História Pretty Reckless - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 606
Palavras 2.020
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


"Porque tudo começa a partir de algo
Algo seria nada
Nada se seu coração não tivesse sonhado junto comigo
Aonde eu estaria
Se você não tivesse acreditado (Acredite, acredite)
Acredite"
-Believe, Justin Bieber

Capítulo 46 - Lembranças


-Sai com o Chace então. -Ele falou.

-Boa ideia. Deixa eu ver quem já pegou o número dele. -Falei indo pra porta.

-Abre essa porta mesmo, abre. Você é uma garota morta. -Ele falou.

-O que foi? Ficou com ciúmes do Chace? -Falei girando a maçaneta.

-Claro que não. Jamie Coleen não ouse ir pedir o número dele. -Ele falou sério, estava vindo em minha direção.

-Ué, você que deu a ideia. -Falei abrindo a porta.

-Volta. Aqui. Agora. -Ele falou mais perto.

-A Demi deve ter. -Falei saindo do quarto.

-Jamie! Volta já pra cá! -Ele falou vindo atrás de mim.

-Admite que ficou com ciúmes, Justin. -Falei.

-MAS É CLARO QUE EU FIQUEI! A professora manda justo você pra ir mostrar a escola? Porque não um homem? Porque você? E ainda ficou lá, eu vi como ele te olhava. Eu vi vocês na biblioteca. -Ele falou.

-Me espionando, Justin Drew Bieber????? -Falei e ele sorriu envergonhando.

-Tenho que manter a guarda! -Ele falou.

-Idiota. -Falei indo até ele.

-Acha mesmo meu cabelo horrível? -Ele falou depois de me beijar.

-Claro que não! -Falei sorrindo. -Eu só falo brincando.

-HAHAHAHAH, eu sabia, meu cabelo é lindo. -Ele falou passando a mão no mesmo.

-Bobo. -Falei lhe beijando. Alguém bateu na porta, nos atrapalhando. DE NOVO. -Qual o problema em eu beijar meu namorado? -Falei abrindo a porta.

-Estamos com fome. -Katy falou.

-Nossa mano, falei para aquela vaca que já estava descendo. -Falei.

-Vão logo. -Ela nos apressou. Fechei a porta e agarrei Justin. Comecei a beija-lo e fomos indo pra porta, ele a abriu e saímos pelo corredor nos beijando. Pulei em seu colo e ele me segurou firme. Ele parou o beijo.

-Nos vamos cair na escada. -Ele falou.

-HAHAHAH, desce comigo assim. -Falei e ele começou a descer, sorrindo. Fingiu que ia me derrubar e depois saiu andando depressa. Awwn véi.

-Pronto. -Ele falou me colocando no chão.

-Pronto gente, podemos ir comer. -Falei.

-Aleluia. -Demi falou e fomos pra fora de casa.

-Falou, cada um com seu carro e já era, junto com sua respectiva família. -Caio falou

-Ligaram para Chaz e Ryan? -Perguntei.

-Aham, vai logo fia, estou com fome. -Caio falou. Fomos pro meu carro, minha mãe dirigindo e nós dois atrás.

-Ow, como vocês são folgados, não sou motorista não! -Minha mãe falou brincando.

-Quer que eu dirija, Nina? -Justin falou bonzinho.

-Não querido, estou brincando. -Ela falou. Justin riu de lado e fomos para o tal restaurante. Chegando lá, descemos do carro e fomos para as 6 mesas reservadas para nós.

Fizemos todos os pedidos e ficamos conversando.

-Man, sério que eu atrapalhei lá? -Demi falou.

-É! Cara, chegou na melhor hora, que saco! -Falei.

-IUASHDAHAHAH, desculpa de novo, mas ele é bom. -Ela disse.

-Véi, cala a boca. -Falei.

-Pelo menos deu certo. -Tay falou e fizemos um high five.

-O que que deu certo? -Katy falou curiosa, e como Justin estava do meu lado, não podia falar isso né..

-Fala pra elas Tay. -Falei piscando.

-O que foi amor? -Justin falou pra mim.

-Nada amor, porque?

-Ouvi você cochichar. -Ele disse.

-Estava falando com as meninas.

-Sobre? -Ele falou curioso.

-A Demi perguntou se tinha nos interrompido. -Falei.

-Ahhh tá. -Ele falou e retomou a conversar com os meninos.

-Jamie. -Katy falou e eu a olhei. -Você é retardada? GAY??

-Essa loira que colocou coisa na minha cabeça. -Falei. Tay mostrou a língua.

O jantar foi tranquilo, sem altos e baixos, fora pela parte da sobremesa. Assim que o garçom se foi, vi Cassie e Lisa entrando no restaurante. Katy percebeu meu olhar e viu a mesma cena.

-Calma. -Ela alertou. Desviei o olhar delas e me virei para Justin.

-Está feliz minha pequena? -Ele perguntou fofamente.

-Estou. -Falei.

-Não parece muito. -Ele falou.

-É que... Vi uma cena que não preferia ver. -Falei.

-Só não me diz que viu seu ex com outra. -Ele falou meio baixo.

-Eu só tenho olhos pra você. Mas foi a Cassie e a Lisa entrando. -Falei.

-Esquece elas, amor. Eu quero só você, danem-se as outras. -Ele falou antes de me beijar. Sorri e dessa vez, quem entrou no restaurante era Chace. Ele acenou para mim. Olhei para os lados e dei uma acenadinha rápida. Ele veio até a mesa.

-Heeey, Chace! -Demi falou levantando.

-Oi, Demi né? -Ele falou meio confuso.

-É! -Demi falou. -Conhecendo a cidade? -Ela falou puxando assunto.

-É, só estou um pouco perdido. Sobrevivendo com o Google Maps. -Ele falou sorrindo.

-Demi, porque não o ajuda a conhecer a cidade? -Minha mãe falou.

-Se ele topar, eu vou sim tia. -Demi falou.

-Ah seria ótimo. -Chace falou sorrindo. Demi levantou sorrindo e foram para fora do restaurante.

-Opa, com ele não devo me preocupar. -Justin falou em meu ouvido.

-Não deve se preocupar com nenhum, amor. -Falei.

-Ela está afim dele? -Tia Dianna perguntou.

-Nããããão, imagina! -Caio falou. -Ela quase se jogou pra cima dele, tia.

-Percebi né! -Ela falou. Terminamos a sobremesa e como sempre, de costume, fomos para o parque andando. Eu e Justin ficamos mais pra trás, só nós dois.

-Me lembro de um tempo atrás, nos dois aqui. -Ele disse passando o braço em minha cintura e me puxando para perto dele.

-É, você me oferecendo o casaco. -Falei me lembrando. Continuamos a caminhar.

-Sério amor, porque você me recusou tanto? Desde aquela vez que eu falei que queria te beijar porque você estava precisando eu já queria ficar com você. -Ele falou.

-É bebê, eu sabia que você estava afim de mim, mas sei lá. Acho que não queria te deixar sentir o gostinho da vitória. -Falei.

-Você é má! -Ele falou me abraçando mais.

-Eu sei. -Falei.

-Vamos lá pra casa? -Justin falou quando voltávamos para o restaurante.

-Fazer?

-A classificação indicativa não me permite dizer.

-HAHAHAAHAHAH, bobinho.

-Brincadeira, pra você dormir lá ué.

-Está ok. -Falei.

-Fala com a sua mãe e vamos. -Ele falou.

-Mãe, to indo pra casa do Justin. -Gritei.

-Tá bom! -Ela gritou também, e entrei no carro dele.

-Porque entrou tão depressa nesse carro? Quer de novo? -Ele falou entrando e me beijando.

-Fica quietinho, gatinho. -Sussurrei em seu ouvido. Ele me colocou em seu colo e deu início a um beijo. Parei o beijo com mordidas leves em seu lábio inferior.

-Quer? -Ele falou rouco.

-Não amor. -Falei piscando e saindo de seu colo.

-Chata. -Ele falou e a porta de trás abriu, era Pattie entrando. -Podemos Sra. Mallette?

-Claro Sr. Bieber. -Ela falou brincando e Justin dirigiu seu carro até sua casa. Fomos conversando até lá.

-Prontinho, chegamos. -Justin falou puxando o freio de mão e desligando seu carro. Descemos e entramos em sua casa, Pattie fechou a porta, nos deu boa noite e subiu.

-Quer subir agora? -Falei.

-Não. Vem, vamos ver um filme. -Ele falou me puxando pra sala.

-Qual filme? -Perguntei sentando no sofá enquanto ele estava procurando um filme.

-Pode ser... Amizade Colorida? -Ele perguntou me mostrando a capinha.

-Pode. -Falei. -Amor, me empresta uma samba canção e uma blusa?

-Empresto, vai lá pegar enquanto eu coloco aqui? -Ele falou e eu assenti, levantando e subindo para seu quarto. Abri seu armário, tirei meu vestido, coloquei uma samba canção vermelha e uma blusa branca dele. Deixei minha roupa e o sapato em cima da cama dele e desci, voltando para a sala. Justin estava sentando no sofá, assim que me viu, sorriu e bateu do lado dele, indicando para eu sentar. Fui até ele e me sentei.

-Está linda com as minhas coisas. -Ele falou me abraçando.

-Obrigada amor. -Falei lhe abraçando também. Ele deu play e começamos a ver o filme. -Não fique olhando pra Mila. -Falei.

-AHAHAHAHHA, não estou. -Ele falou me observando. -Estou pensando aqui comigo...

-O que? -Perguntei.

-Porque sua boca não está na minha. -Ele falou e avançou em meus lábios, me fazendo deitar. Agarrei em seu cabelo, massageando o mesmo. Ele segurava em minhas coxas, dando leves beliscões nela. Ele parou com o beijo e quando me virei, ele entrelaçou suas pernas nas minhas, soltei um gemido baixo. Ficamos assistindo o filme até chegar nas partes mais quentes e pude sentir Justin se animar também.

-O que acha? -Ele sussurrou em meu ouvido. Ri abafado e continuei a ver. Senti os lábios de Justin em minha nuca, que começou a descer para o ombro e as costas, por cima da blusa mesmo. Ele pareceu voltar a sua posição, mas dali a 5 segundos, senti sua mão em minha barriga e foi a subindo, até chegar em meu seio e massagea-lo. Comecei a me animar também. Ele continuou com sua mão ali e eu realmente estava gostando. Me virei para ele e o beijei, puxando seu cabelo com força. Ele parou o beijo para tirar

minha blusa, a jogando no chão e voltei a beija-lo. Ele parou o beijo e começou a beijar meu pescoço, descendo. Me olhou e começou a dar beijos em meu seio. Ele abocanhou o direito e dava leves chupões. Peguei em seu cabelo e o coloquei de frente para meu seio esquerdo, ele entendeu e fez o mesmo. Ele parou com o 'tratamento especial' e tirou sua blusa. Fui até ele e deitei por cima dele. Ele olhava fixamente em meus olhos e eu fazia o mesmo, antes de beija-lo. Ele me colocou por baixo novamente e eu tirei sua calça. O beijo começou a se intensificar mais. Tirei sua cueca, o deixando nu.  Ele fez o mesmo comigo. Me virei para a tv e ele começou a passar a mão por todo o meu corpo, seu membro roçava em minha coxa. Ele segurou firme em minha cintura e começou a me penetrar por trás. Comecei a gemer baixo e segurei em sua coxa, ele aumentou mais as entocadas. Justin dizia coisas em meu ouvido, me deixando mais excitada. Ele parou e me virou, me beijando.

-JUSTIN? -Pattie gritou. Ele saiu de cima de mim e colocou sua cueca. Levantei também e coloquei minha calcinha e a blusa.

-OI MÃE! -Ele gritou também, colocando a calça. -Já venho.

-SEU PAI QUER FALAR COM VOCÊ! -Ela gritou. Me troquei e esperei Justin.

-Falou, eu ligo pra ele. -Ouvi Justin falar no pé da escada. -Desculpa. -Ele falou de volta a sala.

-Tudo bem, bebê. -Eu falei e ele pegou o telefone.

-Oi pai... To sim e por aí? ... Que bom, manda um beijo pra eles... Ahn, por mim tudo bem... Pode deixar Lordrahul... HAHAHA, tá aqui sim... Não vou... Ela é minha, se toca véio... HAAHHAHA, ta bom pai... Outro, eu também, tchau. -Homens..Sempre rápidos no telefone.

-Papai? -Falei quando ele se sentou ao meu lado.

-Aham, ele vem amanha. -Ele falou com um sorriso.

-Que legal! Hmm... Estava falando de mim? -Perguntei.

-Sim, ele te mandou um beijo mas eu não deixei. -Ele falou.

-HAHHAHAHAH. Que bobo você Justin, é o meu sogro, pow. -Falei.

-Chata. -Ele falou me agarrando. Voltamos a ver o filme normalmente. Quando acabou, desligamos tudo e subimos. -Quer dormir, minha princesa?

-Não sei. -Falei sorrindo.

-Ok, fica aqui com o seu Bieber, vem. -Ele falou se deitando na cama. Fui até ele e o abracei. -Eu estou totalmente apaixonado por uma menina sabia?

-Ahh? Quem? -Ele não pode estar apaixonado por outra.

-Ah, ele é linda, morena, -Cassie. -todo mundo gosta dela, -Cassie. -é muito gostosa mesmo sabe? Suas pernas... -Ele falou, bate com Cassie de novo.

-Quem é? -Falei.

-Ah, uma menina lá da minha sala. -Ele falou.

-Justin, não me enrole.

-Ela é estressada as vezes.

-Fala logo!

-O nome dela é tão bonito..

-JUSTIN!

-Sua voz também!

-BIEBER!

-Como o cabelo dela complementa seu rosto.

-JUSTIN BIEBER!

-Nossa, como ela é linda..

-Você está me irritando!

-Caaaaalma, relaxa..

-FALA LOGO.

-Ela é realmente a mulher mais linda do mundo.

-MANO, EU VOU TE BATER.

-A que eu quero passar o resto da minha vida.

-VÉI, FALA!

-A mulher mais peituda e bunduda.

-CARALHO JUSTIN DREW BIEBER FALA O NOME DESSA MULHER LOGO!

-Tá bom, eu falo, eu falo.

-ANDA LOGO!


Notas Finais


yoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo
30 favoritos OMG ;3333333333333333333333333
mto obrigada, suas lindas <3
espero q tenham gostado <3
xx


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...