História Pretty Reckless - Capítulo 38


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 684
Palavras 2.263
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


"E me desculpe
Se eu te afastei
Porque eu preciso de você aqui
E eu quero que você saiba"
-All I Want is You, Justin Bieber

Capítulo 38 - Baseball


-Oi chatinho. -Falei pra Caio, sorrindo.

-Justin Bieber? -Caio falou me ignorando.

-Hm? -Justin falou de costas pra ele ainda.

-Olha aqui, carai. -Justin me olhou, virou-se para Caio e voltou a me olhar. -Transou mesmo com minha irmã?

-Caio, não seja indiscreto. O que a Demi te falou? -Falei impedindo Justin de falar HAHAHAHAHAHAHAHAHA

-Mano, esteja no vestiário em 2 minutos. -Caio falou pra Justin

-Mas.. -Justin falou e Caio o cortou:

-Mas nada! Dois minutos, entendeu? -Caio falou.

-Caio, é sério! -Justin falou e Caio desceu as arquibancadas. -Eu vou te matar. -Ele falou virando pra mim.

-Awn bebê... -Falei sorrindo sapeca.

-Você tá fudida, garota, vai se ver comigo. -Ele falou descendo as arquibancadas, seguindo Caio. Comecei a rir e fiquei entre Chaz e Ryan, me escorando neles.

 

Justin ON

 

Maaaaaaaaaaaaaaaaaaaano, eu não quero apanhar! Do Caio e nem do time todo. E agora poooooooooooooorra? Sai correndo Justin! Não, vai ser pior! Ahhhhhhhhhhhhhhhhh

vadia desgraçada idiota estupida! Jamie Coleen você me paga. Entrei no vestiário e todos me olharam.

-O que foi? Vão todos me bater porque eu comi a Jamie? -Falei entrando na dança, mas rindo, me fudendo de vez.

-HAHAHAHA, não vamos te bater, eu acho...-John falou.

-Quem sabe... E ele tá se trocando lá atrás, não repita a palavra "comi a Jamie" na frente dele, é melhor cara. -Finn falou.

-USHIDIUAHS, ok. É zueira. Só não quero apanhar. -Falei relaxando um pouco.

-Se liga no jogo. -Caio falou entrando com Josh ali. Ele me jogou uma mochila.

-O que é isso? -Falei observando a mochila.

-Seu preço por transar com a minha Jamie. -Josh falou se aproximando de mim. ESPERA, ELE DISSE M-I-N-H-A Jamie??????????????????????????

-SUA? CALA A BOCA ANTES DE FALAR DA MINHA GAROTA! -Falei me aproximando mais desse folgado. -SUA O CARALHO! -Gritei.

-Vai pra puta que o pariu, viado! -Ele gritou também. -Não tá aqui nem há um mês e já chega causando, tumultuando e roubando mina dos outros.

-Como eu vou roubar de alguém se nunca o pertenceu, hein filha da puta. Cala a boca, você não sabe de nada! -Falei quase voando no pescoço dele.

-Ei, menos. -Caio falou entrando no meio de nós dois. -Josh, você sabe que ela não é sua. Ele é meu cunhado agora, mesmo tendo transado com a minha irmã ou não, tem que  ser respeitado, como todos somos. -Caio falou, pela primeira vez, me protegendo. O silêncio ficou pairado naquele vestiário, até Caio o cortar. -Justin, se troca, vai jogar com a gente.

-Mano, eu e sua irmã não tivemos nada. -Falei, quem sabe ele acredita. O vestiário todo riu.

-Acredito mesmo. -Caio falou rindo também.

-Maaaaan, é sério! -Falei.

-Tá, Justin, HAHAHHA, vai se trocar carai. -Caio falou rindo. Se eu discutir vou apanhar, então né, vou me trocar. Eu não sei jogar direito, é bom que eles saibam. Me troquei, vei, eu fico estranho com essa roupinha feia do caramba! Affe. Sai de lá e olhei para eles, idiotas.

-HAHAHAHAHAHA, tá gostoso hein! -Caio falou me zuando. Man, eu sou magrelo, meus braços são metade dos deles!

-Vai se fuder mano! Olha isso... -Falei me rejeitando. -Pelo menos terei um casaco? -Falei brincando.

-HAHAHAHAHAHA, provavelmente não, vem. -Caio falou e saimos todos do vestiário. O povo do outro colégio já tinha chegado, que vergonha. Jamie me olhou e começou a rir. Ela veio pulando as arquibancadas, até a grade.

-HAUHSIHDIHSAIDHAISDHIAHSDAIUSHDIAHSIDUAHS não estou acreditando! -Ela falou rindo.

-Culpa sua. -Falei.

-HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, desculpinha. -Ela falou sapeca e começou a subir novamente. -Ah! -Ela falou se virando. -Você está lindo HASIUHDAIUSH.

-Boba. -Falei sorrindo e fui até Caio.

-Ela boa né? -Caio falou rindo de lado.

-O que? -Perguntei meio confuso.

-Ela é minha irmã, mas aquele corpo, não tem como ser ruim. -Ele falou piscando. Entendi o que ele está falando '-' É. Ele deve ter razão...

-Véi, a gente não transou, sério, na verdade, a gente só se divertiu um pouquinho mas não rolou nada de sexo! -Eu falei, quem sabe ele me deixava sair.

-Man, pode falar vai cara. -Caio falou se escorando em mim.

-É verdade. Eu estava afim e tal, mas ela achou melhor não, fugiu um pouco. -Falei.

-Ai carai, ela é safada, já te viu pelado que eu sei, estão namorando, não pega nada ué, fala véi. -Caio falou.. Ah MEU DEUS, ELA FALOU DO OCORRIDO...

-Olha, ela me viu pelado por acaso, não foi de propósito! -Falei.

-UASHDAISHD, ela me parecia ter gostado do que viu. -Ele falou piscando novamente. Licença, quem não gosta do Jerry?

-Ai carai... -Falei tentando encerrar o assunto.

-Ta bom, eu nem vou implicar se isso acontecer, só estou te zoando mesmo. -Ele falou.

-Então posso fuder ela? -Falei brincando e ele me olhou sério. -ISUDHAIUHSDIAHSD to brincando cara! Não uso esses termos, sério. -Falei.

-É bom mesmo! Ela não é um objeto. -Ele falou.

-Estou zoando, eu não trato mulheres feito objetos, tenho sei lá, nojo.. -Falei.

-É bom mesmo... -Caio falou e fomos para perto dos outros caras.

-Seguinte, Justin, você rebate. Pessoal, posição normal. -Josh falou. O treinador veio até mim.

-Fazendo o que aqui, garoto? -Ele falou.

-Ele está fazendo um teste, relaxa Rain. -Caio falou.

-Hmm.. Ok então.. -O cara falou e apitou. Todos foram para seus lugares. É, eu também.

-Justin! -Caio falou vindo em minha direção me dando o taco. -Veí, não sou do seu time, mas joga bem, e tenha força, vamos ver se você me faz correr. IAUSHDAI

-Falou cara. -Falei pegando o taco. Girei ele pela mão e me posicionei. As arquibancadas estavam cheias, todo mundo gritando. Um apito foi dado e Caio arremessou a bola, mas não deu para eu rebater, ela veio torta. Segunda jogada, vai Justin, concentra. O apito foi dado e Caio arremessou novamente. Girei o taco pra trás e acertei em cheio a bola, pisquei e larguei o taco no chão, sai correndo, quase caindo. Passei pela primeira base, a segunda, corre caralho, a bola ta longe. TERCEIRA BASE e vi Caio arremessar a bola, fortemente para Josh, corri mais e me joguei na ultima base. Não vi nada por conta da poeira, só um peso em minha perna. O treinador veio e eu permaneci intacto.

-Tá salvo. -Ele gritou. aeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

eeeeeeeeeeeeeeeeer caralho! Levantei todo sujo, minha perna doendo e o cotovelo também. Droga.

-Wow, corre pra caralho hein! -Caio veio me cumprimentar.

-AIUSDH, valeu, só me fudi todo..

 

Justin OFF

 

UHASIDHAISHDAISHDAIUSDHASIDUAHSUDIASHDAISDUH a cena do Justin entrando naquele campo foi a melhor coisa que eu já vi. Ele tava engraçado e lindo, ao mesmo tempo.  Assim que o jogo acabou, todos os garotos foram para o vestiário.

-Heeeeeey, cade o Caio?????????????????? -Tay gritou, lembrando do nosso épico ritual.

-Calma, vou lá chamar ele. -Falei descendo as arquibancadas que começavam a esvaziar. Fui disfarçadamente, olhei para os lados e entrei no vestiário. Todos estavam sem camisa, menos Caio.

-Opa, chegou.. -Finn falou fazendo todos rirem.

-Ha ha. -Fingi rir. -Ow, aonde você pensa que vai? -Perguntei olhando pra Caio, indo tirar a blusa.

-Elas querem é? -Caio falou entendendo.

-A única compromissada lá, sou eu. IUAHDSUIA. -Falei sorrindo e os meninos fizeram um coro de "ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhh" no vestiário.

-Ai caralho viu. -Ele falou saindo. Todos os meninos foram tomar seu banho.

-Ei? -Justin falou quando me sentei no banco, no centro do vestiário.

-Ahn? -Falei.

-Vai falar com o seu namorado não? Estou todo machucado.. -Ele falou fazendo bico.

-HAHAHA, vou falar com o meu namorado sem suor. -Falei rindo.

-Chata. Vem tomar banho comigo então! -Ele falou.

-AIUSHD, não. -Falei sorrindo.

-Ta bom, ta bom.. -Ele disse me dando as costas e indo pra cabine. Me deitei no banco e fiquei cantarolando.

-Estou cheio de grama, que saco. -Caio falou entrando no vestiário. -Cade seu mino?

-Bem feito. -Falei rindo. -No banho.

-Vai lá com ele. -Ele falou tirando a calça.

-Me respeita ow! E põe essa calça! -Falei pra ele, só de cueca box.

-Man, fica quieta, você já me viu quantas vezes assim? -Ele perguntou arqueando as sobrancelhas.

-Hmmmmmmmmmmmm, desde que você tinha uns 7 centimetros de pinto HAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHHAHAHAAH. -Falei rindo e o zuando.

-Nooooooooss, idiota! Cala a boca vai. -Ele falou tacando a blusa suada em mim.

-Que nojo! -Falei tacando de volta. Tay, Demi e Katy entraram no vestiário.

-Ai que vontade de tomar um banho. -Katy falou. IASUDHIAHDIASHD os meninos começaram a abrir as portas e chama-la. Ela só ria. -Justin, porque você não abriu a porta também? -Katy falou eu a olhei.

-Porque é com a sua irmã que eu quero tomar banho, Katy. -Justin falou. Sorri pra Katy, debochando.

-Opa, to indo. -Demi falou andando.

-Você não Deeeeeeeeeeeeeeemi, a outra irmã. -Justin falou rindo. Encarei Demi.

-Calma aí, Justin, deixa eu só tirar a roupa. -Taylor falou. VADIAS!!!!!!!!!!!!!

-Vão pra puta que o pariu, vacas. -Falei.

-Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao Taylor! A outra, gostosa, linda, minha, seduzente, com peitos e coxas fartas, delicia, minha, dos cabelos castanhos, olhos castanhos também, boca perfeita, sorriso perfeito, ela é perfeita, minha. -Ele falou e eu sorri.

-Tá em falta essa daí. -Katy falou rindo.

-Ha ha. -Falei. -Que graça Katheryn. -Fui até a porta da cabine. -Amor?

-Oi meu anjo. -Ele falou.

-Está acabando, bebê? -Falei.

-Estou amor. -Ele falou e voltei a sentar no banco.

-Ai amor, ai meu anjo, ai bebê. -Ryan chegou no vestiário, me imitando, quer dizer tentando.

-USIHDIAUHDIU, que casal meloso.

-Vai tomar no cú, solteiro. -Falei sorrindo.

-Mimimi. -Ele falou e se sentou conosco. -Tá apertadinho hein. -Ele falou se espremendo.

-Tem razão, vaza Ryan!- Katy falou o empurrando.

-IAUSHDAUI, tchau Ryanzito. -Demi falou o empurrando também. Olhei pra Tay e começamos a empurra-lo, até que ele caiu.

-HAHAHAHAHAHA, otário! HAHAHAHAHA. -Ficamos rindo.

-O que está acontecendo aqui? -Ed falou entrando onde estávamos.

-Nada, ele escorregou, vem Ryanzinho. -Tay falou fazendo biquinho e rindo.

-Acabei. -Justin falou abrindo a porta da cabine e mancando até um armário.

-Ow, meu canadense, machucou muito? -Falei indo até ele.

-Mais ou menos, só está doendo. -Ele falou sorrindo de lado e colocando a camisa, já estava de shorts.

-Vem cá. -Falei esticando a mão e levando ele pro banco. -Sai, sai, sai. -Falei para as meninas.

-Não, véi. -Demi falou.

-Vadias. -Falei puxando Justin, o levando até a porta. -Fica de olho, sai primeiro e vê se não tem ninguém. Já volto. -Falei indo até o armário de Caio e pegando uma caixinha de primeiros socorros. -Justin, posso? -Falei na porta.

-Pode, vem vem. -Ele falou e eu sai. Fomos de mão dadas até a arquibancada e pedi pra ele deitar.

-Vai fazer o que? -Ele perguntou.

-Deita logo. -Falei e ele deitou. -Aonde está doendo, amor? -Perguntei.

-Na canela, no joelho, um pouco no cotovelo e minhas costas. -Ele falou fazendo bico.

-Aiiiii tadinho do meu bebê. -Falei.

-Culpa sua, e não pense que vai se safar. -Ele falou.

-HAHAHAHA, tá. -Falei debochando e abrindo a caixa. Levantei seu shorts e seu joelho estava ralado, sangrava um pouco. -Vish.

-Que foi? Não vai ter que operar, vai? -Ele falou preocupado.

-IAUHDIAHSDIAHSDIUAHSD, larga de ser estúpido, Justin! -Falei. -É só antiséptico e se quiser, um band-aid.

-Band-aid é pra viadinho, amor! -Ele falou.

-HAHAHA, tem certeza? -Falei espirrando o anti-séptico rapidamente em seu joelho.

-AAAAAAAAAAAAAAAAAI CARALHO, AAAAAAAAAAAAAAAAI TÁ ARDENDO POOOOOOOOOOOOORRA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! -Ele gritou se sentando.

-Ei, ei, calma amor. -Falei rindo e o fazendo deitar.

-Mano, doeu sabia? -Ele falou bravinho.

-HAHAHAHA, eu sei mas se eu falasse que iria arder, você não iria deixar. -Falei assoprando seu joelho.

-Está doendo! -Ele resmungou.

-Menos, menos... -Falei pegando em seu braço. -Vou espirrar. -Falei mostrando o antiséptico.

-Não!!!!!! Vai doer!!!!! -Ele gritou fazendo careta.

-Ok, ok. -Falei e me aproximei dele, sentando ao lado dele. Peguei em seu queixo e o puxei pra mim. Ele se apoiou em um braço e me beijou. Espirrei rapidamente o antisséptico em seu cotovelo e ele parou de me beijar e gritou.

-AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAh você me enganou!!!!!!!!!! Idiota!!!!!!!!!!!!! -Ele berrou.

-Aiiiii menino, não grita no meu ouvido, porra! -Falei.

-Mano, isso doi velho! -Ele falou bravo.

-Grr, cala a boca Justin. -Falei. -Senta agora, vou fazer uma massagem nas suas costas.

-Vai arder também? -Ele falou bobo.

-Claro. -Falei me sentando ao redor dele. Comecei a fazer a massagem em suas costas, relaxando seus músculos. Fiquei dez minutos. Meus braços já doiam.

-Pronto, amor. -Falei saindo de trás dele e me sentando.

-Obrigada amor, está bem melhor. -Ele falou fazendo carinho em minha bochecha. Sorri e nos aproximamos, estávamos a centimetros, já sentia sua respiração tranquila e doce perto de mim. Nossas testas estavam coladas.

-HEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEY. -Demi gritou atrapalhando-nos.

-Muito obrigada por estragar nosso momento, Demi do glitter, muito obrigada viu! -Justin falou.

-Ahn? Demi do glitter? Sou eu essa? -Ela falou sentando no meio de mim e Justin.

-Man, tá de brincadeira né? Vaca gorda. -Falei indo para o outro lado de Justin.

-É Demi, quando cheguei aqui, os meninos me disseram que você gostava de glitter ai na minha mente eu te chamava de Demi do glitter. -Jus falou dando de ombros.

-Pensava muito em mim? -Demi falou.

-Ai caralho viu, Justin vem. -Falei o puxando.

-HAHAHAHA, que chata. -Ele falou.

-Vadia mesmo. -Falei.

-Vamos fazer o que hoje? -Ele falou mudando de assunto.

-Hmmmm... -Falei sorrindo. -Eu não sei.

-AHAHAHAH, quer ir lá pra casa? -Ele falou.

-Fazer o que? -Falei.

-Lá eu te mostro.. -Ele falou sorrindo safado.

-Justin! -Falei.

-HAHAHAHAHA, está vendo, você quer. -Ele falou sentando na arquibancada, já bem longe de Demi.

-Quero o que? -Falei.


Notas Finais


consegui postar hj o/
boa noite as melhores leitoras do mundo, vcs são lindas demais *u*
fiquem bem :33
até amanha o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...