História Primeiro amor•°•°•(park chanyeol)ABO - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Bromance, EXO, F(x), Got7
Visualizações 31
Palavras 546
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo


A muito - nem tanto assim - 3 jovens alfas juraram, em frente ao seus deuses que seriam "irmãos" para sempre. Esses jovens eram: Juan Miguel, park jynyoug(JYP) é Kim heechul, 3 melhores amigos de apenas 17 e 18 anos, que carregavam grandes responsabilidades, dentre elas, comandar dois continentes e dar amor a sua família, que foi construída tão cedo.

Juan Miguel, era o alfa chefe da tríade. Tinha seus 17 anos, era responsável pelo continente europeu inteiro e sua ômega estava grávida de seu segundo filho

Park jynyoug, era alfa, tinha seus 18 anos, era responsável pelo continente asiático e sua ômega esperava seu primeiro filho.

Kim heechul, era alfa, tinha quase 19 anos, braço direito de Juan Miguel, seu ômega estava grávido de seu primeiro filho.

....

Muito tempo se passou e a amizade dos 3 só se fortaleceu. Juan Miguel tinha 6 filhos, uma única menina, a qual tinha o "sangue azul" de sua antepassada, rainha Sophia, que pertencia a raça que era a mais rara no planeta terra. Felina.

Essa raça era diferente, por ser considerada rara e de linhagem imperial, pois somente princesas e rainhas tinham essa raça, mas o mais comum - da raça - eram os homens, as mulheres eram poucas.

Já park, tinha 4 filhos alfas, seu segundo filho, chanyeol, era o chefe de sua família. O mais responsável e "antisocial" de seus 4 filhos. Chanyeol era alto, forte, sabia algumas artes marciais chinesas, japonesas e coreanas, era melhor amigo de namjoon, filho mais velho de heechul, não falava e nem expressava muitas coisas, era frio e calculista, tinha bastante orgulho e um coração bom, se envolvia com algumas mulheres, mas que homem não?

Angelyke tinha uma personalidade extremamente forte, um orgulho imbatível, era determinada e por isso foi escolhida como a chefe da família. A baixinha, de apenas 1,48 sempre conseguia o que queria, sabia manipular as pessoas, vivia em pé de guerra com baekhyun, mas na hora do desespero sempre estavam juntos. Tinha um estilo meio rockeira, meio swag, meio tudo, podemos dizer que ela tinha um gosto bem variado. Era melhor amiga de jimin, seu amigo de infância igual a seokjin e era a mais nova da família.

.....

Agora, angelyke desembarcava do avião particular junto a sua família. Passariam um tempo na Coréia por conta do trabalho de seu pai, enquanto sua mãe ficaria tomando conta de uma sede de sua empresa. 

Baek- angelyke! Eu disse pra vc vir de rosa!- brigava com a irmã

Ange- no dia que vc mandar em mim eu visto aquela coisa horrível com uma cor mais horrível ainda, mas enquanto não, vc cala a boca e fica quieto!- cortou o irmão grosseiramente. Era sempre assim, os dois se alfinetando e os outros de plateia.

Juan- vcs podem parar de brigar por 5 minutos?- pediu suspirando

Ange/baek- foi ele/ela que começou- falaram em uníssono e se olharam, virando o rosto - um pra cada lado - logo após.

Juan- olha eles ali- apontou pra uma dupla que caminhavam em sua direção. Ange agora se encontrava ao lado de sua mãe, com sua pose profissional.

Malu- nem parece aquela criança emburrada de segundos atrás- sua mãe sussurrou em seu ouvido

Ange- eu sei ser profissional quando quero- respondeu no mesmo tom e respirou fundo, andando em direção aos amigos de seu pai, junto a sua família.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...