História Pretty Reckless - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 677
Palavras 2.975
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


**INFORMAÇÕES IMPORTANTES NAS NOTAS FINAIS**
"Você não está tentando ser perfeito
Ninguém é perfeito, mas você é, para mim
É como você tira meu fôlego
Preencha as palavras que eu não digo
Desejo de alguma forma, eu poderia dizer-lhes agora"
-Beautiful, Carly Rae Jepsen featuring Justin Bieber.

Capítulo 43 - Cassie?


-Se troca rápido vai. -Falei sentando em sua cama.

-Ta bom bebê. -Ele falou me dando um selinho. Ele tomou banho e eu fiquei fuçando em seu notebook, vendo suas fotos. Tinham fotos dele pequeno com a Pattie, algumas com um homem, que julgo ser o pai dele. Outras dele já maior com uma criança pequeninha, a abraçando. E poucas com uma garota da mesma idade que ele, parece, acho que sua ex né.

-Hey curiosa! -Ele falou me dando um beijo no pescoço, me assustando.

-Só estava vendo, foi mal. -Falei.

-Não, pode olhar, tudo bem. -Ele falou.

-Hmm.. Essa é a Jazmyn? -Falei mostrando a foto dele com a criança.

-É sim, mas agora ela está bem maior. -Justin falou encostando seu peito nu em mim. A temperatura de seu corpo é tão gostosa em contraste com o meu corpo. Por favor!

-Ela era linda. -Falei.

-Está muito mais agora. -Ele falou. -Semana que vem você conhecerá ela. -Ele falou.

-Awn amor. -Falei deixando o notebook onde peguei. -Seu pai era esse das fotos? -Falei.

-Sim. -Ele falou.

-Ele é... Bonito. -Falei.

-Ah é? -Ele falou com uma pontinha de ciúmes.

-É, já sei da onde que saiu um ser como você. -Falei indo pra perto dele, ainda de toalha... Lento.

-Boba. -Ele falou segurando em minha cintura. Segurei em seu cabelo e o beijei. Passei minhas mãos por suas costas e ele apertou um pouco minha cintura. -Posso me trocar ou vai ficar me seduzindo? -Ele falou rindo.

-Vai logo, você é bem lento. -Falei.

-Ain chata! -Ele falou começando a se trocar. Colocou a cueca por debaixo da toalha e a tirou.

-Hmmmm... Que sexy. -Provoquei-o.

-Para! -Ele falou colocando a mão em sua bunda. IAUSDHAIUSDH. -Para de ficar olhando pra minha bunda! -Ele falou se virando pra mim.

-Isso, essa visão é melhor. -Falei mordendo os lábios inferiores e ele ficou vermelho, se virando novamente. Ai tadinho.

-PAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARA AMOR! -Ele falou envergonhado.

-Ta bom, ta bom. Eu parei. -Falei. Ele se trocou e ficou na frente do espelho, arrumando seu cabelo. -Justin, já faz 5 minutos que você fica arrumando seu cabelo. -Falei

-Para de ser chata, eu gosto dele. -Ele falou ainda arrumando..

-Justin, vamos embora? -Falei me levantando.

-Calma, meu cabelo é rebelde! -Ele falou arrumando uns fios de cabelo.

-Você é gay! -Falei rindo da situação.

-Eu vou te mostrar o gay! -Ele falou me agarrando.

-Pode admitir, eu não conto pra ninguém. -Falei.

-Tonta. -Ele falou antes de me beijar com muuuuuuuuito fogo. -Ainda sou gay? -Ele perguntou mordendo meu lábio.

-É. -Eu falei me soltando dele e correndo para seu carro, sentando no banco do motorista. Ele veio atrás e abriu a porta do passageiro e se jogou em mim. -AAAAh! -Gritei.

-Quietinha. -Ele falou tirando sua blusa e me pressionando.

-O que você está fazendo? -Perguntei.

-Te mostrando quem é o gay. -Ele disse pegando a chave e trancando as portas e subindo os vidros. O carro de Pattie não estava na garagem.

-Justin! -O adverti. Ele me beijou e eu correspondi, não consigo mesmo manter a "classe" com ele. Senti o banco abaixar e ele parou o beijo, tirando minha blusa. Ele sorriu maliciosamente e tirou meu sutiã. Apenas olhou meus seios e me beijou. Eu, coloquei minhas pernas em sua cintura e tirei os tênis com os pés. O pressionei mais e ele rapidamente tirou meu shorts e sua calça também, jogando ambas no banco de trás. Paramos o beijo e ele tirou minha calcinha e eu sua cueca. Ele sorriu e pegou uma camisinha dentro do bolso da calça. Ele a vestiu e voltou a me beijar, logo senti seu membro me penetrar. Sexo no carro, Oh Godness! 

Comecei a gemer baixo por entre o beijo. Justin aumentava as entocadas enquanto percorria sua mão pelo meu corpo todo. Minha perna estava entrelaçada em sua cintura e minhas unhas arranhavam suas costas.

-Quem é o gay? -Ele falou parando o beijo.

-Você. -Falei entre gemidos, provocando-o. Ele deu uma entocada mais forte e eu revirei os olhos.

-Quem é o gay, Jay? -Ele falou rouco.

-Não sei. -Falei gemendo.

-Sou gay? -Ele falou continuando com as entocadas.

-Nunca. -Disse ofegante. Ele sorriu vitorioso e continuou a me penetrar. Ambos gemiamos. Senti ele amolecer dentro de mim e uma onda de prazer me invadir. Justin tirou seu membro de dentro de mim e deitou no outro banco, ofegante. Ele estendeu sua mão e a peguei, entrelaçando nossos dedos.

-UAU. -Ele falou recuperando a respiração.

-Selvagem. -Falei me sentando no banco.

-Seu corpo é tão lindo, cara! Olha pra isso! -Ele falou se sentando em cima de mim.

-Para Jus! -Falei envergonhada.

-Perfeita. -Ele sussurrou em meu ouvido. -Temos mesmo que ir pra escola? -Ele falou me lembrando da tortura.

-Claro que sim! Pega minha roupa. -Falei e ele pegou as minhas e as roupas dele. Nos trocamos rapidamente e fui para o banco do passageiro, para Justin poder dirigir.

-Preciso te dizer que eu adoro transar com você? -Ele falou tirando o carro da garagem.

-Se não gostasse, ai sim era gay. -Falei colocando o cinto. Ele riu e rapidamente chegamos na escola, assim que descemos do carro o sinal bateu. Fomos correndo e conseguimos alcançar o povo.

-Chegaram tarde. Aonde estavam? -Tay cochichou pra mim.

-Transando no carro. -Cochichei pra ela. -SHHHHIU.

-É sério? -Ela cochichou.

-Sério. -Cochichei sorrindo.

-Que safada! -Tay cochichou e entramos na sala, indo para os nossos lugares.

Eu já disse que odeio aula de biologia? Pois é, odeio! Depois tivemos matemática, eu sei a matéria, o que tornou mais fácil ficar na sala. Na hora do intervalo, fomos para a cantina, comer alguma coisa e depois, apenas eu e Justin, fomos para a parte do colégio que eu amo mesmo, a clareira com a grande árvore. Ficamos deitados pelo meio das flores, nos olhando e conversando sobre coisas sem sentido, que apenas nos faziam rir. Ele é tão doce.. como eu pude rejeita-lo por tanto tempo?  Insegurança? Pode ser... O sinal bateu e nem eu nem ele queríamos entrar para a sala. Mas quando descobrimos esse local, a diretoria quis mostrar para todo o colégio. Imploramos que não, mas eles alegaram que nos poderíamos matar aula aqui, então, fizemos um acordo: sem outros alunos, com câmeras. E assim, ficaria muito fácil levar uma suspensão. Contei ao Justin isso e fomos para a sala. Todos já estavam na sala, menos nós e a professora. As aulas passaram rapidamente, almoçamos e assistimos as últimas aulas.

-Se comporte no treino. -Falei no estacionamento, dando um beijinho no nariz de Justin.

-Pode deixar. Depois passo na sua casa. -Ele falou retribuindo o beijo.

-Não leve ninguém para o seu carro. -Falei sorrindo maliciosa.

-AUSHDIAU, ta bom amor, não vou. -Ele disse sorrindo também. Nos despedimos e fui com as meninas para a casa de Katy. Não tínhamos absolutamente nada para fazer, então decidimos ir para a piscina e ficar um pouco lá. Taylor acabou dormindo e... Acordou com o rosto cheio de creme para barbear AHAHHAHAHAHAHAHHAHAHAH MÁS. Eram 9h horas da noite quando fui pra casa, e o carro do Justin estava na garagem awwwwn deixei meu bebê esperando. Entrei em casa e vi ele e minha mãe jantando.

-Ei, nem me esperaram! -Falei sentando no colo do Justin.

-Você que não veio. -Minha mãe falou. -Sai de cima dele, ele tá comendo. -Ela falou.

-Para de chatisse mãe, não estou atrapalhando. -Falei. -Estou Justin?

-Está! -Ele falou e ambos riram.

-HAHA. Muito engraçado. -Falei fingindo rir e sentando na cadeira ao lado dele.

-Estou brincando com você, não estava me atrapalhando. -Ele disse e eu mostrei a língua.

-Vai jantar? -Minha mãe perguntou.

-Não, já jantei na tia. -Falei. -Vou arrumar meu quarto. -Falei subindo correndo. Arrumei tudo e Justin entrou no quarto, me assustando, me abraçando por trás.

-Me assustou. -Falei me virando pra ele.

-Desculpa, não foi a intenção. -Ele falou com a voz rouca. Sexy... -Vamos dormir? -Ele falou se deitando, tirando a blusa.

-Nem banho o senhor vai tomar? -Falei indo para o banheiro e tirando a maquiagem.

-Eu tomei banho em casa e aproveitei e peguei umas roupas para deixar aqui, pode? -Ele falou indo para o banheiro com sua escova na mão.

-Não. -Falei.

-Porque? -Ele falou sério, arregalando os olhos.

-Mentira né amor. Acha que eu não pode tonto!? -Falei.

-Ai chata, me assustou até. -Ele falou e o beijei, mesmo com ele escovando os dentes. Sou retardada mesmo e dai? Mas não engoli a espuma, lógico IUDIAUSHD. -Porquinha. -Ele falou depois de fazer bochecho. Ri fraco. Saímos do banheiro e depois nos deitamos.

-Aonde estão suas roupas, amor? -Falei sentando.

-Na minha mochila. -Ele falou apontando pra ela. Fui até ela e peguei as roupas, para coloca-las no meu closet. Arrumei suas roupas e voltei para o seu lado, mas ele já estava dormindo. Coloquei o lençol sobre nós, apaguei a luz e dei um beijo em sua testa, desejando-lhe boa noite.

 

[...]

 

Acordei com Justin agarrado em mim, respirando suavemente. Sorri e levantei.

-Amor, acorda! -Falei, ele nem se moveu. Claro. Fui para o banheiro, tomei meu banho, me enxuguei e pendurei a toalha ali mesmo. Sai do banheiro nua.

-Nossa como esse dia começou bem. -Ouvi Justin falar. Ele estava do jeito mais sexy possível: O lençol cobrindo sua cintura pra baixo, seu tanquinho a mostra, seus olhos mel calmos e lindos, seu cabelo completamente bagunçado, um sorriso safado no rosto e uma voz roucamente sexy. Tem homem mais sexy? Não.

-Bobo. -Falei indo para o closet. Ele levantou e veio atrás de mim.

-Como consegue me deixar exitado as 6h da manhã? -Ele falou enquanto eu me vestia.

-A culpa é minha agora? -Falei brincando.

-É, a gostosura é sua! -Ele falou sorrindo. -Tudo bem que o dono dela sou eu, mas a culpa é sua. -Ele falou me fazendo rir.

-Ai ai... Vai tomar banho? -Falei já colocando o casaco.

-Vou. -Ele falou saindo do closet. -Me ajuda a me ensaboar? -Ele falou quando eu sai do closet também.

-Não. -Falei sapeca, terminando de me arrumar.

-Chata! -Ele falou e foi tomar banho. Arrumei a cama e o que precisava e desci. Minha mãe já estava lá, arrumando o café.

-Bom dia mãe. -Falei.

-Bom dia, fiz pão de queijo. -Ela falou.

-VOCÊ FEZ? -Perguntei surpresa, minha mãe cozinha muito bem mas não acho que ela levantaria mais cedo pra fezer pão de queijo.

-Não, coloquei pra assar, né Jamie! -Ela falou colocando a assadeira na mesa.

-IASUDHAUI, ah tá. -Falei sentando e pegando um. Peguei o suco e me servi também. Justin chegou e cumprimentou minha mãe. Sentou do meu lado e cochichou:

-Amor, o que é isso? -Ele estava falando do pão de queijo.

-HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA. -Ri. -É pão de queijo. -Falei.

-Pão com queijo, amor? Tem certeza? Não parece. -Ele falou pegando um e colocando no prato, para não queimar o dedo.

-HAHAHA, não amor! Pão DE queijo. -Falei pausadamente. -É brasileiro também. -Falei.

-Ahhh bom, por isso que eu não conheço. Parece brigadeiro? -Ele falou ainda se enrolando com o "BRIGADEIRO".

-HAHAHAHAHAHAH, não amor, não tem nada a ver. -Falei rindo. -Come. -Ele olhou pro pão de queijo, pegou e mordeu. Eu comi normalmente e ele, depois de sorrir, falou:

-Amei. -Ele falou dando outra mordida. -Muito bom!

-HAHAHA, gordinho. -Falei apertando suas bochechas. Ele sorriu e continuou a comer. Minha mãe riu também e acabamos de comer. Nos despedimos dela e fomos pra escola no carro dele. Fomos conversando pelo caminho até a escola e dessa vez, chegamos em um horário bom. Entramos na sala, o sinal bateu e todos entraram, Justin foi pra seu lugar, assim que viu a professora entrar.

-Bom dia classe. -A professora de ed. Física falou e fizemos um coro com "bom dia". -Bom, vou apresentar pra vocês nosso novo aluno.

-OW, professora, o Justin não é tão novo assim! -Ed gritou fazendo nos rir.

-Sr. Ed, não estou falando sobre o senhor Bieber. Pessoal, esse é Chace. -Ela falou apontando para a porta, da onde entrou um menino, garoto, muito muito muito lindo, fala sério, olha pra isso. NÃO NÃO OLHA! JAMIE VOCÊ TEM NAMORADO! Nesse instante, peguei meu celular e comecei a fuçar, fingindo que não vi um deus grego entrando na minha sala. -Ele não é daqui, é do 3ºC mas o apresentei porque é sempre bom fazer novas amizades. -Ouvi a professora falar. -E Jamie? -Ela falou e eu a olhei, escondendo o celular.

-Sim. -Falei.

-Poderia fazer um tour com Chace? -Ela falou e o garoto me olhou. Mas não foram apenas eles, e sim a sala toda!

-Tá legal. -Falei levantando. DROGADROGADROGADROGA OLHA PRO JUSTIN! NÃO OLHA! OLHA! NÃO OLHA. Olhei e ele estava me encarando. Fui pra porta e abri. O guri saiu e eu também.

Fomos caminhando pelo corredor.

-Bom, meu nome é Jamie, faz bastante tempo que estudo aqui, deve ser por isso que a professora me pediu isso. Seja bem vindo ao Middle Way High School.. -Falei.

-HAHA, prazer. Eu sou Chace Henrie e vim de Los Angeles para cá, minha mãe teve que se mudar por causa do trabalho, claro. -Ele falou. A sala saiu e passou por nós.

-Bom, depois de apresentar a escola pra você, te apresento o pessoal. -Falei.

-Ok. -Ele falou e fomos andando. Senti alguém me puxar. DEMI.

-Porque eu não tenho tanta sorte igual você? -Ela falou.

-Fica no meu lugar então. -Falei.

-Srta. Lovato? Não vai se trocar? -A professora falou para ela.

-Já estou indo. -Demi falou descendo. Continuamos pelo corredor.

-Aqui ficam todos os armários e sua sala é aquela, a segunda porta a direita. -Falei.

-Certo. -Ele concordou.

-Aqui é a cantina. Muito boa para lanches, comida é melhor outro lugar. -Falei a segunda frase mais baixo.

-AIHAHAHAHAH, porque? Ela deixa cair cabelo? HAHAH. -Ele falou rindo.

-Não, é caro! -Falei. -HAHAHAH. Vem. -Falei indo para a biblioteca. -Isso como eu acho que pode ver...

-É uma biblioteca. -Ele falou.

-Não! Na verdade, são elfos que vieram de Hogwarts, e estão disfarçados para parecerem com uma biblioteca. -Falei séria.

-OH MY GOD. Precisamos liberta-los. -Ele falou sério também.

-HAHAHAHAH, você é engraçado. -Falei rindo.

-Você também é. -Ele falou e saímos da biblioteca. Mostrei mais coisa por dentro do prédio e fui mostrar a arquibancada e o campo.

-O que vocês jogam? -Ele falou observando.

-Baseball. -Falei.

-Hmmmmmm. Eu gosto bastante. Você sabe se tem vagas? -Ele perguntou.

-Bom, pelo o que meu irmão falou, não. -Falei.

-Ahh, entendi. Seu irmão é quem? -Ele falou.

-Você vai vê-lo no vestiário e ouvi-lo na boca das meninas, é um moreno, enorme, bombado, gostoso mesmo, com um sorriso lindo, parece um pouco o Taylor Lautner do Crepúsculo, sabe? -Falei.

-Ahhh. Entendi, então melhor eu nem mexer com você! -Ele falou rindo.

-HAHAHAHA, com certeza. -Falei. -Vamos finalmente para a quadra. -Falei e fomos até a quadra. Só estavam as meninas e a professora na quadra, os meninos não. -Vem. -Falei o puxando para o vestiário.

-Você pode entrar? -Ele falou vendo que era o que ia fazer.

-Não. -Falei entrando e o puxando. -Mas sempre faço isso. Jus? -Chamei por ele.

-Estamos em reunião, dona Jamie. -Caio falou aparecendo. Fui até onde eles estavam, em um círculo, conversando.

-Nem ligo. -Disse para Caio. Fui até Justin e ele sorriu. -Oi amor. -Falei lhe dando um selinho.

-Oi minha shawty. -Ele disse me dando outro selinho.

-Falou. Esse é Chace. Eles são, meu Justin, meu Caio, Josh, Ed, Mike, Finn, Andrew, Renan, Chaz e Ryan. -Falei apontando para cada um.

-Qual é? Nós somos seu também. -Ed falou arrancando risos.

-Ai que idiota, Ed! -Falei. -Caio, tem vaga no time? -Perguntei e sentei no colo do Justin.

-Seu garoto foi o último a entrar, estamos sem vaga. -Caio falou tirando a blusa.

-Ah. -Falei olhando pra Chace. -Ow, ta ficando gordo. -Falei pra Caio.

-Não estou não! -Ele falou indo pro espelho e olhando seu tanquinho escultural.

-Parou com a academia, cara? -Mike falou.

-Não. Essa tonta que está de gracinha com a minha cara. -Caio falou.

-Mimimi, acho que é porque o Jus é mais magro, ai como só tenho visto ele sem camisa.. -Falei e os meninos começaram a rir.

-Ah amor! -Justin falou e eu ri também. -Não sou tão magro assim!

-Só um pouco. -Falei manhosa, dando um selinho nele. Ouvi a porta sendo aberta e me joguei no chão, atrás de Justin, rolando pra baixo do banco.

-Meninos, vão jogar? -A professora falou.

-Ahhn, sim, claro, estamos só conversando. -Caio falou.

-Ta bom, as meninas estão jogando, daqui a pouco é a vez de vocês. -Ela falou. Vi ela se afastar. -Jamie. Sai dai. -Ela falou AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH não

-Quem? -Caio falou.

-A Jamie. Vamos vamos garota! Sai de baixo desse banco. Vá se trocar. -Ela falou e eu sai, me escondendo atrás do Justin. -Agora sai de trás do Justin. Eu estou te vendo.

-Ta bom! -Falei levantando, sorrindo sapeca. Os meninos riram.

-Vai menina! -Ela disse e fui pra porta. -Vou ter uma conversinha com o diretor. -Ela falou rindo.

-Professora, você sabe como eu te amo! -Falei brincando também.

-Vai se trocar! -Ela falou e entrei no vestiário. Só estavam lá as líderes de torcidas.

-Olha se não é a brasileira folgada. -Stephy falou.

-Olha se não é a loira falsificada. -Falei tirando minha blusa e colocando o uniforme para jogar.

-Está mesmo pegando o Justin? -A morena Cassie falou.

-Não. A gente está namorando. -Falei trocando o shorts.

-Ahn. Eu estava afim dele. -Ela falou como se eu tivesse roubado seu lanche.

-Hm. -Só sussurrei e arregalei os olhos, para não rir dela.

-E ainda estou. -Ela falou. -Portanto, saia do meu caminho.


Notas Finais


geeeeentem, olhem o Chace:
1-http://migre.me/ePzLC
2-http://migre.me/ePzS2
3-http://24.media.tumblr.com/tumblr_lsatce1ArX1qdil03o1_250.jpg

e eu realemnte não me lembro se já dei nome a escola, mas se não, tava ali, e se sim, ignorem esse :3
e ah, o Caio só parece um pouco com o Tay aa~sçdkaskdçalskda
vish... TRETA ?? alksçdlkaçlskda
obrigada por todos os cometários
e Isah, você que é diva *-*
beeeeeijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...