História Primeiro amor (Fillie) - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Dustin Henderson, Eleven (Onze), Joyce Byers, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Personagens Originais, Will Byers
Tags Caleb Mclauglin, Fillie, Finn Wolfhard, Gaten Matarazzo, Iris, It Cast, Mileven, Millie Bobby Brown, Noah Schnapp, Romeo Beckham, Sadie Sink, Sophia Lillis, Stranger Things
Visualizações 512
Palavras 3.847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá amores, gente esse capítulo está enorme, e é narrado pelo Noah. Para que tenhamos uma noção de como seria ver isso de fora, sem ser pelos olhos de Fillie.
O capítulo seria apenas uma breve entrevista, mas como pedi perguntas a vocês, a entrevista ficou mais extensa, é isso é ótimo.
Obrigada a todos que enviaram as perguntas. As respostas são conforme o que eu acho que seria respondido por eles. Espero que gostem do capítulo. 🐝
Não esqueçam que eu conto com o feedback de vocês!
Obrigada a todos que curtem e comentam, eu amo conversar com vocês, trocar idéias. E a todos que chegaram recentemente, bem vindos.

Boa leitura 😘💕

Capítulo 16 - A entrevista mais esperada, e uma pergunta reveladora


 

POV NOAH

Estávamos todos esperando para sermos chamados para o estúdio onde seria realizada a entrevista... fomos informados que haveriam 6 cadeiras de cada lado, que deveremos sentar na ordem que formos chamados, e que Finn ficará do lado do cast de Stranger Things.

O casal de apresentadores iniciam e cumprimentam os telespectadores, o programa é ao vivo, e a plateia grita histericamente. Logo os apresentadores, que se chamam Elena e John informam que seremos os convidados da entrevista de hoje e os gritos da plateiase tornam mais agudos.

- Receberemos agora, o cast de IT e Stranger Things! Eles começaram como crianças e agora são 12 dos adolescentes mais amados ao redor do planeta. Então aplaudam primeiramente, Wyatt Oleff, Sophia Lillis, Jaeden Lieberher, Chosen Jacobs, Jack Dylan Grazer e Jeremy Ray Taylor, do cast de IT! - diz a apresentadora. E todos entram conforme seus comes são chamados e sentam nos lugares reservados a eles.

- Vamos receber também, o cast de Stranger Things! Gaten Matarazzo, Caleb McLaughlin, Noah Schnapp, Sadie Sink, Millie Bobby Brown e Finn Wolfhard! - diz John, todos entramos e acenamos para o público, recebemos aplausos e tomamos nossos acentos. - É um imenso prazer tê-los conosco essa tarde! - ele fala, e todos agradecemos simultaneamente.

- Bom, no programa de hoje nós vamos realizar um dos maiores desejos dos fãs de todos vocês atualmente, esse encontro foi muito esperado. Foi o mais pedido. Como vocês se sentem a respeito disso? - Elena pergunta e vários de nós começam a falar uns por cima dos outros, nós rimos e elegemos um de cada cast para representar a todos, Jack e Gaten foram os escolhidos.

- Uh... eu achei incrível! Pois, era algo que eu acredito que todos nós queríamos também! Nós já havíamos nos conhecido durante o MTV Awards e foi sensacional ver que os fãs estavam empolgados em nos ver juntos. São trabalhos muito diferentes e ao mesmo tempo simililares... eu assisto Stranger Things e adoro, é maravilhoso saber que os fãs não criaram rivalidade entre os Fã Clubes, mas sim, se uniram e formaram um fandom enorme! Nós amamos todos vocês. - Jack diz e pisca o olho pra plateia que grita loucamente. Depois todos se viram para olhar Gaten.

- Concordo completamente com o que Jack disse, e ainda acrescento, somos todos como uma grande família... somos amigos. Lógico que com alguns temos maior intimidade que outros, mas não deixamos de nos apoiar nos projetos uns dos outros e torcemos pelo sucesso. E saber que nossos fãs também acabaram se tornando como uma família, foi surreal! Eu achei incrível! E é como ele disse, nós amamos todos vocês, e ficamos felizes por não estarem criando rivalidades mais sim se aproximando uns dos outros. É algo que incentiva mais ainda nosso trabalho. - Gaten diz e a plateia, mais uma vez, grita e aplaude entusiasmada.

- É maravilhosa essa energia que vocês têm! Dá pra sentir daqui... é realmente incrível. Também vemos que vocês têm muita intimidade. Até mesmo as meninas, que são minoria, se entrosamento bastante com os garotos. - John fala olhando de um lado pra outro para falar com todos nós.

- Sim, eu percebi isso também, John. Eu gostaria até de perguntar à Sophia e a Millie que passaram pela experiência de ser a única garota num grupo de garotos. Como foi para vocês essa situação? Vocês tiveram alguma dificuldade em interagir com os meninos no início? - Elena pergunta e Millie e Sophia se olham decidindo quem fala primeiro. So então reparo que Sophia está e pernas cruzadas de forma que seu pé está encontrado na perna de Jaeden, e a mão dele está em cima do joelho da perna dela que está por cima da outra, eles realmente fazem.um bom casal. A todo momento trocam olhares e sorrisos. Millie começa a falar.

- Na verdade, eu não vi tão grandes dificuldades em me relacionar, todos sempre me tratam como parte do grupo, nunca me senti excluída nem nada disso. A maior dificuldade foi a questão de que muitos momentos eles queriam falar coisas de garotos, fazer coisas de garotos e eu meio que ficava sem entender nada. Mas era engraçado  acabei aprendendo coisas e criando hábitos que eu não tinha. Todos os dias no set fazíamos algo todos juntos, o que ajudou muito a construir nossa amizade. Assistiamos filmes, jogávamos videogames, jogávamos alguns jogos estranhos que os Duffer nos apresentavam, cantávamos, dançávamos e as vezes só ficávamos em silêncio no mesmo lugar, só pelo prazer da companhia um do outro. - ela responde.

- É, comigo não foi diferente. Os meninos também não me excluíam das coisas deles. Na verdade, eles me incluíam em tudo, até no que eu não queria ser incluída, como nas brincadeiras bobas de puns e arrotos deles. - Sophia fala e todos rimos.

- Esse é o lado ruim da amizade com os garotos. - Millie fala e continuamos todos a rir.

- Nós não arrotamos e soltamos pum o dia todo! - digo olhando para Millie defendendo a mim e a todos os outros enquanto rio.

- Nem nós! Isso é um insulto! - Wyatt diz com falsa indignação e só aumenta a gargalhada de todos.

- Sim, mas no total, somos todos amigos, independente de eu ser uma garota e todos eles garotos, nós nos tratamos com respeito e nos divertimos sem nos importar. - Sophia completa ainda rindo. John agora vira-se para Finn.

- Certo. Finn, você é o único que participou de ambos os casts. Como é ser parte de dois grandes sucessos? E qual a melhor parte disso tudo? - ele pergunta.

Finn parece pensar um pouco, ele olha para todos nós e para os outros do outro lado do palco.

- Bom... uh... é uma oportunidade indescritível fazer parte desses dois projetos. Poder trabalhar com diretores, roteiristas, e todo o pessoal da produção que fica repassando os detalhes... são todos pessoas incríveis. E hoje eu posso dizer que temos aqui atores sensacionais, eu não escolheria melhores pessoas para os papéis que interpretam. E o melhor de isso tudo, é que não somos só colegas de trabalho... tenho aqui amigos e amigas, pessoas que quero ao meu lado pra sempre. - Finn diz e a plateia o aplaude.

- Isso é realmente lindo, Finn. - Elena sorri para Finn encantada. chega a ser engracado. - Okay, vamos dedicar agora um tempo para as dúvidas dos fãs... afinal esse programa é para isso. Para que os fãs possam falar com todos vocês ao mesmo tempo. Algum dos nossos auxiliares está na plateia com o microfone? - ela pergunta e uma moça com uma espécie e uniforme e de cabelos pretos e mechas de cor mel acena no meio da plateia.

- Ah... ali está, nossa estagiária Annie está na platéia. Já temos perguntas para nossos convidados, Annie? - John pergunta e a moça confirma e aponta para uma garota na platéia.

A garota fica de pé segurando o microfone.

- Olá, querida. Diga seu nome e pra quem vai fazer sua pergunta. - diz Elena.

- Meu nome é Bella, eu amo vocês demais! - a garota diz acenando para todos nós. Todos agradecemos ao mesmo tempo.

- Minha pergunta, vai pra pra Sophia. - ela diz e olha para a ruiva. - Acredito que todos sabemos das fotos que viralizaram no instagram de você e o Jaeden se beijando numa boate. -ela fala referindo-se as outros fãs ao redor - Eu queria saber, se é verdade que você e o Jaeden estão namorando? Se for verdade, gostaria que falasse um pouco para nós sobre a relação de vocês! - a fã diz animada dando saltinhos.

Todos sorrimos. Logo o rosto de Sophia fica tão vermelho quando seus cabelos, e ela começa a rir nervosa. Jaeden cochicha algo ao ouvido dela e ela confirma com a cabeça.

- Então... - Sophia começa a falar e sorri abaixando a cabeça envergonhada. Logo ela levanta de novo a cabeça e volta a falar. - Diante de fatos, ou melhor, fotos, não existem argumentos. - após ela dizer isso os gritos dos fãs se tornam ensurdecedores. 

- Mas... é recente, então ainda não temos muito o que falar pra vocês. - Jaeden completa, e os fãs enlouquecem mais ainda.

- Nossa, estou chocada! Vocês dois estão namorando! Que lindo isso, amor adolescente. Vocês formam um casal bonito!  - diz a apresentadora, Jaeden e Sophia agradecem. - Vamos ouvir a próxima pergunta. - ela diz dirigindo-se a um fã que estava de pé com o microfone.

- Meu nome é Peter, e eu tenho uma pergunta par o Jeremy. - diz o garoto. - Jeremy, o seu personagem sofre um bullying muito forte em IT. Quais cenas form mais difíceis de gravar, as de bullying ou as com o Pennywise?

Jeremy pensa por alguns segundos e diz:

- A cena mais difícil foram as do Ben com a Bev, na verdade, principalmente a do beijo. - Jeremy diz e todos riem, tanto nós atores, quanto à plateia. - É difícil você ter que beijar alguém que é como uma irmã pra você! Nós somos muito amigos, não parecia algo certo de se fazer. Eu olhava Sophia e ela me olhava de volta, e nos começávamos a rir pois era algo estranho. - ele se explica e ri. - mas, entre as opções que você me deu, foram as com o Pennywise, foram gravações bem intensas, tinha uma coreografia elaborada, cada movimento tinh de ser bem calculado para que ninguém se machucasse de verdade. Eram muito difíceis, se você errase algo, teríamos e gravar novamente a cena completa. - ele termina de responder.

- Então quer dizer que você não gostou de beijar a Sophia? - John pergunta brincando.

- Não esperava isso de você, Jeremy. - Sophia finge-se de ofendida. Todos rimos.

- Eu não disse isso. - Jeremy fala rindo.

- Melhor se explicar, cara. - diz Chosen.

- É só que foi estranho beijar alguém por quem não tenho atração. - ele se explica, mas só piora. Pois todos riem mais ainda, Sadie começa a lacrimejar rindo da situação.

- Agora você diz que não ou atraente. - Sophia finge-se de ofendida novamente.

- Cara, melhor você parar, está piorando tudo. - Jack diz gargalhando.

- Qual é? Somos amigos, vocês entenderam! - Jeremy fala também em meio a risadas.

- Vamos para a próxima pergunta. - diz John ainda rindo.

- Me chamo Aline e minha pergunta vai para o Wyatt . - diz uma garota no meio da plateia. - Gostaria de saber quem você namoraria no cast de IT e no cast de Stranger Things?

Wyatt acena para ela simpaticamente e ela solta gritinhos.

- Essa pergunta é muito fácil... eu namoraria o Jaeden e o Gaten. Caras, amo vocês! Sinto muito Finn, mas não podemos mais continuar com nossa relação, você não tem olhos azuis. - Wyatt fala em tom brincalhão todos rimos, principalmente os apresentadores e a fã que fez a pergunta.

Finn finge chorar, o que torna tudo mais engraçado.

- Cara, por que não disse antes? eu estava solteiro! - Jaeden fala com voz de lamento. - Mas eu ainda te amo... eu te amo... - ele diz esticando-se para passar a mão no rosto de Wyatt que finge estar magoado por levar um fora. Sophia que está entre os dois gargalha alto.

- Se ele não te quer, eu te quero. - diz Gaten rindo e piscando para Wyatt.

- Oferecido! - grita Jaeden, fazendo Sophia, que já estava parando de gargalhar, começar tudo de novo. Wyatt se lenvanta e vai abraçar Gaten.

- Pelo menos eu estou solteiro. - diz Gaten diz é Wyatt voltavaonseu lugar. Harden finge estar magoado.

Sadie e Millie estão rindo histéricas, Finn parou de fingir que chorava e pôs a cabeça entre as pernas de tanto rir, os outros também riem, mas não tão intensamente. Sinto meu estômago doer das gargalhadas que dei. É muito divertido estarmos todos juntos.

- A conversa está muito divertida. Mas precisamos dar um intervalo para nos recompor. - diz Elena para as câmeras. Logo somos avisados que estamos no intervalo, todos nós misturamos para conversar. Menos Finn e Millie, eles não conversam, apenas fingem que entendem o que falamos com eles, mas apenas riem sem graça, ou daonrisadas exageradas em momentos indevidos. Finn as vezes fica parado com a mão nos bolsos observando Millie. Já ela, fica com o olhar estático por segundos como se estivesse profundamente absorta em pensamentos secretos.

- Millie? Está tudo bem? - pergunto preocupado. Elas me olha e sorri fraco, eu me preocupo mais ainda, ela não é assim.

- Não se preocupe. Tudo vai ficar bem. - ela me diz passando a mão sobre meus ombros. Sadie e Caleb nos olham e conversam, parecem sérios, novamente tenho impressão de que Millie não sta nada bem. E Sadie sabe disso.

- Não tem como eu não me preocupar. Eu amo você, é minha melhor amiga. Eu sei que tem algo errado. Mas respeito você não querer me contar. - digo, olho ao redor novamente, para ver se ninguém nos ouve.

Todos estão ocupados conversando e rindo, até mesmo Finn finalmente começou a interagir com Jack, Gaten, Wyatt, Jaeden e Sophia. Com certeza riam da cena engraçada que fizeram a poucos minutos. Chosen e Jeremy conversam com alguns fãs que pedem autógrafos.

- Eu vou te contar Noah. Mas não agora... nem aqui. - ela me diz, e então faz aquele olhar que eu ja conheço, o olhar que pede um abraço... e eu a abraço.

E então vejo que Finn parou o que fazia e agora está nos observando, talvez preocupado, talvez com ciúme. Fico sem graça com o olhar dele. Mas não posso me afastar de Millie. Não quando ela parece estar a ponto de desfazer.

- Voltamos na contagem de 10 segundos! - grita o diretor do programa e todos voltamos à nossos lugares. Só agora cai a ficha, de que Millie e Finn estão mesmo passando por um mal momento na relação... ou não relação. Eles estão sentados lado a lado, e em nenhum momento desde o início o programa trocaram uma única palavra, nem trocaram olhares, na verdade, nem sequer houve os felizes que eles sempre tem, risadas, brincadeiras... era como se não fossem eles mesmos.

- Voltamos e estamos aqui com nossos convidados, agora, sem perda de tempo já vamos ouvir mais uma pergunta da nossa plateia. - diz Elena para as câmeras. Uma garota levanta-se.

- Me chamo Mary, e sou brasileira! Minha pergunta é para o cast de Stranger Things: Vocês tem alguma noção do quanto os fãs brasileiros amam vocês? E se existe alguma coisa característica dos brasileiros que vocês identificam quando se deparam conosco? - ela pergunta sorrindo.

Todos nós encaramos, Caleb diz que talvez seja melhor que eu responda pois no momento estou em contato com um trabalho brasileiro.

- Uh... é sempre bom conhecer fãs de todas as partes do mundo. - digo olhando diretamente para aquela que me fez a pergunta. - Isso nos faz encarar a dimensão que esse projeto tomou. É algo grande. Os fãs brasileiros são especiais para nós, não ofendendo aos fãs os demais países, pois cada cultura é diferente da outra. Mas uma característica dos fãs do Brasil, é que eles são muito intensos! Com palavras, emoções e com o amor que nos é dado! Não entenda mal, mas, vocês são loucos, e nós amamos isso. Lembro de uma fã brasileira que me encontrou quando eu estava em Londres, ela me contou que estava lá de férias, e ela me pediu para posar para uma selfie com ela, e ela gritava, e me abraçava com muito carinho, eu achei muito engraçado, pois era algo inesperado para mim. Então do nada ela disse: "Aí meu Deus, eu me casaria com você agora!", E eu fiquei como: "Okay, isso é legal". E foi realmente legal, não a questão de casar, eu não tenho idade para isso e tampouco ela, mas foi realmente bom, ver a naturalidade com que ela fazia e dizia as coisas. Os fãs brasileiros são muito calorosos, sempre nos sentimos abraçados! - Digo, então viro pra camera e completo: - Brasil... amamos vocês. E os fãs e outros países também. Amamos todos vocês ao redor do mundo.

Todos me aplaudem, é maravilhoso receber esse carinho dos nossos fãs, foram eles que nos fizeram chegar aonde estamos.

- Temos tempo para apenas mais duas perguntas da platéia. - anuncia John. Um garoto levanta-se.

- Meu nome é James. Minha pergunta vai para a Sadie. Você chegou por último no grupo. Isso de alguma forma de fez sentir-se menos intimas do pessoal?

- Uh... não, na verdade eu me sentia feliz, pois já era fã da série. E, bom... eu me aproximei rapidamente de Millie, Noah e Caleb inicialmente. E nós criamos um vínculo legal. Logo depois de aproximei de Gaten e Finn. Mas desde o primeiro segundo eles me fizeram me sentir parte do grupo. Nao me senti excluída de nenhuma maneira. Hoje eles são uns dos meus melhores amigos. Somos uma família. - Sadie responde sorrindo.

Caleb a encara abobalhado, "a qualquer momento ele começará a babar", penso

- Calma Caleb, cara. você está babando! - Diz Chosen rindo, como se lesse meus pensamentos. Todos rimos, e Sadie começa a corar violentamente. Caleb também fica envergonhado.

- Ora... parece que temos mais um jovem casal se formando aqui. - diz Elena. E todos juntos fazemos: "hmm..." em uníssono.

- Eu estava olhando sem intenções, juro! - Caleb se defende.

- Qual é, gente? Parem de zoação... - diz Sadie rindo nervosamente.

- okay, vamos para a última pergunta, o casal aqui ficou envergonhado. - diz Elena e todos voltamos a rir.

- Não somos um casal... - Sadie se defende, mas todos ainda rimos.

Uma garota se levanta na primeira fila, está usando uma camiseta branca, mas uma coisa chama a atenção quando ela se levanta, sua blusa diz: FILLIE É REAL. Olho para Finn e Millie, eles parecem congelados olhando para a garota.

- Eu me chamo Ana, e concordo com o que Sophia disse: Diante de fotos não existem argumentos. Ontem surgiram fotos de você na festa de Maddie conversando e sorrindo com Jacob Sartorius. O que existe entre vocês? - ela pergunta.

- Jacob é apenas um bom amigo... - Millie se defede sorrindo, mas logo é interrompida.

- Então isso quer dizer que não houve nada entre vocês ontem, não é? - a fã pergunta, mas soa mais como um pedido de satisfação.

O sorriso de Millie vacila, Finn a encara sério. Ela parece pensar por alguns segundos. De repente o mundo  começa a girar devagar. Olho para Sadie e seu rosto está tenso, Caleb apresenta a mesma expressão. Gaten parece interessado na resposta de Millie. Olho para os nossos amigos do outro lado e todos tem a atenção voltada para Millie e Finn. Percebo uma breve troca de olhares entre Jaeden e Sophia. Os pontos se ligam automaticamente na minha cabeça ao mesmo tempo que Millie responde.

- Não, não houve nada. - ela mente. Olho para Finn e seu rosto assume uma expressão de fúria. Sadie, Caleb e Gaten fecham os olhos lamentando ouvir a resposta. Poderia passar despercebido a qualquer um, menos á nós. A fã comemora junto dos outros que estão ao seu redor. Muitos fãs gritam comemorando a resposta de Millie. Finn olha para as próprias mãos, então, começa a girar uma garrafa de água com os dedos, a garrafa range com a força que Finn a aperta.

 

Os apresentadores agradecem nossa presença e da plateia, e logo encerram o programa. Ficamos alguns minutos para tirar fotos com os fãs, mas percebo que Millie e Sadie sumiram. Caminho até Gaten, para saber onde estão. Mas antes que eu possa perguntar qualquer coisa, Finn chega rapidamente ao meu lado, se pondo entre Gaten e eu.

- Cadê a Millie? - pergunta ele, sua voz soa friamente.

- Uh... eu não sei, Finn. - digo nervoso.

- Ela e Sadie passaram por aqui à uns cinco minutos, acho que voltaram ao camarim. - Gaten responde.

- Você sabia, não é? - Finn me acusa.

- O que? Finn, do que você está falando? - me defendo, finjo não entender do que fala, mas eu entendi bem.

- O que está acontecendo aqui? - Jeremy se aproxima. 

- Nada demais. Só uma conversa entre amigos. - Finn diz.

- Finn, você parece irritado... - Jeremy começa a falar.

- Tá tudo bem, okay? - ele fala alterado.

- Finn, você vai acabar chamando a atenção dos fãs. - Sophia diz aproximando-se também.

- Você precisa manter a calma, o que está havendo com você? - diz Wyatt que está ao lado de Sophia.

- Tudo bem, eu já estou de saída mesmo. Tenho pendências à resolver com minha ex namorada! - ele diz e se vira para ir pra o camarim.

- Hey, onde você vai Finn? - pergunto. Mas ele me ignora completamente, anda a passos largos, pisando firme.

- Onde ele está indo? - Jack chega correndo acompanhado de Jaeden e Chosen.

- Atrás de Millie... - Caleb diz ao meu lado, e logo começo a correr em direção ao corredor que Finn entrou, e sou seguido por todos os nossos amigos.

 

Eu o acompanho ainda na porta do camarim, o seguro seu braço antes que ele passe pela porta, do corredor podemos ouvir que Sadie e Millie estão discutindo dentro do camarim, as palavras soam incompreensíveis, graças a porta que está fechada.

- Aqui não é o lugar, Finn. - digo e ele se solta de minha mão.

- Você vai defender ela? Você foi um dos que mais me acusou. - ele grita.

- Eu não estou a defendendo, só não quero que vocês virem notícia no jornal de amanhã! - digo tentando faze-lo manter a calma. Nossos amigos finalmente nos encontram, mas Finn já está com  mão na maçaneta.

- Que se foda o Jornal de amanhã! - ele diz e gira a maçaneta, nesse momento ouvimos claramente a voz de Millie.

- O que você queria que eu dissesse lá, Sadie? Que eu beijei o Jacob? - ela grita. Logo depois há um silêncio. Finn está parado na porta olhando para dentro do camarim. E nós estamos todos no corredor, olhando para Finn.

- Aí meu Deus! - a voz de Sadie dentro do camarim soa assustada.

- Finn? - diz Millie com voz fraca, como em choque.

O rosto de Finn por alguns segundos parece se contorcer de dor, mas muda rapidamente para para raiva.

- Eu não queria acreditar... - ele diz com os olhos fixos em algum ponto dentro o camarim, acredito ser em Millie, ele escancarada a porta com força e entra no camarim furioso, e nós o seguimos tentando evitar a catástrofe que está prestes a acontecer.


Notas Finais


Fiiiiim desse capítulo. Gente, nosso OTP tá sofrendo muito não é mesmo? Mas vejam o lado positivo... A mais de uma semana que Millie não comenta nada do Jacob.
"É pra glorificar de pé irmãos"... kkkkkk
Espero que tenham gostado, e até o próximo! Beijinhos. 😘🐝💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...