História Prima de Katerina Petrova(Katherine Pierce) - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Barbara Palvin, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Agnes, Alaric Saltzman, Annabelle "Anna" Zhu, Barbara Palvin, Bonnie Bennett, Camille O'Connell, Caroline Forbes, Céleste Marie Helene Dubois, Damon Salvatore, Davina Claire, Diego, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Emilly Bennett, Esther Mikaelson, Finn Mikaelson, Freya Mikaelson, Genevieve, Giuseppe Salvatore, Hope Mikaelson, Jackson Kenner, Jane-Anne Deveraux, Jeremy Gilbert, Joshua "Josh" Rosza, Katherine Pierce, Kieran O'Connell, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Marcellus "Marcel" Gerard, Matt Donovan, Mikael Mikaelson, Monique Deveraux, Papa Tunde, Pearl Zhu, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Thierry Vanchure, Tyler Lockwood
Tags Barbara Palvin, Bruxos, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Hibridos, Hope Mikaelson, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Lobisomens, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, The Originals, The Vampires Diares, Vampiros
Visualizações 26
Palavras 1.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 23 - O ataque no Bayou



-E isso -ela disse e eu bufei -Respira fundo. Agora solte.
-Isso siginifica nada de anestecia? -eu perguntei -Tem certeza que nao posso fazer isso em um hospital,aquele lugar que tem remedios e medicos?
-Querida os lobisomens tem os filhos aqui desde antes de voce nascer .Pare de se preocupar -ela disse
-Tens certeza eu tenho mais de 500 anos? -eu perguntei -Tudo bem. E depois,Eve? -eu perguntei -Eu nem sei o que e ter uma mae,quem diria ser uma -eu disse
-Acredite quando chegar a hora,sabera exatamente o que fazer-ela disse
-Espero que sim -eu disse -E engraçado imaginar o Klaus trocando fraldas,mas vou acabando fazendo isso sozinha-eu disse
-Eu duvido disso -disse a Eve e nos olhamos para a porta e vimos o Elijah
-Desculpem a interrupçao. -ele disse -Sera que eu poderia dar uma palavrinha com os conspiradores da suposta revolta? -ele perguntou
(...)
-Voces estao cometendo um erro grave. -disse o Elijah
-So esta preocupado conosco,e isso? -perguntou o Oliver
-Olha,Elijah. Todos sabemos da reputaçao do seu irmao -disse o Jackson e Elijah tirou o casaco -Mas se ha uma chance desses aneis nos ajudar a controlar nossa maldiçao...
-Nosso dom -interrompeu o Oliver
-Entao,honestamente,nao nos importa o que ele quer -disse o Jackson -Nao precisaremos
-Entendi -disse o Elijah -Ha alguns no Quarter que vao consederar isso uma provocaçao.
-Aparentemente,muitos acham o mesmo de nos respirando. -disse o Oliver
-Assinou um tratado,e olhpu nos meus olhos enquanto o fazia. -disse o Elijah
-Nao queremos brigar,Elijah -eu disse -So queremos uma vida melhor.
-Uma aliança como meu irmao vai garantir tudo menos isso -ele disse e ouvimos um barulho.
-O que diabos? -perguntou o Jackson e ele e o Elijah sairam e o Oliver foi atras e eu depois e vimos um cara de moto
-Qual de voces esta no comando? -perguntou o cara
-Quem quer saber? -perguntou o Jackson e o cara sorriu e o ELijah foi ate ele com v.v e a moto explodiu.
(...)
Eu levantei a cabeça.
-Anna,estas bem? -perguntou o Oliver que estava ao meu lado e eu levantei-me e vi um garoto e fui ate ela.
-Esta tudo bem. Aqui. Venha aqui. -eu disse e peguei-a no colo
-Jackson? -eu perguntei e ele veio na minha direçao
-Aqui. Tire-o daqui -eu disse e entreguei-lhe o Garoto
-Anna -disse o Elijah
-Elijah -eu disse e nos olhamos para o garoto que estava no chao e o Elijah levantou a camisa dele
-Mata lobos -disse o Elijah
-Devia estar no tanque de gasolina -eu disse e nos olhamos para tras. -Voce e o mais rapido. Leve-o,e quem mais puder andar sozinho -eu disse e ele pegou garoto -Esta tudo bem,Elijah.
Estou bem. Eles precisam da sua ajuda -eu disse e afastei-me dele.
-OLIVER,NAO -eu disse quando o vi a tirar o pedaço de madeira da perna da garota -Pressione aqui.De-me sua camisa. Agora -eu disse para o Oliver -Esta tudo bem -eu disse para a garota e Oliver entregou-me a camisa e eu pos em volta da perna da garota.
-Como aprendes-te isso? -perguntou a Eve
-Tu aprendes muita coisa quando viras uma hibrida aos 17 anos e quando tens mais de 500 anos. -eu respondi e apertei a camisa e a garota gemeu de dor -Isso deve diminuir o sangramento ate começar a se curar. -eu disse e els levantaram a garota e a Eve saiu com ela e o Oliver quebrou uma cadeira que estava la.
-Vampiros -ele disse -Eles nem sequer tem coragem de fazer o trabalho sujo. Para que,quando eles podem hipnotizar um pobre coitado para fazer por eles? -ele perguntou -Vamos revidar. Para veler -ele dissee tenou passar por mim mas eu segurei-o.
-Fique aqui,Oliver -eu disse -Tome conta de todos ate eu voltar -eu disse
-Aonde esta indo? -perguntou o Oliver
-Se foram eles,tenho certeza que posso advinhar quem deu a ordem. -eu disse e peguei um pedaco de madeira e quebrei -Vou encontrar o Marcel -eu disse.
(...)
-Anna -disse o Elijah
-Tenho que cuidar de algo- Volto assim que puder-eu disse
-Onde voce esta? -ele perguntou
-Elijah,estou bem -eu disse -Cuide da matilha ate eu voltar,por favor -eu disse e e desliguei.
(...)
Eu entrei e todos me olharam.
-Voce tem a car de pau de vir para aqui,mama -disse o Diego e atirei a cadeira que ele estava sentado para o chao e fui ate e prendiu na parede com a estaca em cima do coraçao dele so que sem enfiar.
-Alguem atacou minha matilha no Bayou esta manha -eu disse -Como nao vejo nenhum cerebro genial por aqui...Por que nao me diz onde esta Marcel esta,e nos os dois seguiremos com nossa vidas? -eu perguntei e ele ficou calado e eu mudei a posicao da estaca e enfiei e ele gemeu de dor -Acha que estou brincando? -eu perguntei -Havia familias la. -eu disse
-Ele custumava ficar em um lugar na Rua rampart,1917 -ele respondeu -Se ainda estiver aqui,estara la -ele disse e eu tirei a estaca e sai de la.
(...)
-Klaus,onde voce esta? -eu perguntei e ouvi o padre Kieran far coisas estranhas
-Estou com um problema aqui,amor -disse o Klaus
-Alguem mandou um homem-bomba para o Bayou esta manha.
-O que? Onde voce esta? -ele perguntou
-Agora estou na cidade. Estou bem. -eu disse -Acredito que um ataque desses deve ter sido o Marcel. -eu disse -Ele odeia os lobos ha anos,e depois do que apronto com as bruxas... Entao fui procura-lo. Achei que gostaria de ajudar a acabar com ele por tentar nos matar -eu disse ouvi o Klaus a conversar com alguem e reverei os olhos.
-Anna,escute. Garanto que assim que eu terminar aqui,voce tera minha atençao. Enquanto isso... Por favor,fique fora de problemas -ele disse
-Nao precisa se preocupar. Elijah esta comigo. -eu menti e desliguei e entrei.
(...)
Eu entrei e vi o Marcel.
-Entre -ele disse e levantou-se da cadeira -Sente-se -ele disse -Oferecia uma bebida,mas...
-Casa adoravel -eu disse
-E so temporario -ele disse -Um amigo me emprestou. Acredite ou nao,ainda tenho alguns. Preciso de amigos para me manter informado,para me avisar quando alguem estiver vindo... Procurando me culpar por coisas que nao fiz -ele disse -So para constar,voce nao tinha que tratar Diego daquele jeito. Ja passou da hora de conversarmos.
-Voce quer conversar,fale. -eu disse
-Nao sei se tu te lembras mas a anos atras tu dizeste que nunca mais ias voltar e nunca irias me perdoar,aquela historia toda com a morte da Emily,ela fez-me acrditar que foste tu que a tinhas mordido.
-E passado -eu disse -Eu mudei desde essa epoca,nao me importo -eu disse
-Ate parece que desligas-te -ele disse
-Eu nao posso desligar uma coisa que praticamente nao tenho -eu disse
(...)
-Como tu sabias quem eu era? -eu perguntei
-Pelo teu interesse pelos cresecentes nem quando estavas aqui em 1978 -ele disse
-Diz-me uma coisa Marcel,foste tu que matas-te a minha familia? -eu perguntei
-Nao,acredita tu es a ultima Labonair viva tecnicamente -ele respondeu e pegou uma bolsa
-O que e isso? -eu perguntei
-Dinheiro,pricipalmente -ele disse -E coisas para recomeçar em um lugar seguro. Seja o que aconteceu no Bayou,nao posso ajudar -e ele disse -Mas como as coisas vao,eventualmente terei que ajudar. -ele disse e eu sentei-me.
-Esse e seu plano? -eu perguntei -Tirar-me da cidade para Klaus e Elijah virem atras? -eu perguntei
-Nao posso dizer que isso nao seria uma coisa boa -ele disse
-Entao por que nao vai e segue seu proprio conselho? -eu perguntei
-Eu nasci aqui,Anna -ele disse
-Eu tambem,muitos pensao que eu nasci na bulgaria com Katerina -eu disse e levantei-me e comecei andar para a saida
-O cara na moto,o homem-bomba,dizem que ele teve problemas com apostas -ele disse -Devia dinheiro para cassinos. Mais precisamente,para os humanos que os controlam -ele disse e eu ia sair de novo. -E,Anna,quando as coisas ficarem feias,lembre-se,eu tentei disso... Mais uma vez -ele disse e eu sai.
(...)
-Voce ficou -eu disse
-Ao amanhecer,eles saberam que nao somos covardes -disse o Oliver.
-O que esta havendo? -eu perguntei -O que ele esta fazendo?
-Ele esta em busca de poder,no despertar de uma tragedia. Ele nao esta sozinho. Houve outro ataque depois que saiu. -disse o Elijah
-O que? -eu perguntei
(...)
Eu entrei e vi o Jackson com a Eve morta.
-Seu amigo Jackson precisara de ajuda -eu lembrei do que o Elijah disse -Eles vao querer vingança. Sangue por sangue. -eu agachei-me ao lado do corpo da Eve e começei a chorar -E infelizmente em tempos turbulentos,as pessoas nao buscam pelo melhor.
 


Notas Finais


Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...