História Primeiro filho, NaruHina! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Boruto Uzumaki, Chouji Akimichi, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Himawari Uzumaki, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Inojin Yamanaka, Kakashi Hatake, Kiba Inuzuka, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kurenai Yuuhi, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha, Shikadai Nara, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari
Tags Naruhina Boruto Himawari
Visualizações 203
Palavras 1.191
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 13 - Capítulo13


Boruto quatro meses

-Papai, diz papai Boruto

-Não Boruto, mamãe.

O loiro estava no berço olhando os bichinhos em seu teto o Naruto e eu tentávamos chamar sua atenção, mais os bichinhos eram mais importantes nos dois nos beijamos e fomos para a cozinha eu preparei o café enquanto o Naruto tomava um banho assim que terminei de fazer o café o Naruto apareceu ele me deu um beijo na testa e se sentou na minha frente, nós tomamos nosso café e logo em seguida fomos ver se o Boruto estava bem, assim que chegamos lá vimos que ele estava dormindo.

-Ele dormiu Naruto-kun

-O que vamos fazer agora?

-Ver um filme.

-Filme é? -O Naruto sorriu malicioso. -Então vamos.

-Vamos pra sala não podemos demorar daqui a pouco amanhece. 

-Então vamos

O loiro e eu sentamos no sofa eu estava com a cabeça em suas pernas nós dois fizemos pipoca e fomos ver um filme de terror eu estava sempre tampando os ouvidos e de olhos fechados o Naruto aproveitava meu medo para me assustar e eu sempre caia, estava tudo tranquilo até que eu senti a mão do loiro dentro da minha blusa e do meu sutiã eu o olhei e fiz um "Não" com a cabeça o Naruto chegou perto do meu pescoço e me beijou eu tentei me soltar mais assim que senti os lábios do Naruto em meu pescoço eu não resisti e soltei um gemido o loiro apertava meus seios com força ele me levantou sem tirar as mãos de dentro do sutiã e me virou de costas pra televisão.

-Naruto-kun...

O Naruto me agaixou me fazendo ficar de quatro eu apoiei minhas mãos no sofá menor o loiro beijava minhas costas delicado e apertava meus seios com força o loiro já estava ereto seu membro pulsava dentro da calça eu sebtia sua pulsação em minha bunda e a sensação do aumentava minha excitação eu me virei para o Naruto e o joguei no sofá com apenas uma mão eu consegui tirar sua calça assim que vi o volume eu sorri maliciosa fiquei de joelhos e dei um beijo em seu membro o Naruto soltou um gemido.

Eu tirei sua cueca e me levantei abri minhas pernas e me sentei em seu membro eu soltei um gemido baixo ao senti-lo entrando o Naruto tentava se mecher mais eu estava no comando eu rebolei uma vez e arranquei um suspiro do loiro o Naruto segurou em minha cintura e me forçou a movimentar meus quadris eu o acompanhei eu fazia movimentos de sobe e desce e rebolava só para ver o loiro ficar louco.

-Hinata.

-Na-Naruto-kun é tão gostoso te sentir dentro de mim.

De repente o Naruto me pegou pelo cabelo e me colocou de quatro ele me penetrou com força eu soltei um gemido alto mais o abafei com um travesseiro o loiro foi aumentando a velocidade e eu o ajudava rebolando em seu membro o loiro deu as últimas estocadas ele segurou minha cintura bem forte e acabou gozando dentro me fazendo revirar os olhos.

-Naruto-kun

-Hinata.

No outro dia

Eu e o Boruto estávamos caminhando por Konoha tranquilamente o pequeno ria pra todos que nos encontrávamos pela frente, eu estava carregando o loiro na mão o carrinho estava em casa o Boruto gostava mais de ficar na mão nos dois estávamos distraídos até que de repente fomos surpreendidos pelo Sasuke e a Sakura os dois estavam com a Sarada a Sakura disse algo pro moreno que o fez se despedir de mim e seguir seu caminho, ele parou na minha frente e me olhou nos olhos ele ao sussurrou "Que bebê mais fofo" eu agradeci pelas palavras do Sasuke ele foi embora e nos deixou a sós.

-Hinata 

-Sakura-chan como está a Sarada?

-Ah ela está fazendo três meses hoje.

-O Boruto fez quatro meses a cinco dias atrás. 

-E como vai o Naruto?

-Ah ele está ótimo.

-To falando em comparecer na hora lá Hinata 

-Não entendi Sakura-chan.

-Vocês dois transam?

-Ah! Sim, sim.

-Uma vez por...

-Por dia? Nossa que inveja eu e o Naruto-kun somos uma vez por semana, as vezes o Boruto vai para a casa do meu pai aí então nós aproveitamos, mais muito difícil ele ir.

-Uma vez por semana?

-Sim Sakura-chan, porque?

-O Sasuke não comparece desdo nascimento da Sarada.

-E porque ele está cansando.

-E porque meus seios são pequenos.

-Idiota! Desculpa o palavriado.

-Tudo bem Hinata.

-Hum... Faz o seguinte deixa a Sarada com os avós, compra uma lingerie bem sexy e faz uma coisa sensual pra ele.

-Você vem comigo?

-Vamos com a Titia Sakura, Boruto? -O loiro riu.

-Isso e um sim, vamos Hina.

Eu e a Sakura fomos para um loja de sex shop que fica bem escondida de Konoha a rosada olhava umas fantasias de princesas bem sensuais, eu estava passando pela loja até ser pega de surpresa por uma fantasia de chapeuzinho vermelho eu corri até a rosada é a mostrei a fantasia a Sakura na mesma hora se encantou ela acabou comprando a peça que mostrava bem seu corpo.

-Hinata obrigado por me ajudar.

-De nada é melhor eu ir Sakura-chan o Boruto está com fome.

O loiro chorava alto de fome eu corri para casa e lhe dei mamadeira, o Naruto estava deitado no sofá com cara de tedio ele passou por mim e foi tomar um banho, assim que o Boruto mamaou ele acabou dormindo, eu aproveitei para entrar no chuveiro com o Naruto.

-Hinata vamos ter outro bebê?

-Agora não Naruto-kun.

-Mais eu quero.

-Agora não Naruto-kun.

-Agora sim.

O Naruto me deu um beijo intenso eu o afastei de mim e saí correndo.

-Não seja cruel Hinata.

 Boruto nove meses

Eu e o Naruto estavamos deitados na cama eu e ele não conseguíamos nem falar direito, o Boruto não conseguia ficar parado ele estava engatinhando pela casa inteira nos dois estávamos exaustos o loiro me olhou e suspirou eu estava tão cansada que acabei fechando os olhos e dormindo. 

-HINATA! HINATA

Eu acordei assustada me levantei e bocejei olhei para o Naruto e sorri mais o loiro estava estranho, seus olhos estavam cheios de lágrimas ele parecia cansado eu me lavntei sem entender nada olhei para os lados nosso quarto estava todo revirado eu olhei para o Naruto e deitei minha cabeça para o lado eu fiquei observando seu olhar preocupado.

-Hinata o Boruto.

-O que tem o Boruto? 

-Eu não acho o Boruto.

-Deve estar...

-A porta estava aberta.

-O QUE? BORUTO

-Eu estava vendo televisão com ele mais do nada ele sumiu.

-Temos que acha-lo, BYAKUGAN!

Eu olhei pela casa inteira mais não havia nenhum sinal dele eu comecei a ficar desesperada nos dois saímos correndo e olhamos pela aldeia inteira alertamos nossos amigos e o clã Hyuuga foi chamado para acha-lo em cavernas eu saí correndo e entrei na floresta da morte bem no meio da floresta encontrei a Sakura, Ino, Saí e Kiba nenhum deles achou o Boruto, eu estava começando a ficar instável meu peito doía o Naruto estava do meu lado com um olhar de remorso eu o beijei docemente e sorri para o loiro.

-Não foi sua culpa.

-Foi sim Hina...

O Naruto parou de falar e correu para perto de uma árvore ele pegou um pedaço de pano e me mostrou.

-Hinata e do Boruto 

Havia sangue espalhado pelo chão e em cima do sangue havia alguns pedaços de roupa do Boruto eu peguei suas roupas e acabei desmaiando





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...