História Pretty Reckless - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 872
Palavras 2.825
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


1 MÚSICA NESSE CAPÍTULO :3 OLLG ;D
"Ei senhorita, minha gata por favor seja minha pequena dama, minha pequena dama
Ei amor, você é a única, Eu adoro você, venha ser minha pequena dama, minha pequena dama"
-Take You, Justin Bieber

Capítulo 19 - Uma garota sozinha a menos?


Fiquei paralisada. Não sabia o que responder, o que fazer.

-Não. Você só está com desejo. -Falei desviando de seu olhar.

-Porque não acredita em mim? -Ele perguntou com um sorriso torto. Sexy.

-Porque, se eu acreditar, vou acabar me ferrando mais uma vez. -Eu falei e o trouxe mais pra perto.

-Posso tocar uma música pra você? -Ele perguntou.

-Mais música?

-É. Posso? -Ele falou se levantando.

-Pode. -Falei sorrindo e ele pegou o violão. Ajeitou e começou a tocar, em pé mesmo. 

 

One Less Lonely Girl 

Justin Bieber

 

 

 

There's gonna be one less lonely girl

(One less lonely girl)

One less lonely girl

(One less lonely girl)

There's gonna be one less lonely girl

(One less lonely girl)

One less lonely girl

 

 

How many "I told ya"s

"Let's start over"s and "shoulder"s

Have you cried on before

 

 

How many promises

Be honest, girl

How many tears you let hit the floor

 

 

How many bags you packed

Just to take them back

Tell me that: How many either "or"s

 

 

But no more

If you let me inside of your world

There'll be one less lonely girl

 

 

Oh, I saw so many pretty faces

Before I saw you, you

Now all I see is you

 

 

(I'm coming for you)

(I'm coming for you)

 

 

No, don't need these other pretty faces

Like I need you

And when you're mine

 

 

In the world

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

(I'm coming for you)

One less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

I'm gonna put you first

(I'm coming for you)

I'll show you what you're worth

(That's what I'm gonna do)

 

 

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl

 

 

Christmas was a merry

Fourteenth of February

And I wanted to spend it with you

 

 

How many dinner dates

Set dinner plates

And he didn't even touch his food

 

 

How many torn photographs

Are you taping back

Tell me that: Did you see an open door

 

 

But no more

If you let me inside of your world

There'll be one less lonely girl

 

 

Oh, I saw so many pretty faces

Before I saw you, you

Now all I see is you

 

 

(I'm coming for you)

(I'm coming for you)

 

 

No, don't need these other pretty faces

Like I need you

And when you're mine

 

 

In this world

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

(I'm coming for you)

One less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

I'm gonna put you first

(I'm coming for you)

I'll show you what you're worth

(That's what I'm gonna do)

 

 

There's gonna be one less lonely girl

 

 

I can fix up your broken heart

I can give you a brand new start

I can make you believe

 

 

I just wanna set one girl

Free to fall (Free to fall)

She's free to fall (Fall in love)

With me

 

 

My hearts locked

And nowhere that I got the key

I'll take her and leave the world

With one less lonely girl

 

 

There's gonna be one less lonely girl

One less lonely girl

(One less lonely girl)

One less lonely girl

(One less lonely girl)

There's gonna be one less lonely girl

One less lonely girl

(One less lonely girl)

One less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

(I'm coming for you)

One less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

I'm gonna put you first

(I'm coming for you)

I'll show you what you're worth

 

 

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

(I'm coming for you)

One less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

One less lonely girl

There's gonna be one less lonely girl

 

 

(I'm coming for you)

I'm gonna put you first

(I'm coming for you)

I'll show you what you're worth

(That's what I'm gonna do)

 

 

If you let me inside your world

There's gonna be one less lonely girl

 

 

A letra é tão linda.

-Então, o que acha? Quer ser uma garota sozinha a menos? -Ele disse sentando na cama, em minha frente. Olhei em seus olhos, ele parecia estar sendo honesto, que se apaixonou por mim. Mas, olha, estamos na cama, a ponto de transarmos, um homem faria de tudo para conseguir. E eu não sei ao certo, o que sinto por ele.

-Não, não sei. -Ele passou a língua nos lábios e sorriu.

-Me deu mesmo um 'não'? -Ele disse se aproximando de mim.

-Não foi um 'não'. Foi um 'não sei'. -Eu disse fazendo carinho em seus cabelos.

-Porque não me diz um 'sim' completo e com todas as 3 letras? -Ele disse sorrindo.

-Eu já te falei o porque. -Falei.

-Aquilo? Eu não sou como os outros, acredite. -Ele me falou me fazendo deitar e deitando em cima de mim. -Mas, tudo bem. Eu te espero. Só que, acredite, um dia você será minha. Só minha. -Sorri com o que ele falou. O trouxe pra mais perto -coisa impossível- e o beijei. Me deitei ao seu lado e fiquei o observando, mexendo em seus cabelos.

-Owwwwwwwwwwwwwwwn, como vocês são lindos!! -Olhei pra porta. Minha mãe. A porta aberta. Ela viu. Justin ficou vermelho.

-Mããããããããe. O que você veio fazer aqui? -Eu falei sentando na cama.

-Vim ver se vocês estavam bem filha, mas já sei que estão. Muito bem. -Ela falou e piscou.

-Mãe, porque você não bateu? -Eu falei.

-Porque, achei que vocês estivessem dormindo, e se eu batesse, não ouviriam. -Ela falou normalmente.

-Ah Deus. -Falei revirando os olhos.

-E é hora, quer dizer, já passou da hora de vocês dormirem né? -Ela disse com as mãos na cintura.

-Tá mãe, a gente tá indo. -Falei.

-Então tá hein. -Ela disse fechando a porta. -Juízo. Cuidado Justin. -Ela gritou do corredor. Justin riu e voltei a deitar ao seu lado.

-Esqueci de trancar a porta. -Eu falei, ele estava mais vermelho ainda.

-HAHAHA, percebi. -Ele disse rindo.

-Vamos dormir, vai. -Levantei da cama, fechei a cortina e peguei meu celular. Coloquei o despertador e deixei ele em cima do criado mudo. Deitei de frente para Justin e puxei o cobertor, nos cobrindo.

-Boa noite, até amanhã. -Ele sussurrou.

-Boa noite, dorme bem. -Sussurrei também, ele se aproximou mais e me deu um selinho, bem demorado. Ele sorriu e eu sorri de volta. Virei de costas, e ele me puxou pra mais perto. Dormimos de conchinha.

 

 

[...]

 

 

Meu despertador tocou. Droga. Estiquei a mão e o desliguei. Justin e eu ainda estávamos na mesma posição que fomos dormir ontem. Me virei, ficando de frente para ele e acariciei seus cabelos. Ele abriu lentamente os olhos, me olhando fixamente. 

-Bom dia. -Eu falei.

-Bom dia. -Ele disse com um sorriso e me trazendo pra mais perto de si. -Dormiu bem?

-Sim, e você? -Eu respondi.

-Claro, estava ao seu lado. -Era inevitável eu não sorrir quando ele falava essas coisas fofas, POW. Sorri e desviei o olhar. Véi, eu não posso estar apaixonada por ele.

-Vou tomar banho. -Eu falei. Ele abriu os braços, me libertando. Saí da cama e fui pro closet. -Hmm, se quiser.. Pode tomar banho..-Eu falei de volta ao quarto.

-Com você? -Ele disse, me interrompendo, sentando na cama, sorrindo.

-Não!!! -Sorri. -Em outro banheiro. Não, esquece, Caio queimou um e Taylor outro. -Disse lembrando da última vez que eles tomaram banho lá.

-Ahhn entendi, mas então, já que está queimado, não posso ir com você? -Ele perguntou se levantando e tirando sua samba-canção.

-Claro que não, Justin. -Disse. Olhei para sua parte intima e desviei. Ele não percebeu. -Não vou demorar. -Falei e entrei no banheiro.

 

**P.O.V'S Justin ON**

 

Meu Deus, essa foi com certeza, a melhor noite da minha vida. Ela tocou pra mim, nos beijamos, ficamos de verdade, ela me fazia carinhos, deixava eu fazer carinhos, ficava sorrindo, não me xingou. MANO! Ela tá bem??! E pior, descobri, talvez da pior forma, que estou completamente apaixonado pela Jamie Coleen. E falei isso. Estávamos a ponto de transar, ah véi, eu ia conseguir, mas ao mesmo tempo que eu a desejava, queria ela, eu não queria transar com ela não sendo um relacionamento sério. Quero na boa, namorar com ela. 

 

 

"-Você é tão estranho.. -Suas palavras voltaram a minha mente.

-Porque? 

-Em uma hora joga suco em mim, na outra diz que me odeia. E agora está aqui, na cama comigo, dizendo que não me odeia e me chamando de sua.

-É, veja o que acontece quando você se apaixona por alguém." 

 

 

Não sei como consegui dizer isso, comecei a suar, eu estava bem nervoso. Mas consegui. Ela deve estar pensando que eu só queria trampar, sei lá. Mas não, seriamente, estou perdidamente louco por ela. Cantei One Less Lonely Girl pra ela, pra receber um "não". Ops, um "não sei". Ela é difícil, mas vale a pena correr atrás. Nossa Justin, é incrível como você se joga. Duas batidas na porta me tiraram dos meus pensamentos. Vixe, é a Nina. Porra, se ela me ver só de cueca, vai me bater. Coloquei o shorts e procurei minha camiseta. Ah cade?????? Achei, em cima do sofá. Fui e abri a porta, era mesmo a mãe dela. 

-Oi Justin, bom dia.

-Bom dia Sra. Coleen

-Dormiu bem, querido?

-Sim. -Sorri.

-Ah que bom.. E Jamie, cadê?

-Tomando banho.

-Ah sim. Hmmm.. Se eu fizer uma pergunta, você me responde? -Meu coração acelerou.

-Ah, claro. -Falei tentando esconder o nervosismo, passando a mão pelos meus cabelos.

-Usaram camisinha né? -MEU PAI AMADO, O QUE ESSA MULHER TEM NA CABEÇA? É DOIDA, TEM QUE INTERNAR. FIQUEI VERMELHO. DROGA.

-Hmm... Sra.Coleen...Comecei a falar. -É que, que.. -GAGUEJAR JUSTIN????????? PORRA VIRA HOMEM.

-Pode falar querido, sei que vocês tiveram relações sexuais. -Ela disse na maior calma. Fiquei mais vermelho ainda.

-Não, Sra Coleen. A gente só só dormiu, não houve na nada além de de beijos e carícias. -Tentei explicar. Porra odeio gaguejar.

-Ah, desculpa querido. Não fique com vergonha. É que, parecia que sim, e quero o melhor pra vocês dois.

-Está tudo bem, essa vermelhidão é comum. É também quero. -Falei mais normalmente.

-Tudo bem, mas parece que ela está afim de você, conheço minha filha, e por favor, não há magoe caso venha a ocorrer um relacionamento entre vocês. -Nossa véi. Como ela fala bem.

-Pode ficar despreocupada, não sou como os outros. Acredite.

-Eu acredito, dá pra ver em seus olhos e em suas palavras.

-É, pelo menos a Sra. acredita... -Disse olhando o chão.

-Ooww querido, ela é complicada mesmo, mas é assim porque já sofreu por alguns idiotas. E então, ela se fecha mais.

-É, eu posso perceber isso nela.. Mas, eu vou lutar por ela. Eu não sei o que está acontecendo aqui dentro, só sei que eu estou apaixonado por ela. -Cara, eu sou foda. Olha man, consegui falar isso pra minha futura sogra. Sim sim, futura sogra.

-Owwwwwwwwwwn que fofo Justin, torço por você. Sério. Mas agora, tenho que ir. -Ela disse olhando o relógio no pulso. -Tchau Justin, cuide dela e vão para a escola. Avise

ela que o café tá pronto, menos os ovos. Sabe fazer ovos né Puuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuutz, não.

-Então, é que.. -Eu falei passando a mão nos cabelos.

-HHAHAHA, estou brincando, a Jamie sabe cozinhar. Não se preocupe. Fale pra Jamie que eu fui mais cedo. E qualquer coisa, me liguem. Tchau querido, tenham um bom dia.

-Tchau Nina, até outra hora.

-Tchau, foi muito bom ter tido você aqui.

-Obrigado por me deixar aqui.

-Magina, tchau tchau. -Ela disse e foi embora. Eu estava no corredor, quando abri a porta, Jamie estava saindo do banheiro, com uma toalha amarrada no corpo. Mordi meu lábio inferior e ela foi até o closet. Fui atrás.

-Quer ajuda para se trocar? -Eu sussurrei em seu ouvido, enquanto a segurava pela cintura.

-Não obrigada. Vai pro seu banho. -Ela falou. Sorri maliciosamente e fui tomar meu banho.

 

**P.O.V.'s Justin OFF**

 

Me troquei, saí do closet, arrumei a cama e peguei minha bolsa. Arrumei ela e deitei na cama, ligando a TV. Tava passando Bob, ê! Depois de um episodio, Justin saiu do banheiro Só de box, laranja. Estranho? Imagina.

-Porque você usa cueca laranja? -Perguntei ainda olhando a TV.

-HAHAAHAH, não sei, só uso. -Ele disse sorrindo e colocando uma calça preta. -Porque?

-Não sei, só curiosidade. -Eu falei o olhando.

-Minhas cuecas são coloridas. -Ele disse e colocou uma camista que tirara da mochila.

-Hmm.. Criança. -Disse e levantei da cama.

-Não sou criança, você que é. Assiste Bob Esponja. -Ele falou calçando seu tênis.

-Idiota, eu não sou criança. -Falei e saí do quarto, indo pra cozinha.

-Sua mãe veio falar comigo. -Ele disse atrás de mim, estávamos na escada.

-Hoje? -Eu falei tentando lembrar de alguma coisa.

-É, perguntou se... -Ele disse rindo depois de falar.

-Perguntou o que? -Perguntei curiosa. 

-Se a gente tinha usado camisinha. -Ele disse rindo. Meu Deus, minha mãe é louca, olha o que ela pergunta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

-Nossa Senhora, desculpa Justin, minha mãe é meio doida. Cade ela? -Falei quando estavamos na cozinha, Mariah, minha empregada, passou por nós e sorriu. A mesa estava posta.

-Ela pediu pra te avisar que saiu mais cedo, e o café tá pronto, mas falta os ovos, e perguntou se eu sabia fazer ovos. E eu não sei, muito bem. -Ele disse se sentando. Sentei em sua frente e ri. Ai ai, ele não sabe fazer ovo cara, olha isso.

-HAHAHAHAHAHA, meu Deus, não sabe mesmo cozinhar? -Eu perguntei, ainda rindo.

-Não, paraaaaaa, não sei. -Ela disse timidamente e ficou vermelho.

-HAHAHAHA, é engraçado... O que você respondeu pra ela, sobre a camisinha? -Perguntei levantando e pegando 3 ovos na geladeira e bacon

-Eu fiquei sem graça e tentei falar. Mas ela me interrompeu e disse que sabia que a gente tinha tido relações sexuais. -Ele disse sorrindo de lado. Quebrei os ovos na frigideira. 

-Minha mãe não pensa no que fala, sério, olha isso. Você deve ter ficado muito sem graça!. -Eu falei me concentrando nos ovos, colocando o bacon.

-Tudo bem, é eu fiquei bem sem graça. -Ele disse.

-Desculpa, sério. -Eu falei.

-Tá tudo bem, e eu respondi que não tinha rolado nada, só beijos. -Ele disse sorrindo timidamente.

-E o que ela te disse mais? -Perguntei, desviando do assunto de ontem a noite.

-Que era pra eu cuidar de você e te avisar que ela tinha ido mais cedo e sobre os ovos. -Ele disse, desliguei o fogo e sentei, o servindo.

-Obrigada pelos avisos. Se serve ai, minha mãe falou pra você ficar a vontade. -Eu falei, colocando suco de laranja no meu copo.

-Obrigada. -Ele disse sorrindo e fez o mesmo. Depois dos ovos, comi uns 3 morangos e terminei de tomar o suco. Justin só comeu o ovo. Levantei e fui pra sala. Liguei a TV, tinha tempo, eram 7:00. Justin veio logo atrás e sentou ao meu lado. Coloquei na Nick e ficamos assistindo.

-Vamos embora? -Perguntei quando eram 7:15.

-Claro. -Levantei e subi. Peguei meu celular e liguei pra Demi.

 

CELL ON

 

-Já foram?

-Não, tamos aqui ainda, já estamos saindo. 

-Vocês vem com a gente? 

-Hmmmmm.. a gente  HHAHAHA não!!

-Idiota, ok. Vocês que sabem. Cuida dos guri e até lá. 

-Tchau vaca, até.

 

CELL OFF

 

Joguei o celular na bolsa e Justin estava arrumando suas coisas.

-Obrigada. -Ele disse sentando na cama e sorrindo.

-Por? -Eu perguntei.

-Tudo. Por ter me deixado dormir com você, na sua cama, pela noite de ontem, por ter cantado pra mim. -Ele falou se levantando, aproximando de mim, contornou minha cintura com os braços e me olhou fixamente.

-Tá tudo bem. -Eu falei, meio que sussurrei na verdade. Ele se aproximou mais e roçou seus lábios nos meus. Sua língua pediu passagem e eu cedi. Não sei se é o certo a se fazer, mas... Eu quero.. Minhas mãos massageavam seus cabelos e ele segurava em minha cintura. Parei o beijo com vários selinhos e saímos do quarto. Justin carregava três mochilas. 

-Quer ajuda? -Perguntei.

-Não, tá tranquilo. -Ele disse. Chegamos no carro. Eu abri a porta de trás e ele colocou as mochilas dele. -Quer que eu dirija? -Ele disse fechando a porta.

-Não, eu gosto de dirigir. -Falei sentando no banco do motorista, ele deu a volta e sentou no do passageiro.

-Hmmmmm...Jamie sai comigo? -Ele falou assim que tirei o carro da garagem. SAIR COM ELE? CARA, EU NÃO LEMBRO DE TER DADO BEBIDA PRA ELE ONTEM!

-Sério? Tá me chamando para sair? -Eu perguntei.


Notas Finais


:B


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...