História Priminha! (Imagine Hansol ChweVernon)Seventeen - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hansol "Vernon" Chwe
Exibições 464
Palavras 2.191
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Meu PRIMEIRO HENTAI!! ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!

Capítulo 1 - Priminha...Minha tentação.


Fanfic / Fanfiction Priminha! (Imagine Hansol ChweVernon)Seventeen - Capítulo 1 - Priminha...Minha tentação.

Vernon on

-Boa noite priminho!-Fala ______ aquele pedaço de mulher...Que meu deus! Ela me da um beijinho na buchecha e sobe as escadas, tenho a linda visão de suas nadégas. Só pensar que eu posso estapea-las já fico excitado. Como _______ pode ser tão gostosa, minha prima! Ahh priminha...Você é tão inocente! Sua inocência me deixa excitado! Eu me sinto um sujo pensando nisso, mas se for para te-la, serei sujo! Mas um sujo feliz!.

-Ai Meu Deus!-Falo terminando de lavar a louça de nosso jantar. Bebo um copo da água o lavo e coloco o mesmo no lugar. Subo as escadas paço em frente a porta da tentação chamada _______ e entro no meu quarto. Vou para o banheiro e me despi, entro no box e olho para baixo. Estava excitado.

-Aish ______!-Eu reclamo, mudo a água para fria, mas nada adianta. Coloco a mão em meu membro e começo a fazer movimentos de vai e vem, imaginando a minha priminha, minha tentação com sua linda boquinha o chupando, engolindo meu membro. Me alivío. Não era a primeira vez que já me aliviei pensando em minha priminha. Saio do chuveiro e coloco uma cueca box preta e uma calça cinza. Me jogo na cama. E tento dormir.

-----Flashback on-----

-Vernon!-Fala _____ vindo me abraçar, sinto seus seios fartos contra meu peitoral.

-Oi _____-Falo sorrindo, ela se afasta um pouquinho e sorri. _____ está com 17 anos, a última vez que eu a tinha visto era ela estava com 11 anos e eu com 13. Ela está mudada em todos os sentidos.-Vamos entrar?-Falo e ela concorda, pego suas malas e coloco no seu quarto.

-Obrigada Vernonie!-Ela fala sorrindo e me chamando pelo apelido que  a mesma me chamava quando era menor.

-De Nada!Qualquer coisa me chame!-Falo e ela concorda, saio do seu quarto e fecho a porta do mesmo e vou para o meu quarto. ________ teve que vir morar comigo pois seus pais estavam em um tempo difícil! Eles não deixavam ______ ter contato com o mundo exterior, ela cresceu muito inocente, não sabendo o que era sexo, desejos carnais, traição, desejo e pecado. A sua inocência era tão linda. Ela era muito feliz, carinhosa, amorosa e fofa sem duvidas!

-VERNONIE!!- Escuto um grito e saio dos meus devaneios, corro para o quarto de ________ ela estava em cima da cama, com uma camisola trasparente, eu conseguia ver seus seios e sua calsinha branca de rendas, totalmente sexy! Ela chupava um pirulito de forma mais sexy ainda. Com aquela calsinha eu pensaria que a mesma não tinha nada de inocência.

-O que foi?-Pergunto desviando o olhar de seu corpo e olho em seu rosto agora. Ela da uns tapinhas na cama dela, eu vou ate lá e me sento. 

-Leia para mim?-Ela pergunta fazendo biquinho com o palitinho do pirulito no meio do mesmo. Eu sorrio por ela ser totalmente fofa. Ela pega um livro, seu favorito " Le Petit Prince"( O pequeno Principe).

-Ok!-Pego o livro de sua mão. Ela sorri e eu começo a ler, ela estava tão entretida no livro.

-Priminho lê essa parte?-Ela diz e senta em meu colo e aponta para a parte que eu deveria ler. Me senti encomodado, meu membro estava ganhando vida embaixo de minha box. E ouvi-la chupando e sugando o suco do pirulito me encentivava a pega-la e fode-la. Mas preciso me controlar! Sou seu primo!- Assim ô priminho!-Ela ri e começa a ler a parte que a mesma quer. Ela se mexe em cima de meu membro tentando se ajeitar, mas solto um suspiro e a mesma se mexe mais.-Priminho o que é isso?- Ela pergunta se ajeitando mais.

-ahhh..-Solto um gemido.-__-_____ não faz isso!-Digo em um gemido.

-D-desculpa!-Ela fala, ela se vira de frente para mim e me olha preocupada. Sua intimidade encosta em meu membro então coloco a mão sobre sua cintura. -Eu te machuquei?-Pergunta preocupada e se mexe no meu colo, ela solta um suspiro.-P-Priminho, sei que não é uma boa hora mas eu senti algo quente em minha intimidade!-Ela fala com as mãos em meus ombros. Abaixando a cabeça e se movimentando novamente, suspiro e a aperto mais contra meu pau por cima das vestes. Tenho de sair dali! Realmente não aguento mais! Coloco ela sentada na cama e a cubro. Ela me olha surpresa e eu beijo sua testa. -Boa noite.-Ela fala, murmuro um "boa noite" e saio do quarto da mesma apagando a luz e fechando a porta.

-Meu Deus!-Falo respirando fundo e olhando para baixo vendo meu membro totalmente ereto.

-----Flashback off-----

Me lembro como me senti naquele dia e me sinto duro novamente, me levanto e em vez de ir para o banheiro me aliviar, vou em direção ao quarto de minha tentação. Ah ________ eu preciso te-la! Era noite essa hora ela deveria estar dormindo. Entro em seu quarto, abrindo a porta devagarinho para não acordar minha "priminha". Fecho a mesma. Vou até sua cama e sento na beirada. Ela estava deitada de lado e com a mão em baixo do rosto, seu peito ia para baixo e para cima, sua boca entre aberta, conseguia sentir o hálito de menta por conta da pasta. Seus cabelos meios bagunçados e uma bela visão do decote de sua blusa do pijama, conseguia ver os biquinhos de seus seios por debaixo da blusa. Sexy! 

-Hm...-Ela resmunga e se mexe na cama. Retirando sua coberta de seu corpo me dando a visão de sua calsinha minúscula de renda vermelha e sua bunda maravilhosa. Senti uma dor em meu pau. 

Não aguento e começo a passar a mão em seu rosto, linda! Totalmente linda! Chego um pouco mais perto e a cheiro,viciante! Desço minha mão para seu decote, colocando a mão em cima de seus seios, apalpando, a vejo se mexer e soltar suspiros. Vou até o começo de seu moletom e abro seu ziper lentamente, quando o mesmo está aberto,  afasto os dois lados da blusa e tenho a linda visão de seus seios. Não me seguro e começo a apalpalos mais rápidos, mas agora começo a passar  língua pelos biquinhos e dar leves mordidinhas. 

-H-hm...-Ela se mexe e fica de barriga para cima. Sua respiracão está pesada e rápida. Desço minhas mãos mais um pouquinho e paço minha mão em cima de sua bucetinha,por cima da peça vermelha, a sentia quentinha. Ela suspira novamente. Subo em cima da cama e fico por cima da mesma, desço um pouco e vou em direção a sua bucetinha. Ela está tampada pela calsinha, com aquela cor tentadora. Coloco a calsinha para o lado e começo a passar meu dedos. Ela estava molhadinha. Meu membro em baixo da calça estava doendo de tesão. 

-Ahhh!-Ela geme e abre os olhos devagar.-Ve-Vernonie!-Ela olha para baixo e se surpreende, suas bochechas estavam coradas. -O-o que está fazendo?-Ela pergunta com a respiração acelerada. Masageio seu clitóris e a vejo deitando novamente.

-Priminha hmmm, você me deixa louco! Eu preciso de você!-Falo e continuo a masageando.-Quer que eu pare?-Pergunto aumentando os movimentos em seu clitoris.

-N-não!-Ela fala negando com a cabeça, sua voz saiu fraca.- Isso é t-tão bom!-Ela diz e seu quadril começou a se esfregar em meus dedos. Quando ela disse um sorriso malicioso surgiu em meus lábios.

-Irei continuar!-Falo e ela concorda várias vezes com a cabeça. Desço por sua barriga dando lembidas e beijinhos. Vendo a mesma suspirar. Eu voltei a masagea-la novamente, ela mordia os lábios repreendendo gemidos.

-Não morda os lábios!-Falo e vou até seu rosto, levemente corado.- Quero te ouvir gemendo!-Falo e mordo seu lábio. -______ você já beijou alguém?-Pergunto, ela nega. Um sorriso aparece em meu rosto, não perco tempo e ataco seus lábios. Ela era inexperiente, dava para perceber por seus movimentos desengonçados. Eu invado sua boca com minha língua, ela tinha um gosto ótimo! Beija-la era facinante...Gostoso e excitante. Paro de beija-la dando selinhos nos seus lábios meio avemelhados, desço com chupadas por seu maxilar e seu pescoço dando chupões, deixando vermelhas a ouvindo suspirar. Vê-la assim é tão bom!  Retiro seu moletom o jogando a algum lugar. Vou descendo novamente e volto a sua intimidade.

-Vernonie...-Ela me chama, levanto a cabeça e pergunto com um "hm?".-Faz aquilo de novo...Com seus dedos, estava bom!-Ela pede suspirando. Sorrio e volto a masagea-la, retiro sua calsinha a deixando totalmente nua.-A-ahhhh!-Ela geme baixinho.Começo a trabalhar minha língua nela, seu gosto e muito bom. Introduzo um dedo nela e a ouço grunir.-A-Ai!-Ela gruni.

-Desculpa!-A Beijo novamente.-É para não doer daqui a pouco...-Falo e a beijo novamente, começo com meus movimento de vai e vem com os dedos, introduzo outro e ela da um gritinho, continuo com os movimentos acelerando os mesmos, e a vendo gemendo cada vez mais alto, meu pau em baixo da box estava lateijando.

-AAHH-_____ se derrama em meus dedos arqueando as costas. Coloco meus dedos em minha boca e seu gosto era incrivel. Sento do outro lado da cama e começo a masagear meu pau por debaixo da calça. Retiro minha calça e a jogo para algum lugar no quarto.

-__-_____- A chamo e ela se levanta ofegante.-Senta aqui!- Dou tapinhas no meu volume.

-M-mas, não vai te machucar?-Ela pergunto, ela pensou que tinha me machcado aquela vez? Eu nego e a mesma faz. Ela se senta e sinto sua bucetinha em contato com meu pau. Ela só estava protegida por minha box.

 Coloco a mão em sua cintura, e começo a movimenta-la em cima de mim.-A-assim!-Meu pau estava doendo muito. Sua cabeça pendia para o lado.-_______ me chupa!-A peço, a vejo me olhando com suas orbes agora negras. 

-a-an?-Pergunta a mesma se apertando contra meu pau. Eu gemo com o movimento dela. A retiro do meu colo e tiro minha box a vendo fitando meu pau. Faço movimentos leves. Espalhando meu líguido de pré-gozo pelo meu pau.-Posso tocar?-Ela pergunta, sorrio e concordo com a cabeça, mas antes me ageito na cama. Ela fica entre minhas pernas e imita os movimentos que eu estava fazendo antes.

-U-sa sua boquinha!-Falo com a voz rouca e sobrecortada. Coloco a mão em seu rosto e faço carinho no mesmo. Ela olha meu membro novamente e começa a chupalo, ela masageava minha extenção com o que não cabia em sua boca. Ela até parecia proficional.-S...sua boqu..inha é tão que...nte!-Falo agora com a mão em sua cabeça a incentivando. Ela chupa minha glande e antes que eu gozase a puxei pra cima e a coloquei por baixo.-Vai doer...Mas logo passa!-Digo e me posiciono entre suas pernas. Esfrego meu pau entre seus lábios vaginais e ela começa a gemer.

 Começo a me introduzo em sua bucetinha. Ela tenta se afastar mas eu a seguro. -AIIII!-A mesma grita quando eu arrebento seu "sinal" de pureza. Ela se segurava para não chorar.

-V-você está me esmagando!-Falo já dentro dela, ela era tão apertada! Seu interior era quente! Esperei algum tempo antes de me movimentar.

-Awn!-Ela geme baixinho se movimentando em meu membro, não me segurei e a estoquei com força, ela gritou, continuei com movimentos fortes e fundos.

-Você....É tão gostosa!!- estoco com mais força.

Ela geme alto, achei seu ponto g. Começo a estocar somente lá  vendo-a gemer e gritar.-V-vernonie!!E-Eu!-Ela não terminou de falar e se derramou em meu pau.Mas não estava satisfeito e a estoquei mais forte! Ela gritou! Eu me afundei em sua bucetinha soltando um gemido alto e gozando. Me deito ao seu lado. Ela estava tentando controlar a respiração. Fecho meus olhos tentando fazer o mesmo. Mas sinto algo sentando em meu colo, reabri meus olhos e ela se sentou em meu membro. Ela gemia arqueando as costas, eu segurei sua cintura e guiando os movimentos. Ver ela engolindo meu pau, aquela buceta apertada me esmagando era tão bom! Eu começo a rebola-la em meu membro e gemi com isso. Eu a cavalgo mais rápido. Gemidos, suor, e sexo, era o que ouvia e sentia naquele quarto. Ela vem até meu rosto e me beija intensamente. Ela aperta sua buceta em meu pau a fazendo engolir tudo e chegamos ao nosso ápice novamente, mas agora juntos, saio de dentro da mesma. Ela se joga ao meu lado, a abraço e nos cubro. Dou um selinho na mesma e depois beijo sua testa.

-Você foi ótima aliviando seu priminho...-Falo. Ela me olha nos olhos e sorri.

-Foi gostoso, não sei explicar, doeu muito no começo mas depois começou a melhorar...-Só com aquelas palavras ela me enlouquece. A beijo novamente. 

-Durma, amanhã arrumamos tudo...Boa noite princesa! Eu te amo!-Falo a abraçando e passando a mão em sua bucetinha, a vendo se esfregar em meu carinho, ela suspira e me beija. Ela sussurra um "Também te amo Vernonie". A mesma coloca sua cabeça em meu peitoral e fecha os olhos, a aperto mais contra mim e faço o mesmo que ________. Durmo tão bem, estava sujo! Sujei minha prima, mas estava feliz, e irei para o inferno com toda a certeza, mas irei feliz. Meu amor foi correspondido por um ato proíbido, incesto! Mas tão gostoso, e impulsionante. Essa não será a primeira e última vez, peguei leve com você ________ mas daqui em diante me aguente.

End.


Notas Finais


É isso! Gostaram?? Se sim obrigada! Se não...Obrigada pela vizualização kkkkk(sou grossa desculpa)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...