História Prince Or Nerd - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gajeel Redfox, Grandine, Gray Fullbuster, Igneel, Jellal Fernandes, Juvia Lockser, Levy McGarden, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Zeref
Tags Gale, Gruvia, Jerza, Kings, Nalu, Queens
Exibições 445
Palavras 1.261
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Desculpem a demora, eu tive uns probleminhas familiares, sabe como é né.. espero que gostem do capítulo de hoje.

Capítulo 16 - Sixteen


Fanfic / Fanfiction Prince Or Nerd - Capítulo 16 - Sixteen


"Daqui a cinco dias." - respondeu a loira deitando na cama.

"Nossa aquela Cana é um caso perdido mesmo." - comentava o moreno.

"Não fale assim dela Sting, ela está tentando resistir a tentação."

"Qualé Rogue você sabe que ela não irá conseguir." - disse rindo debochado - "Quantas vezes ela já tentou resistir por causa do tiozão?.. umas dez?" - gargalhou fazendo o moreno da-lhe uma tapa.

"O Gildarts só precisa pedir com mais vontade que ela fará, não é Zeref?" - perguntou pro amigo que olhava pro nada.

"Yah! Zeref! Cê tá bem cara?" - o loiro perguntava preocupado movendo a mão pra cima e pra baixo em frente do rosto do príncipe.


Estavam sentados numa sorveteria da cidade. Era a melhor e maior sorveteria de Magnólia, também era o lugar preferido do príncipe herdeiro. 

"Zeref, to começando a ficar preocupado mano." - disse o moreno fazendo Zeref despertar dos pensamentos. - "Finalmente você acordou cara."

"O que vocês diziam?" 

"Tá apaixonado ou o que?" - perguntou debochando do rosto do príncipe.

"Como?" - perguntou confuso.

"Você tava meio perdido, tava pensando na morte da bezerra?" - perguntou Rogue rindo.

"Ou em uma tal loira que por acaso esbarrou um dia desses." - disse Sting fazendo seu irmão rir junto a si.

"Parem com isso!" - bufou irritado. - "Eu não estou a-apaixonado." - falou e seus amigos arregalaram os olhos. - "O que foi agora?" - perguntou revirando os olhos.

"Você gaguejou!" - disseram uníssono. 

"E o que tem demais em um gaguejo simples?" - perguntou indiferente.

"Tem tudo, principalmente quando estávamos falando da loira birrenta." 

"Eu não estava pensando nela!" - disse quase gritando.

"Ninguém aqui falou que você estava pensando nela Zeref." - disse num tom debochado.

"Cala boca Sting. Eu estava pensando em.." - cortou sua fala desviando o olhar pra algo.

"Em?" - incentivou a continuar o moreno.

"Ih, acho que ele não vai terminar nem tão cedo." - disse Sting.

"Por que diz isso Sting?" - perguntou o moreno confuso.

"Olha quem acabou de chegar na sorveteria." - disse apontando. - "Olha lá Zeref, a dona dos seus pesamentos acabou de chegar." - disse rindo. - "Oras, cadê ele?" 

"Foi conversar com a dona de seus pensamentos." 


Em um piscar de olhos Zeref se encontrava ao lado da loira. Olhou de cima a baixou pras suas vestes, e concluiu que a mesma é apenas uma simples camponesa que vivia ou havia se mudado para Magnólia.

"Nos encontramos novamente loirinha." - disse olhando pra garota que continuava olhando o cardápio. - "Sabia que é falta de educação não responder as pessoas?" 

"Também é falta de educação incomodar as pessoas, principalmente se elas estão ocupadas." - disse sem olhar pro moreno que a olhava incrédulo.

"Nossa, você é mesmo uma peça hein garota." - disse rindo incrédulo. - "Você já deve ter ouvido que eu vou o príncipe de Magnólia não é mesmo?" - perguntou convencido.

"Infelizmente." 

"Infelizmente?" - pensou

"Ouvi que o príncipe e futuro rei de Magnólia não passa de um garoto infatil e fútil." - disse ainda sem olhar pra Zeref. - "Ah, tem sorvete de Pistache?" 

"Onde você ouviu isso? É impossível que alguém tenha falado assim de mim. Eu sou o príncipe e futuro rei dessa nação, ninguém, jamais falaria de mim desse jeito." - disse indignado.

"Possa ser que o que disse tenha algum sentido." - disse olhando o moreno que a olhou surpreso. - "Mas pra mim, você continua sendo fútil." - disse pegando o sorvete.

"Hey, espera um minuto." - disse chamando a loira que o ignorou. - Eu pedi pra você esperar garota!" - falou indo atrás da mesma que já estava um pouco longe do local. - "Como ela andou tão rápido?" - correu até alcança-la e puxou-a pelo braço. - "Eu pedi pra você esper.."

"Olha o que você fez seu idiota!" - gritou - "Você derrubou meu sorvete todo no chão, seu imbecil." 

"Ah, me desculpe, eu não prestei atenção. Sinto muito." - disse arrependido. 

"Agora já era, depois que faz a merda quer se desculpar.. Vou embora." - disse virando para ir porém foi impedida pelo moreno. - "O que você quer agora?" - perguntou com raiva.

"Quero.. sair com v-você!" - disse cabisbaixo fazendo a loira arregalar os olhos.

"Você tem noção do que está me pedindo?" - perguntou ainda assustada.

"É claro que eu tenho. E então, qual é a sua resposta?" - perguntou um pouco aflito.

"Eu.." - suspirou - "Me dê um bom motivo para eu pensar em aceitar sair com você."

"Pensar em aceitar? Que garota difícil!" - pensava incrédulo - "Bom.. e-eu.." - olhava pros lados tentando pensar em algo que faça a loira aceitar sair consigo. - "E-eu.."

"Bom, já que não pensou em nada útil eu não posso perder meu tempo todo com você principezinho." - disse virando-se novamente para ir pra casa mas foi impedida por uma mão.

"Eu lhe comprarei quantos sorvetes de pistache quiser." - disse temendo que a loira recusasse. 

"Você está pensando em me comprar com sorvete?" - perguntou séria pro moreno.

"N-não, é que eu não pensei em nada que lhe convencesse a sair com-"

"Está bem!" - cortou o moreno que a olhou assustado. - "Sairei com você, mas que fique bem claro que será por causa do sorvete." - disse fazendo o moreno sorrir sincero. - "Bom, agora irei embora."

"Espera, qual é o seu nome?" - perguntou ainda sorrindo.

"Mavis Vermilion." - disse sorrindo de lado.

"Ah, o meu nome é-"

"Eu já sei seu nome, Zeref." - disse sorrindo convencida. - "Agora eu realmente irei embora." 

"Sim, até o nosso encontro.. Mavis." - disse sorrindo calmamente vendo a loira se despedir e ir embora. - "Mavis.." 


*---------------*----------------*---------------*---------------*


"Pegamos o resultado." - disse a ruiva eufórica.

"Está esperando o que pra abrir?" - perguntou a baixinha agitada.

"Temos que esperar o Natsu chegar, o Gray foi buscar ele." - disse a loira.

"Já irão revelar pro Natsu também?" - perguntou a baixinha, porém não teve resposta.

"Chegamos, já pegaram o resultado?" - perguntou vendo a ruiva assentir. - "Ótimo!" 

"Desculpem a demora, minha irmã não queria me deixar sair." - disse sorrindo sem graça explicando a demora.

"Bom Natsu, te chamamos aqui por que fizemos um teste de DNA." - começou explicando "Um teste de paternidade sobre você e o rei igneel."

"Como vocês.. porque fizeram isso? Vocês não tinham o direito de fazer esse tipo de coisa!" - disse irritado

"Natsu, você não quer saber se realmente pertence ou não a família que você sempre conviveu?" - perguntou a ruiva vendo o rosado ficar em silêncio. - "Esse teste precisava ser feito para não só sanar nossas dúvidas, e sim, as suas também. Por isso.. abra o envelope." - disse estendendo o papel em direção do rosado que olhava sério pra ruiva.

"Natsu, independente do resultado que houver você sempre vai ser o irmão mais novo da Minerva." - disse o moreno.

"Nós sabemos que seus pais não foram tão bons assim consigo, por isso se o rei e a rainha forem seus pais você terá a oportunidade de ter um amor verdadeiro de sua família." - disse a baixinha.

"Está bem, irei abrir." - disse pegando o envelope da mão da ruiva. 


Abriu hesitante o papel em suas mãos. Sua demora deixava todos aflitos e nervosos. Erza estava quase puxando os cabelos de tanta ansiedade.


"Eai Natsu? Qual é o resultado?" - perguntou a ruiva.

"Calma Erza!" - disse Gray.

"O resultado é.."
 


Notas Finais


Eita, teve muito Zervis hehe eu disse que teria
MEU DEUS QUAL SERÁ O RESULTADO?
Não me matem, eu precisava parar ai pra deixar vocês nervosos haha
Mais uma vez, me desculpem a demora, tá chegando o ENEM e ta difícil pra pegar no computador pra digitar sem ser pra estudar, sorry. Até a próxima. Obrigada pelo comentários e favoritos meus amores. Comentem ai o que acharam


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...