História Pretty Reckless - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 733
Palavras 1.773
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


"Sinto falta da sua pele bronzeada, seu doce sorriso,
Tão bons para mim, tão certos
E como você me segurou nos seus braços
Naquela noite de setembro
A primeira vez que você me viu chorar"
-Back to December, Taylor Swift

LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO LEIAM LÁ EM BAIXO

Capítulo 25 - Nós temos uma festa


-Jamie Coleen e Taylor Alison Swift!!!!! Levantem agora!!!!!!!!! -Minha mãe gritou me acordando, ela abriu as janelas e as cortinas.

-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH Mãe!!!! Já é meio dia pra madame estar me acordando? -Falei tapando o rosto com o travesseiro.

-Não, são 6:00! -TÁ BRINCANDO? MINHA MÃE ME ACORDOU 6 HORAS EM UM SÁBADO??????? -

-Tia, tá muito cedo!!!! Hoje é sábado!!! -Tay falou também.

-É mãe!!!!!

-Ow, vocês não vão dar festa hoje? Vamos vamos, tem um monte de coisa pra arrumar! -Ela falou nos lembrando da festa.

-Droga, eu esqueci disso! -Eu disse sentando na cama.

-Ah que saco! Eu esqueci completamente. -Tay falou sentando também.

-Vamos levantando, indo chamar o resto do povo que parece ter esquecido e arrumar essa casa. -Minha mãe disse.

-Ok! Vão ficar na festa? -Eu falei. Isso raramente acontece, geralmente, nossos pais se reunem e ficam em uma casa, conversando e dormem lá. E tudo na base de confiar em seus filhos, eles sabem o que fazemos, onde vamos e etc. E as vezes acham que iriam nos atrapalhar, não sei. Eles confiam na gente.

-Não, acho que na casa de Katy. -Ela falou. Levantei e fui no banheiro, lavei o rosto e fiz minhas necessidades. Fiz um coque alto com o meu cabelo e fui pro closet.

Me vesti assim e voltei pro quarto.

-Tem roupa minha no seu closet né? -Tay falou com um coque no cabelo também.

-Claro, você sabe. Vai lá pegar. -Falei, ela deu um sorriso bobo e foi pro closet. -Mãe, vocês encomendaram a comida e as bebidas?

-Sim, Mary fez isso na quinta-feira e uns garçons. -Ela disse organizando umas coisas no meu quarto.

-Oba, vai ter garçons dessa vez? -Eu falei, geralmente, só tinha garçons nos aniversários.

-Sim, acho melhor. E ficou barato. -Ela falou.

-Ok mamis, obrigada. Vai nos ajudar? -Pedi fazendo cara fofa :3

-Sim, todos nós. -Awwww que linda essa minha mãe.

-Awwwwnt mamãe, obrigada. -Eu falei dando um abraço nela. -Agora vou correr, tem muita coisa!

-Sim, vamos. Vamos Tay??! -Ela gritou. Meu celular tocou. Peguei e era Justin. Desliguei. -Ué filha, por que não atendeu?

-Aff, mãe, era o Justin. -Eu falei colocando o celular no bolso, Tay saiu do closet.

-Ah, é mesmo, mocinha. Chegou que horas ontem? -Ela disse com as mãos na cintura.

-1:30, 2:00 acho. -Falei arrumando minha cama.

-E porque não atendeu ele? Ele é ruim de cama e resolveu dar um gelo nele? -Ela disse me zombando, rindo. Eu e Taylor também rimos.

-Ahhhhh claro que não Nina!!!! Nunca fui pra cama com ele, como vou saber?! -Eu falei.

-HAHAHAHA, to brincando, mas vocês vieram pra cá? -Ela perguntou.

-Sim, vim mostrar a música nova da Taylor. Aí a gente acabou discutindo, depois te explico melhor. Vamos acordar os folgados! -Falei saindo do quarto.

-Ui, ela não quer me contar porque brigou com o namorado.. -Minha mãe disse rindo enquanto descíamos as escadas.

-Mãe, ele não é meu namorado! -Eu falei.

-Parece. -Ela disse de ombros. Entramos na casa do Caio. A gente tem a chave, é. Subi até o quarto dos pais deles, e eu e Taylor nos jogamos na cama.

-BOM DIA TITIOS! -Eu gritei. Eles acordaram com cara de assustados.

-AAAAh que susto meninas! -Tia Sonnia falou pondo a mão no coração. Nós levantamos, rindo.

-HAHAH, foi mal tia. -Tay falou.

-EEE tontas, vão logo chamar o Caio, eu falo com eles. -Minha mãe disse. Saímos e fomos pro quarto de Caio. Olhei pra Tay e corremos pra cama dele, pulando nela.

-Acorda! Acorda!!!! -Tay gritou.

-Aaaaah o que vocês tem na cabeça? -Ele perguntou sentando na cama, com a cara toda 'amassada'

-Nada. Vamos, temos que preparar a festa. Tay vai chamar a Demi, vou chamar a Katy. -Eu falei já descendo da cama.

-Espera. Que horas são? -Ele disse.

-6:20! -Eu falei e saí correndo. Ele gritou um "idiotas" lá de cima, saí e fui pra casa da Katy. Cheguei pulando na cama dela também.

-Acorda baleia!!!!! -Eu falei.

-Mano, porque você está me acordando em um sábado? A casa tá despencando? Tem um cara pelado procurando por mim? Ele é bonito? -Ela disse sonolenta.

-Nenhuma dessas suas alternativa idiotas. -Eu falei.

-Então o que? Justin te comeu e te largou e vai vim chorar pra mim? -Ela disse ironizando, rindo.

-haha muito engraçado! -Falei fingindo rir. -A festa!

-Aff, sério mesmo? Tem mesmo? -Ela disse.

-Aham, levanta véi! -Falei tirando a coberta dela.

-Que saco. -Ela levantou. -Me acordou 6:30 da manhã? É SÉRIO? -Ela disse arregalando os olhos.

-AHAHAHAHHAHA, te espero em casa!!!! -Gritei e saí correndo, indo pra casa. Cheguei lá, peguei meu cereal e fui pra sala, ver Bob Esponja. Meu celular toca de novo. Olhei pro visor e recusei a chamada. Era ele. Não estava afim de falar com ele. Caio entra na sala sem falar nada e deita no sofá.

-Pow, eu to com sono. -Ele falou.

-Você? Pior sou eu, cheguei 1:30 ontem. -Falei.

-Ahhh.. E aí? Como foi? -Ele disse sentando e pegando um pouco de cereal.

-Perfeito até eu parar de tocar o violão e a gente se pegar. -Eu falei.

-Vixe...Ele é tão ruim de cama assim? -Ele perguntou, meio sério, meio descontraído.

-Não, idiota! Eu não fiz nada com ele. Na verdade, quase. -Eu falei.

-Como assim? Me explica logo véi. -Ele falou com a boca cheia.

-Não implica com ele ok? -Eu falei e ele assentiu. -Vi uma camisinha escapar do bolso dele.

-FILHA DA PUTA. Ele tá querendo sexo, só isso, nada com você.

-Nossa, valeu por me insentivar, te amo. -Falei ironicamente.

-HAHAHAHAHAHA, o que aquele viado falou? -Ele perguntou.

-Nada, eu botei ele pra fora, sem deixar ele falar.

-Aaaah entendeu. Hmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm... Safada, você falou que quase né? -Ele disse com cara de malicioso.

-É, bom... Estávamos nas preliminares. -Eu falei.

-Aff, que idiota. Ele está te usando, parece, não sei direito. Mas os fatos levam a isso, a desejo sexual. -Ele falou.

-Ui, ele está se sentindo um psicólogo. -Eu falei rindo.

-HAHAHAHAH, idiota.

-É Caio, ele me fala um monte de coisa bonita, diz que está apaixonado por mim, canta. Mas véi, algumas atitudes dele, mostram totalmente o contrário.

-É man, sei lá, não consigo confiar nele.

-Nem eu. Pelo menos, por enquanto, não. -Falei e Demi entrou na sala.

-Eu quero dormir. -Ela disse vindo até nós.

-Mas não vai. -Caio falou.

-Ah que droga maaaan! -Ela falou.

-Tay, traz Red Bull aí, porque tá foda o negócio aqui! -Eu gritei.

-Falooou! -Ela gritou. Katy entrou na sala com um bico enorme.

-Cara, eu amo dormir. Porque eu não posso dormir? -Ela disse sentando.

-Porque você é a anfitriã de uma festa, tem que arruma-la. -Demi falou.

-Porque vocês não arrumam e eu durmo? -Ela disse.

-Porque a festa também é sua e a gente não trabalha pra você. -Caio falou.

-mimimimi. Chatos. -Ela falou e Taylor chegou com os Red Bulls.

-Toma. -Ela falou jogando as latas pra cada um. Abri e tomei.

-Vamos? Logo. -Eu falei levantando. A campainha tocou, saí correndo pra atender.

-O que deseja? -Eu disse abrindo a porta.

-Você. -Ah não. Justin.

-Tchau. -Falei fechando a porta, mas seu pé estava me impedindo. -Justin, vai embora.

-Me deixa falar com você, por favor. -Droga! Abri a porta.

-Não faça eu perder meu tempo. -Falei andando até a parte exterior da minha casa, onde tem a piscina. Sentei em uma cadeira e ele também.

-Desculpa por ontem... -Ele disse me olhando.

-Eu odeio. O D E I O, menino que me usa. Sinceramente, pra que saiu comigo? -Eu falei brava.

-Hey, eu não estou te usando. Eu gosto de você, você sabe disso. -Ele falou.

-Não, não sei disso. E você não respondeu minha pergunta. -Falei.

-Porque eu gosto de você, queria passear com você, te fazer feliz, ir no cinema, te divertir. -Ele disse.

-Mentira!

-É verdade!

-Então porque não me levou direto pro motel, se era daquele jeito que você queria passear. -Eu falei me "deitando" na cadeira.

-Eu trouxe sim aquela camisinha. -Fiz uma cara de "OH SÉRIO?" -Mas não fui eu que a coloquei no meu bolso, foi minha mãe.

-Aham, to acreditando sim. -Ah que história de mãe o que. -Justin, assume, você está me usando, só está me querendo sexualmente. Fala!

-Aff Jamie, para de pensar assim, mano! -Ele disse estressado e levantou. -Eu gosto de você, de verdade. Claro que tenho desejos sobre você, sou homem. Só que eu te quero do meu lado, como minha namorada! Foi minha mãe. Sério. -Ele disse e se sentou.

-Não Justin, não tem como eu acreditar, cara! É melhor você admitr que foi você! Não minta pra mim. -Falei estourada, levantando.

-Que porra Jamie!! Caralho, pra mim chega! Não quer acreditar em mim, não acredita! Você é uma idiota! Eu estou falando a verdade, não é mentira, mas se a metida a besta quer acreditar que é mentira, acredita! Vai se fuder, tá legal? -Ele disse levantando também. Que idiota, quem ele acha que é?

-Ow, você está na minha casa, minha propriedade, não tem direito de gritar comigo! E vai você se fuder, idiota. Eu te odeio! Sai da minha casa agora. E você não é louco de entrar aqui nem hoje a noite nem nunca. -Gritei também.

-Eu já vou embora, não quero ficar aqui olhando pra você. -Ele disse me virando as costas.

-Idiota! -Eu gritei. Voltei pra dentro de casa e acabei de tomar o Red Bull. -Afffffffffff, veio falar que foi a mãe dele que colocou a camisinha no bolso da calça dele. -Falei entrando na sala.

-Sério que ele falou isso? HAHAHAHAH. -Caio disse rindo.

-É man, louco, acha que eu iria acreditar. -Falei.

-Putz, HAHAHAHAH, que tenso véi sério. -Katy falou.

-Povo vamos arrumar essa casa vai! -Falei levantando. Coloquei um pen drive com nossas músicas perferidas e subi pro meu quarto, arrumei ele todo, a cama, as roupas espalhadas, coloquei uns puffes para fora do quarto e sai dele. Fui até um dos quartos de visita, tranquei o armário.

-CAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAIO! -Gritei. -SOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOBE AQUI!!!!

-Oi. -Ele disse quando chegou.

-Tem camisinhas aí com você? -Falei trocando a roupa da cama.

-Não, por que teria? É de manhã. -Ele falou.

-Vai buscar na sua casa. -Eu falei e ele foi. A gente costuma deixar os quartos de visitas abertos para, acontecer coisas, melhor dizendo. Fui até o outro quarto, tranquei o armário e voltei pro outro quarto, Caio subiu e me entregou as camisinhas.  Coloquei em cima do criado mudo e dentro da gaveta, fiz o mesmo no outro quarto.


Notas Finais


oioioi, posto o prox capítulo daqui a pouco. Mas preciso de uma opinião: os capítulos da festa deram 3 ou 4, porque eu dei muito detalhes. vocês acham melhor eu diminuir os capítulos os deixar como está?
por favor opinem :333
obrigada pelos coments <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...