História Pretty Reckless - Capítulo 52


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Chaz Somers, Demi Lovato, Justin Bieber, Katy Perry, Taylor Lautner, Taylor Swift
Tags Colegial, Festas, Justin Bieber, Romance
Visualizações 583
Palavras 1.648
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


"Em cada lista que eu já enviei
Você é o presente que eu mais amaria
Então, prepare os corredores e todo o resto
Aqueça-me"
-Christmas Love, Justin Bieber

Capítulo 52 - Visita


-Não voltarei. -Falei subindo as escadas.

-Então eu vou atrás. -Ele falou e subiu junto, correndo e eu corri mais, entrando em seu quarto, fechando a porta. Ele entrou e trancou a porta.

-SAI!!!! -Gritei enquanto ele se aproximava.

-Não e não. -Ele falou tirando sua bermuda. -O quarto é meu e você também.

-Sai! -Falei antes dele pressionar seu corpo contra o meu.

-Ainda quer que eu saia? -Ele sussurrou me jogando na cama. Ah violento..

-Quero. -Menti.

-Pois eu sou teimoso. -Ele falou e subiu em cima de mim, automaticamente tocando meus lábios. Minhas pernas se cruzaram em sua cintura, fazendo Justin pressionar seu corpo contra mim. É ele estava excitado mesmo. Ele parou o beijo e começou a beijar meu pescoço, até chegar em meu decote e ele arrancar a minha blusa. Justin me olhou e voltou a atenção para meus seios, tirando o sutiã que os cobria. O tirei de cima de mim, puxando ele para meu lado e iniciei um beijo ardente, que fez suas mãos descerem para meu shorts e tira-lo também. Passei a mão por seu abdômen e cheguei a sua cueca, o torturando um pouco. Só ameacei tirar sua cueca, e ele arfava. Parei de beija-lo e me sentei.

-Você não vai parar agora. -Ele falou sentando também.

-Porque não? -Falei me aproximando dele.

-Porque você me excitou e eu quero fazer amor com você. -Ele falou revoltado com a minha parada.

-Ah é? -Falei sentando em seu colo.

-É. -Ele falou levando seus lábios aos meus. Levei minhas mãos em seu cabelo e o beijei. Parei e beijei seu pescoço e fui descendo por seu abdômen, até chegar ao elástico de sua cueca. A tirei e a joguei em algum canto de seu quarto. Subi novamente para sua boca e o beijei, ele me virou e tirou a única peça de roupa que me sobrava. Ele parou com o beijo e pegou a camisinha, olhou para mim e eu arqueei uma sobrancelha. Ele sorriu torto e a vestiu. Apos 5 segundos ele já estava em cima de mim de novo começando a me penetrar. Ele aumentou a velocidade, fazendo-me gemer muito mais. Virei o jogo e o coloquei por baixo de mim. Jus sorriu torto e revirou os olhos quando eu comecei a cavalgar nele. Ele se virou novamente, e me olhou segurando em meu rosto e me beijando como se fosse a última vez. Ouvi um barulho e parei o beijo.

-Ouviu isso? -Falei.

-Que se foda. -Ele falou voltando a me beijar e aumentou a velocidade. Desisti de faze-lo parar. Suas mãos percorriam do meu seio até a minha coxa, nossos lábios não se desgrudavam. Senti novamente minha satisfação chegando e me contraindo. Ele o tirou completamente de mim e me beijou, antes de se deitar ao meu lado.

-Ahhh... -Ele gemeu.

-Eu acho que seus pais chegaram. -Falei lembrando do barulho.

-Putz... Vem amor. -Ele falou se levantando e levantei também. Coloquei minha roupa e liguei o notebook dele, sentando em sua escrivaninha.

-Ow, sua curiosa! -Ele falou me abraçando por trás.

-Awn me deixa, seu chato. Tem alguma coisa pra esconder aqui? -Falei abrindo algumas pastas de imagem.

-Claro que não ué. -Ele falou e comecei ver suas fotos, aleatórias. Tão cute ele pequeno.

-E esse franjão aqui? -Falei apontando pra uma foto.

-Para de me zoar!! -Ele falou fazendo bico.

-hahahahha você era lindo. -Falei.

-Ah? Era lindo? Obrigada. -Ele falou fazendo drama e saindo do quarto.

-hahahahha crianção. -Falei indo até ele. -Quis dizer que você com franjão era bonito também.

-Não, você me chamou de feio na cara dura. -Ele falou.

-Eu não falei isso, Jus. -Falei e já estávamos na cozinha. E aparentemente eles não tinham chegado ainda.

-Falou sim, nem ligo. -Ele falou sentando na mesa.

-Ai como é chato, hein. -Falei indo até lá. -OK. Não liga? Você é feio mesmo.

-Você também é. -Ele falou.

-Seu nariz é totalmente desproporcional ao seu rosto. -Falei.

-Sua cabeça é enorme. -Ele falou.

-Sua boca parece que bateu no chão e inchou, de tão grande. -Falei

-Seus peitos são horríveis. -Ele falou sorrindo cinicamente.

-Seu tanquinho é... Ops! Você não tem tanquinho! -Falei cínica também.

-Você não tem bunda, não gosto de toca-la. -Ele falou.

-Seus braços são finos demais. -Falei.

-Suas coxas são repugnantes.

-Você não me dá prazer. -Falei com um sorriso vitorioso.

-Como é que é? -Ele falou se aproximando.

-Isso que você ouviu. -Falei.

-Pois saiba, que você quando toma o controle, não faz direito.

-Não faço? E seus olhos revirando é o que? -Falei.

-Estou pedindo para que você saia de mim... E se eu não te dou prazer, porque os gemidos? -Ele falou.

-Repulsa de ter um moleque que não me dá prazer. -Falei.

-Aham... Odeio "cair" em seus seios. -Ele falou sorrindo.

-Odeia? Sua boca não parece que odeia. -Falei.

-Mas odeia também. Eu não gosto de transar com você. -Ele falou.

-Será que o Josh gosta? -Falei arqueando uma sobrancelha.

-E a Cassie? Será que eu dou prazer a ela? -Ele falou arqueando uma sobrancelha também.

-Chace pode gostar também. -Falei.

-Você não é retardada de dar para esses dois. -Ele falou sério.

-E você não é louco de comer a Cassie nem nenhuma outra. -Falei.

-Não mesmo. A única que eu como, fodo, transo, faço amor é você. -Ele falou pegando em minha cintura.

-E você é o único que me dá prazer. -Falei nos aproximando mais.

-Eu te amo.

-Eu te amo. -Falei o selando.

-OIOIOIOI. -Jeremy falou e nos separamos.

-Oi pai. -Justin falou fazendo um toque com ele.

-Você vão que horas? -Perguntei pegando Jazzy do colo de Pattie, que estava cheia de sacolas na mão.

-Daqui a pouco. Antes do almoço. -Jeremy falou. Justin ajudou a mãe a guardar as compras.

-Jay, o que faremos hoje? -Pattie falou voltando da dispensa.

-Opa, não sei... O que escolhe? -Falei.

-Não sei também. A gente chama as meninas e vai bater perna por ai. -Pattie falou.

-Pode ser. -Falei. -Pattie, já foi a Carolina do Norte?

-Não, ainda não. -Ela falou. -Quer ir?

-ÉÉÉÉÉ! O que tem na Calolina? -Jazzy falou.

-Não. -Justin falou.

-Ahn? Porque não? -Falei.

-Lá é praia, praia é biquíni, biquíni é bunda, peito, coxa, barriga e pernas para fora, tudo isso pra fora é homens olhando, homens olhando é olhando a minha propriedade. -Ele falou.

-Que exagero. -Pattie sussurrou em meu ouvido e eu ri baixo.

-Amor, eles podem até olhar, mas você acha que eu vou dar bola? -Falei.

-Você deu bola pra um garçom. Na verdade, dois, contando com o babaca da festa. -Ele falou.

-Eu quero ir na praia. -Jazzy falou.

-Eu não estava com você naquela época, seu tonto. -Falei.

-É mas... Eu não quero ninguém olhando pra você. -Ele falou.

-Ciumento. -Falei indo até ele.

-Ah é lógico, véi. -Ele falou. -Olha o seu corpo, eu tenho ciúmes dos outros olhando para ele.

-Boo boo deixa por favor. -Jazzy falou.

-Promete cuidar dela por mim, maninha?

-Pometro. -Ela falou fofamente.

-Eu vou pensar. -Ele falou dando as costas a mim.

-Vamos subir pra falar com as meninas. -Falei com Jazzy e subi para o quarto de Justin. -Fica aqui. -Falei colocando Jazzy na cama, pra poder pegar o celular. Liguei pra Tay e ela falou que por ela tudo bem e que pelas meninas também, Caio estava se trocando para vir para cá, ele também vai para o golfe.

-Amor? -Ouvi Justin batendo na porta. Ele a abriu e entrou. -Vai mesmo pra praia?

-Estamos a fim. -Falei sentando na sua escrivaninha. Ele veio até mim e apoiou as duas mãos em minhas coxas e me beijou.

-Pode ir. -Ele falou. -Só me promete uma coisa?

-Sim.

-Volte. -Ele falou segurando em minha bochecha.

-Eu voltarei. -Falei lhe dando um selinho demorado.

-Hey cunhado, cunhadinha, mana. -Caio falou entrando no quarto e pegando Jazzy no colo.

-Nossssss, bom humor? Ca.... ramba. -Falei lembrando que Jazzy estava ali.

-Nossa sua idiota. Eu tenho meu bom humor quando eu quiser. -Ele falou. Ignorante.....

-Idiota é você. -Falei. 

-Aff criança. -Ele falou revirando os olhos. Deixei quieto e fiquei observando Justin enquanto ele conversava com Caio... Ele é tão bonito, seu rosto em geral, totalmente perfeito, bem definido.. Os olhos mel que eu amo de paixão, seu nariz desproporcional ao seu rosto. Sua boca rosada e carnuda, que me faz ter sede de beija-lo, suas pintinhas espalhadas pelo rosto.. Seus dentes que formam meu sorriso preferido nesse mundo todo..Ele é tão... Perfeito. Nossa como estou melosa.. Justin Bieber, Jamie Coleen se apaixonou perdidamente por você. Eu quero ficar com você por toda a minha vida. 

-Amor? -Ouvi sua voz rouca perto de mim,.

-Oi. -Falei . 

-Ahhhn... Estava dormindo? -Ele falou rindo.

-Não, bobo. Eu estava admirando sua beleza.

-Uhuuuuuul depois dessa, o moleque não precisa de sexo por anos. -Caio falou destoando do momento romântico. Ah Senhor,.. guri sem noção..

-O que é isso? -Jazzy perguntou curiosa. 

-É quando duas pessoas se cobrem Jazzy... -Caio falou. 

-Caio cala a boca! -Falei.

-Cara, fica quieto, pelo amor de Deus. -Justin falou.

-Qual é?? -Caio falou reclamando. -Ela tem que aprender. 

-Não tem não, já que ela vai morrer virgem. -Justin falou.

-Como é? -Caio falou.

-É cara! -Justin falou. 

-Calem a boca.. -Falei revirando os olhos. 

-OW! VAMOS EMBORA?! -Jeremy gritou. 

-Vamos, Justin. -Caio falou saindo do quarto. 

-Já desço. -Ele falou e Caio saiu levando Jazzy. -Ei, fica bem, eu te amo.

-Bom passeio amor, eu te amo. -Falei. Ele me pegou no colo e me colocou no chão. Ele ficou parado me olhando e logo depois me beijou, me pegando de surpresa. O beijo teve que ser interrompido pela falta de ar. 

-JUSTIN, DESCE, VOCÊ TEM VISITA! -Jeremy gritou.

-Ué... Quem será? -Falei. Ele arregalou os olhos e deu de ombros. 


Notas Finais


QUEM SERÁ 0_0
UHASUHAU AAAAAH consegui postar o//
me desejem sorte nas provas meninas <3
obrigada por cada comentário e cada favorito <3
até amanhã (talvez)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...