História Primos ( Percabeth) - Capítulo 13


Escrita por: ~ e ~Cuupcaake_4

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Frank Zhang, Hades, Hazel Levesque, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nico di Angelo, Percy Jackson, Personagens Originais, Piper McLean, Poseidon, Sally Jackson, Thalia Grace, Zeus
Tags Férias, Percabeth
Visualizações 126
Palavras 900
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


HEY!!!
VOLTEI COM CAPÍTULO NOVO!!!
DESCULPEM A DEMORA.
E... ESPERO QUE GOSTEM✌🤘
obs.: não fiz uma revisão tão dedicada pela falta de tempo. Se houverem erros pesso a compreensão de vocês.

Capítulo 13 - ANNABETH


Depois de conversar com Calipso, Percy parecia bem mais animado.

Entre risos, beijos e brincadeiras voltamos para casa. Não tínhamos nenhuma pressa para chegar em casa cedo.

Chegamos silenciosamente, mas logo que entramos somos surpreendidos por duas figuras com caras nada agradáveis, meu pai e tio Poseidon.

- Onde vocês estavam? - pergunta meu pai. - Fui ver como você estava hoje de manhã e não te encontro na cama.

- Calma pai... - eu tento dizer alguma coisa mas sou interrompida.

- Calma?Calma? Eu estou calmo! - penso em dizer "imagina se estivesse estressado" mas calculei que não seria bom para a minha saúde. - Eu fiquei preocupado! Você nunca sai sem avisar.

Olhei rapidamente para Percy enquanto o mesmo era encarado rigorosamente pelo pai. Volto minha atenção para meu pai. Ele não estava realmente bravo, estava apenas preocupado.

- Eu estava prestes a ligar para a polícia!

- Desculpe, prometo que isso não vai se repetir! - eu digo fitando o chão.

Meu pai suspira pesadamente, põem a mão em meu ombro e diz:

- Tudo bem filha. Você é jovem, nunca me deu preocupação. Não vou colocá-la de castigo por quebrar as regras uma vez na vida.

Ele me abraça de lado e continua:

- Mas... por favor, não mate seu velho pai do coração tão cedo, ok?

- Ok. - eu digo com sorriso meio torto e ele sorri para mim.

- É... onde vocês foram que passaram a manhã inteira fora? - diz ele e logo adiciona - se quiser me dizer, claro!

- Hm... fomos na casa de uma amiga nossa que ligou hoje cedo pedindo que fôssemos na casa dela! - eu minto.

- E ela não podia esperar pelo menos o sol nascer direito?

- É que... e esse era o único horário livre que ela tinha!

- Entendo.

- Acho que vou para o meu quarto.

- Tudo bem. - ele acaricia meu cabelo e beija minha testa.

Ando em direção ao meu quarto, mas antes dou uma última olhada e vejo tio Poseidon levar Percy para fora de casa provavelmente com objetivo de ter uma conversa mais sigilosa.

Entro no meu quarto pego um livro qualquer da minha estante e começo a ler.

Cinco minutos depois alguém bate na porta. Levanto-me e vou abri-la.

- Você nunca para de ler? - pergunta Percy encarando o livro em minha mão.

- Você vai entrar ou não?!

Ele entra e senta-se na minha cama, eu sento ao seu lado.

- Acho que meu pai está começando a desconfiar da gente! - ele diz olhando diretamente para mim.

- O que ele te disse?

- Hm... nada além de "tome cuidado com suas escolhas, filho.".

- Acha que ele estava se referindo a nós? - pergunto receosa.

- Talvez sim... talvez não... Talvez estivesse se referindo a não procurar encrenca com sua mãe!

- É... pode ser uma hipótese a considerar. Como eu já disse, minha mãe gosta muito de você, mas ela não gosta nem um pouco do seu pai. - digo refletindo sobre o assunto. - mas... Você veio aqui só pra dizer isso?

- Claro que não! - ele se levanta e tranca a porta na chave - Dessa vez não quero que ninguém entre aqui de surpresa e nos atrapalhe.

Ele mal termina de falar e vêm para cima de mim.

Começamos a nos beijar calmamente, após alguns segundos o beijo fica mais desesperado e urgente. Sinto suas mãos acariciarem minhas pernas. Rapidamente eu tiro sua camisa, deixando seu abdômen sarado completamente visível. Inverto nossas posições ficando em cima dele. Nos beijamos mais uma vez. Sinto suas mãos levantarem vagarosamente minha camisa e joga-la em algum lugar do quarto. Sem nos separarmos do beijo ele começa a tirar meu sutiã, mas antes que o fizesse Percy se detém e diz:

- Annie, não posso fazer isso! - ele fala e levanta-se da cama.

- O quê?! Por que? - pergunto segurando seu braço.

- Porque... porque... - ele abaixa a cabeça como se procurasse as palavras certas. - Eu não quero te machucar!

- Me machucar?

- É. - ele me encara como se eu fosse a garota mais inocente e indefesa do mundo. - A primeira vez de uma mulher não é tão agradável como a primeira vez do homem. Você iria sentir muita dor e... eu não sou capaz de ver você sofrer.

- Hm... é só isso?! - eu digo e dou um sorriso. Ele me olha com uma expressão confusa.

- Como assim "só isso"?

- Percy, eu... não sou mais virgem - após dizer isso ele me encara espantado.

- Oh. Nossa. É... certo. - ele parecia um pouco desconfortável agora, sem saber o que falar.

Após alguns segundos em silêncio ele diz:

- hm... desculpa.

- Ué, desculpa pelo quê? - pergunto, ele ainda parecia estar um pouco envergonhado.

- Por estragar esse momento! - ele diz e desvia o olhar para o chão.

- Percy, não precisa pedir desculpas. Sua atitude foi muito fofa! - falo e levanto seu rosto para mim. - Você se preocupou comigo. Se preocupou se eu sentiria dor. Você pôs o meu bem acima do seu prazer. Por isso e por outros motivos que eu te amo. Sabe quantos caras pensam como você?! Poucos, bem poucos!

Termino de falar e o beijo. Um beijo calmo e acolhedor.


Notas Finais


DESCULPEM O TAMANHO DO CAPÍTULO. É QUE MINHA CRIATIVIDADE FEZ UMA LONGA VIAJEM SEM PREVISÃO DE RETORNO. MAS PROMETO TENTAR PUBLICAR NOVAMENTE O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL.

EU QUERO PEDIR GENTILMENTE E EDUCADAMENTE A VOCÊS QUE ACOMPANHAM A FIC QUE COMENTEM SUAS OPINIÕES SOBRE O RUMO DA HISTÓRIA. COMENTEM O QUE PODERIA MELHORAR. ENFIM...

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!
ATÉ O PRÓXIMO CAPÍTULO ✌🤘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...