm.. vão ficar aí por muito tempo?-Ela falou pensativa

-Não, não. Estamos indo.

-Ok, obrigado por avisarem. 

-Tudo bem.-Saímos de lá. 

-UOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOU!!!!!-Demi berrou assim que a professora saiu de nossas vistas.

-CAAARAAAALHO MAAAAAAANO!!!-Katy fez o mesmo.

-PORRRA VEÉÉÉÉÉÍ QUE BUURRA!!-Taylor berrou mais ainda.

-HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA MAAAAANO!!! TOCA AQUI!!-Eu falei e fizemos nosso toque. Subimos e compramos nossos lanches. Ficamos comendo e depois fomos para a sala. O sinal tocou.

 

 

Terminamos de ver o filme, a professora de inglês deu a aula pra professora de história. Finalmente. O sinal bateu!! Saímos da sala e Justin veio atrás.

 

-Ei, Jamie?-Ele falou.

-Fala. -Eu disse parando no corredor.

-Hmm.. como é isso? Na praia?-Ele parecia bem confuso.

-Tá canadense novato, vou te explicar. -Respirei fundo e fomos indo pra saída.-Nós vamos sair aqui da escola, e cada um vai pra sua casa, arruma as coisas e vai pra minha casa perto de 12:30.

-Leva o que?-Ele falou.

-Pouca coisa, um chinelo, uma toalha, caso a gente te molhe. Hmm.. uma troca de roupa. -Eu falei e ele assentia.

-Ok. 

-Tchau, fui. -Entrei no carro, ligamos o rádio, abri o teto solar e ficamos cantando feito umas doidas. Quando chegamos na nossa rua, fomos arrumar as coisas. Peguei minha bolsa. Coloquei minha toalha, um hidratante, um shorts e uma camisa. Coloquei meu biquíni. Passei um protetor solar no corpo e coloquei um shorts e uma blusa. Coloquei meu óculos, minha Havaianas e desci. Justin e os meninos estavam sentados na frente da minha casa, na calçada. Fui até a casa de Demi e entrei.

-PUUUUUUUUUUTA!!!-Saí gritando.

-Falaaaaaa!-Ela gritou do quarto dela.

-Vaaaaaaaaamo!!!-Gritei saindo da casa dela.

-JÁ TO IIIIINDO!!!-Ela gritou. Quando saí de lá, Katy estava nas costas de Caio, que estava sem camisa, correndo pela rua. Justin me olhou. Demi saiu de casa e colocou as coisas no carro. Tay saiu de casa.

-Partiu!!!-Gritei e entrei no carro, no banco do motorista. Eu gosto de pegar estrada. O povo entrou e liguei o carro. Os meninos fizeram o mesmo. Peguei o celular e dei pro caio. Ele ligou pra minha mãe e avisou que estávamos indo. Ela ia avisar todas as mães. Passamos no McDonald's pedimos uns lanches, batatas e Coca-Cola e pegamos estrada. A gente conversou, riu, xingou. Chegamos, eram 14:00, parei na frente da nossa casa de praia, que fica na frente da mesma. Descemos e Justin estacionou o carro, eles desceram e seguiram a gente.

-Pow man, tá tudo limpo véi. -Caio falou quando abriu a porta da casa.

-É mesmo, será que é porque, ontem foi o dia da faxina da empregada?-Katy falou.

-Anta, tem massa muscular, mas não tem massa cinzenta. -Tay falou e nós rimos.

-Vamos ficar aqui ou ir?-Eu falei indo pro banheiro. Fiquei duas horas dentro do carro. Eu preciso de um banheiro.

-Não, vamos lá. Véi e o brigadeiro??-Demi falou. Lógico, ela é doente por brigadeiro. Toda vez que ela lembra de brigadeiro eu tenho que fazer.

-Depois vou comprar. Deixa eu ir pra praia mano. -Falei saindo de casa.

-É coisa de brasileira...-Caio disse tirando a blusa.

-Como sabe disso besta?-Eu falei enquanto atravessávamos a rua.

-Opa, já peguei algumas já... -Ri, a gente já tinha ido pro Brasil nas férias.

-EEEEEE safado... -Tay falou rindo.

-Lógicooooo, aproveitei. Mas eu peço permissão pelo menos. -Ele disse sorrindo e olhou pra Justin. Ele adorava fazer isso. Chegamos a praia e Demi estendeu a canga que trouxera. Tirei minha blusa, o shorts e joguei em cima da canga. Caio saiu correndo de volta pra dentro da casa.

-Ow, venham me ajudar a achar algum jogo. -Ele gritou e Chaz e Ryan sairam atrás dele. Chaz e Ryan nunca foram bonitos de corpo, mas agora, estavam melhores. Justin tirou a camiseta.

-Nossa que gostoso!-Demi falou passando por ele e sentando na canga.

-HAHAHAHAHA. Delícia. -Katy fez o mesmo. Taylor saiu da casa com seu violão na mão. Ela veio e se sentou também. Justin observava o mar.

-Ow guri, nunca foi na praia?-Perguntei chegando perto dele.

-Claro que já. Só estou observando as ondas. -Ele disse me olhando. Mordeu os lábios. -Belo corpo.

-É, eu sei. Só que não é pro seu bico. -Eu falei e ri. Eu a-d-o-r-o falar isso HAHAHAHHAHHA.

-Aff, só estou te elogiando. -Ele falou olhando pro meu corpo todo.

-Para de me olhar assim.

-Assim como? Endoidou? -Ele disse enrugando a testa.

-Com vontade de me comer.

-HAHAHAHAHAHAHAHA, não seja louca! -Ele falou sorrindo e revirando os olhos. -Posso te fazer uma pergunta?

-Faz, mas se eu não quiser responder eu não respondo. -Falei e peguei uma canga na minha bolsa. A estiquei e sentei.

-Posso sentar?-Ele sorriu. Graaaaande pergunta hein Justin, parabéns!

-Nossa, véi, na boa, ia me perguntar isso?-Eu falei pegando meu celular.

-Não.. Óbvio que não.. Mas posso?-Ele continuava a sorrir.

-Pode otário. -Ele se sentou e abraçou as pernas.

-Você já falou que não me acha bonito, mas acha alguma parte do meu corpo bonito?-Ele bebeu, só pode.. olha a pergunta que ele faz...

-Porque? Você é meio doido...

-Sei lá, só quero saber o que as garotas acham de mim.

-Hm..Pergunta de garoto que não se acha bonito.

-Eu sou lindo, só quero saber ué. -Se acha....

-Hmm.. -Olhei pro seu rosto. -Seu nariz é bem desproporcional ao seu rosto. HAHAHAHA! 

-Mano, eu perguntei o que você acha bonito em mim e não feio. -Ele disse revirando os olhos.

-Aff você é muito chato. -Voltei a olhar em seu rosto. Seus olhos, com certeza era a parte mais bonita de seu rosto. A cor mel deles me fez penetrar e o enxergar direito. Como ele é bonito, como eu queria seus lábios rosados nos meus, como seu sorriso era lindo.. MEU DEUS ESSES OLHOS ESTÃO ME DEIXANDO LOUCA! O QUE EU ACABEI DE PENSAR? EU SOU DOIDA VEI?????????????????????? PORRRRRRA MAAAAANO, ESQUECE O QUE EU ACABEI DE PENSAR. Pisquei e respondi:

-Seus olhos.

-Sério?-Ele sorriu e desviou o olhar.

-É. -Olhei o mar e os garotos chegaram e começaram a jogar aqle jogo. Isso aqui ta beeeeeem parado, vou me divertir, vai. Peguei meu celular e mandei uma mensagem pra Demi:

"Prestem atenção aqui atrás, mas não deem muito show."

"HAHAHA, vai aprontar o que?"

"Seduzir um canadense HAHAHAHA"

"HAHAHAHAHA. tá"

Guardei o celular e percebi Demi e as meninas olhando. Mas ele não percebeu. Elas são boas em despistar.

-Ei delícia. -Sussurrei em seu ouvido enquanto arranhava o abdomên do Justin.

-Aii.. -Os pelos de seu pescoço eriçaram. Dei um beijo em seu pescoço.

-Que foi coisa sexy?-Sussurrei novamente em seu ouvido e beijei ali.

-Não faz isso não... Não to afim de apanhar.. -Ele disse de olhos fechados. Pude ouvir as meninas rirem.

-Não quer? Vamos lá pra dentro... -Sussurrei e beijei atrás de sua orelha.

-Quero... -Ele falou me olhando. Levantei calmamente e fui até Caio. -Baby, tem bola de volei??

-Ta lá dentro boba. -Ele falou.

-Tá vou pegar. -Passei pelas meninas e peguei meu celular na canga, pisquei pra Justin e mandei mensagem pra Demi:

"Se ele vir atrás, me avisa."

Quando entrei em casa, meu celular vibra. Mesagem:

"Tá levantando daqui. Vai dar pra ele véi?"

"Aff, anta, claro que não."

Subi para um quarto e ouvi a porta da casa se fechar. Depois de instantes, senti duas mãos em minha cintura.

-Ei. -Justin sussurrou em meu ouvido. Confesso. Isso me arrepiou. 

-Essa sua voz é tão sexy. -Falei me virando e colando meu corpo no dele. Senti seu membro se alegrar. HAHAHAHA como esse Justin é fraquinho véi. Suspirei em seu ouvido e ele foi andando em direção a cama. Me soltei dele e falei:

-Me espera deitado, vou ao banheiro, me preparar pra você.  -Olhei com cara de safada.

-Não demora. -Ele sorriu. Sorri e saí do quarto. Esse quarto não é suite. Peguei a bola de vôlei no porão e desci pra praia


Notas Finais


má? imagina...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...