História Pretty U - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Big Bang, Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Cl, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Hansol "Vernon" Chwe, Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Minji, Park Bom, Sandara Park, Seungcheol "S.Coups", Seungri, Soonyoung "Hoshi", T.O.P, Taeyang, Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Jeongcheol, Jihan, Junhao, Meanie, Soonhoon, Verkwan
Visualizações 296
Palavras 991
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OLÁ, MEUS AMORES.

Ainda nem tô acreditando que vocês passaram de cem. Socorro, esto encantada.

Mas, enfim, vida que segue. Demorei? Como passaram a semana? Ouvindo muito a música do DK?

Adorei as versões da Diamond Edge. Amo o Seventeen, cara. :v

E o comeback das SNSD? Viciada em Holiday, só para constar.

Bem, não vou mais enrolar.

Nos vemos lá embaixo, bolinhos. ❤

Capítulo 14 - Capítulo 13


PLAFT!



O barulho de um tapa foi ouvido. Jihoon havia... Batido nele?

– Ai! – Exclamou, pondo a mão imediatamente na bochecha aingida.

Com os olhos arregalados, Soonyoung pôs a mão na bochecha.

O baixinho corou.

– Você me pegou de surpresa! – Se defendeu. – Me se assustou...

Hoshi suspirou, sentindo a bochecha arder. Não é que o baixinho tinha força?

– Desculpe… – O Lee murmurou.

O louro riu.

– Tudo bem, a culpa foi minha. – O encarou. – É que eu meio que fiquei feliz por você ter aceitado, então…

– Eu sei. – O baixinho murmurou, baixo. – Me desculpe.

– Está tudo bem, não se desculpe. – O acalmou. – Eu devia ter te avisado, não sabia que essa seria a sua reação…

Jihoon abaixou a cabeça.

– Tá doendo muito? – Indagou.

Hoshi sorriu fraco.

– Eu não- – Woozi não esperou que o mais alto terminasse e se aproximou dele, acariciando a bochecha marcada com os dedos.

– Deve estar ardendo. – Comentou. – Meus cinco dedos ficaram bem marcados aqui...

– É, um pouco. – Admitiu, sem graça.

Jihoon suspirou.

– Sabe, eu falei com o Seungcheol sobre isso, antes de aceitar essa relação. – Admitiu. – Ele disse que poderíamos ir com calma, já que foi você quem pediu por isso...

– Mas é lógico!

Soonyoung sorriu, retirando as pequenas mãos de Jihoon de seu rosto, as escondendo nas suas.

– Woozi, eu jamais te forçaria a fazer algo que você não quer. – Revelou. – Eu já disse que esperaria o quanto você quisesse, se a sua resposta fosse sim. E foi.

Encarou as mãos do mais baixo.

– Não se sinta culpado, eu te peguei de surpresa... Acontece.

Jihoon maneou a cabeça. Soonyoung era encantador, assim como seu eyesmile.

– Vamos para casa agora?

Woozi cruzou os braços.

– Ainda, não. – Negou.

O louro arregalou os olhos.

– Hã? – Hoshi indagou, curioso.

– Nós estamos em um relacionamento. – Respondeu. – Então devemos começar as da maneira certa.

– Do que você está falando, Hyung?

Jihoon sorriu e deu dois passos para frente. Ele circundou o pescoço do mais alto.

– Jihoon-hyung…

– Me beije, Soonyoung. – Pediu.

– Você tem certeza? – Murmurou, baixo.

Ele assentiu.

– Dessa vez, sem surpresas. – Afirmou. – Certo?

O louro sorriu.

– Certo.

E, sem se importar com quem estivesse ali, Soonyoung rodeou a cintura do menor, capturando os lábios os lábios entreabertos do pequeno.

Ele tinha gosto de morango.


x


– Estou em casa! – Exclamou Jeonghan. – Tia…?

O silêncio foi rompido pela voz da mulher.

– No quarto! – Bom respondeu.

Jeonghan sorriu, jogando a mochila em qualquer lugar do chão e fechou a porta com os pés já cobertos pelas pantufas, indo em direção ao quarto da tia.

– Oi, Hannie. – Ela sorriu.

Ele arqueou uma sobrancelha ao vê-la na cama, em meio às várias fotos e três caixas.

– O que é isso? – Ele questionou.

A loura encarou-o.

– Ah! São apenas lembranças… – Ela deu um eyesmile. – Fiquei um pouquinho nostálgica e decidi revirar tudo. Quer revirar comigo?

Ele assentiu, sentando-se com ela.

– Veio com Seungcheol?

Ele sorriu.

– É, vim sim.

– E por quê não o trouxe aqui para conhecê-lo? – Indagou, fingindo frustração.

Jeonghan sorriu, sem graça.

– Eu meio que não pensei nisso…

Bom riu.

– Olhe, tem fotos suas aqui! – Exclamou ela, retirando algumas delas no meio da bagunça que começou. – Você realmente era um bebezinho fofo! Seungcheol iria gostar de ver isto!

– Bommie! – Ele exclamou, sem graça.

– Mas é, olha essa bochechinhas fofas!

Ele revirou os olhos.

– Deve ter sido por isso que não o trouxe aqui. – Encarou a tia.

– Ah, não diga bobagens! – Ela o empurrou de leve e ele riu. – Como foi hoje?

– Foi normal… – Ele suspirou. – Contei a ele que tenho depressão.

– Ótimo! – Ela exclamou. – Não pode tratar a sua depressão como se fosse algo de outra galáxia. É acho que é muito legal saber que confia nele para dizer... Qual foi a reação dele?

Jeonghan suspirou, colocando uma mecha de cabelo atrás da orelha.

– Ele disse que o pai dele também tem. – Revelou. – E me deu um abraço depois. Disse que esperava que o meu humor estivesse estável daquele jeito...

A mais velha sorriu.

– Esse garoto realmente está te fazendo bem, não é? – A Park indagou.

– Você acha…? – Jeonghan questionou por cima, sem graça.

– Traga ele aqui, Jeonghan. – Pediu. – E não tenha medo de confessar, se estiver gostando dele. Você merece ser feliz​ e sabe disso.

Ele sorriu e de repente, uma foto lhe chamou a atenção.

– Essa aqui é você? – Indagou, pegando a foto no meio das várias outras. – Seu cabelo estava verde!

Bom riu.

– Essa foi uma época onde eu quis experimentar... – Comentou. – Pintei tanto o cabelo que ele quase caiu!

Jeonghan riu.

– Deve ter sido horrível...

– Época tenebrosa. – Confessou. – Eu fui do verde pro vermelho e descolori para laranja.

Ela mostrou as fotos.

– Antes, usávamos máquinas fotográficas, então dá para ver a diferença, certo? – A mais velha riu.

Ele assentiu, revirando com ela.

– Você tem tantas fotos aqui... – Jeonghan murmurou. – Fotos da omma que ela afirmou ter perdido!

Ela riu.

– Sua omma só não esquecia a cabeça, porque era colada no pescoço. – Admitiu. – Eu trouxe para cá, com medo que ela as perdesse. Suas fotos foram preservadas graças à mim.

– Nossa, é como ver um túnel do tempo. – Ele riu, nostálgico. – Omma estava tão nova…

– Ela era linda, né? – A Park sorriu. – Como uma boneca…

– Falando em boneca, senhorita Park Bom, por que eu não vejo uma nas fotos antigas em comparação com a linda Barbie de agora? – Ele indagou, descontraído.

Ela abaixou o olhar.

– Trabalhar em uma clínica de cirurgia plástica tem suas vantagens… – Seu olhar mudou de direção, mesmo não sendo uma certa. – Sem comentários.

Jeonghan caiu na gargalhada, fazendo a loura cair também.

– Hey, tia… – Ele vasculhou as fotos. – Quem é esse cara de cabelo cinza?

O sorriso de Bom mudou de alegre, para nostálgico.

– Ah… Ele. – Ela pegou a foto com cuidado. – Faz tempo que não olho para essa foto.

Ela o encarou.

– Este é o homem que viria a se tornar seu tio. – Revelou. – Choi Seunghyun.

Jeonghan arregalou os olhos.

– Sério? – Questionou. – E o que fez isso mudar?

Bom suspirou, com um sorriso de canto.

– Ele morreu. – Colocou a foto na cama.


Notas Finais


Joguei a bomba e saí correndo. Será que ele morreu, gente? :v #FicaADuvida

SOONHOON REINA, CARAI. E eu achei justo ter colocado um momento fofinho desses depois do capítulo passado (sentindo-me sem graça, aksjsksjsj). Nunca tinha feito aquilo, apesar de ter lido. Me senti a maior tarada. Espero que tenham gostado do que leram. :v

E quanto à Choi Seunghyun... Vai ter BigBang na fanfic? É, vai ter BigBang, sim senhor. E outro super boygroup, também. Grandíssimo na Ásia. Sou fã assumida. Mas não vou revelar agora, vai perder a graça, licença. u.u (E podem apostar que vocês vão errar qual é, aksjsksjsj)

Nada é o que parece a partir de agora, então nem pensem em ligar o Seunghyun ao Seungcheol. Ia ficar óbvio demais. :v

Agora sim quero embolar a cabeça de vocês, aksjsksjsj (alguém pegue a referência, rç).

Até o próximo capítulo, bolinhos. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...